Image Map











domingo, 2 de julho de 2017

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (Parte 66)

Fonte da ilustração: jw.org
Jesus prepara os apóstolos para sua morte e ressurreição
(Mat. 20:17-19; Mar. 10:32-34; Luc. 18:31-34)
Estavam então avançando pela estrada, prestes a subir a Jerusalém, e Jesus ia na frente deles, e eles estavam pasmados; mas os que seguiam começaram a temer. Tornou a tomar à parte os doze discípulos e principiou a dizer-lhes na estrada as seguintes coisas destinadas a lhe sobrevirem: “Aqui estamos, avançando para Jerusalém, e completar-se-ão todas as coisas escritas por meio dos profetas quanto ao Filho do homem. Por exemplo, ele será entregue aos principais sacerdotes e aos escribas, e eles o condenarão à morte, e o entregarão a homens das nações, e divertir-se-ão às custas dele, e será tratado com insolência e cuspirão nele; e o açoitarão, e o matarão,[pregando-o] numa estaca, mas no terceiro dia ele será levantado.” No entanto, não compreenderam o significado de nenhuma destas coisas; mas esta pronunciação lhes era escondida, e não sabiam as coisas faladas.

Dois apóstolos pedem lugar no Reino
(Mat. 20:20-28; Mar. 10:35-45)
Aproximou-se dele então a mãe dos filhos de Zebedeu[1] com os seus filhos, Tiago e João, prestando homenagem e pedindo-lhe algo. Ele lhe disse: “O que queres?” Disse-lhe ela: “Manda que estes dois filhos meus se assentem, no teu reino, um à tua direita e outro à tua esquerda.” E os dois filhos de Zebedeu aproximaram-se dele e disseram-lhe: “Instrutor, queremos que faças para nós o que for que te peçamos.” Disse-lhes ele: “Que quereis que eu faça para vós?” Disseram-lhe: “Concede-nos que nos assentemos um à tua direita e outro à tua esquerda, na tua glória.”
Mas Jesus disse-lhes: “Vós não sabeis o que pedis. Podeis beber o copo que eu estou para beber ou ser batizados com o batismo com que eu estou sendo batizado?” Disseram-lhe: “Podemos.” A isso Jesus disse-lhes: “Bebereis, de fato, o meu copo que eu estou bebendo e sereis batizados com o batismo com que eu estou sendo batizado. No entanto, este assentar-se à minha direita ou à minha esquerda não é meu para dar, mas pertence àqueles para quem tem sido preparado por meu Pai.”
Ora, quando os outros dez ficaram sabendo disso, indignaram-se com os dois irmãos. Mas Jesus, depois de chamá-los a si, disse-lhes: “Sabeis que os governantes das nações dominam sobre elas e que os seus grandes homens exercem autoridade sobre elas. Não é assim entre vós; mas quem quiser tornar-se grande entre vós, terá de ser o vosso ministro, e quem quiser ser o primeiro entre vós, tem de ser o escravo de todos. Assim como o Filho do homem não veio para que se lhe ministrasse, mas para ministrar e dar a sua alma como resgate em troca de muitos.”

Explicação das siglas usadas:

it: obra Estudo Perspicaz das Escrituras, publicada pelas Testemunhas de JeováO número em sequência indica o volume.

Nota:
[1] Possivelmente Salomé [provavelmente duma raiz hebr. que significa “paz”]. Pelo que parece, era irmã de Maria e, portanto, tia de Jesus. (Mat. 27:56; Mar. 15:40; João 19:25) Salomé era discípula do Senhor Jesus Cristo, estando entre as mulheres que o acompanhavam e lhe ministravam dos seus bens. (Mat. 27:55; Mar. 15:41) – It-3, p. 509.


O texto acima unificado da Bíblia Sagrada é baseado na Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *