Image Map











domingo, 10 de julho de 2016

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (Parte 15)


Sermão do Monte – continuação
Um ancião visitando um casal no hospital depois que a esposa sofreu um acidente
Fonte da foto:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20140315/deixai-vosso-sim-significar-sim/
Juramentos
(Mat. 5:33-37)
33 “Novamente, ouvistes que se disse aos dos tempos antigos: ‘Não deves jurar sem cumprir,[1] mas tens de pagar os teus votos a Jeová.’[2] 34 No entanto, eu vos digo: Não jureis absolutamente, nem pelo céu, porque é o trono de Deus; 35 nem pela terra, porque é o escabelo de seus pés; nem por Jerusalém, porque é a cidade do grande Rei. 36 Tampouco deves jurar pela tua cabeça, porque não podes tornar nem um só cabelo branco ou preto. 37 Deixai simplesmente que a vossa palavra Sim signifique Sim, e o vosso Não, Não; pois tudo o que for além disso é do iníquo. 

Um homem dá uma bofetada em outro homem
Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/jesus/ministerio-na-galileia/sermao-do-monte/
Não retaliar
(Mat. 5:38-42; Luc. 6:27-30)
“Ouvistes que se disse: ‘Olho por olho e dente por dente.’[3] Mas, eu digo a vós, os que estais escutando: Continuai a amar os vossos inimigos, a fazer o bem aos que vos odeiam, a abençoar os que vos amaldiçoam, a orar pelos que vos insultam. Não resistais àquele que é iníquo; mas, a quem te esbofetear a face direita, oferece-lhe também a outra. E, se alguém quiser levar-te perante o tribunal para obter posse de tua roupa interior, deixa-o ter também a tua roupa exterior; e a quem te tirar a tua roupa exterior, não negues nem mesmo a roupa interior. E, se alguém sob autoridade te obrigar a prestar serviço por mil passos, vai com ele dois mil. Dá a todo o que te pedir e não te desvies daquele que deseja tomar emprestado de ti sem juros; e daquele que te tirar tuas coisas, não as peças de volta.

O bom samaritano levando o homem ferido para uma hospedaria
Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/ws201406/amar-teu-proximo-como-a-ti-mesmo/
Amar os inimigos
(Mat. 5:43-48; Lucas 6:32-36)
(Mat. 5:43-45)
43 “Ouvistes que se disse: ‘Tens de amar o teu próximo[4] e odiar o teu inimigo.’ 44 No entanto, eu vos digo: Continuai a amar os vossos inimigos e a orar pelos que vos perseguem; 45 para que mostreis ser filhos de vosso Pai, que está nos céus, visto que ele faz o seu sol levantar-se sobre iníquos e sobre bons, e faz chover sobre justos e sobre injustos.
Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tendes [e] de que mérito é isso para vós? Não fazem também a mesma coisa os cobradores de impostos? Pois até mesmo os pecadores amam aos que os amam. E, se fizerdes o bem aos que vos fazem o bem, realmente, de que mérito é isso para vós? Até os pecadores fazem o mesmo. E, se cumprimentardes somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não fazem também a mesma coisa as pessoas das nações? Também, se emprestardes sem juros àqueles de quem esperais receber, de que mérito é isso para vós? Até mesmo pecadores emprestam sem juros a pecadores, para receberem de volta o mesmo. Ao contrário, continuai a amar os vossos inimigos e a fazer o bem, e a emprestar sem juros, não esperando nada de volta; e a vossa recompensa será grande, e sereis filhos do Altíssimo, porque ele é benigno para com os ingratos e os iníquos. Continuai a tornar-vos misericordiosos, assim como vosso Pai é misericordioso. Concordemente, tendes de ser perfeitos, assim como o vosso Pai celestial é perfeito.

Fonte da ilustração:
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1102014694
Não buscar glória dos homens
(Mat. 6:1-5)
“Tomai muito cuidado em não praticardes a vossa justiça diante dos homens, a fim de serdes observados por eles; do contrário não tereis recompensa junto de vosso Pai que está nos céus. 2 Portanto, quando fizeres dádivas de misericórdia, não toques a trombeta diante de ti, assim como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Deveras, eu vos digo: Eles já têm plenamente a sua recompensa. 3 Mas tu, quando fizeres dádivas de misericórdia, não deixes a tua esquerda saber o que a tua direita está fazendo, 4 para que as tuas dádivas de misericórdia fiquem em secreto; então o teu Pai, que está olhando em secreto, te pagará de volta. 5 Também, quando orardes, não deveis ser como os hipócritas; porque eles gostam de orar em pé nas sinagogas e nas esquinas das ruas largas, para serem vistos pelos homens. Deveras, eu vos digo: Eles já têm plenamente a sua recompensa.

Um homem dentro de um quarto com a porta fechada se ajoelha para orar
Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/jesus/ministerio-na-galileia/sermao-do-monte/
Instrução sobre oração e perdão
(Mat. 6:6-15)
6 Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto particular, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; então o teu Pai, que olha em secreto, te pagará de volta. 7 Mas, ao orares, não digas as mesmas coisas vez após vez, assim como fazem os das nações, pois imaginam que serão ouvidos por usarem de muitas palavras. 8 Portanto, não vos façais semelhantes a eles, porque Deus, vosso Pai, sabe de que coisas necessitais antes de lhe pedirdes.
9 “Portanto, tendes de orar do seguinte modo: ‘Nosso Pai nos céus, santificado seja o teu nome. 10 Venha o teu reino. Realize-se a tua vontade, como no céu, assim também na terra. 11 Dá-nos hoje o nosso pão para este dia; 12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores. 13 E não nos leves à tentação, mas livra-nos do iníquo.’ 14 Pois, se perdoardes aos homens as suas falhas, também o vosso Pai celestial vos perdoará; 15 ao passo que, se não perdoardes aos homens as suas falhas, tampouco o vosso Pai vos perdoará as vossas falhas.

Fonte da ilustração:
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1102014638
Jejum
(Mat. 6:16-18)
16 “Quando jejuardes, parai de ficar com o rosto triste, como os hipócritas, pois desfiguram os seus rostos para que pareça aos homens que estão jejuando. Deveras, eu vos digo: Eles já têm plenamente a sua recompensa. 17 Mas tu, quando jejuares, unta a tua cabeça e lava o rosto, 18 para que não pareça aos homens que estás jejuando, mas ao teu Pai, que está em secreto; então o teu Pai, que olha em secreto, te recompensará.


Notas:
[1] Lev. 19:12; Núm. 30:2.
[2] Deut. 23:21; Sal. 50:14; Ecl. 5:4.
[3] Êxo. 21:24; Lev. 24:20; Deut. 19:21.
[4] Lev. 19:18.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

A menos que seja indicada outra fonte, todas as publicações citadas são produzidas pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *