Image Map











quinta-feira, 20 de abril de 2017

Jesus foi ressuscitado com que corpo? Carnal glorificado ou espiritual? (Parte 4)

Fonte da ilustração: 
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20151115/deus-e-amor/


Contribuído.

5 – Respondendo supostas contradições

O que dizer dos relatos onde Jesus aparece comendo, é tocado e diz que possui corpo de carne e osso?

Lucas 24:30, 41-43 – Jesus comeu com os discípulos.
Lucas 24:39 – Jesus diz que um espírito não  tem carne e ossos como os discípulos estavam vendo que ele tinha na ocasião, e pediu para que toquem nele.
João 20:17 – Maria o segurou.
João 20:20 – Ele mostrou seus ferimentos aos discípulos.
João 20:27 – Tomé encostou nas marcas dos pregos nas mãos de Jesus.

É importante salientar que essas coisas que Jesus fez foram na verdade “sinais miraculosos”. Ou seja, milagrosamente Jesus se deu a conhecer de diversas maneiras, provando que havia sido ressuscitado:

Jesus realizou na presença dos seus discípulos muitos outros sinais miraculosos, que não estão registrados neste livro. – João 20:30, NVI.

1- Jesus, embora se mostrasse com corpo materializado, realizava coisas impossíveis a um corpo de carne.

·    Lucas 24:31 – Jesus desaparece na frente de todos.
· Lucas 24:36 – Jesus aparece de repente no meio dos discípulos.
·    João 20:19 – Jesus entrou numa sala onde as portas estavam trancadas, aparecendo repentinamente no meio dos discípulos.
·    João 20:26 – Novamente, Jesus entra na sala que estava com as portas trancadas, aparecendo repentinamente no meio deles.

2- Jesus se apresentou com diferentes corpos em diferentes ocasiões.

·    Mateus 28:17 – Sua aparência não indicava que era o próprio Jesus; alguns discípulos duvidaram.
·    Lucas 24:15, 16 – Os discípulos o confundiram com um simples visitante de Jerusalém.
·    João 20:14, 15 – Maria o confundiu com um jardineiro.

3- O fato de Jesus ter comido ou ter se materializado para que seus discípulos pudessem tocá-lo também não indica que ele tinha um corpo de carne:
·    Gênesis 6:2, 4 – Nos dias de Noé, anjos se materializaram e foram capazes, inclusive, de ter relações sexuais com mulheres e lhes geraram filhos. – Judas 6.
·    Gênesis 18:2, 7, 8; 19:1, 12 – Anjos, nos dias de Abraão, se materializaram e tomaram uma refeição com ele. Inclusive, foram chamados de “homens”.
·    Juízes 13:3, 6 – Um anjo também é chamado de “homem de Deus”, certamente por sua materialização.

E o que dizer do sinal de Jonas (Mateus 16:4; Jonas 1:17) e do fato de Jesus dizer que reconstruiria o templo em 3 dias (João 2:18-22)? Não deveria ser o mesmo corpo?

O Sinal de Jonas – Embora possua algumas representações similares, o fato de o corpo de Jonas ter sido o mesmo após sair do grande peixe não possui relação com o sinal descrito por Jesus. Isso é querer encontrar literalidade onde não há. O ponto desse sinal é a restrição por três dias que Jonas teve dentro do peixe com a que Jesus teve na morte. – Jonas 1:17; Mateus 12:40.

O Templo, seu corpo. – Esse texto não obriga ao entendimento de que a ressurreição de Jesus seja corporal. Jesus usou de uma metáfora com aplicação à sua ressurreição – esse é o tema. O corpo representava o templo. Da mesma forma como a reconstrução do templo usou materiais novos e não suas antigas ruínas, Jesus também teria de assumir um novo corpo ao ser ressuscitado. No entanto, o foco de suas palavras aqui é sua ressurreição; não visa esclarecer com que espécie de corpo seria ressuscitado. – João 2:18, 22.

6 – Implicações em outras doutrinas básicas da cristandade

Implicação na TRINDADE

Para aqueles que defendem a ideia de que Jesus é o Deus supremo, o Todo-Poderoso, crer que Jesus possui hoje um corpo de carne glorificado cria um grande obstáculo para harmonizar tais doutrinas. – João 10:35.

João 4:24 e 2 Coríntios 3:17 afirmam que DEUS é ESPÍRITO.

LOGO, se Jesus NÃO é ESPÍRITO, NÃO pode ser Deus, por que Deus É espírito.

Obs.: Mesmo sendo espírito, isso não o torna forçosamente Deus, mas poderia ser um anjo também. (Hebreus 1:13, 14) No entanto, o fato de ele NÃO ser um ESPÍRITO já impede sequer a POSSIBILIDADE , ou seja, torna “IMPOSSÍVEL” que Jesus seja Deus.

Implicação no atributo ONIPRESENÇA

Se o corpo de Jesus está preso às regras físicas de um corpo de carne, tampouco ele pode ser onipresente, como afirma a cristandade.

Obs.: Mesmo sendo espírito, isso não implicaria forçosamente em ele possuir esse atributo. Deus é espírito, porém habita nos céus; não é onipresente. – Mateus 6:9[1].

Implicação em questões lógicas

Se Jesus tivesse um corpo físico, mesmo que glorificado, teria necessidades fisiológicas – teria que dormir, comer etc. (Pois esse argumento é usado para provar que sua ressurreição foi física – o fato de ele ter comido com os apóstolos – Lucas 24:41-43.)

Diante do exposto podemos concluir que, sem sombra de dúvidas, Jesus foi ressuscitado com corpo espiritual, tendo como base:

1- Comparação do corpo de Jesus com o Cordeiro Pascoal;
2- Comparação do corpo de Jesus com o véu (cortina) do tabernáculo;
3-O fato de o corpo de Jesus não ter sido encontrado;
4- O fato de as pessoas não reconhecerem Jesus por sua aparência física após sua ressurreição;
5- O fato de Jesus ter realizado coisas que somente um corpo espiritual poderia realizar, como aparecer e desaparecer subitamente e atravessar portas;
6- Evidências diretas de textos que afirmam que Jesus foi ressuscitado com corpo espiritual;
7- Evidências indiretas, onde o texto bíblico deixa implícito esse fato apesar de não estar abordando diretamente sobre o tema;
8-  O fato de Jesus estar no céu e que, para isso, existe uma regra que obriga a pessoa a ser um “ser espiritual”;
9-  O fato de que todas as realizações feitas por Jesus, que poderiam dar a entender que ele tinha um corpo físico, possuírem paralelos nas Escrituras com ações de outros seres espirituais que haviam se materializado.

Veja também:


Nota: 


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org








Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *