Image Map











quinta-feira, 22 de setembro de 2016

De que modo o Filho “subiu ao céu”?

Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/wp20140301/amor-deus-significa-vida-eterna/


“Além disso, nenhum homem subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem.” – João 3:13.

“Nenhum homem subiu ao céu”

Até a vinda de Cristo na Terra, nenhum ser humano havia ido ao céu espiritual. Isso refuta terminantemente as conclusões de certos religiosos de que Enoque e Elias foram para o céu.

Hebreus 10:19, 20 declara:

“Portanto, irmãos, visto que temos plena confiança para usar o caminho de entrada no lugar santo [o céu] por meio do sangue de Jesus, o caminho novo e vivo que ele abriu [lit.: “inaugurou”; nota] para nós através da cortina, isto é, sua carne.”

Uma vez que Jesus “inaugurou” a entrada no céu espiritual, ele foi o primeiro a receber a recompensa celestial. Para isso, ele teve de morrer, despojando-se de sua “carne”, visto que “carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus”. (1 Coríntios 15:50) Todos os que irão para o céu terão primeiro que morrer como humanos.

“A não ser aquele que desceu do céu”

As palavras de Cristo indicavam que ele havia estado no céu. Há base para se concluir que Jesus, na sua existência pré-humana como poderosa pessoa espiritual, era o anjo que guiava Israel no ermo.

Note as palavras de Jeová ao povo israelita em Êxodo 23:20-23:

“Enviarei um anjo à sua frente para protegê-lo pelo caminho e para fazê-lo entrar no lugar que preparei. Preste atenção a ele e obedeça à sua voz. Não se rebele contra ele, porque ele não perdoará as suas transgressões, pois o meu nome está nele. Mas, se você obedecer fielmente à sua voz e fizer tudo o que eu disser, tratarei com hostilidade os seus inimigos e me oporei aos que se opuserem a você. Pois o meu anjo irá à sua frente e o levará aos amorreus, aos hititas, aos perizeus, aos cananeus, aos heveus e aos jebuseus, e eu os eliminarei.”

Em harmonia com esse entendimento, lemos em Isaías 63:9:

Durante toda a aflição deles [dos israelitas], ele [Jeová] também ficou aflito. E o seu mensageiro pessoal [Ou: ‘o anjo da sua presença’”; nota]”. os salvou. Por amor e compaixão, ele os resgatou; e ele os levantou e os carregou todos os dias do passado.”

Os tradutores das versões da cristandade em geral reconhecem que esse “anjo” é o pré-humano Jesus Cristo, pois vertem essa expressão como “o Anjo da sua presença”. - Almeida Revista e Atualizada no Brasil.

Assim, não como homem, mas como pessoa espiritual, ele vinha à Terra e ‘ascendia’ ao céu. Nesse respeito, “nenhum homem subiu ao céu, senão aquele que desceu do céu, o Filho do homem”, em sua existência pré-humana.

Mas alguém poderia questionar: ‘A linguagem usada não dá a entender que Jesus “subiu ao céu” como humano? Afinal, a frase “nenhum homem subiu ao céu, a não ser … o Filho do Homem” parece indicar isso.

Não, não há essa indicação, pois Jesus não disse “a não ser o homem”, mas “a não ser aquele”.

“Aquele” não se refere ao homem Jesus Cristo, e sim à sua pessoa como poderosa criatura espiritual antes de vir à Terra. Ademais, Jesus usou a expressão “o Filho do homem”, não para afirmar que ele era humano quando subiu ao céu em sua atuação pré-humana, mas sim para mostrar que ele – o Filho do Homem quando na Terra – havia sido antes disso uma poderosa pessoa espiritual, ocasião em que havia subido ao céu.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





Um comentário:

  1. Para entrar no céu nem todos precisam morrer como humanos,é só ler o versículo 51.

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *