Image Map











domingo, 25 de dezembro de 2011

O conceito bíblico sobre o sexo antes do casamento

Fonte da ilustração: 
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/102013323


Vivemos numa sociedade permissiva e hedonista, que considera as relações sexuais fora do casamento como algo aceitável. Inclusive, líderes religiosos e organizações religiosas como um todo muitas vezes têm defendido tal posição. Mas, o que a Bíblia tem a nos dizer sobre isso? Os que desejam viver de acordo com os padrões de moral de Deus devem estar vivamente interessados no conceito da Palavra de Deus. Os subtítulos abaixo expressam o conceito de Jeová Deus sobre o tema em pauta, e os argumentos abaixo de tais subtópicos fornecem a base para tais afirmações.


O estado de solteiro envolve não ter nenhuma atividade sexual

     O apóstolo Paulo escreveu: “é bom que o homem não toque em mulher.” (1 Coríntios 7:1) “Tocar” é um eufemismo de ter “relações” sexuais, ou de ter qualquer atividade de cunho sexual. (Provérbios 6:29) Paulo não estava falando da fornicação, assunto sobre o qual ele já havia discorrido no capitulo anterior. (1 Coríntios 6:9, 10, 18) Ademais, ele diferenciou ‘tocar em mulher’ de “fornicação” em 1 Coríntios 7:2. Na realidade, ele estava incentivando o estado de solteiro, conforme mostra claramente o contexto. (1 Coríntios 7:6-8, 26, 32-34) Isto torna claro que o estado de solteiro significa ‘não tocar em  mulher’, ou seja, não ter nenhuma atividade sexual.


“Fornicação” envolve sexo fora do casamento

A Bíblia mostra que a solução para quem não tem autodomínio não é extravasar seus anseios sexuais por praticar o sexo fora do matrimonio, mas sim por devidamente “casar-se”. (1 Coríntios 7:2, 9) Paulo mencionou que, para quem não tem autocontrole, o estado de solteiro seria “um laço”, pois poderia colocar a pessoa sob a tentação de cometer fornicação. (1 Coríntios 7:35) E o que a fornicação inclui?

Inclui a prática da homossexualidade. A Bíblia relata que os “homens de Sodoma” queriam ter “relações” com os dois hóspedes de Ló. (Gênesis 19:4, 5) Tais práticas foram mencionadas posteriormente como sendo “fornicação”. – Judas 7.

 A Bíblia condena o sexo antes do casamento. Ela fala figuradamente de a congregação cristã ser uma “virgem casta [pura]” prometida “em casamento” a Cristo. (2 Coríntios 11:2) Uma qualidade destacada pela Bíblia sobre Rebeca é que ela “era virgem, e nenhum homem tivera relações sexuais com ela”. (Gênesis 24:16) A Bíblia apresenta as relações sexuais como um presente de Deus, e que devem ser corretamente expressas ou usufruídas dentro do matrimônio. – 1 Coríntios 7:3-5, 28, 36-38; Provérbios 5:18, 19.

Tal assunto é extremamente sério, porque a vida está em jogo. Em primeiro lugar, a vida presente, visto que a fornicação pode resultar em doenças que encurtam a vida. (Provérbios 7:22, 23) Em segundo lugar, tal ato desagrada profundamente a Deus, e quem se entrega a tal prática pode comprometer a própria esperança de vida eterna. – Gálatas 6:7, 8; 1 Coríntios 6:18, 9, 10; Hebreus 13:4; Salmo 78:41.

Há diferença entre estar casado e apenas ‘viver junto’?

Sim. Jesus mostrou isso em sua conversa com a mulher samaritana. João 4:16-18 nos relata: “Disse-lhe ele: ‘Vai, chama teu marido e vem para este lugar.’ Em resposta, a mulher disse: ‘Não tenho marido.’ Jesus disse-lhe: ‘Disseste bem: “Não tenho marido.” Pois, tiveste cinco maridos, e o homem que agora tens não é teu marido. Isso disseste verazmente.’” Note que a samaritana vivia junto com um homem, mas tanto ela quanto o Filho de Deus reconheceram que tal homem não era “marido” dela. Portanto, biblicamente há uma grande diferença entre estar devidamente casado e apenas ‘viver junto’. O último caso implica em estar praticando fornicação.


Mas ‘pedaço de papel’ tem valor?

Com certeza! Ao iniciar uma sociedade comercial, uma compra de terreno ou um empréstimo, esse é um requisito indispensável. Por que seria diferente no caso de um relacionamento entre um homem e uma mulher, que é algo muito mais importante? O casamento devidamente legalizado granjeia o respeito da comunidade. Em caso de morte de um dos cônjuges, torna-se um dispositivo legal a favor dos membros vivos da família. E, acima de tudo, agrada a Deus, que exige que seus servos e servas ‘paguem de volta a César [ao Estado] as coisas de César’ por cumprir as exigências legais de registro do matrimônio. – Mateus 22:21.


O modo de Jeová é o melhor para nós

A Bíblia diz incisivamente: “O próprio Jeová não reterá nada de bom dos que andam sem defeito.” (Salmo 84:11) Portanto, se Deus ‘retêm’, ou proíbe, o sexo fora do casamento, é porque isso definitivamente não é “bom” para o ser humano. Além disso, lemos no Salmo 16:11: “Tu [Jeová] me farás saber a vereda da vida. Alegria até a fartura está com a tua face; Na tua direita há o agradável, para sempre.” Isto indica claramente que o modo de Deus nos mantém na estrada da vida – de uma vida presente satisfatória e da vida futura no paraíso terrestre. Viver segundo os requisitos divinos resulta numa vida “agradável, para sempre”. Por isso, nosso amoroso Criador e Pai insta-nos: “Eu, Jeová, sou teu Deus, Aquele que te ensina a tirar proveito, Aquele que te faz pisar no caminho em que deves andar. Oh! se tão-somente prestasses realmente atenção aos meus mandamentos! A tua paz se tornaria então como um rio e a tua justiça como as ondas do mar.” (Isaías 48:17, 18) Está disposto – enfim, determinado – a acatar essa sábia admoestação da parte de Jeová?


Enquetes mostram a sabedoria do proceder bíblico

·       Mais da metade dos que se casam nos Estados Unidos já moravam juntos. Esses casais têm duas vezes mais probabilidade de se divorciar do que os que se casam antes de morar juntos.  (PSYCHOLOGY TODAY, EUA) – Citado da revista Despertai! de junho de 2006, p. 30, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

·       Mais de 40% dos casais que vivem juntos antes de se casar divorciam-se antes do décimo aniversário de casamento, noticiou o jornal Daily News de Nova York. Dados colhidos pelo Centro Nacional de Estatísticas de Saúde indicam também que casais que vivem juntos antes de se casar e que ficam casados por mais de dez anos têm duas vezes mais probabilidade de acabar se divorciando. “O casal que estiver pensando em viver junto [e] que não acha certo fazer isso sem se casar”, disse Matthew Bramlett, principal autor da reportagem, “é o tipo de casal que dificilmente se divorciará”. Além disso, pessoas que vivem juntas antes de se casar “parecem estar muito menos dispostas a enfrentar as dificuldades que surgem no relacionamento a dois”, disse a conselheira matrimonial Alice Stephens. – Citado de Despertai! de 8 de abril de 2003, p. 29.

·       “Os pais que viveram juntos antes de se casar têm duas vezes mais probabilidade de se separar”, diz o jornal National Post, do Canadá. Heather Juby, coautora de um estudo realizado por Statistics Canada, disse que os pesquisadores esperavam descobrir que o fato de um casal ter um filho seria sinal de compromisso entre eles. “Mas”, ela disse, “os casais que estão mais abertos à idéia de coabitar também estão mais abertos à de se separar”. A pesquisa revelou que 25,4% dos que viviam juntos, antes de se casar, se separaram, comparados com os 13,6% dos pais que não viviam juntos antes do casamento. “Essas pessoas que vivem junto têm menos estabilidade no relacionamento”, disse Juby, “visto que pessoas dispostas a [coabitar] são as que talvez não deem tanto valor ao compromisso do casamento”. - Citado de Despertai! de 8 de março de 2002, p. 29.



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





8 comentários:

  1. Falam muito e pouco cumprem... Só serve para colocar minhocas na cabeça dos jovens. Hoje pago uma fortuna de psicóloga para resolver o problema de vaginismo da minha esposa, que teve educação evangélica rígida. Até tentei, TENTEI, frequentar as igrejas, mas o frenesi e a ambição de receber meu dízimo (ganho bem, estudei muito na vida) me deram nojo... Libertações do MAL... O MAL é essa educação TOSCA E MEDIEVAL que dão para os filhos, promovem verdadeir TERROR de medo deles engravidarem antes do casamento... São um poço de problemas psicológicos...
    Isso quando não forçam o casal de namorados da igreja a se casarem por que fizeram sexo, criando verdadeiros infernos matrimoniais por unir duas pessoas de pouca afinidade... Tudo em nome do Senhor... Duvido que Deus seja mesquinho, estúpido, mandão, vingativo e autoritário como dizem... Deus quer a nossa felicidade... não o meu dinheiro, que na mão de bispos vira mansão em Miami e na França... Mentirosos, deturpadores da palavra, isso que são... incapazes de aceitar o mundo moderno. Falam que evolução não existe, que ciência é bobagem... o mesmo método científico que permite um celular funcionar é o que diz que a terra tem bilhões de anos... são uns idiotas criacionistas...

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente, as religiões têm representado muito mal a Deus e também têm deturpado a Bíblia. Elas se envolvem na política e nas guerras, estabelecem normas restritivas e desarrazoadas de moralidade, colocando as relações sexuais como sendo um pecado, por exemplo. Também cobram dízimo, um requisito que era da Lei mosaica e que findou junto com essa Lei. (Hebreus 7:5, 12) Ademais, fazem afirmações anticientíficas sobre o tempo da existência do Universo e da Terra, entre outras coisas. Por outro lado, o Deus da Bíblia é feliz., (1 Timóteo 1:11) Não há nenhum conflito entre a verdadeira ciência e a Bíblia. (Veja o artigo "Será que a ciência contradiz o relato de Gênesis?", na Despertai! de setembro de 2006, pp. 18-20.) O correto entendimento sobre o conceito bíblico sobre o sexo não traz problemas psicológicos, mas são para a nossa felicidade. As Testemunhas de Jeová se esforçam em restabelecer o verdadeiro cristianismo estabelecido por Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha estou junto com minha mulher a mais de 5 anos e nao sou casado no civil , ela nao quer casar agora por causa da condiçao ,o valor é 225 reais o casamento no civil,istou tendo dificuldade de ajuntar esse dindim eu estou indo as reunios , mais ela quer ter relaçoes e eu nao quero por causa da conciencia temor de jeova ja sedi as vezes mais mim sinto muito mal por cometer fornicaçao por isso estou querendo um conselho ? ja comversei com ela para espera mais nao estou conseguindo ajuntar o dinheiro. se ja estiverse ja tinha ido mim casar com ela

      Excluir
    2. Prezado. Você conhece o conceito de Deus sobre o sexo fora do casamento, e uma prova disso é que sua própria consciência treinada pelo conhecimento da Bíblia o condena por isso. (Romanos 2:15) Procure a ajuda dos irmãos para ajudarem você a conseguir a quantia necessária para regularizar sua situação marital.

      Excluir
  3. Muito bem! Acho que o amigo ai confundiu as testemunhas de Jeová com outras religiões desonestas. O conceito da Biblia sobre o sexo sempre é o melhor para todos!

    ResponderExcluir
  4. Achei muito interessante a forma que o apologista respondeu ao amigo que mostrou certa revolta com as religiões da cristandade que infelismente representam muito mal a Deus.Espero que um dia ele tenha a oportunidade de estudar a biblia com as testemunhas de Jeová e perceber que existe sim um povo temente e obediente ao nosso amoroso Pai Jeová.um grande abraço irmão apologista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Oseias. Fico contente de que a resposta dada lhe foi útil.

      Excluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *