Image Map











sexta-feira, 18 de março de 2016

Comentários de trinitaristas acerca da Trindade (Parte final)

Fonte da ilustração: 
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/wp20091101/mito-deus-e-uma-trindade/


A Trindade e a mente humana

Como vimos no artigo anterior, na saída pela tangente do “mistério”, alguns trinitaristas fazem afirmações sobre Deus que beiram à blasfêmia! Primeiro, afirmar que Deus discorda da lógica humana é se colocar totalmente contra o texto de Romanos 12:1: “Portanto, eu lhes suplico, irmãos, pelas compaixões de Deus, que apresentem o seu corpo como sacrifício vivo, santo e aceitável a Deus, prestando assim um serviço sagrado com a sua faculdade de raciocínio.” A Almeida Corrigida e Revisada Fiel traduz por “culto racional”.

Só é possível realizar um “culto racional” se a capacidade humana puder entender Deus. Em conformidade com isso, o próprio Jesus Cristo declarou:

Isto significa vida eterna: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e àquele que tu enviaste, Jesus Cristo.

O problema para os trinitaristas é que conhecer o “único Deus verdadeiro” derruba a doutrina da Trindade, pois destrói a fórmula trinitária. O texto de João 17:3 é cristalino em mostrar que somente o Pai é o “único Deus verdadeiro”. O Filho é colocado com seu ‘enviado’, e o “Espírito Santo” nem é mencionado.

Um trinitário declarou: ‘As palavras de Jesus são incompreensivas até para doutores. Lemos em João 3:10-12 (ACRF): “Jesus respondeu [a Nicodemos, membro do Sinédrio, o Supremo Tribunal judaico], e disse-lhe: Tu és mestre de Israel, e não sabes isto? Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos o que vimos; e não aceitais o nosso testemunho. Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais?” Você acha que a identidade de Deus é limitada ao conhecimento humano?’

Esse argumento é conveniente aos defensores da Trindade, pois essa doutrina sem lógica realmente impede que se conheça a identidade de Deus.

Mas, o que esse argumento trinitarista deixa de lado é que os membros do Sinédrio não conseguiam entender assuntos espirituais porque, como Jesus explicou nessa passagem, eles não acreditavam em Jesus e não o aceitavam. (João 3:11, 12) Por isso Jesus disse aos que o aceitavam e criam nele: “A vocês é concedido entender os segredos sagrados do Reino dos céus, mas a eles não é concedido.” – Mateus 13:11.

O problema é que a teoria do “mistério” impede as pessoas de conhecer o “único Deus verdadeiro” – o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.

Analogia da tricotomia

Um trinitário afirmou: ‘Deus nos fez semelhantes a Ele. Nós temos corpo, alma e espírito (na visão cristã). Porém, espírito, alma e corpo são distintos, mas formam um único ser humano. Assim é o Deus que nos fez semelhantes a Ele.’

Mas, assim como outras analogias para tentar explicar a Trindade, esta também não colhe. Na Trindade, as alegadas três Pessoas não são somente distintas entre si, mas também conseguem existir separadamente, o que não acontece com corpo, alma e espírito.  Tiago 2:26 declara: “O corpo sem espírito está morto.” E o Salmo 146:4 afirma: “Seu espírito sai, e eles voltam ao solo; nesse mesmo dia os seus pensamentos se acabam.”

Além disso, corpo, alma e espírito formam uma pessoa, ao passo que, na Trindade, são três pessoas. Mais uma tentativa frustrada de tentar explicar o inexplicável.

Mas, lembre-se: se Deus fosse inexplicável, seria impossível conhecê-lo e, por consequência, seria impossível ter a vida eterna, conforme as palavras de Jesus em João 17:3.

E o uso de matemática e analogias para tentar explicar a Trindade contraria a teoria do “mistério”, de que lógica humana, ou raciocínios ou formulas matemáticas não podem explicar a Deus.

Pode-se ver, a partir daí, que os trinitaristas são bastante heterogêneos e contraditórios.

A Trindade e João 17:3

Observe o seguinte comentário de um trinitarista: ‘Quanto a João 17:3, ali o conhecimento é na verdade um reconhecimento de que não existe nenhuma divindade verdadeira igual ou menor que o Pai, além dele mesmo.’

Se a doutrina trinitária fosse verdadeira, a afirmação deveria ser de que ‘não existe nenhuma divindade verdadeira igual ou menor que a Trindade’. Mas essa afirmação colidiria com João 17:3, que afirma que somente o Pai é o “único Deus verdadeiro”. E a afirmação acima, do referido trinitarista, é uma clara admissão de que somente o Pai é Deus num sentido absoluto, pois a expressão “único Deus verdadeiro” não é usada para o Filho e nem para o “Espírito Santo”. Como o texto bíblico torna claríssimo – e o citado trinitarista admitiu – somente um Ser, apenas uma Pessoa é descrita na expressão “único Deus verdadeiro”. Assim, a Trindade caiu por terra!



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





6 comentários:

  1. Jeová tanto é o único Deus verdadeiro e Todo Poderoso, como também é o único Senhor do céu
    e da terra em sentido absoluto. Mateus 11:25.

    ResponderExcluir
  2. "...essa doutrina sem lógica realmente impede que se conheça a identidade de Deus." - Sim!

    ResponderExcluir
  3. Nossa mente jamais compreenderia como Deus por ser em 3 pessoas em harmonia sem deixar de ser o Único Deus. Sê entendessemos isso Ele não seria Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obviamente, a mente humana não consegue entender tudo sobre Deus, conforme mostram os textos de Romanos 11:33 e de Jó 26:14.

      No entanto, é possível sim saber sua identidade, nome e qualidades. O próprio Filho unigênito de Deus, o nosso Senhor Jesus Cristo, afirmou:

      “Isto significa vida eterna: QUE CONHEÇAM A TI, o único Deus verdadeiro, e àquele que tu enviaste, Jesus Cristo.” – João 17:3.

      Assim, a própria vida eterna depende de conhecermos a Deus.

      Jesus disse ainda: “Nós adoramos o que conhecemos.” – João 4:22.

      Por conseguinte, é possível e necessário conhecer o Deus da Bíblia.

      Além disso, a Bíblia diz que devemos adorar a Deus com a “faculdade de raciocínio”, ou com “culto racional”. (Romanos 12:1, Almeida Corrigida e Revisada Fiel) É óbvio que a doutrina da Trindade não é racional e, por isso, ininteligível, como o próprio leitor admite. Trata-se evidentemente de uma doutrina pagã.


      Excluir
  4. Querido irmão apologista. Assim que possível gostaria de saber como refutar melhor uma alegação feita por um Físico Trinitarista que disse o seguinte:
    " Na criação dá pra vê a Divindade de Deus sendo 3 em 1. Por exemplo: O tempo é Passado, presente e Futuro 3 em 1. Para calcular o Espaço: Altura, cumprimento e largura 3 em 1"
    Concernente ao Espirito, alma e corpo é excelente essa explicação que você deu, mas no caso dos outros não consigo replicar.
    Já pensei no seguinte sobre o tempo: O tempo é dividido em 3 apenas como referência em relação a nossa posição, por exemplo: o FUTURO dos meus bisavós que faleceram antes de eu nascer foi o meu PASSADO desde quando nasci, portanto a forma que usamos as expressões "Passado, Presente e Futuro" tem mais haver com a minha localização no tempo do que com o Tempo propriamente dito. Ou poderia comparar ao caso de quando estamos dentro do ônibus. alguém que está no ponto e vê esse ônibus em movimento, (mas não pega ele) na sua visão esse ônibus esteve por alguns segundos PRESENTE, antes do ônibus virar a esquina FUTURO e agora se tornou PASSADO, mas nós que estamos dentro do ônibus o nosso PRESENTE em relação ao ônibus é constante. Portanto usamos esse termo como parâmetro do nosso campo de espectador em relação ao tempo, não sendo ele necessariamente divido em 3 mais sendo 1 constante.
    No caso do espaço, a altura, cumprimento e largura são completamente diferentes e independentes embora possam juntos se tornar um todo. Mas por exemplo ao calcular uma área como um campo de futebol apenas o cumprimento e a largura seriam necessários para calcular um espaço.
    Sendo somente esses pontos que consegui raciocinar, gostaria muito de sua ajuda para raciocinar melhor sobre esses pontos e achar uma explicação que seja tanto coerente como também fácil de qualquer pessoa entender.
    Me ajudem por favor.

    E gostaria de aproveitar para elogiar pelo excelente trabalho que você tem feito meu amado irmão, Que Jeová continue te abençoando.

    Leandro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Leandro:

      Um artigo foi feito em resposta às questões que você me trouxe à atenção. Abraços!

      Excluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *