Image Map











terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Como deve ser traduzido Apocalipse 6:2?


Fonte da ilustração: jw.org

          Certo leitor se pronunciou assim:

Saudações, caro irmão apologista da verdade!
Parabéns por seu excelente trabalho de pesquisa e defesa da verdade e do povo de Jeová!
Eu gostaria de tirar uma dúvida gramatical […]. É o seguinte:
“E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer.” – Almeida Revista e Corrigida.
No texto acima a Almeida traduz que Cristo “saiu vitorioso, e para vencer”.
Mas a Tradução do Novo Mundo traduz:
“E ele saiu vencendo e para completar a sua vitória.”
Fica nítido que a NM [Novo Mundo] transmite a informação de que Jesus [irá] COMPLETAR UMA VITÓRIA que começou a ser ganha antes.
Mas outras traduções vertem de uma forma que obscurece essa informação.
Qual é a tradução correta?
Muito obrigado.

Resposta:

O leitor está correto ao atentar para o fato de que as traduções da cristandade não realçam o verdadeiro sentido do texto em apreço.

Na parte final de Apocalipse 6:2, as traduções em geral vertem assim: “Ele saiu vencendo [ou: vitorioso] e para vencer.”

Saiu vitorioso ou vencendo?

Algumas traduções vertem que tal “cavaleiro” “saiu vitorioso” (ARC, ACF, Pastoral), como se tivesse completado uma vitória. Mas, o texto grego usa o verbo “vencer” (nikáo) no particípio presente – correspondendo ao nosso gerúndio, sendo, portanto, corretamente traduzido “vencendo” (verbo) e não “vitorioso” (adjetivo).

κα ξλθεν νικν 
kaì ecsêlthen nikôn
E saiu vencendo

“Vencendo e para vencer”?

 Quanto à parte final, algumas traduções vertem de modo a indicar que o cavaleiro irá se empenhar em outra vitória, por usar frases como “para tornar a vencer” (Ave Maria); “para vencer novamente” (La Sacra Bibbia, em italiano); “para promover suas vitórias”. – NAB.

A frase “saiu vencendo e para vencer” acaba por quedar obsoleta, pois quem sai vencendo tem naturalmente o objetivo de vencer. A Bíblia Pastoral procura sair dessa obsoletividade por traduzir “para vencer ainda mais”. Mesmo assim, isso dá a ideia de mais vitórias, algo não intrínseco ao texto grego. A Bíblia de Jerusalém em espanhol verte assim: “Para seguir vencendo”.

Visto que ele saiu vencendo, a ideia natural do restante da frase é a de que ele irá completar a sua vitória.

Por isso, a NM traduz assim: “E ele saiu vencendo e para completar a sua vitória.” Tal sentença gera coerência, congruência, e passa a ter um sentido harmônico.

O significado do cavalo e de seu cavaleiro

Nas Escrituras, o cavalo em geral simboliza guerra, conforme as passagens abaixo:

“O cavalo é preparado para o dia da batalha, Mas a salvação pertence a Jeová.” – Provérbios 21:31.

“Ai dos que descem ao Egito em busca de ajuda, que confiam em cavalos, que põem a sua confiança no grande número de carros de guerra E na força de cavalos de guerra. Mas eles não recorrem ao Santo de Israel e não buscam a Jeová.” – Isaías 31:1.

Portanto, sendo branco o cavalo, ele simboliza guerra justa. E a identidade do cavaleiro fica clara por meio de Apocalipse 19:11-16:

“Vi o céu aberto e apareceu um cavalo branco. Aquele que estava montado nele se chama Fiel e Verdadeiro, e ele julga e guerreia com justiça. Seus olhos são chama ardente, e na sua cabeça há muitos diademas. Ele tem um nome escrito que ninguém conhece, exceto ele mesmo, e está vestido com uma roupa manchada de sangue; ele é chamado de A Palavra de Deus. Também, os exércitos no céu o seguiam em cavalos brancos, e eles estavam vestidos de linho fino, branco e puro. Da boca dele se estende uma longa espada afiada, para que ele golpeie com ela as nações. Ele as pastoreará com vara de ferro. Além disso, ele pisa o lagar da fúria da ira de Deus, o Todo-Poderoso. Na sua roupa, sim, sobre a coxa, ele tem um nome escrito: Rei dos reis e Senhor dos senhores.”

Por conseguinte, Apocalipse 6:1, 2 retrata simbolicamente a ação de nosso Senhor Jesus Cristo de travar uma guerra justa.

Em Apocalipse 12:7-12 o Senhor Jesus, retratado como Miguel, o arcanjo, inicia sua ação contra Satanás e os anjos deste, expulsando-os do céu. O resultado dessa expulsão é descrita em Apocalipse 12:12: “Por essa razão, alegrem-se, ó céus, e vocês que residem neles! Ai da terra e do mar, porque o Diabo desceu a vocês com grande ira, pois sabe que lhe resta pouco tempo.”

Traçando um paralelo com Apocalipse, capítulo 6, podemos claramente entender que os demais cavaleiros, que representam, respectivamente, a guerra injusta em proporções mundiais, a FOME e, em especial, a PESTILÊNCIA, fazem sua cavalgada pela ação direta do Diabo, que, em sua “grande ira”, produz consequências desastrosas para os seres humanos. – Apocalipse 6:3-7.

Quando começa a cavalgada dos cavaleiros do Apocalipse?

Historicamente, o período da Primeira Guerra Mundial preenche adequadamente o ponto de partida para o cumprimento profético de Apocalipse 6:1-7.

A Primeira Guerra Mundial (1914-1918) envolveu 93 por cento da população mundial e causou enorme destruição de mantimentos, o que resultou em muita escassez de alimentos. Com a desnutrição e abalo causado pela guerra, vieram as doenças, a mais notável da época sendo a gripe espanhola, que ceifou dezenas de milhões de vidas em apenas poucos meses de 1918-19.

Explicação das siglas usadas:
ARC: Almeida Revista e Corrigida.
ACF: Almeida Corrigida e Revisada Fiel.
NAB: New American Bible.
NM: Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




Um comentário:

  1. Primeiro comentário:
    É interessante ver a diferença de entendimento entre os Protestantes e as Testemunhas de Jeová sobre esse cavaleiro do cavalo branco:
    As testemunhas de Jeová entendem que o Cavaleiro no cavalo branco é Jesus o Rei. O Apolônio demonstra no artigo acima as bases bíblicas inegáveis sobre esse personagem.
    Por outro lado, os Protestantes entendem que esse mesmo Cavaleiro é o ANTI-CRISTO! Totalmente o oposto!

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *