Image Map











domingo, 2 de fevereiro de 2020

Quem são os inimigos mencionados em Lucas 19:27?


Fonte: jw.org

“Ademais, trazei para cá estes inimigos meus que não quiseram que eu me tornasse rei sobre eles e abatei-os diante de mim.” – Lucas 19:27.

Sobre o texto acima, um leitor se expressou conforme transcrito abaixo:

Os ateus perturbam ultimamente, e fazendo uso de tal texto misterioso. Quem seriam os inimigos? E a ordem real de matar é feita a quem? Aos anjos ou aos santos eleitos que virão “em cavalos brancos” junto com o “Rei dos Reis”? O que o irmão acha?

Resposta:

Outras partes da Bíblia lançam luz sobre o que Jesus queria dizer. Na parábola das ovelhas e dos cabritos, estes últimos são os punidos por Cristo com o “decepamento eterno”, por deixarem de fazer o bem aos “irmãos” de Cristo. (Mateus 25:31-46) Em 2 Tessalonicenses 1:6-11, o apóstolo Paulo fala dos que “causam tribulação” aos discípulos de Cristo e dos “que não conhecem a Deus e os que não obedecem às boas novas acerca de nosso Senhor Jesus” como os que “serão submetidos à punição judicial da destruição eterna”.

Apocalipse 17:14 descreve os simbólicos “dez reis” e a “fera” como batalhando contra Cristo e sendo vencidos. De forma similar, Apocalipse 19:11-21 menciona os inimigos de Cristo como sendo “a fera e os reis da terra, e os seus exércitos”, bem como o “falso profeta”, todos os quais são destruídos por ele. Consoante com isso, o Salmo 2:1, 2 cita “os reis da terra” e os “dignitários” tomando sua posição “contra Jeová e contra o Seu ungido [Cristo]”. O resultado dessa revolta contra a Soberania de Jeová mediante Cristo é ressaltado nos versículos seguintes como sendo a destruição dos revoltosos. – Versículos 4-9.

Esse conjunto de evidências parece nos indicar que os “inimigos” em Lucas 19:27 englobam todos os que não querem se submeter à Soberania divina mediante o Reino de Deus nas mãos de Cristo. Quanto aos executores dos iníquos, os mesmos textos (e outros) indicam os anjos e os cristãos que estarão com Cristo no céu por ocasião da execução do julgamento divino. Veja os textos abaixo que comprovam isso:

“Quando o Filho do homem chegar na sua glória, e com ele todos os anjos, então se assentará no seu trono glorioso. E diante dele serão ajuntadas todas as nações, e ele separará uns dos outros assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. E porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos à sua esquerda.” – Mateus 25:31.

“Estes batalharão contra o Cordeiro [o Senhor Jesus Cristo], mas, porque ele é Senhor dos senhores e Rei dos reis, o Cordeiro os vencerá. Também o farão com ele os chamados, e escolhidos, e fiéis.” – Apocalipse 17:14.

“Seguiam-no também os exércitos que havia no céu, montados em cavalos brancos, e eles se trajavam de linho fino, branco e puro.” – Apocalipse 19:14.

“E àquele que vencer e observar as minhas ações [as de Cristo] até o fim, eu darei autoridade sobre as nações, e ele pastoreará as pessoas com vara de ferro, de modo que serão despedaçadas como vasos de barro, assim como recebi de meu Pai, e eu lhe darei a estrela da manhã.” – Apocalipse 2:26-28.



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *