Image Map











domingo, 20 de maio de 2018

Reflexões de um pastor adventista (Parte 1)






Um leitor trouxe à atenção deste site um livro publicado pelo pastor Brizolar Jardim, da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Trata-se do livro “A Sacudidura e os 144 mil Selados”.

Trata-se de uma obra sincera, na qual o referido pastor demonstra sua real preocupação pela condição espiritual de sua organização religiosa, trazendo à tona os aspectos que acredita necessitarem de reforma, e apontando as possíveis soluções para isso.




Na página 131 de sua obra, o senhor Jardim menciona um problema doutrinal que ele e outros adventistas enfrentavam a respeito de sua interpretação referente aos 144.000 e à grande multidão mencionados no livro do Apocalipse:





Da cândida admissão do senhor Jardim pode-se depreender como deve ser difícil ter de ensinar algo que se sabe de antemão não se harmonizar com a Bíblia.

Mas, o que leva a essa dificuldade doutrinal? O problema está numa interpretação apontada pelo referido pastor:

Página 122

A crença adventista, de que os 144.00 vêm da grande tribulação, por certo, gera confusão, como admitido pelo senhor Jardim:

Página 122

Segundo a Bíblia, os que saem da grande tribulação são a grande multidão:

“Depois disso [da visão dos 144 mil] eu vi uma grande multidão, que nenhum homem era capaz de contar [diferente dos 144 mil, que são um número contado], de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de compridas vestes brancas, e havia folhas de palmeiras nas suas mãos. Em vista disso, um dos anciãos me disse: ‘Quem são esses que vestem compridas vestes brancas, e de onde vieram?’ Assim, eu lhe disse imediatamente: ‘Meu senhor, é o senhor quem sabe.’ Ele me disse: ‘Esses são os que saem da grande tribulação; eles lavaram suas vestes compridas e as embranqueceram no sangue do Cordeiro.’” – Apocalipse 7:9, 13, 14.

O que levou o pastor adventista do Sétimo Dia a escrever tal livro? A quem tal livro foi endereçado? No prólogo de sua obra, o próprio autor explica:


E na introdução, o senhor Jardim torna claro seu sentimento em relação à religião da qual é pastor:

Introdução, página 2

Com tal espírito altruísta, o senhor Jardim traz à tona os problemas enfrentados pelo seu movimento religioso, os quais merecem atenção. Levanta questões pertinentes que precisam ser analisadas:

Página 6

A que conclusões chegou tal pastor sobre esses questionamentos?

A situação da Igreja Adventista do Sétimo Dia

Seguem abaixo alguns problemas apontados pelo referido pastor adventista:

Apostasia:

Página 66

Formalismo:

Página 8

Não viver a verdade:

Página 31

Falta de engajamento:

Página 7

Participação na guerra:

Página 86

Página 87

Ausência de perseguição:

Página 9

Problemas na liderança:

Introdução, página 1

Página 36

Condição espiritual doentia:

Página 79

Página 79

Conclusão

Após a franca exposição acima, somos levados a nos perguntar: Qual a razão de tal situação no seio da Igreja Adventista do Sétimo Dia? O artigo seguinte examinará esta questão.


Explicação da sigla usada:
IASD: Igreja Adventista do Sétimo Dia.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org


quarta-feira, 16 de maio de 2018

TRADUÇÃO NO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA – ERUDITA E CONFIÁVEL (Parte 5)

Fonte da ilustração: jw.org



Contribuído.
          
          O artigo anterior desta série mostrou diversas palavras que foram acrescentadas em texto bíblicos da versão Almeida Revista e Corrigida [ARC]. Este artigo apresentará relatos inteiros que foram acrescentados ao texto bíblico pela referida versão da Bíblia e também analisará a questão da coerência na tradução da Bíblia.

4.3.2 TEXTOS E HISTÓRIAS ACRESCENTADOS NA ARC:


          Vamos observar agora versículos, histórias e conclusões também inexistentes nos manuscritos mais antigos. Mas, infelizmente continuam na ARC.

Mt. 17:21
Mt. 18:11
Mt. 23:14
Mc. 7:16
Mc. 9:44
Mc. 9:46
Mc.  11:26
Mc. 15:28
Lc. 17:36
Jo.  5:4
At. 8:37
At. 15:34
At. 24:7
At. 28.29
Rom. 16:24
Jo. 7:53-8:11

          João 8:1-11 (A história da mulher adúltera: não existe nos melhores manuscritos antigos.)

       Marcos 16:9-20 (As conclusões longa e curta nesta passagem também não existem nos melhores manuscritos antigos.)
Obs.: Com as descobertas arqueológicas de manuscritos mais antigos que datam do século IV e anterior, foi constatado que os textos citados neste critério já estavam inseridos nos manuscritos do século XII que serviram de base para muitas versões bíblicas do período da Reforma, inclusive para as versões de Almeida. A TNM, desde a sua primeira edição, faz uso destes manuscritos antigos, por serem reconhecidamente os mais confiáveis.

4.4       COERÊNCIA


          Lucas 13:24 na ARC:Porfiai por entrar pela porta estreita...”  
         De acordo com o dicionário, porfiar significa: contender, disputar, discutir intensamente, causar rixas, rivalizar, brigar, insistir sem razão, etc.

      Não é à toa que Paulo, inspirado por espírito santo, classificou-a como pertencente às obras da carne, em Gálatas 5:20 na ARC. A porfia é um grande mal dentro da congregação, pois ela causa divisões. (Veja 1 Coríntios 1:10; 1 Coríntios 3:3-4; 2 Timóteo 3:1-9.) Jesus não ordenaria tal coisa.

        Do modo em que este texto foi traduzido, dá a entender que Jesus estaria nos ensinando a fazer uso de uma das “obras da carne” para entrar pela porta estreita.

         A palavra grega usada aqui é agonízomai, podendo ser traduzido por “esforçar-se”, “empenhar-se”, “trabalhar arduamente”.

          Veja como a TNM traduziu coerentemente esta passagem:

         Lucas 13:24: “Esforcem-se vigorosamente para entrar pela porta estreita.”

          Desta forma, o texto se harmoniza com os ensinos de Jesus, pois não incita a violência, que é uma das obras da carne.

     Mateus 5:22 na ARC: “... qualquer que, sem motivo, se encolerizar...” Nesta passagem existe o acréscimo das palavras “sem motivo”. Desta forma, é como se Jesus estivesse dizendo que alguém poderia ficar encolerizado com o seu irmão caso tivesse um motivo. Este acréscimo causa um conflito nos ensinos de Jesus sobre o perdão. (Veja Mat.6:12; Mat. 18:21-22,35; Luc. 17:3-4.) Este acréscimo (que não foi inspirado por Deus) desarmoniza os ensinos de Jesus.
Na TNM, em conformidade com os melhores e mais antigos manuscritos, este acréscimo não existe. E o simples fato de não colocar aquilo que não existe nas Escrituras já torna os ensinos de Jesus harmoniosos com o restante das Escrituras.

          Leia Mateus 11:20 na ARC: “Então, começou ele a lançar em rosto às cidades...”

           “Lançar em rosto” ou “jogar na cara” é uma expressão que usamos para indicar quando uma pessoa lança diante de outra os erros dela, para mostrar o quanto ela não merece receber o que pede. Quando alguém “joga na cara” do outro o seu erro, geralmente afirma também o quanto ele mesmo é bom, apenas para enfatizar ainda mais que a pessoa não merece o que ele está dando.

       A palavra grega usada é oneidízo, que significa “repreender, censurar”. Em Tiago 1:5 é usada a mesma palavra.

             Veja a coerência da TNM ao traduzir esta passagem:
          
         Mateus 11:20: “Ele começou então a censurar as cidades ...” Como instrutor amoroso, Jesus censura, repreende, mas nunca lança em rosto o que faz. Desta maneira a TNM valoriza o verdadeiro caráter de Jesus.

Continua na parte 6.


A menos que seja indicada outra fonte, todas as publicações citadas são produzidas pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

domingo, 13 de maio de 2018

TRADUÇÃO NO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA – ERUDITA E CONFIÁVEL (Parte 4)


Fonte da ilustração: jw.org

Contribuído.

O artigo anterior desta série fez uma comparação entre a versão Almeida Revista e Corrigida e a Tradução do Novo Mundo no que tange a erros de tradução e de coesão. Este artigo focalizará qual tradução é fiel aos manuscritos mais antigos e mais respeitáveis no quesito envolvendo o acréscimo de textos que não se encontram em tais manuscritos.

4.3 TEXTOS ACRESCENTADOS

Todas as citações bíblicas que serão apresentados neste critério são de grande importância para todos nós, por serem os mesmos textos que muitos acusadores fazem uso para, caluniosamente, dizerem que a TNM tirou e adulterou textos para se ajustar aos seus ensinos. Mas, será que isso é verdade? Como eu disse no primeiro artigo desta série, você irá se surpreender!

Sugiro a você que tenha em mãos as duas edições bíblicas que serão comparadas, a ARC (Almeida Revista e Corrigida) e a TNM (Tradução do Novo Mundo); bem como as seguintes versões de Almeida: a ARA (Almeida Revista e Atualizada) e a Almeida Baseada nos Melhores Textos hebraico e grego (IBB). Também serão uteis a BJ (Bíblia de Jerusalém) ou o Novo Testamento interlinear (do pastor presbiteriano, Dr. Waldir Carvalho Luz).

4.3.1 ACRÉSCIMOS NO TEXTO

Eu usei a Bíblia de Estudos Palavras-Chave, por conter a ARC e o dicionário de Strong. Fiz uso também da ARC On-line. Você poderá verificar esses acréscimos observando as seguintes edições: ARA, BJ, Almeida de acordo com os melhores textos (IBB) e o Novo Testamento Interlinear (de Waldir Carvalho Luz). Segue abaixo uma lista de versículos com palavras destacadas em negrito. Estas palavras não constam nos manuscritos mais antigos.

Mateus 5:22: Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão será réu de juízo, e qualquer que chamar a seu irmão de raca será réu do Sinédrio; e qualquer que lhe chamar de louco será réu do fogo do inferno.

Mateus 6:13: “E não nos induzas à tentação, mas livra-nos do mal; porque teu é o Reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém!

Mateus 9:14: “Então, chegaram ao pé dele os discípulos de João, dizendo: Por que jejuamos nós, e os fariseus, muitas vezes, e os teus discípulos não jejuam?

Marcos 14:68: Mas ele negou-o, dizendo: Não o conheço, nem sei o que dizes. E saiu fora ao alpendre, e o galo cantou.

Lucas 11:11: “E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?”

João 3:13: “Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do Homem, que está no céu.

Atos 3:13: “O Deus de Abraão, e de Isaque, e de Jacó, o Deus de nossos pais, glorificou a seu Filho Jesus, a quem vós entregastes e perante a face de Pilatos negastes, tendo ele determinado que fosse solto.” (O correto é: “a seu Servo Jesus”; veja a versão Almeida de acordo com os melhores textos em hebraico e grego [IBB].)

Atos 9:5-6: E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões. 6. E ele, tremendo e atônito, disse: Senhor, que queres que faça? E disse-lhe o Senhor: Levanta-te e entra na cidade, e lá te será dito o que te convém fazer.

Atos 20:15: E, navegando dali, chegamos no dia seguinte defronte de Quios, no outro, aportamos a Samos e, ficando em Trogílio, chegamos no dia seguinte a Mileto.

Atos 24:7: (Versículo totalmente acrescentado.)

Atos 24:8: Mandando aos seus acusadores que viessem a ti; e dele tu mesmo, examinando-o, poderás entender tudo o de que o acusamos.

Romanos 1:31: néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, irreconciliáveis, sem misericórdia.

Romanos 3:22: isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que creem; porque não há diferença.”

Romanos 8:1: Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito.

Romanos 14:10: Mas tu, por que julgas teu irmão? Ou tu, também, por que desprezas teu irmão? Pois todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo.” (O correto é: “tribunal de Deus.” Veja Almeida Revisada Imprensa Bíblica.)

1 Coríntios 6:20: Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.

1 João 5:7-8: Porque três são os que testificam no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um. 8. E três são os que testificam na terra: o Espírito, e a água, e o sangue; e estes três concordam num.” (Inserção conhecida como “comma joanina.”)

1 João 5:20: “E sabemos que já o Filho de Deus é vindo e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna.

O artigo seguinte desta série irá apresentar relatos inteiros que foram acrescentados ao texto bíblico pela versão Almeida Revista e Corrigida.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagradapublicada pelas Testemunhas de Jeová.


Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





quarta-feira, 9 de maio de 2018

TRADUÇÃO NO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA – ERUDITA E CONFIÁVEL (Parte 3)


Fonte da foto: jw.org


Contribuído. 
O artigo anterior desta série fez uma comparação entre a Tradução do Novo Mundo e a Tradução Almeida Corrigida no que diz respeito a qual dessas traduções da Bíblia utiliza uma linguagem que seja compreensívelàs pessoas em geral.

Este artigo irá analisar as duas versões da Bíblia na questão da fidelidade ao texto nas línguas originais.

4.2  ERROS DE TRADUÇÃO E DE COESÃO
Os erros de tradução revelam falta de perícia da versão de Almeida, dificultando em muito o entendimento correto da palavra de Deus, conforme se pode atestar pelos exemplos abaixo:

Deuteronômio 33:17 na ARC: “… e as suas pontas são pontas de unicórnio ...”. (Isaias 34:7)

Deuteronômio 33:17 na TNM: “... e os seus chifres são os chifres de um touro selvagem ...”

A Palavra hebraica (rem), de acordo com o Dicionário Strong, significa “touro selvagem, boi selvagem, búfalo”. Podemos ver aqui a exatidão e o compromisso com a verdade da TNM. Enquanto a ARC prefere dar margem a mitos e lendas por sair da coesão textual.


Levítico 11:20, 23 na ARC: “Todo réptil que voa, que anda sobre quatro pés ...” (Deut.14:19)

Levítico 11:20, 23 na TNM: “Também, todas as pequenas criaturas voadoras ...”

Réptil que voa? Você já viu algum jacaré ou qualquer outro réptil voando? Se o tradutor da ARC tivesse a responsabilidade de ler o contexto, teria visto que, nos versículos 21 e 22, fala de gafanhotos, grilos, podendo concluir que o texto se refere a “pequenas criaturas voadoras”. Mais uma vez os tradutores da TNM mostram exatidão e competência pela coerência textual.


Apocalipse 21:8 na ARC: “Mas, quanto aos tímidos ...”
Apocalipse 21:8 na TNM: “Mas os covardes …”

Não adianta insistir! De acordo com a ARC, se você é “tímido”, está fora do reino dos céus.

Fique tranquilo, isso não é verdade! Aqui há também mais um erro de tradução. Em grego a palavra usada é ‘deilos’ (no dativo). A tradução para esse vocábulo é ‘covarde’ ou ‘medroso’.

 Para entendê-lo bem, é importante considerar um relato onde a palavra aparece no Novo Testamento, que é na ocasião em que Jesus acalma a tempestade no mar, quando estava no barco com os apóstolos. Mateus e Marcos registraram as palavras de Jesus a seus apóstolos: “Por que vocês estão com tanto medo [literalmente: “são medrosos”], homens de pouca fé?”(Mateus 8:26);  “Por que vocês estão com tanto medo [literalmente: “são medrosos”]? Ainda não têm nenhuma fé?” – Marcos 4:40. 

 A partir desta análise é evidente que a palavra “tímido” em Apocalipse 21 não está correta e provoca enganos. É aos covardes que caberá a segunda morte. 

 Acreditando que “para um bom entendedor meias palavras bastam”, estou convencido de que as duas etapas apresentadas até aqui já foram mais que o suficiente para revelar que tradução levou mais a sério a tradução da Bíblia, tornando-a coerente e harmoniosa e de fácil entendimento ao leitor. Acima de tudo, vimos o respeito e o amor da TNM para com Jeová Deus e para com o seu próximo. – Leia Mateus, 22:37-40.

 O próximo artigo desta série terá como foco a questão dos textos acrescentados, os quais não se encontram nos melhores e mais antigos manuscritos.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagradapublicada pelas Testemunhas de Jeová.

  
Contato: oapologistadaverdade@gmail.com


Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org








Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *