Image Map











segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

É coerente a tradução “um deus” aplicada ao Verbo em João 1:1?


     

     Certo crítico da Tradução do Novo Mundo, falando sobre a regra da sintaxe do artigo grego, mencionou que há “fortes contradições e incoerências na tradução TNM”.

     Questionando o uso do artigo indefinido em João 1:1 na NM na expressão “um deus”, referente ao Logos (“Verbo”, ou “Palavra”), ele afirmou: “Eis alguns textos que deveriam ser vertidos como ‘um deus’ caso fossem coerentes, uma vez que o artigo definido não aparece antes destas palavras”, após o que ele cita Mateus 5:9, Lucas 1:35, 78 e João 1:6.
Tais textos são assim vertidos na NM:

 “Felizes os pacíficos, porque serão chamados ‘filhos de Deus’.”Mateus 5:9.

“O anjo disse-lhe, em resposta: ‘Espírito santo virá sobre ti e poder do Altíssimo te encobrirá. Por esta razão, também, o nascido será chamado santo, Filho de Deus.’”  Lucas 1:35.

“Por causa da terna compaixão de nosso Deus. Com esta compaixão nos visitará do alto uma alvorada.” Lucas 1:78.

“Surgiu um homem enviado como representante de Deus: seu nome era João.” João 1:6.

     Tal crítico está confundindo substantivo anartro (sem artigo) com substantivo indefinido. O primeiro é determinado pela gramática. O segundo, pelo contexto. O fato de não aparecer artigo definido antes de um substantivo apenas torna tal substantivo anartro (sem artigo), mas isso não significa em si mesmo que tal substantivo seja indefinido e, portanto, que tenha necessidade de artigo indefinido nas línguas que o possuem. Os escritores do chamado “Novo Testamento” usam raras vezes artigo definido antes de theós (Deus). As muitas vezes em que theós ocorre sem artigo (anartro) é em sentido definido, como nos casos citados pelo pseudoerudito.

     Por exemplo, as traduções da cristandade vertem o substantivo anartro theós em João 1:1 por “Deus” (“o Verbo era Deus”), mas vertem o substantivo anartro theós em Atos 28:6 por “um deus”. Usando o argumento colocado por esse crítico, para serem coerentes deveriam verter então todos os theós anartros por “Deus”, inclusive em Atos 28:6.

Para um melhor entendimento sobre esse tema, recomendo o vídeo que produzi, intitulado “João 1:1 e as Testemunhas de Jeová”, no link http://www.youtube.com/watch?v=eySa1wrYEns




Os artigos deste blog podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o blog oapologistadaverdade.blogspot.com

Um comentário:

  1. Apologista,
    Os exemplos citados envolvem preposições e não tem qualquer semelhança com passagens como João 1:1

    “Felizes os pacíficos, porque serão chamados ‘filhos DE DEUS’.” – Mateus 5:9.
    “Por esta razão, também, o nascido será chamado santo, Filho DE DEUS.’” – Lucas 1:35.
    “Por causa da terna compaixão DE NOSSO DEUS.” – Lucas 1:78.
    “Surgiu um homem enviado como representante DE DEUS: seu nome era João.” – João 1:6.

    No caso de theos preposicionados não há necessidade alguma de dizer "o filho de o deus" ou "poder de o deus".
    O evangelista João ao se referir à Deus EM SENTENÇAS COM UM ARRANJO LÍNGUISTICO SEMELHANTE A DE JO 1:1....UTILIZA ARTIGOs DEFINIDOS, chamando ao nosso Pai Jeová de O DEUS. No caso de João 10:34 por outro lado, o evangelista não usa artigos ali, no que a TNM coerentemente interpreta como "e fazer um deus".

    No caso de 2 Cor 4:4 onde se fala de Satanás, se usa artigo definido mas a passagem também qualifica que ele é o deus DE ALGO, no caso "o deus deste sistema de coisas". Em Jo 20:28 por outro lado a passagem me parece na verdade se referir a Jeová como Deus, mas no caso de ser entendida como se referindo a Jesus, a passagem diz "O DEUS DE MIM", então também se refere ao deus DE ALGO de, alguém ou alguma coisa.

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *