Image Map











domingo, 11 de fevereiro de 2018

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (Parte 98)

Fonte da ilustração: jw.org
A ressurreição de Jesus (domingo, 16 de nisã) e seus vários aparecimentos
(Unificação de Mat. 28:1-15; Mar. 16:1-8; Luc. 24:1-49; João 20:1-25)
Passado então o sábado, Maria Madalena e Maria, a mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas, a fim de virem e o untarem.  E bem cedo, no primeiro dia da semana, enquanto ainda estava escuro, [mas] quando estava ficando claro, foram ao túmulo levando os aromas que tinham preparado. Chegaram ao túmulo memorial depois de se levantar o sol. E diziam uma à outra: “Quem nos rolará a pedra da frente da porta do túmulo memorial?”
E eis que tinha havido um grande terremoto; pois o anjo de Jeová descera do céu, e, aproximando-se, rolara a pedra da frente e estava sentado sobre ela. Sua aparência exterior era como relâmpago e seu vestuário era branco como a neve. Sim, os vigias tremeram de temor dele e ficaram como que mortos.
Mas, [as mulheres], ao olharem para cima, observaram que a pedra, embora muito grande, tinha sido rolada da frente [e] retirada do túmulo memorial, e, quando entraram, não acharam o corpo do Senhor Jesus. Maria Madalena correu, portanto.
Enquanto estavam perplexas sobre isso, eis que parou ao lado delas um homem[1] em vestuário reluzente. As mulheres ficaram amedrontadas e mantinham os rostos voltados para o chão. Mas o anjo disse em resposta às mulheres: “Não sejais temerosas, pois eu sei que estais procurando a Jesus, que foi pregado numa estaca. Por que estais procurando o Vivente entre os mortos? Ele não está aqui, pois foi levantado, assim como disse. Vinde, vede o lugar onde estava deitado.”
Quando entraram no túmulo memorial, viram um jovem sentado à direita, trajado duma comprida veste branca, e elas ficaram atônitas. Ele lhes disse: “Lembrai-vos de como vos falou enquanto ainda estava na Galileia, dizendo que o Filho do homem tinha de ser entregue às mãos de homens pecaminosos e ser pregado numa estaca, sendo, no entanto, levantado no terceiro dia. E ide rapidamente e dizei aos discípulos dele e a Pedro: ‘Ele foi levantado dentre os mortos, e eis que vai adiante de vós para a Galileia; ali o vereis, assim como ele vos disse.’ Eis que eu vo-lo disse.” Deixando assim rapidamente o túmulo memorial, presas de tremor e de forte emoção e [com] grande alegria, correram para relatar isso aos discípulos dele. E não disseram nada a ninguém, pois estavam tomadas de temor.

Fonte da ilustração: jw.org
1.º aparecimento (Mat. 28:9-15)
9 E eis que Jesus foi ao encontro delas e disse: “Bom dia!” Elas aproximaram-se e agarraram-no pelos pés, e prestaram-lhe homenagem. 10 Jesus disse-lhes então: “Não temais! Ide, relatai isso a meus irmãos, a fim de que vão para a Galileia; e ali me verão.” 11 Enquanto elas estavam em caminho, eis que alguns da guarda foram à cidade e relataram aos principais sacerdotes todas as coisas que tinham acontecido. 12 E, depois de estes se terem ajuntado com os anciãos e terem deliberado, deram aos soldados um número suficiente de moedas de prata 13 e disseram: “Dizei: ‘Seus discípulos vieram de noite e o furtaram, enquanto estávamos dormindo.’ 14 E, se isso chegar aos ouvidos do governador, nós o persuadiremos e vos livraremos de preocupação.” 15 Assim tomaram as moedas de prata e fizeram como se lhes mandou; e esta palavra se tem espalhado entre os judeus até o dia de hoje.
(João 20:2-10)
2 [Maria Madalena] correu, portanto, e veio a Simão Pedro e ao outro discípulo, por quem Jesus tinha afeição, e disse-lhes: “Retiraram o Senhor do túmulo memorial, e não sabemos onde o deitaram.”
3 Pedro e o outro discípulo saíram então e partiram para o túmulo memorial. 4 Sim, os dois começaram a correr juntos; mas o outro discípulo correu na frente de Pedro, com mais velocidade, e atingiu primeiro o túmulo memorial. 5 E, inclinando-se para a frente, observou as faixas deitadas [ali], contudo, não entrou. 6 Então veio também Simão Pedro, seguindo-o, e ele entrou no túmulo memorial. E observou as faixas deitadas, 7 também que o pano que tinha estado sobre a cabeça dele não estava deitado com as faixas, mas [estava] enrolado separadamente num só lugar. 8 Naquela ocasião, portanto, o outro discípulo, que tinha atingido primeiro o túmulo memorial, também entrou, e viu e acreditou. 9 Porque ainda não discerniam a escritura,[2] de que ele tinha de ser levantado dentre os mortos. 10 E os discípulos voltaram assim para os seus lares.


Notas:
[1]Mateus menciona um anjo, que convida as mulheres a entrar no túmulo e verem o lugar onde Jesus estava deitado. (Mat. 28:5-8) Marcos relata que, “quando entraram no túmulo memorial, viram” outro anjo, “sentado à direita”. (Mar. 16:5-8) Lucas condensa o acontecimento por mencionar os dois anjos juntos parados ao lado delas e por atribuir aos dois as palavras ditas a elas. – Luc. 24:4-9. 
[2] Sal. 16:10; Isa. 53:10. 


O texto acima unificado da Bíblia Sagrada é baseado na Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.


Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *