Image Map











domingo, 24 de maio de 2015

Excelente palestra entre Testemunhas de Jeová e evangélicos: transfusão, Russell, traduções, trindade!


Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=THE-OMSrLMs


Conceito correto ao assistir ao vídeo:

Às vezes os defensores da verdade bíblica precisam usar de firmeza, assim como Jesus fez ao lidar com os líderes religiosos que não estavam dispostos para com a verdade bíblica. No entanto, isso não denigre a qualidade da argumentação, nem denigre a pessoa, ou pessoas, que defendem a verdade bíblica, do mesmo modo como a firmeza do Filho de Deus ante a incredulidade de seus contemporâneos judeus não denegriu Sua imagem.

Outra coisa a considerar é o contexto dos fatos que levam a uma palestra com religiosos da cristandade. Não em todos os casos, mas, via de regra, tais líderes costumam ter uma postura arrogante. No vídeo acima, por volta de 48 minutos e 25 segundos, a Testemunha de Jeová que providenciou tal palestra declarou que um dos visitantes ali lhe havia dito: ‘Convide pessoas que conhecem do assunto, que entendem do assunto.’ Nisso se percebe um tom de superioridade.

Seguem abaixo alguns destaques desse excelente vídeo (a minutagem é aproximada):

§  A palestra se inicia com uma brilhante explicação da base científica e também bíblica que fundamentam a posição das Testemunhas de Jeová na questão de não aceitar sangue alogênico.

§  Após isso, os visitantes desferem um ataque à pessoa de Charles Taze Russell, uma notável Testemunha de Jeová, o que é combatido solidamente pelos argumentadores das Testemunhas de Jeová com citação de documentos inclusive jurídicos.

§  Depois, os trinitaristas presentes demonstram desconhecer a Perícope Adúltera – que a passagem de João 7:53 a 8:11 foi acrescentada.[1]

§  Só em 1h52min. começa-se a falar indiretamente da trindade, quando os da cristandade ali questionam como a Tradução do Novo Mundo verte João 14:10.

§  2h25min: Foram colocados três textos para eles explicarem: 1 Coríntios 15:27, 28; Apocalipse 1:1 e João 5:41.

§  2h29min: O batista, tentando explicar 1 Coríntios 15:27 e 28, declarou: “Jesus se sujeitou a Deus porque ele também é Deus.” Então fica a pergunta: Deus se sujeita a Deus???

§  2h55: Após a malsucedida explicação ilógica, o trinitarista diz: “Vou dar uma nova explicação...” Parece que até ele percebeu que a primeira explicação que deu não convenceu!

§  2h56: Diante da pergunta fatal exposta por Pedro – 'em 1 Coríntios 15:27 e 28 o Filho está no céu ou na Terra?’ e de Ringo – "Deus tem um Deus [acima dele]?" O trinitarista fica totalmente sem saída!

§  2h58min: o trinitarista admite sem querer que o Pai é o Deus único e verdadeiro! Pelo visto, os próprios trinitaristas não acreditam no que eles mesmos pregam ...

§  2h59min: visto que Jesus é o mesmo ontem, hoje e para sempre – uma vez que ele foi obediente, então continuará sendo obediente.

§  2h59min: O trinitarista afirma: “Deus nunca esteve sujeito.” Mas Jesus esteve, não é mesmo? Assim, Jesus não é o Deus todo-Poderoso.


§  3h01min: Trinitarista admite: “Jesus sempre foi sujeito.” E agora???

§  3h05min: Após leitura de Apocalipse 3:12, uma das Testemunha de Jeová pergunta: “Quem é o Deus de Jesus?” O trinitário responde: “Jesus é Deus.”

§  3h 9min:46s: trinitário tenta explicar Apocalipse 312 (em que Jesus chama seu Pai 4 vezes de “meu Deus”). O trinitário argumenta: ‘Por que Jesus falou “meu Deus”? Porque a linguagem de Jesus foi para que chegasse ao entendimento do homem. João era um homem, e para entender que era Jesus quem estava falando, Jesus fez essa referência. É por isso que Jesus usava “meu Deus”, “meu Pai”.’ Essa “explicação” absurda dispensa maiores comentários …

§  3h11min: trinitarista negou-se a pronunciar o nome divino.

§  3h13min: trinitarista critica as Testemunhas de Jeová por usarem a lógica!

§  3h15min: refutação da questão da lógica. Romanos 12:1 diz que devemos adorar a Deus com lógica.

Esse vídeo é uma prova documentada de como a doutrina da Trindade não é bíblica, não tem lógica, e de como os trinitaristas ficam sem saída e perplexos ao tentar, malsucedidamente, explicar o inexplicável e absurdo.

Assista a esse excelente vídeo e veja por si mesmo a diferença entre a clara e cristalina verdade bíblica – de que somente Jeová é o Deus Todo-Poderoso e que Jesus Cristo é Seu Filho submisso – e a confusa, inexplicável e ilógica doutrina da Trindade.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site oapologistadaverdade.org



10 comentários:

  1. O batista acusa gringo de não haver texto original para se basear a tradução expuria da mulher adúltera, mais em seguida tenta afirmar que a tradução Almeida é baseada no " original " que confusão .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só uma correção: é Ringo, e não gringo. Quanto aos trinitaristas presentes, faltava-lhes o conhecimento de que essa passagem é espúria e sobre a origem da própria tradução que eles usam.

      Excluir
    2. Gringo foi boa hem!!! Kkkk desculpa .

      Excluir
  2. 2h13m25s => O Pastor diz que Jesus perdoou pecados e só Deus pode perdoar pecados, portanto Jesus é Deus.

    Deixo aqui minha réplica a tal argumento: Quem disse que só Deus pode perdoar pecados ?
    Português: João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada

    Marcos 2:6-7 Mas alguns dos escribas estavam assentados ali e arrazoavam em seu coração: Por que fala ele deste modo? Isto é blasfêmia! Quem pode perdoar pecados, senão um, que é Deus?

    Segundo o texto acima foram os escribas.
    Note o que Jesus respondeu:
    João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada

    Marcos 2:10 Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados...

    Jesus disse que tem autoridade. Quem lhe deu tal autoridade? Deus

    Agora veremos outros textos que elucidam melhor quem pode perdoar pecados

    João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada

    João 20:23 Se de alguns perdoardes os pecados, são-lhes perdoados; se lhos retiverdes, são retidos.

    Com quem Jesus falava? com seus discípulos. Então este texto mostra que eles também tinham autoridade para perdoar pecados


    Tiago 5:16 Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo.

    O contexto acima mostra que os que tomam a dianteira tem autoridade, com base nos princípios bíblicos, perdoar os pecados dos que pecam contra a congregação.

    Lucas 17:3 Acautelai-vos. Se teu irmão pecar contra ti, repreende-o; se ele se arrepender, perdoa-lhe.


    Quem mais pode perdoar pecados? NÓS. Este texto acima mostra que podemos perdoar os pecados que um irmão cometeu contra nós.

    Portanto a argumentação do pastor é antibíblica.

    ResponderExcluir
  3. Outro detalhe: Sobre o comentário do Gibe sobre o texto de João 20:23 que diz:"Se de alguns perdoardes os pecados, são-lhes perdoados; se lhos retiverdes, são retidos.O texto parece indicar realmente que tais pecados seriam perdoados pelos cristãos.Certa nota marginal porém diz a respeito do texto: já que somente Deus pode perdoar pecados( Marcos 2:70 ) os discipulos e a igreja recebem aqui autoridade de DECLARAR o que DEUS FAZ quando uma pessoa aceita ou rejeita seu filho.Notaram como eles quiseram transmitir uma ideia diferente? eles apenas declarariam o que Deus fez...e não que eles perdoariam.Um abraço a todos que assim como eu defende a verdade e a organização que já se provou ser "coluna e amparo dessa verdade".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nilson, o que eu quis mostrar era comparando as passagens veríamos que o fato de Jesus perdoar pecados não o tornava Deus porque o próprio contexto mostra que ele 'tinha sobre a terra autoridade para perdoar pecados." (Marcos 2:10) Mas Jesus não usaria um critério independente e pessoal, mas que estaria de acordo com a autoridade do Pai. Da mesma forma, os pecados perdoados pelos apóstolos não seriam por opinião pessoal, mas por serem homens espirituais avaliaram a situação á luz das escrituras e a decisão tomada por eles estariam em harmonia com a vontade de Deus. Sendo assim, eles, como Jesus, seriam apenas representantes de Deus. Da mesma forma hoje os anciãos seguem tal proceder. Eu não quis inventar uma interpretação da Bíblia, apenas mostrar como era falho o raciocínio daquele pastor.

      Excluir
  4. Nilson Rocha, estava sentindo tua falta, nos comentários. Gosto dos teus comentários abalizados ! Só faltou ai, o nosso irmão " Valdir Camilo", possue muito conhecimento, e firmeza em defender a verdade!' ( 1 Pedro 3;15).

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde! Queridos e amados irmaos vcs realmente sao guiados pelo espírito santo de Jeová maravilhosa explanação parabens eu gostaria de obter as palestras do irmao valdir camilo e do ringo e do irmao Pedro calvache como posso obter as do yutube acompanho e tenho aprendido muiiiito obrigada e aguardo contato dannysantos6060@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Dany!

      Poderá encontrar neste canal: https://www.youtube.com/user/OPublicadordoReino/videos

      Felicidades!

      Excluir
  6. Boa tarde! Queridos e amados irmaos vcs realmente sao guiados pelo espírito santo de Jeová maravilhosa explanação parabens eu gostaria de obter as palestras do irmao valdir camilo e do ringo e do irmao Pedro calvache como posso obter as do yutube acompanho e tenho aprendido muiiiito obrigada e aguardo contato dannysantos6060@gmail.com

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *