Image Map











domingo, 25 de julho de 2021

“A ciência se multiplicará” (Daniel 12:4) – o que significa essa expressão?

 

Fonte: jw.org

 

Lemos em Daniel 12:4: “Quanto a você, Daniel, mantenha em segredo as palavras e sele o livro até o tempo do fim. Muitos farão uma busca, e o conhecimento verdadeiro se tornará abundante.” 

Em geral as traduções bíblicas traduzem assim a parte final: “Muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará.” – Almeida Revista e Corrigida; veja também Almeida Revisada Imprensa Bíblica.

Algumas religiões e teólogos da cristandade entendem que a expressão “muitos correrão de uma parte para outra” é uma referência ao fluxo contínuo de viagens pelos meios modernos de transporte – avião, navio, carro e trem. Outros comentaristas da cristandade afirmam que tal expressão se refere ao aumento das tarefas, em diversos turnos; a jornadas exaustivas, em mais de um emprego; bem como à educação acadêmica cada vez mais exaustiva, em aulas de línguas, de informática e de muitas outras matérias se multiplicando cada vez mais.

Assim, em resumo, aplicam Daniel 12:4 a um aumento em conhecimento humano e em habilidade de viajar como sendo um sinal dos últimos dias. Entendem a palavra “ciência” como uma referência à ciência humana – às descobertas nos diversos ramos científicos e ao consequente desenvolvimento tecnológico.

Um dos motivos aparentes para esse entendimento é o uso da palavra “ciência” em algumas traduções. Em nossos dias, a palavra “ciência” é aplicada ao conjunto do saber humano, resultante da pesquisa, seguindo uma metodologia. Porém, o uso desta mesma palavra no tempo de tradutores como João Ferreira de Almeida tinha um sentido mais amplo, incluindo o conhecimento revelado por Deus. Podemos ver isso no modo em que Almeida verteu o Salmo 119:66: “Um bom sentido e ciência me ensina: pois cri a teus mandamentos.” (Edição de 1860.) 

Salmo 119:66. Tradução de João Ferreira de Almeida, de 1860.


A versão de 1969 mantém o mesmo uso da palavra “ciência”, na qual lemos: “Ensina-me bom juízo e ciência, pois cri nos teus mandamentos.” O texto fala obviamente da ciência divina, contida nos mandamentos da Palavra de Deus. Assim, a palavra “ciência” nas traduções da Bíblia antigamente era usada para se referir ao conhecimento bíblico. 

O que o contexto revela 

Observe que o verso 3 faz referência aos “sábios” e aos “converterem a muitos para a justiça”, o quais “resplandecerão”. (Almeida Revisada Imprensa Bíblica) E o início do verso 4 menciona a ordem divina a Daniel para ‘manter esta profecia em segredo … até o tempo do fim’. (Nova Versão Transformadora) Após isso é que se menciona “muitos correrão de uma parte para outra, e o conhecimento se multiplicará”.  – Almeida Corrigida Fiel.

Observe também os versos 9 e 10, que declaram: “E ele disse: Vai, Daniel, porque estas palavras estão fechadas e seladas até ao tempo do fim. Muitos serão purificados, e embranquecidos, e provados; mas os ímpios procederão impiamente, e nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão.” – ACF.

Portanto, o contexto parece fazer referência ao conhecimento bíblico, especificamente a partir do “tempo do fim”, a partir de cujo período a referida “profecia” e o “livro” não estariam mais ocultos quanto ao entendimento. Neste sentido, o ato de ‘correr de uma parte para outra’ seria uma alusão ao empenho de entender e de divulgar o conhecimento bíblico que havia ficado encerrado, ou oculto, antes desse período. Diversos comentaristas bíblicos entendem desta forma, conforme veremos no próximo subtítulo. 

O que dizem certos comentarista bíblicos 

Albert Barnes:

Muitos correrão de um lado para o outro – Passarão para cima e para baixo no mundo, ou irão de um lugar para outro. A referência é claramente para aqueles que devem, portanto, ir para transmitir conhecimento; dar informação; chamar a atenção dos homens para assuntos grandes e importantes. A linguagem é aplicável a qualquer método de transmissão de conhecimento importante e refere-se a uma época em que essa seria a característica da época. Nada mais pode ser aplicado tão bem quanto aos trabalhos dos missionários cristãos, ministros do evangelho e outros que, por causa da verdade cristã, despertam a atenção dos homens para os grandes assuntos de religião; e a aplicação natural da linguagem é referir aos tempos em que o evangelho seria pregado ao mundo em geral.

E o conhecimento será aumentado – A saber, por este método. O anjo parece significar que, dessa maneira, haveria um avanço no conhecimento de todos os assuntos da religião, e particularmente dos pontos a que ele se referira. Essa seria uma das características desses tempos e esse seria o meio pelo qual isso seria realizado. Nossa própria época forneceu uma boa ilustração do significado dessa linguagem e será ainda mais completa e impressionantemente ilustrada à medida que o tempo se aproxima, quando o conhecimento do Senhor deve preencher o mundo inteiro.

Joseph Benson:

Muitos correrão para lá e para cá – muitos devem procurar diligentemente essas profecias e usar todos os meios ao seu alcance para chegar a um verdadeiro conhecimento delas; melhorará todas as oportunidades de retificar seus erros, resolver suas dúvidas e familiarizar-se com as coisas divinas em geral, e com estas e outras profecias da palavra de Deus em particular, melhoradas e aperfeiçoadas. E o conhecimento será aumentado – Por esses meios, grande luz será lançada sobre todas as partes da revelação divina, e especialmente sobre as partes proféticas: quanto mais as previsões forem realizadas, melhor serão entendidas; e as gerações futuras receberão mais instruções e edificação delas do que nós. As palavras têm uma referência especial aos dias do evangelho; e a expressão de correr de um lado para o outro, sem dúvida aponta para as jornadas, viagens e trabalhos dos ministros do evangelho, sejam apóstolos, evangelistas, pastores ou professores, que deveriam atravessar o mar e a terra e viajar de um lugar para outro, de país para país. espalhar o conhecimento da verdade divina e testemunhar o evangelho da graça de Deus.

Adam Clarke:

Muitos correrão de um lado para o outro – Muitos devem procurar o sentido; e o conhecimento será aumentado por esses meios; embora o significado não seja totalmente conhecido até que os eventos ocorram: então o selo será quebrado e o sentido se tornará claro. Este parece ser o significado deste versículo, embora outro tenha sido colocado sobre ele, a saber: “Muitos correrão para lá e para cá pregando o Evangelho de Cristo, e, portanto, o conhecimento religioso e a verdadeira sabedoria serão aumentados”. Isso é verdade em si; mas não é o significado das palavras do profeta.

João Calvino:

Muitos devem investigar, e o conhecimento deve aumentar. […] Não hesito em supor que o anjo prometa a chegada de um período em que Deus deve reunir muitos discípulos para si mesmo, embora no início eles devam ser muito  poucos e insignificantes. […] De fato, pequeno e insignificante é o número aparente de fiéis que se importam com a verdade de Deus e que demonstram qualquer desejo de aprendê-la, mas não permita que essa escassez te mova. Os filhos de Deus logo se tornarão aumentados. Muitos investigarão, e o conhecimento aumentará. Essa profecia nem sempre será enterrada na obscuridade; o Senhor fará com que muitos a adotem para sua própria salvação.

John Wesley:

Deve correr – diligentemente procurará essas profecias; e conhecerão os sinais dos tempos, e esperarão em Deus no caminho de seus julgamentos: ele quer dizer principalmente nos tempos do evangelho. 

O dicionário bíblico intitulado “Estudo Perspicaz das Escrituras (volume 2, p. 1100, verbete “Tempo do fim”) traz o seguinte comentário do pregador e influente escritor inglês Thomas Scott:

A respeito deste texto, o comentarista Thomas Scott, na primeira metade do século 19, fez a seguinte observação: “O anjo, em conclusão, deu a entender a Daniel que esta profecia permaneceria obscura e como ‘um livro selado’, do qual pouco se entenderia, ‘até o tempo do fim’ . . . Os fatos têm evidenciado que realmente sucedeu assim: sempre se reconheceram imensas dificuldades em muitas profecias de Daniel, e estas têm sido como ‘palavras fechadas’ até mesmo para os crentes em geral. . . . Em tempos mais recentes, muitos têm feito grandes esforços, no que concerne a investigar a história, para ilustrar as partes dessas profecias que já se realizaram e para formular, mediante a comparação delas com outros textos, algum critério do que ainda resta para se cumprir; e assim se tem fornecido muito esclarecimento sobre elas. À medida que gradualmente forem sendo cumpridas, serão mais bem entendidas; e gerações futuras ficarão bem mais surpresas e instruídas por elas do que nós.” (Explanatory Notes [Notas Explanatórias], de Scott, 1832) A falta de entendimento das profecias de Daniel, em princípios do século 19, indicava que o predito “tempo do fim” ainda era futuro, visto que os “perspicazes”, os verdadeiros servos de Deus, haviam de entender a profecia no “tempo do fim”. — Da 12:9, 10.


A respeito do sentido do verbo “percorrer” usado em Daniel 12:4, o periódico “A Sentinela” fez a seguinte observação:

A palavra hebraica crítica, aqui, shut, em si mesma não possui o significado de “examinar ou escrutinar”, como o revela o exame de diversos dicionários hebraico-ingleses (ou hebraico-portugueses). O significado básico do versículo é “mover-se de um lado para o outro”. O Lexicon for the Old Testament Books de L. Koehler e W. Baumgartner mostra que o verbo hebraico significa “percorrer de uma parte para a outra” e foi assim traduzido na Tradução do Novo Mundo (edição completa só em inglês), em Jó 1:7; 2:2; Jeremias 5:1; 49:3; Amós 8:12; Zacarias 4:10 e 2 Crônicas 16:9. O Hebrew and Chaldee Lexicon of the Old Testament Scriptures, de Genenius, em sua edição de 1859, publicada em Londres, define a palavra como significando “correr rapidamente, correr para cima e para baixo, correr de um lado para o outro, (o que muitos homens fazem, como se açoitassem o ar com os braços, como remadores).” No tocante à forma Pilel do verbo, este Lexicon diz que o verbo significa, em metáfora, “percorrer um livro, isto é, examiná-lo cabalmente, Daniel 12:4”. – 15/3/1965, p. 191, sob “Perguntas dos Leitores”, negrito acrescentado. 

Um site de pesquisa bíblica fez o seguinte comentário:

O saber se multiplicará. Esta frase deve ser considerada a sequência lógica da frase que a antecede: quando o livro selado for aberto, no tempo do fim, o conhecimento das verdades contidas nessas profecias aumentará (ver PR, 547; cf. Ap 10:1, 2). No final do século 18 e início do século 19, despertou-se um novo interesse pelas profecias de Daniel e Apocalipse em diferentes  lugares do mundo. O estudo dessas profecias difundiu a crença de que o segundo advento de Cristo estava próximo. Vários estudiosos na Inglaterra, Joseph Wolff no Oriente Médio, Manuel Lacunza na América do Sul e Guilherme Míller nos Estados Unidos, junto com outros estudiosos das profecias, declararam, com base no estudo das profecias de Daniel, que o segundo advento estava prestes a ocorrer. Essa convicção se tornou a força motivadora de um movimento mundial. Esta profecia também foi interpretada como indício dos estupendos avanços da ciência e do conhecimento geral no século 19, avanços que tornaram possível uma proclamação extensa da mensagem dessas profecias. CBASD [Comentário Bíblico Adventista do Sétimo Dia] vol. 4, p. 970.[1] 

Outro site de pesquisa bíblica comentou:

Muitos o esquadrinharão, e o saber se multiplicará. Os olhos das pessoas percorrerão a profecia e a compreensão aumentará. Está se tratando da disposição do livro e o seu futuro.[2]

Diversas traduções bíblicas de Daniel 12:4 mostram este sentido

“Quanto a ti, Daniel, guarda isso secreto, e conserva este livro lacrado até o tempo final. Muitos daqueles que a ele recorrerem verão aumentar seu conhecimento.” – Bíblia Ave Maria. 

 “Mas quanto a você, Daniel, esconda estas palavras e sele o livro até o fim dos tempos. Muitos vão e voltam e procuram ansiosamente [através do livro], e o conhecimento [do propósito de Deus conforme revelado por Seus profetas] aumentará [grandemente].” – Amplified Bible (“Bíblia Amplificada”).

“E tu, Daniel, fecha as palavras e sela o livro até o tempo do fim; até que muitos sejam ensinados e o conhecimento seja aumentado.” – Brenton's Septuagint Translation (“Tradução da Septuaginta, de Brenton”).

“Daniel, eu agora te ordeno que mantenha a mensagem deste livro em segredo até o fim dos tempos, mesmo que muitas pessoas vão a todos os lugares em busca do conhecimento que nele se encontra.” – Contemporary English Version (“Versão Inglesa Contemporânea”).

“Ele me disse: ‘E agora, Daniel, feche o livro e sele-o até o fim do mundo. Enquanto isso, muitas pessoas perderão seus esforços tentando entender o que está acontecendo.’” – Good News Translation (“Tradução de Boas Novas”).

“Quanto a você, Daniel, mantenha em segredo as palavras e sele o livro até o tempo do fim. Muitos farão uma busca, e o conhecimento verdadeiro se tornará abundante.” – Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.

Tendo em vista o contexto e a linguagem, Daniel 12:4 deve estar apontando para o período da história humana em que o verdadeiro conhecimento bíblico aumentaria de modo destacado. 

Notas:

[1] Reavivados por Sua Palavra.  Disponível em: <https://reavivadosporsuapalavra.org/2017/11/19/daniel-12-comentarios-selecionados/>.

[2] Interpretação de Daniel 12. Biblioteca Bíblica. Disponível em: <https://bibliotecabiblica.blogspot.com/2014/10/interpretacao-de-daniel-12.html>.


 Referências: 

Daniel 12:4. Almeida Revisada Imprensa Bíblica. Bíblia Online. Disponível em: <https://www.bibliaonline.com.br/aa/dn/12>. 

______. Amplified Bible. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/amp/daniel/12.htm>. 

______. Brenton's Septuagint Translation. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/sep/daniel/12.htm>. 

______. Contemporary English Version. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/cev/daniel/12.htm>. 

______. Good News Translation. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/gnt/daniel/12.htm>. 

______. Nova Versão Transformadora. Bíblia Online. Disponível em: <https://www.bibliaonline.com.br/nvt/dn/12>.

Estudo de Daniel 12:4 – Comentado e Explicado. Bibliaco. 13 mar 2020. Disponível em: <https://versiculoscomentados.com.br/index.php/estudo-de-daniel-12-4-comentado-e-explicado/>. 

Salmo 119:66. João Ferreira de Almeida, edição de 1969. Bíblia Online. Disponível em: <https://www.bibliaonline.com.br/rc69/sl/119>.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 

 


 


 




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *