Image Map











domingo, 19 de agosto de 2012

Estudo sobre Pneumatologia – Parte 2

Fonte da ilustração:
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2013565 



O primeiro artigo desta série enfocou o termo “espírito” na acepção de força de vida. Neste artigo, analisaremos o uso que a Bíblia faz da palavra “espírito” aplicando-a a seres, ou pessoas, espirituais.

A Bíblia deixa bem clara a existência de seres espirituais. O próprio Autor das Escrituras Sagradas, Jeová Deus, é um Ser espiritual. Isso é salientado nas palavras de Jesus: “Deus é Espírito.” (João 4:24)[1] Contudo, no caso de Jeová, ele é “espírito” num sentido único, singular, distintivo, razão pela qual Paulo declarou: “Jeová é o Espírito.” (2 Coríntios 3:17) Ele é o único ser espiritual que nunca teve princípio e o Criador de todas as coisas, inclusive dos demais espíritos pessoais que vieram a existir. – Salmo 90:2; Apocalipse 4:11.

A Bíblia mostra que os seres espirituais estão organizados em categorias. Assim, ela fala de Miguel como sendo “o arcanjo”, termo que significa o principal (ou o mais importante) anjo. (Judas 9) As Escrituras também mencionam “serafins” (Isaías 6:1-7), “querubins” (Gênesis 3:24) e “anjos” (Gênesis 19:1), esta última palavra significando literalmente “mensageiros”, indicando uma de suas funções. O primeiro ser espiritual que Jeová trouxe à existência foi seu Filho mais dileto, sendo chamado de “a Palavra” (ou “o Verbo”), tradução do termo grego Lógos. (João 1:1; Apocalipse 19:13) Esse termo indica que ele atua como principal Porta-voz de Jeová. Por meio do Lógos, Jeová trouxe à existência todas as demais coisas, inclusive os demais seres espirituais. (João 1:3, 10; 1 Coríntios 8:6; Colossenses 1:15, 16; Hebreus 1:2) O Lógos se tornou o homem Jesus Cristo. – João 1:14, 17.

Infelizmente, após a criação do primeiro casal humano (Adão e Eva), um dos seres espirituais se rebelou contra Deus, tornando-se Satanás, o Diabo, termos que significam, respectivamente, “opositor” e “caluniador”. (Gênesis 3:1-5; Apocalipse 12:9; João 8:44) Com o tempo, outros seres espirituais também se rebelaram. (Judas 6) Encontramos vestígios da atuação desses espíritos maus em alguns trechos das Escrituras Hebraicas. (Gênesis 6:1-4; Jó capítulos 1 e 2; 4:15; Levítico 20:27; 1 Crônicas 21:1; Isaías 8:19; Zacarias 3:1, 2) No entanto, as Escrituras Gregas focalizam de modo mais descritivo tal atuação. (Mateus 12:43-45; Marcos 1:23, 26; 5:1-13; 7:25; 9:17-29; Lucas 13:11; Atos 16:16; 19:12-16) Tanto Satanás como os demais seres espirituais iníquos serão destruídos para sempre. – Romanos16:20; Hebreus 2:14.

Por outro lado, a Bíblia menciona extensamente a atuação dos seres espirituais da parte de Deus. – Gênesis 3:24; 16:7-12; 18:1-3; 19:1, 15; 21:17, 18; 22:10-12, 15-18; 24:6, 7, 40; 28:10-12; 31:11; 32:1, 24-29; Oseias. 12:4; 48:16; Êxodo 3:1, 2; Atos 7:30, 35; Salmo 78:49; Êxo. 14:19; Atos 7:38, 53; Êxodo 23:20-23; 32:34; 33:2; Núm. 20:16; 22:22-35; Juízes 2:1-4; 5:23; 6:11, 12, 20-22; 13:2-21; 2 Samuel 24:16, 17; 1 Crônicas 21:11-30; 1 Reis 19:5-7; 2 Crônicas 32:21; Isaías 37:36; 2 Reis 1:3, 15; 19:35; Salmo 34:7; 35:5-7; 91:11, 12; 103:20; 148:2; Daniel 3:28; 6:22; Zacarias 1:9-14, 19; 2:3; capítulos 3 a 5; 6:4, 5; Mateus 1:20-24; 2:13, 19; 4:11; Marcos 1:11; Mateus 13:39-41, 49, 50; 16:27; 18:10; 24:31; 36; 25:31; 26:53; 28:2, 5; Lucas 1:11-22, 26-38; 2:8-15, 21; 12:8, 9; 15:10; 22:43; 24:23; João 1:51; 20:12; Atos 5:17-20; 8:26; 10:3-7, 22; 11:13; 12:7-11; 12:21-23; 27:23, 24; 1 Pedro 1:10-12; 2 Ped. 2:11; Apocalipse 1:1; 5:2, 11; 7:1, 2, 11, 12; 8:1-9:14; 10:1, 5-10; 11:15; 12:7-9; 14:6-9, 15-19; 15:1, 6-8; 16:1-18:1, 21; 19:11-14, 17; 20:1-3; 21:9, 12; 22:6, 8, 9, 16.

Assim, devemos ser muito gratos a Jeová, mediante Cristo, pela amorosa e prestativa ajuda que recebemos dos poderosos anjos de Deus.


Espírito na acepção de pessoa (ser) espiritual

Escrituras Hebraicas:
Gênesis 6:3; Levítico 20:27 (2 vezes); 2 Samuel 22:11; 1 Reis 22:21; 2 Crônicas 18:20; Jó 4:15; Salmo 18:10; 104:4; Isaías 8:19; 31:3; Ezequiel 3:12, 14; 8:3; 11:1, 24; 43:5; Zacarias 6:5.
Total: 18 vezes.

Escrituras Gregas Cristãs:
Mateus 8:16; 10:1; 12:43, 45; Marcos 1:23, 26, 27; 3:11, 30; 5:2, 8, 10, 13; 6:7; 7:25; 9:17, 20, 25; Lucas 4:36; 6:18; 7:21; 8:2, 29; 9:39, 42; 10:20; 11:24, 26; 13:11; 24:37, 39; João 3:6; 4:24; Atos 5:16; 8:7, 29; 16:16; 19:12, 13, 15, 16; 23:8, 9; 1 Coríntios 15:45; 2Co 3:17, 18; 1 Timóteo 3:16; Hebreus 1:7, 14; 1 Pedro 3:18, 19; Apocalipse 14:13.
Total: 54 vezes.

TOTAL GERAL: 72 vezes.



Notas:
[1] “Espírito”, nesse e em alguns outros textos, pode também estar se referindo à constituição, natureza ou substância espiritual, em contraste com a constituição física, de carne. É como se o texto implicasse no seguinte entendimento: ‘Deus é um Ser de constituição espiritual.’ De qualquer forma, o termo está sendo usado com referência a uma Pessoa espiritual.



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




13 comentários:

  1. "Espírito na acepção de pessoa (ser) espiritual
    ....
    TOTAL GERAL: 72 vezes."

    Tu saiu conferindo uma por uma é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As concordâncias bíblicas apresentam o número de vezes em que ocorre determinada palavra e as passagens em que ela se encontra, mas tais concordâncias não classificam o uso que é feito da referida palavra, e mesmo que o fizessem, ainda seria uma interpretação questionável. Assim, o único recurso é conferir cada uso da palavra (no caso rúahh e pneúma), fazendo um esforço para classificar seu uso à base do texto e do contexto. É o que foi feito para se produzir essa série de artigos intitulada “Estudo sobre Pneumatologia”.

      Excluir
  2. Você lembra daquela sugestão sobre postar um artigo explicando como o espirito santo "ensina,guia,dá testemunho,convence etc...?Eu vi num site que eu não conhecia ainda intitulado "O publicador da verdade" um breve assunto sobre isso,mas faltou mais explicação.To esperando viu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O "publicador da verdade" por acaso é, ou se identifica como TJ?

      Excluir
  3. Você argumenta que Jesus foi o primeiro ser criador por Deus,contudo não mostra dentro do contexto do povo de Israel, o que vinha sobre o primogênito. E qual é o verdadeiro significado da primogenitura de Jesus, e como às Escritura afirma isso.Jesus é identificado como o criador de todas as coias, sendo assim ele se criou a ele mesmo?Isso não faz sentido, outra coisa, ele é identificado como Pai eterno;em Hebreus 1:3 diz que ele "sustenta todas as coisas pela palavra de seu poder”.Em Colossenses 1:17 diz “ele é antes de todas as coisas. Nele tudo subsiste” Eu acredito que é necessário ter um pouco de sinceridade no coração e pregar a verdade, sem sermos influenciados pelos nossos próprio conceito, que por sinal não vai fazer nenhuma diferença no que já está escrito em relação a deidade de nosso senhor e salvador Jesus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O título “Criador” pertence apenas a Jeová. O próprio Jesus Cristo reconheceu que ele – Jesus – não foi o Criador, quando se referiu a seu Pai como “aquele [singular] que os criou”. (Mat. 19:4) O contexto de Colossenses capítulo 1 revela o sentido de “primogênito” em Colossenses 1:15. O vers. 18 menciona Jesus como “o primogênito dentre os mortos”. Seria ele o mais preeminente entre os mortos? A própria continuação do texto responde: “Para se tornar aquele que é primeiro em todas as coisas.” Atos 26:23 confirma : “Que o Cristo ... como primeiro a ser ressuscitado dentre os mortos.” Ele foi o primeiro a ser ressuscitado para a vida celestial e para não morrer mais. (Veja também He 6:19, 20; 1Co 15:22, 23.) E Revelação 3:14 conclui o assunto chamando-o de “o princípio da criação de Deus”. Assim, o próprio contexto bíblico não deixa dúvidas sobre o sentido do termo “primogênito” em Colossenses 1:15 – o primeiro ser criado por Deus.

      Excluir
    2. Resumo do post do Anônimo:

      1- Primogênito no caso de Jesus não significa literalmente primogênito, o primeiro filho, o primeiro gerado, significa outra coisa [Por que?]

      2- Jesus é o criador, criou todas as coisas, mas não poderia ter criado a si mesmo, seria ilógico. [Jesus é o criador?]

      3- Jesus é o Pai Eterno em Hebreus 1:3 e é antes de todas as coisas em Col 1:17. [Esses textos dizem que ele Pai e Eterno?]

      4- Devemos ser sinceros e não sermos influenciados pelos nossos conceitos prévios [Como ignorar a Trindade ao ler aos textos para não sermos influenciados por aquilo que já criamos e assim não entender "Primogênito" como realmente "primogênito"? ]

      Excluir
    3. Vejam que interessante,o anônimo faz a seguinte observação: "VOCÊ ARGUMENTA QUE JESUS FOI O PRIMEIRO SER CRIADO POR DEUS,CONTUDO NÃO MOSTRA DENTRO DO CONTEXTO DO POVO DE ISRAEL O QUE VINHA(OU SOBREVINHA)AO PRIMOGÊNITO"
      Existe uma "teoria" entre alguns religiosos independentes onde eles afirmam que existia no antigo israel uma espécie de maldição da parte de Deus que recaía sobre todo primogênito,eles usam alguns textos que parecem apoiar tal ideia,no entanto desconsideram outros que indicam o oposto.Com essa argumentação o anônimo quer dizer que Jesus jamais poderia ser primogênito no sentido de ser o "primeiro",visto que os primogênitos israelitas eram amaldiçoados ou coisa assim.Entretanto,supondo que tal raciocínio fosse verdadeiro apenas seria mais uma prova de que Jesus é sim primogênito no sentido de ser o primeiro,por que??
      porque GÁLATAS 3:13 DIZ: "CRISTO NOS RESGATOU DA MALDIÇÃO DA LEI,FAZENDO-SE MALDIÇÃO POR NÓS,PORQUE ESTÁ ESCRITO: MALDITO TODO AQUELE PENDURADO NO MADEIRO."

      Ele continua argumentando: "JESUS É IDENTIFICADO COMO O CRIADOR DE TODAS AS COISAS,SENDO ASSIM ELE CRIOU A ELE MESMO? ISSO NÃO FAZ SENTIDO."

      É a pergunta que induz a pensar assim e não o texto do apologista e os textos bíblicos,por exemplo:

      GÊNESIS 3:20 DIZ: "E CHAMOU ADÃO O NOME DE SUA MULHER EVA:PORQUANTO ELA ERA A MÃE DE "TODOS OS VIVENTES."

      "mãe de todos os viventes",com excessão dela e seu marido visto que também eram "viventes",mas criados diretamente por Deus.

      Como exemplo adicional lemos em ROMANOS 5:12: "PELO QUE,COMO POR UM SÓ HOMEM ENTROU O PECADO NO MUNDO,E PELO PECADO A MORTE, ASSIM A MORTE PASSOU A "TODOS" OS HOMENS,POR ISSO QUE TODOS PECARAM."

      Embora Adão não fosse parte de "todos os homens" a quem a morte passou(visto que antes de Adão não havia nenhum humano que pudesse passar-lhe a morte)ainda assim ele era um homem.
      Similarmente Jesus não é parte de todas as coisas que vieram à existência por intermédio dele,no entanto é uma criação de Deus "antes de todas as coisas"-COLOSSENSES 1:17.

      Resumindo: Como Jesus poderia ser uma criatura se nele foram criadas todas as coisas? a palavra "todas" aqui,como em muitos e muitos outros lugares admite excessões. Isso se harmoniza com os demais textos que apontam para Jesus como criação sem colocar palavras na pena dos escritores bíblicos,palavras que não estavam lá,ou mudar a intensão de quem as escreveu.Deixemos que a palavra de Jeová explique sua real intensão,como 1 CORÍNTIOS 15:27:

      "PORQUE TODAS AS COISAS SUJEITOU DEBAIXO DE SEUS PÉS. MAS,QUANDO DIZ QUE "TODAS AS COISAS" LHE ESTÃO SUJEITAS,CLARO ESTÁ QUE SE EXCETUA AQUELE QUE LHE SUJEITOU "TODAS AS COISAS".
      Portanto faz sentido sim! Jesus não criou a si mesmo e no entanto participou na criação de tudo.

      Excluir
    4. O seu Anônimo, vai pesquisar mais, em vez de se apegar a uma doutrina comprovadamente satânica e diabólica imposta pela espada

      Excluir
  4. Terá uma parte destinada a diferenciar "Alma" e "Espírito" ou indicar as similaridades de significado delas?

    Darei uns exemplos::::

    1 Samuel 30:12: Davi comeu e seu espírito lhe retornou; pois não tinha comido pão nem bebido água por três dias e três noites

    Este texto analisado de ponto de vista da literatura bíblica não poderia rezar assim :
    "Davi comeu e sua alma lhe retornou; pois não tinha comido pão"

    A passagem acima iria indicar que Davi literalmente ressuscitou (ou que voltou a respirar?) e não que sua força ou vigor físico retornaram.

    Espirito é usado nesse sentido de vigor neste texto como um tipo de metáfora onde "sem espírito" tenha o sentido de "morto de fome" ou "morto de cansado" (sem coragem, sem disposição, sem animo), mas "sem alma" não encaixa aqui, pois ia ao olhos dos leitores semitas da época ter o sentido de literalmente morto, um cadaver, sem respiração ou sem sangue, literalmente sem vida! (não meramente fraco ou sem forças)

    :::::
    Alma de Deus, Alma de Jeová, Alma Santa poderiam ser usados como substitutos de Espirito de Deus, Espirito de Jeová ou Espirito Santo? Parece que não ein.

    Agora:
    "Minha alma está amargurada" e "Meu espírito está aflito", "meu coração está quebrantado e meu espírito esmagado" e "minha alma está dolorida" são bem mais profundos não são? (E fica bem mais difícil diferenciar a matiz de sentido dos dois termos em estudo aqui)

    Grato pela atenção de quem me leu até aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pretendo tratar do tema "alma" à parte desse estudo de Pneumatologia. Mas seus comentários a respeito desse assunto são muito bem-vindos.

      Excluir
  5. Gostei reginaldo da sua argumentação,pobres protestantes,que luta é essa contra a verdade? que coisa feia levam um banho de "verdade" e ficam com bla,bla,bla...por sinal o queruvim postou uma matéria sobre isso muita boa,aqui ninguém é concorrente estamos todos com o mesmo alvo.

    ResponderExcluir
  6. É verdade,Nilsom,vale ressaltar aqui que devemos nossas pesquisas aos nossos queridos irmãos do corpo governante que disponibilizam gratuitamente
    matéria bíblica de altíssima qualidade para todos.Tais verdades não ficam veladas a serem vistas somente por um preço.De modo que acredito que nossos comentários são apenas um exercício do nosso aprendizado.É o amor ao que é verdadeiro e aos nossos irmãos que é o antídoto contra a apostasia e que vai nos ajudar a entender o sentido do que significa perdoar! Fica com Jeová.

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *