Image Map











domingo, 29 de janeiro de 2017

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (Parte 44)

Fonte da ilustração: jw.org
Cura de um possesso mudo; persistente descrença de alguns
(Luc. 11:14-26)
14 Mais tarde expulsou um demônio mudo. Depois de o demônio sair, o mudo falou. E as multidões maravilhavam-se. 15 Mas, certos deles disseram: “Ele expulsa os demônios por meio de Belzebu, o governante dos demônios.” 16 No entanto, outros, para tentá-lo, começaram a buscar dele um sinal do céu. 17 Conhecendo as suas imaginações, disse-lhes: “Todo reino dividido contra si mesmo cai em desolação, e a casa [dividida] contra si mesma cai. 18 Portanto, se Satanás também está dividido contra si mesmo, então, como ficará de pé o seu reino? Porque vós dizeis que eu expulso os demônios por meio de Belzebu. 19 Se é por meio de Belzebu que eu expulso os demônios, por meio de quem os expulsam os vossos filhos? Por causa disso, serão juízes de vós. 20 Mas, se é por meio do dedo de Deus que eu expulso os demônios, o reino de Deus realmente vos sobreveio. 21 Quando um homem forte, bem armado, guarda o seu palácio, seus bens continuam em paz. 22 Mas, quando alguém mais forte do que ele vem contra ele e o vence, tira-lhe todo o seu armamento em que confiava e reparte as coisas das quais o despojou. 23 Quem não está do meu lado é contra mim, e quem comigo não ajunta, espalha.
24 “Quando um espírito impuro sai dum homem, passa por lugares áridos em busca dum lugar de descanso, e, não achando nenhum, diz: ‘Voltarei para a minha casa da qual me mudei.’ 25 E, chegando, acha-a varrida e adornada. 26 Então vai e toma consigo sete espíritos diferentes, mais iníquos do que ele mesmo, e, entrando, ficam morando ali; e as condições finais desse homem tornam-se piores do que a primeira.”
A fonte da felicidade
(Luc. 11:27, 28)
27 Ora, dizendo ele estas coisas, certa mulher, dentre a multidão, levantou a sua voz e disse-lhe: “Feliz é a madre que te carregou e os peitos em que mamaste!” 28 Mas ele disse: “Não, antes: Felizes são os que ouvem a palavra de Deus e a guardam!”

Geração iníqua só recebe o “sinal de Jonas”; necessário olho singelo
(Luc. 11:29-36)
29 Quando as multidões se apinhavam, principiou a dizer: “Esta geração é uma geração iníqua; procura um sinal. Mas nenhum sinal lhe será dado, exceto o sinal de Jonas. 30 Porque, assim como Jonas se tornou um sinal para os ninivitas, do mesmo modo o será também o Filho do homem para esta geração. 31 A rainha do sul será levantada no julgamento com os homens desta geração e os condenará; porque ela veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão, mas, eis que algo mais do que Salomão está aqui. 32 Os homens de Nínive se levantarão no julgamento com esta geração e a condenarão; porque eles se arrependeram com o que Jonas pregou; mas, eis que algo mais do que Jonas está aqui.
33 Não se põe uma lâmpada, depois de acesa, num lugar oculto, nem debaixo dum cesto de medida, mas no velador, para que os que entram possam observar a luz. 34 A lâmpada do corpo é o teu olho. Quando o teu olho é singelo, todo o teu corpo também é luminoso; mas, quando é iníquo, teu corpo também é escuro. 35 Está alerta, pois. Talvez a luz que há em ti seja escuridão. 36 Portanto, se todo o teu corpo for luminoso, sem nenhuma parte escura, todo ele será tão luminoso como uma lâmpada que te dá luz pelos seus raios.”

O texto acima unificado da Bíblia Sagrada é baseado na Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *