Image Map











domingo, 25 de fevereiro de 2018

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (Parte 100)


Fonte da ilustração: jw.org
5.º aparecimento (Luc. 24:36-49a; João 20:19-23)
Já era tarde naquele dia, o primeiro da semana. Enquanto ainda falavam destas coisas, e, embora estivessem fechadas à chave as portas onde os discípulos estavam, de temor dos judeus, veio Jesus e ficou em pé no meio deles, e disse-lhes: “Haja paz convosco.” Mas, visto que estavam apavorados e tinham ficado amedrontados, imaginavam ver um espírito. De modo que lhes disse: “Por que estais aflitos e por que é que se levantam dúvidas nos vossos corações? Vede minhas mãos e meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, porque um espírito não tem carne e ossos assim como observais que eu tenho.” E, depois de dizer isso, mostrou-lhes tanto as suas mãos como o seu lado.
Mas, não acreditando eles ainda de pura alegria e admirando-se, disse-lhes: “Tendes aqui algo para comer?” E entregaram-lhe um pedaço de peixe assado; e ele o tomou e comeu diante dos seus olhos. Os discípulos alegraram-se então por verem o Senhor. Jesus, portanto, disse-lhes novamente: “Haja paz convosco. Estas são as minhas palavras que vos falei enquanto ainda estava convosco, que todas as coisas escritas na lei de Moisés, e nos Profetas, e nos Salmos, a respeito de mim, têm de se cumprir.” Abriu-lhes então plenamente as mentes para que compreendessem o significado das Escrituras e disse-lhes: “Assim está escrito que o Cristo havia de sofrer e de ser levantado dentre os mortos no terceiro dia,[1] e que, à base do seu nome, se havia de pregar arrependimento para o perdão de pecados, em todas as nações[2] — principiando por Jerusalém, haveis de ser testemunhas destas coisas. Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio.”
E, depois de dizer isso, soprou sobre eles e disse-lhes: “Recebei espírito santo. Se perdoardes os pecados de quaisquer pessoas, ficam-lhes perdoados; se retiverdes os de quaisquer pessoas, ficam-lhes retidos. E eis que vos estou enviando o que foi prometido por meu Pai.”[3]
(João 20:24-30)
24 Tomé, porém, um dos doze, que era chamado O Gêmeo, não estava com eles quando Jesus veio. 25 Consequentemente, os outros discípulos diziam-lhe: “Temos visto o Senhor!” Mas, ele lhes disse: “A menos que eu veja nas suas mãos o sinal dos pregos e ponha o meu dedo no sinal dos pregos, e ponha a minha mão no seu lado, certamente não acreditarei.”
6.º aparecimento (João 20:26-31)
26 Bem, oito dias depois, seus discípulos estavam novamente portas adentro, e Tomé com eles. Jesus veio, embora as portas estivessem fechadas à chave, e ficou em pé no meio deles e disse: “Haja paz convosco.” 27 A seguir, disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui, e vê as minhas mãos, e toma a tua mão e põe-na no meu lado, e para de ser incrédulo, mas torna-te crente.” 28 Em resposta, Tomé disse-lhe: “Meu Senhor e meu Deus!” 29 Jesus disse-lhe: “Creste porque me viste? Felizes são os que não veem, contudo, creem.” 30 De certo, Jesus efetuou muitos outros sinais, também diante dos discípulos, os quais não estão escritos neste rolo. 31 Mas, estes foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e que, por crerdes, tenhais vida por meio do seu nome.
(Mat. 28:16a)
“Os onze discípulos foram para a Galileia.”

Notas:
[1] Isa. 53:5; Jon. 1:17.
[2] Gên. 22:18.
[3] Joel 2:28.


O texto acima unificado da Bíblia Sagrada é baseado na Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





Um comentário:


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *