Image Map











domingo, 29 de junho de 2014

As traduções da cristandade – parte 9



Por: O Publicitário do Reino


“Tábuas” (Al, ALA) ou “Armações de Painel” (NM)? – Êxodo 26:29

Armações de painel. As paredes eram de acácia, recobertas de ouro, evidentemente em forma de armações de painel (similares a armações de janela), em vez de tábuas maciças. Al, ALA. (Êxodo 26:15-18) Este conceito parece lógico, por dois motivos:

(1) Tábuas maciças de acácia do tamanho descrito seriam desnecessariamente pesadas.

(2) Os querubins bordados na cortina suspensa sobre as tábuas ficariam ocultos, exceto os vistos no teto da estrutura, na parte interna. – Êxodo 26:1.

Assim, parece que cada armação de painel foi construída de tal modo que os sacerdotes, no tabernáculo, pudessem ver os querubins bordados na cobertura de linho.

Alguns peritos da atualidade também são da opinião de que se usou o estilo de armações de painel, em vez de o de tábuas maciças.

Assim, embora o termo hebraico qé·resh seja traduzido por “tábuas” em versões mais antigas, várias traduções modernas usam a palavra “armação” ou “armação de painel”. (Êx 26:15-29, AT, BLH, JB, Mo, NM, RS) – Estudo Perspicaz das Escrituras, Volume 3, p. 662, publicado pelas Testemunhas de Jeová.

É evidente que NM é a mais coerente do que a Al e ALA ao traduzir por “armações de painel” em vez de tábuas em Êxodo 26:29. Confira:

“E recobrirás de ouro as armações de painel e farás de ouro as suas argolas como suportes para as trancas; e as trancas tens de recobrir de ouro.”


Até mesmo em pequenos detalhes a NM é a mais exata:

Observe o comentário do Dicionário Expositivo de Palavras do Antigo e do Novo Testamento, de Vine, sobre a palavra grega krísis, que aparece em Judas 9 na versão Al como “juízo de maldição” e na ALA como “juízo infamatório”.

O termo krisis, que em 2 Pedro 2:11 foi traduzido por ´”juízo (blasfemo)” e em Judas 9 por “juízo (de maldição)”, não pertence a esta categoria. Significa “julgamento”, decisão dada em relação a qualquer coisa.  – Dicionário de Vine, p.372.

Assim, na NM, Judas 9 é traduzido exatamente por “julgamento”. Observe:

Judas 9: “Mas, quando Miguel, o arcanjo, teve uma controvérsia com o Diabo e disputava acerca do corpo de Moisés, não se atreveu a lançar um julgamento contra ele em termos ultrajantes, mas disse: ‘Jeová te censure.’”


Outra evidência da coerência da NM está em Gênesis 4:15

Observe um comentário bastante interessante na Bíblia Explicada da CPAD.

E pôs o Senhor um sinal em Caim.” (4:15) A tradução de Almeida não é tão correta como a TB.: “Deu Jeová um sinal a Caim.” Não havemos de entender que ele fosse marcado, e sim que Deus, de algum modo, assinalou-lhe a proteção divina. – A Bíblia Explicada, p. 21.

Ao lado da TB, está a NM, que é mais correta do que a tradução de Almeida. Note:

“E Jeová estabeleceu assim um sinal para Caim.” – Gênesis 4:15.


“Boa vontade para com os homens” (Al), ou “homens de boa vontade” (NM)? – Lucas 2:14

Quando um anjo anunciou o nascimento de Jesus, ele apareceu, não perante os líderes religiosos judeus, mas perante humildes pastores. Depois de falar aos pastores sobre o nascimento do Messias, uma hoste angélica proclamou: “Glória a Deus nas maiores Alturas, e na terra paz entre homens de boa vontade.” – (Lu 2:14, NM) Os anjos não proclamavam a paz para os inimigos de Deus, que não estavam em paz com Ele. “‘Não há paz para os iníquos’, disse o meu Deus.” – Isaías 57:21.

A versão Almeida, revista e corrigida, verte assim Lucas 2:14: “Glória a Deus nas Alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens.” Mas, Deus não expressava ali boa vontade para com os homens em geral; nem queria dizer que sua paz havia sido estendida aos que se inclinavam para Ele simplesmente dum modo amigável e indulgente. Antes, Deus se referia aos que agradariam a ele por terem genuína fé nele, e que se tornariam seguidores de seu Filho.

Traduções modernas harmonizam-se com este conceito, esclarecendo o assunto.

A versão dos Missionários Capuchinhos reza: “Paz na terra aos homens do seu agrado.”

A Bíblia de Jerusalém traduz esta frase: “Paz na terra aos homens que ele ama.”

A Bíblia na Linguagem de Hoje a verte: “Paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem!”

E a Bíblia Mensagem de Deus reza: “Paz na terra aos homens por ele amados.”

(Fonte: Estudo Perspicaz das Escrituras, Volume 1, pp. 370-371, publicado pelas Testemunhas de Jeová.)

 Mais uma vez consideramos aqui algumas das maravilhas da Tradução do Novo Mundo.



Siglas das traduções usadas:

Al – Tradução de João Ferreira de Almeida, Revista e Corrigida.

ALA – Tradução de João Ferreira de Almeida, Revista e Atualizada no Brasil.

AT – The Complete Bible — An American Translation (1939; impressão de 1951), J. M. Powis Smith e Edgar J. Goodspeed.

BLH – A Bíblia na Linguagem de Hoje (1988), Sociedade Bíblica do Brasil.

JB – The Jerusalem Bible (1966), Alexander Jones, editor responsável.

Mo – A New Translation of the Bible (1935; impressão de 1954), James Moffatt.

NM – Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

RS – Revised Standard Version (1952; impressão de 1971).

TB Tradução Brasileira.




A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.





Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

2 comentários:

  1. Apologista, como mandar emails pra você, qual endereço usar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Saga.
      Você poderá usar o e-mail acima: oapologistadaverdade@gmail.com

      Excluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *