Image Map











domingo, 5 de abril de 2015

Mais uma falácia sobre o espírito santo!

Fonte da ilustração:  https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20141115/agora-povo-de-deus/


Um leitor escreveu o seguinte:

‘Vi um vídeo no youtube, no qual evangélicos tentam refutar o seguinte argumento nosso, e queria a sua ajuda para estar preparado:
Eles citam o livro Poderá Viver Para Sempre no Paraíso na Terra onde se declara:A Bíblia diz: ‘Todos eles ficaram cheios de espírito santo.’ (Atos 2:4) Ficaram eles ‘cheios’ duma pessoa? Não, mas ficaram cheios da força ativa de Deus. ... Se uns 120 discípulos ficaram simultaneamente cheios de espírito santo, como poderia este ser uma pessoa?”
Eles citaram Marcos 5:9-12, onde um homem está cheio de demônios (espíritos), que são pessoas espirituais. ‘Portanto’, argumentaram eles, ‘do mesmo jeito, o espírito santo não deixa de ser uma pessoa só porque ele enche (entra nas) pessoas’.
Gostaria de sua ajuda para eu poder responder a eles. E obrigado por fazer esse site para compartilhar seus conhecimento e assim ajudar muita gente e defender as Testemunhas de Jeová e, acima de tudo, a Jeová e a Jesus, das mentiras da cristandade. 

Resposta do Apologista:

Primeiramente, agradeço ao leitor por suas expressões de apreço pelo meu trabalho árduo em procurar promover a verdade bíblica por meio deste site. Fico imensamente contente de que os artigos publicados estejam sendo de ajuda aos leitores que amam a verdade da Palavra de Deus.

Com relação ao argumento trinitário exposto acima, que tenta defender a suposta personalidade do espírito santo, vamos considerar a priori a passagem de Marcos 5:9-13.

“Mas Jesus lhe perguntou: ‘Qual é o seu nome?’ E ele respondeu: ‘Meu nome é Legião, porque há muitos de nós.’ E suplicava a Jesus que não enviasse os espíritos para fora daquela região. Havia então uma grande manada de porcos pastando no monte. Por isso os espíritos lhe suplicaram: ‘Mande-nos para os porcos, para que entremos neles.’ E ele lhes deu permissão. Assim, os espíritos impuros saíram e entraram nos porcos; e a manada se jogou despenhadeiro abaixo, para dentro do mar, cerca de 2.000 deles, e se afogaram no mar.

Observando a passagem acima, e comparando-a com o texto de Atos 2:4 (também transcrito acima), vemos claramente que o argumento trinitário é sofismático, isto é, um raciocínio aparentemente lógico, mas na verdade falso e enganoso uma falácia!

Isto porque as circunstâncias envolvendo o espírito santo e as circunstâncias envolvendo os espíritos impuros (demônios) são exatamente OPOSTAS.

Antes de entrar no mérito em questão, vale destacar que o texto de Marcos 5:9-13 não diz que os espíritos entraram em (ou possuíram) simultaneamente o homem que estava sob o poder deles; nem diz que dois ou mais demônios entraram simultaneamente em um dos porcos.

Mas o ponto em que reside a diferença é que um único espírito (o espírito santo) encheu simultaneamente cerca de 120 pessoas, ao passo que nenhum texto bíblico registra que um único espírito (anjo ou demônio) possa se dividir (ou ser parcelado) entrando simultaneamente em várias pessoas. Atos 2:4 fala de UM espírito encher muitas pessoas, ao passo que Marcos 5:9-13 fala de MUITOS espíritos entrarem em (ou possuírem) um único homem. Portanto, a situação é inteiramente oposta uma à outra.

Os seres (pessoas) espirituais possuem ‘corpos espirituais’.  1 Coríntios 15:44 diz: “Se há corpo físico, há também um espiritual.Assim sendo, mantêm uma definição, não podendo ser parcelados, distribuídos, derramados, como ocorre com o espírito santo, que é uma energia.

Alistam-se abaixo características da natureza impessoal do espírito santo[1]:

ENCHE pessoas:
Êxodo 31:3: “Eu o encherei com o espírito de Deus, dando-lhe sabedoria, entendimento e conhecimento de todo tipo de trabalho de artesão.”

Atos 2:4: “E todos ficaram cheios de espírito santo.”

Pode VIR SOBRE elas:
Juízes 3:10: “O espírito de Jeová veio sobre ele, e ele se tornou o juiz de Israel.

Lucas 2:25: “Havia em Jerusalém um homem chamado Simeão; esse homem era justo e devoto, e esperava o consolo de Israel, e o espírito santo estava sobre ele.

É DERRAMADO:
Atos 2:17: “Nos últimos dias”, diz Deus, “derramarei do meu espírito sobre todo tipo de pessoas…”

Atos 10:45: “E os crentes circuncisos que tinham vindo com Pedro ficaram admirados, porque a dádiva do espírito santo também estava sendo derramada sobre pessoas das nações.”

PARCELADO:
Números 11:17, 25: “Eu descerei e falarei com você ali, tirarei um pouco do espírito que há sobre você e o colocarei sobre eles. E eles o ajudarão a levar o fardo do povo, para que você não tenha de levá-lo sozinho. … Jeová desceu então numa nuvem e falou com ele, e tirou um pouco do espírito que havia sobre ele e pôs sobre cada um dos 70 anciãos. E, logo que o espírito veio sobre eles, começaram a agir como profetas, mas fizeram isso apenas aquela vez.

SOPRADO:
João 20:22: “Depois de dizer isso, soprou sobre eles e lhes disse: “Recebam espírito santo.

No artigo Debate sobre o espírito santo usei o seguinte argumento:

Para ilustrar, um anjo não pode estar ao mesmo tempo em toda parte. Daniel cap. 10 mostra isso: um anjo enviado para dar informações a Daniel foi barrado por um demônio e demorou 21 dias para chegar até Daniel. (Dan. 10:13) Mas temos provas de que o espírito santo não tem corpo definido. Atos 2:4 afirma: “E todos eles ficaram CHEIOS de espírito santo.” Havia cerca de 120 pessoas ali (Atos 1:15), e todas ficaram ao mesmo tempo cheias de espírito santo. Isso não é uma figura de linguagem, visto que descreve algo que aconteceu real e literalmente. Um anjo não pode ser dividido entre 120 pessoas ao mesmo tempo; só uma força poderia. Para exemplificar: se 120 pessoas ficassem de mãos dadas e uma delas pegasse num fio elétrico desencapado, o que aconteceria? A eletricidade iria envolver todas elas. Isso ilustra a diferença entre uma pessoa espiritual e uma força espiritual. 

Desse modo, vemos como uma doutrina falsa não subsiste a um escrutínio bíblico e lógico.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas.


Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site oapologistadaverdade.org





[1] Extraído do artigo O “Espírito Santo” é uma pessoa?



8 comentários:

  1. "Mas o ponto em que reside a diferença é que um ÚNICO espírito (o espírito santo) encheu simultaneamente cerca de 120 pessoas..."

    E se eles [os trinitaristas] argumentarem: "Ah, mas o espírito santo é onipresente por isso enche vários de uma vez."?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O espírito santo pode estar em todo lugar em que Deus o projetar. Esta é mais uma prova de que o espírito santo não é uma pessoa espiritual, pois as pessoas (seres) espirituais têm corpo definido e não são onipresentes, nem podem ser parcelados. (1Co 15:44) Veja, nestes blog, o artigo "Deus é onipresente?"

      Excluir
    2. se alguem argumenta dessa forma: que o espirito é onipresente? vale pergunta pra ele: pode-se envia algo que é unipresente, isto é, que já estar em todo lugar? pois, no deramamento do espirito santo, no pentencoste era justamente o cumprimento da promessa de Jesus de que ele ia ENVIAR... mandar o espirito. Assim fica claro que o espirito não esta em toda parte... isso mostra que o espirito é algo, não alguem, usado por Jesus para capacitar os seus servos. (João 16:7. 20:22.)

      Excluir
  2. a diferença é tão simples.
    MUITOS espíritos (demônios) dentro de UM ou MAIS seres. ao passo que UM ÚNICO espirito(santo) estava dentro DE MUITAS pessoas. é como se fosse um pouco de UMA pessoa dentro de muitas pessoas enquanto o oposto é MUITOS pessoas maus dentro de UMA ou MAIS PESSOAS. este refutamento deles é lastimável.

    ResponderExcluir
  3. Sim Vinícius, nem podemos chamar isso de refutamento, pois não refuta nada.

    ResponderExcluir
  4. Olha o que tá escrito pela Watchtower: “A Bíblia diz: ‘Todos eles ficaram cheios de espírito santo.’ (Atos 2:4) Ficaram eles ‘cheios’ duma pessoa? Não, mas ficaram cheios da força ativa de Deus. ... Se uns 120 discípulos ficaram simultaneamente cheios de espírito santo, como poderia este ser uma pessoa?” (Poderá Viver Para Sempre no Paraíso na Terra)

    O ponto destacado é de um mesmo espírito preenchendo inúmeras pessoas ao mesmo tempo, pois o espírito divino pode ser espalhado, compartilhado, parcelado, distribuído e derramado. Aí a pessoa cita outro texto que não tem nada a ver, onde inúmeros demônios atormentam um mesmo homem. Ou seja, que nada tem que ver com o argumento da Watchtower no livro Poderá Viver, só demonstra que o nosso opositor foi deficiente em compreender o raciocínio...

    De qualquer forma, não existe semelhança entre a ação do espírito santo e a possessão, será que querem alegar que homens como Sansão e Cristo estavam "possuídos" pelo "Espirito Santo"? A pessoas que escreveram a Bíblia estariam "possessas"? Se diz que o demônio pode possuir uma pessoa, mas não que o demônio encha alguém, nem que seja derramado e parcelado para várias pessoas, ou seja, é uma falácia banal esse tipo de réplica. É uma argumentação totalmente incompetente para quem se acha alguém que prima pela lógica, capacidade de interpretação de texto ou de hermenêutica bíblica.

    ResponderExcluir
  5. Ivacidourado 9 de abril 2015 23;12
    Bons argumentos, são sem dúvidas irrefutáveis

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *