Image Map











domingo, 21 de agosto de 2016

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (Parte 21)


Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/jesus/ministerio-na-galileia/ilustracoes-reino-dos-ceus/
Explicação da ilustração do semeador
(Mat. 13:18-23; Mar. 4:14-20; Luc. 8:11-15)
Os seus discípulos começaram a perguntar-lhe o que significava esta ilustração[1]. Outrossim, disse-lhes: “Vós não sabeis esta ilustração, e, portanto, como entendereis todas as outras ilustrações? Escutai, então, a ilustração do homem que semeou. Ora, a ilustração significa o seguinte: A semente é a palavra de Deus. O semeador semeia a palavra. Os à beira da estrada são os que ouviram a palavra do reino, mas não a entendem. [E,] assim que a ouvem, vem Satanás, o Diabo, e tira o que foi semeado no seu coração, a fim de que não creiam e sejam salvos. Este é o semeado à beira da estrada. E, semelhantemente, estes são os semeados nos lugares pedregosos: são os que, quando ouvem a palavra, aceitam-na imediatamente com alegria. Contudo, não têm raiz em si mesmos, mas continuam [e] creem por algum tempo; então, assim que surge tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo tropeçam, [e] numa época de prova, afastam-se. Quanto à que caiu entre os espinhos, estes são os que ouviram a palavra, mas as ansiedades deste sistema de coisas e o poder enganoso das riquezas, e os prazeres desta vida estão intervindo e sufocam a palavra, e ela se torna infrutífera e [eles] não trazem nada à perfeição. Finalmente, quanto àquela semeada em solo excelente, estes são os que escutam a palavra com um coração excelente e bom e a recebem favoravelmente, a retêm e dão fruto com perseverança, e produzem, este cem vezes mais, aquele sessenta vezes mais, outro trinta vezes mais.”
Explicação da ilustração do trigo e do joio
(Mat. 13:36b-43)
 [Os seus discípulos disseram:]
36 “Explica-nos a ilustração do joio no campo.” 37 Em resposta, ele disse: “O semeador da semente excelente é o Filho do homem; 38 o campo é o mundo; quanto à semente excelente, estes são os filhos do reino; mas o joio são os filhos do iníquo, 39 e o inimigo que o semeou é o Diabo. A colheita é a terminação dum sistema de coisas e os ceifeiros são os anjos. 40 Portanto, assim como o joio é reunido e queimado no fogo, assim será na terminação do sistema de coisas. 41 O Filho do homem enviará os seus anjos, e estes reunirão dentre o seu reino todas as coisas que causam tropeço e os que fazem o que é contra a lei, 42 e lançá-los-ão na fornalha ardente. Ali é que haverá o [seu] choro e o ranger de [seus] dentes. 43 Naquele tempo, os justos brilharão tão claramente como o sol, no reino de seu Pai. Escute aquele que tem ouvidos.”
É necessário divulgar; quem tem recebe mais
(Mar. 4:21-25; Luc. 8:16-18)
 E prosseguiu a dizer-lhes: “Será que se traz uma lâmpada para ser posta debaixo dum cesto de medida ou debaixo duma cama? Não é trazida para ser posta sobre um velador? Ninguém, depois de acender uma lâmpada, a cobre com um vaso ou a põe debaixo duma cama, mas a coloca num velador, para que os que entram possam observar a luz. Pois não há nada escondido, exceto com o fim de ser exposto; nada tem ficado cuidadosamente oculto, a não ser com o fim de vir à tona. Escute quem tem ouvidos para escutar.” Disse-lhes mais ainda: “Prestai atenção ao que estais ouvindo. Com a medida com que medirdes, será medido para vós, sim, ainda se vos acrescentará mais. Pois a quem tiver, mais será dado, mas quem não tiver, até mesmo o que imagina ter lhe será tirado.”
O tesouro escondido, a pérola de grande valor e a rede de arrasto
(Mat. 13:44-53)
44 “O reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido no campo, que certo homem achou e escondeu; e, na sua alegria, vai e vende todas as coisas que tem e compra aquele campo. 45 Novamente, o reino dos céus é semelhante a um comerciante viajante que buscava pérolas excelentes. 46 Ao achar uma pérola de grande valor, foi e vendeu prontamente todas as coisas que tinha e a comprou. 47 Novamente, o reino dos céus é semelhante a uma rede de arrasto lançada ao mar e que apanhou peixes de toda espécie. 48 Quando ela ficou cheia, arrastaram-na para a praia, e, assentando-se, reuniram os excelentes em vasos, mas os imprestáveis lançaram fora. 49 Assim será na terminação do sistema de coisas: os anjos sairão e separarão os iníquos dos justos, 50 e lançá-los-ão na fornalha ardente. Ali é que haverá o seu choro e o ranger de seus dentes.
51 “Compreendestes o sentido de todas estas coisas?” Eles lhe disseram: “Sim.” 52 Então lhes disse: “Sendo este o caso, todo instrutor público, quando ensinado a respeito do reino dos céus, é semelhante a um homem, dono de casa, que tira do seu tesouro coisas novas e velhas.”
53 Terminando Jesus estas ilustrações, foi dali atravessando o país.

Nota:
[1] A ilustração do semeador.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org







Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *