Image Map











domingo, 14 de junho de 2015

O PARADIGMA CRONOLÓGICO BÍBLICO X A CRONOLOGIA SECULAR (Parte 1)

Israelitas saem do cativeiro em Babilônia
Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/historias-biblicas/5/retorno-a-jerusalem/

Por: Historiador JW

A Cronologia Bíblia apresenta algumas datas marcantes que “escoram” 607 AEC, como o ano da destruição de Jerusalém. ‘Em nossa defesa’ apresentamos alguns exemplos:

1728 AEC[1]       Entrada dos Israelitas no Egito         
1513 AEC            Êxodo (saída do Egito)                                1034 AEC           Construção do templo
                                   
1513-1034= 479 anos


A informação do “quadringentésimo octogésimo ano” ou 479 anos completos comprova essa cronologia. Conforme visto em (1 Reis 6: 1) temos o ano preciso da construção do templo e o quarto ano de Salomão depois do êxodo.

Quatrocentos e cinquenta anos dos israelitas
(Atos 13: 17-20)

Outra comprovação da data 1513 AEC é defendida segundo o registro inspirado em Atos 13: 17-20. Vejamos:

1918 AEC à 1513 AECà 1467 AEC
46 anos depois do Êxodo.
1918 AEC - 450= 1468/7.
1918 AEC foi o ano do nascimento da “semente” da promessa, Isaque, o nascido da estéril Sara para um propósito especial.

O presente ano “1467” AEC finalizou o período de “450” anos informado pelo advogado e apóstolo Paulo. Ou seja, o período acima corresponde 46 anos depois do Êxodo finalizado em 1513, sendo 40 anos de peregrinação no ermo e 6 anos na conquista de Canaã. (Deuteronômio 2:7; Números 9:1; 13:1, 2, 6; Josué 14:6, 7, 10). Isso prova novamente que o ano 1513 AEC é verídico. Sendo assim, de acordo com a informação de 1 Reis 6:1, Salomão passou a construir o templo no seu “quarto ano”, ou seja 1034 AEC. Portanto Salomão começou a reinar no ano 1037 AEC. Partindo desse pressuposto, temos a contagem exata do fim de seu reinado (998 AEC), sendo 40 anos de reinado. Além disso, temos a data do início do reinado de seu filho Roboão, (997 AEC).  Esses dados cronológicos bíblicos verídicos apoiam a data 607 AEC, como a destruição de Jerusalém por Nabucodonosor II. Portanto, partindo do pressuposto inspirado dos 390 anos de reinado de Judá, descrito em Ezequiel 4:4-6 chegamos ao exílio de Jerusalém, ou fim do cisma entre Judá e a nação de Israel. Veja isso no próximo tópico:

1-DESMASCARANDO A DATA DE 587 AEC


Nota:
[1] O período desde a mudança de Abraão para Canaã até Jacó descer ao Egito foi de 215 anos. Este dado deriva dos seguintes fatos: Passaram-se 25 anos desde a partida de Abraão de Harã até o nascimento de Isaque (Gên 12:4; 21:5); desde então, até o nascimento de Jacó, decorreram 60 anos (Gên 25:26); e Jacó tinha 130 anos quando entrou no Egito (Gên 47:9); resultando assim no total de 215 anos (desde 1943 a 1728 AEC). Isto significa que os israelitas passaram então no Egito um período igual de 215 anos (desde 1728 a 1513 AEC). Que era possível os israelitas se terem multiplicado suficientemente em 215 anos para ter uma população com 600.000 “varões vigorosos” é demonstrado sob o verbete ÊXODO. — Êx 12:37.      (it-1 [Estudo Perspicaz das Escrituras, vol. 1] p. 615). (it-1 verbete Cronologia).



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site oapologistadaverdade.org






2 comentários:

  1. Respostas
    1. Saga, no momento estou conseguindo publicar um artigo por semana. Quando desejar enviar artigos, irei publicá-los também.

      Excluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *