Image Map











terça-feira, 17 de março de 2020

O que revela o “Velho Testamento” sobre a relação entre o Pai e o Filho? – Parte 1


O Filho à direita do Pai
Fonte: jw.org


Encontramos uma menção do Filho em sua existência pré-humana na descrição poética da Sabedoria personificada em Provérbios, capítulo 8. Observe os versos 22 e 30: “O Senhor me criou como a primeira das suas obras, o princípio dos seus feitos mais antigos. Então eu estava ao seu lado como arquiteto [“como artífice”, AM; “como mestre-de-obras”, BP; “era seu aluno”, ARC].” – ARIB.

A nota de rodapé sobre Provérbios 8:22 da Bíblia de Jerusalém afirma o seguinte:

A doutrina sobre a Sabedoria, assim esboçada no AT [Antigo Testamento], será retomada pelo NT [Novo Testamento], que realizará progresso novo e decisivo ao aplicá-la à pessoa de Cristo. Jesus é designado como Sabedoria e sabedoria de Deus (Mt 11 ,19p; Lc 11 ,49, cf. Mt 23 ,34-36; 1Co 1 ,24-30); como a Sabedoria, Cristo participa da criação e conservação do mundo (Cl 1 ,16-17) e da proteção de Israel (1Cor 10 ,4; cf Sb 10,17s). Finalmente, o Prólogo de João atribui ao Verbo traços da Sabedoria criadora, e todo o Evangelho de João apresenta Cristo como a Sabedoria de Deus (cf. Jo 6,35+). Isto explica porque a tradição cristã, desde são Justino, reconheceu em Cristo a Sabedoria do AT. – Negrito acrescentado.


Mathew Henry Commentary on the Whole Bible (Comentário de Mathew Henry sobre a Bíblia Completa):

Versículos 22-31 Que é uma pessoa inteligente e divina que aqui fala parece muito claro, e que não se destina a uma mera propriedade essencial da natureza divina, pois a Sabedoria aqui possui propriedades e ações pessoais; e essa pessoa divina inteligente não pode ser outra senão o próprio Filho de Deus, a quem as principais coisas aqui faladas de sabedoria são atribuídas em outras escrituras, e devemos explicar as escrituras por si mesmas. – Negrito acrescentado.

Scofield Reference Notes – 1917 Edition (Notas de referência de Scofield – edição de 1917):

Essa sabedoria é mais do que a personificação de um atributo de Deus, ou da vontade de Deus como o melhor para o homem, mas é uma distinta figura de Cristo, é certa para a mente devota. Provérbios 8:22-36; João 1: 1-3; Colossenses 1:17 pode se referir a nada menos que o Filho Eterno de Deus. – Negrito acrescentado.
                                                            
Para uma consideração extensa sobre como eruditos bíblicos e tradutores reconhecem que a passagem de Provérbios 8:22-3o se refere ao Filho de Deus, o Lógos, que se tornou o homem Jesus Cristo, veja também o artigo abaixo:


Observe como a Septuaginta grega verte Provérbios 8:22:

κύριος ἔκτισέν με ἀρχὴν ὁδῶν αὐτοῦ εἰς ἔργα αὐτοῦ
Kýrios ektisén me arkhèn hodõn autoû eis erga autoû
O Senhor me criou, o princípio do seu caminho, para as suas obras

Outras traduções da Bíblia seguem a mesma vertente:

“O Senhor me criou como a primeira das suas obras, o princípio dos seus feitos mais antigos. – AA.

“O Senhor me criou como o princípio de seu caminho, antes das suas obras mais antigas.” – NVI.

“O Senhor me estabeleceu desde o princípio, antes de criar qualquer outra coisa.” – NVT.

“O Senhor criou-me logo no princípio de tudo, antes mesmo de ter criado fosse o que fosse.” – OL.

“O Senhor me criou, como primícia de suas obras, desde o princípio, antes do começo da terra.” – AM.

“Javé me produziu como primeiro fruto de sua obra, no começo de seus feitos mais antigos.” – BP.

“O SENHOR Deus me criou antes de tudo, antes das suas obras mais antigas. Eu fui formada há muito tempo, no começo, antes do princípio do mundo.” – Provérbios 8:22, 23, NTLH.

A passagem de Provérbios 8:22-30 desfere um golpe mortal tanto à ideologia trinitária quanto à unicista. Pois esse trecho bíblico mostra que Jesus Cristo, em sua existência pré-humana, foi criado por Jeová, e que ele atuou na criação como “mestre-de-obras”, ou “aluno”, indicando que ele é menor que seu Deus e Pai Jeová. Também indica a coexistência entre duas pessoas, ou seres – o Pai e o Filho, quebrando a teoria da Unicidade, que afirma que não há pessoas divinas distintas.

O artigo seguinte considerará outro texto que tem sido entendido como referência ao Lógos – Jesus Cristo em sua existência pré-humana.

Veja também os artigos:


Provérbios 8:22 me possuiu’ (Almeida) ou me produziu (TNM)? 




Explicação das siglas usadas:

AA: Almeida Atualizada.
AM: Ave Maria (tradução católica).
ARC: Almeida Revista e Corrigida.
ARIB: Almeida Revisada Imprensa Bíblica.
BP: Bíblia Pastoral.
NTLH: Nova Tradução na Linguagem de Hoje.
NVI: Nova Versão Internacional.
NVT: Nova Versão Transformadora.
OL: O Livro.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *