Image Map











quarta-feira, 2 de novembro de 2011

O "Novo Testamento" diz que os cristãos devem ser testemunhas de Jeová?

Fonte da ilustração: 
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2015648


Em Atos 1:8, Jesus declarou: “Sereis testemunhas de mim ... até à parte mais distante da terra.” É óbvio que, como cristãos, devemos ser testemunhas de Jesus Cristo. Porém, alguns membros desavisados da cristandade usam indevidamente esse texto para excluir os cristãos de serem testemunhas de Jeová. Contudo, esse raciocínio está errado, por pelo menos duas razões básicas.

Primeiro, porque o próprio Jesus é testemunha de Jeová. Apocalipse 1:5 e 3:14 mostram que Jesus é uma testemunha. De quem? Em nome de quem veio ele? Em João 5:43, o próprio Jesus admitiu: “Vim em nome de meu Pai.” (Veja também  Mateus 23:39.) Ademais, João 10:25 mostra que Jesus fazia suas obras em nome de seu Pai. (Veja também João 17:6, 26) Assim sendo, Jesus era e é uma testemunha de Jeová. Portanto, seguindo o exemplo de Cristo, os verdadeiros cristãos também são testemunhas de Jeová.

Segundo, Paulo torna inquestionável que os cristãos seriam também testemunhas de Jeová. Em 1 Coríntios, capitulo 15, Paulo aborda a doutrina bíblica da ressurreição, que alguns professos cristãos do primeiro século estavam negando. (v. 12) Paulo passa então a considerar as consequências absurdas de se negar a ressurreição. Partindo da premissa dos opositores, de que a ressurreição não era um ensino verdadeiro, Paulo escreveu:

“Se, deveras, não há ressurreição dos mortos, tampouco Cristo foi levantado. Mas, se Cristo não foi levantado, a nossa pregação certamente é vã e a nossa fé é vã. Além disso, somos também achados como falsas testemunhas de Deus, porque temos dado testemunho contra Deus, de que ele levantou o Cristo, a quem ele, porém, não levantou, se realmente é que os mortos não hão de ser levantados.” – 1 Coríntios 15:13-15.

Mas, uma vez que o contrário é verdadeiro, ou seja, que  ressurreição dos mortos, então o texto na verdade está dizendo: ‘Uma vez que, deveras,  ressurreição dos mortos, também Cristo foi levantado. Se Cristo foi levantado, a nossa pregação certamente é verdadeira e a nossa fé é verdadeira. Além disso, somos também achados como verdadeiras testemunhas de Deus, porque temos dado testemunho a favor de Deus, de que ele levantou o Cristo, a quem ele, de fato, levantou, uma vez que os mortos hão de ser levantados.’

 Observe que Paulo cita os cristãos como sendo “testemunhas de Deus”, “de que ele levantou o Cristo”. Quem é o Deus que levantou o Cristo? Gálatas 1:1 indica que é “Deus, o Pai, que o levantou dentre os mortos”. Seguindo esse raciocínio, Paulo declarou que os cristãos são testemunhas do Pai. E quem é o Pai? Em João 8:54 Jesus identificou o Pai, quando disse: “É meu Pai quem me glorifica,  aquele que dizeis ser vosso Deus.” Quem é que os judeus diziam ser o Deus deles? Qual é o nome que aparece mais de 6.000 nas Escrituras Hebraicas, como o nome daquele a quem os judeus diziam ser o seu Deus? O Dicionário Michaelis traz a seguinte definição para o nome “Jeová”: “(hebr Yehovah). Nome de Deus entre os hebreus.” Portanto, seguindo o raciocínio de Paulo, exposto em 1 Coríntios 15:14, 15, os cristãos são testemunhas de Jeová.

[A matéria acima foi desenvolvida por uma testemunha de Jeová há alguns anos.]



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org









6 comentários:

  1. muito bom, ótimo. um argumento biblico que qualquer pessoa sincera para com a verdade nao pode querer negar, perfeito vou anotar essa em meu caderno . obrigado.

    ResponderExcluir
  2. ╚»ɑɗʀiɑɳɑ«╝ς੭ς੭
    "Seguindo o raciocínio de Paulo
    Exposto em 1Coríntios 15:14, 15, os cristãos são Testemunhas de Jeová."

    Que me desculpem os que não apoiam 'sites paralelos', ou que, suas consciências não permitem ler, mas a minha consciência é bem tranquila, pois dá pra saber bem quando um site é apostata ou não.

    Achei o artigo simples, claro e objetivo.
    Muito bom. Eu recomendo.
    [extraído do orkut]

    ResponderExcluir
  3. Sergio.
    Todo o Israelita era Testemunha de Jeová por nascimento, pois em Isaias 43: onde se relata um tribunal em que o Próprio Jeová, solicita que todas as nações mostrem o feitos de seus deuses, que apresentem suas testemunhas,e mostra que todos os Israelitas são as suas testemunhas por todos os feitos de Jeová desde a criação,vs 10-13. Portanto todos os Israelitas do 1º sec. eram TJs. Paulo em Atos 22:14,15, Estevão Atos 22:20 e Principalmente quando Tiago faz o discurso em Atos 15:14-18 ele cita Amós 9:11,12, menciona pessoas conhecidas pelo Teu nome e que outros (remanescentes, gentios) buscariam a Jeová junto a pessoas chamadas por Meu Nome, diz Jeovà.

    ResponderExcluir
  4. De fato, o povo de Israel constituía uma nação de testemunhas de Jeová. (Isaías 43:10) Essa situação permaneceu assim até quando eles rejeitaram o Messias, Jesus Cristo. (Mateus 21:43) Com o nascimento da congregação cristã, esta passou a constituir o verdadeiro povo de Deus e Suas testemunhas. O texto citado pelo leitor acima - Atos 15:14 - mostra que os verdadeiros cristãos estariam unidos mundialmente num 'povo para o nome' de Deus.

    ResponderExcluir
  5. Ótimos argumentos, é um prazer saber que existe irmãos em prol da verdade e com empenho como o seu, Parabéns continue assim,tem ajudado muitos jovens a ter esse espirito de defensa, e ajudando a empenhar pelo estudo pessoal... sabemos que por meio do escravo Jeová prove um alimento abundante, e ótimos, entretanto não mostra como a cristandade usa contra nós, já o irmão nos da uma forma de defesa, como diz o ditado "Mata a cobra e mostra o pau" alem do mais, mostra onde chegou a resposta fonte onde podemos ir e conferir... mais uma vez Parabenizo pela dedicação e que Jeová o abençoe mais e mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo apreço. Isso me incentiva a continuar nesta atividade abençoada por Jeová.

      Excluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *