Image Map











sábado, 25 de julho de 2015

Destaques da Leitura da Bíblia: 1 Reis 15-17


A importância de um coração pleno para com Jeová
Abião (Abias ou Abijão) reinou apenas 3 anos, ao passo que seu sucessor, Asa, reinou 41 anos. Por quê? Compare 1 Reis 15:2, 3 com 1 Reis 15:9-11, 15.
1 Reis 15:2, 3: “Ele [Abião] reinou por três anos em Jerusalém. O nome da sua mãe era Maacá, neta de Absalão. Abião cometeu os mesmos pecados que o seu pai cometeu antes dele e seu coração não era pleno para com Jeová, seu Deus, assim como era o coração de Davi, seu antepassado.
1 Reis 15:9-11, 15: “No vigésimo ano de Jeroboão, rei de Israel, Asa começou a reinar em Judá. Ele reinou por 41 anos em Jerusalém. O nome da sua avó era Maacá, neta de Absalão. Asa fez o que era certo aos olhos de Jeová, assim como Davi, seu antepassado. Mas os altos sagrados não foram removidos. No entanto, o coração de Asa foi pleno para com Jeová durante toda a sua vida.”
Para que nossa adoração a Jeová seja aceitável, ela precisa ser “de todo o coração”. – Marcos 12:33.

Por que Asa não removeu os altos (locais de adoração)? – 1 Reis 15:14.
Parece que se refere aos altos nos quais as pessoas se empenhavam na adoração de Jeová. (2 Crônicas 14:5; 1 Samuel 9:11-19; 1 Reis 18:20, 30, 40). Incorretas formas de adoração eram também feitas no nome de Jeová. (Êxodo 32:5) E é possível que tenham continuado em certos lugares elevados apesar da remoção dos altos pagãos. Ou é possível que Asa tenha efetuado a remoção total dos altos, mas que tais tivessem surgido de novo com o tempo e não fossem removidos durante o término do seu reinado. – it1, p. 102.

Cuidado com os apóstatas!
“Baasa, rei de Israel, veio contra Judá e começou a fortificar Ramá, para não deixar ninguém sair nem entrar no território de Asa, rei de Judá.” – 1 Reis 15:17.
Baasa, do reino apóstata das 10 tribos de Israel, fez isso para impedir comunicação e expressões de lealdade para com o reino meridional (sul), onde havia um rei da linhagem de Davi, aprovado por Jeová. De modo similar, os atuais apóstatas buscam separar os fiéis servos de Jeová de sua comunicação e lealdade à organização que leva o nome de Jeová. – Atos 15:14, 17.

A “palavra de Jeová” sempre se cumpre!
1 Reis 15:27, 29, 30: “Baasa, filho de Aías, da casa de Issacar, conspirou contra Nadabe, e Baasa o matou em Gibetom, que pertencia aos filisteus, enquanto Nadabe e todo o Israel cercavam Gibetom. E, assim que ele se tornou rei, matou todos os da casa de Jeroboão. Não deixou ninguém da casa de Jeroboão escapar; eliminou a todos, segundo a palavra que Jeová tinha falado por meio do seu servo Aías, o silonita. Isso aconteceu por causa dos pecados que Jeroboão havia cometido e levado Israel a cometer, e porque tinha ofendido muito a Jeová, o Deus de Israel.
1 Reis 14:10: “Por essa razão, estou trazendo uma calamidade sobre a casa de Jeroboão; eliminarei em Israel todos os do sexo masculino da casa de Jeroboão, incluindo o desamparado e o fraco, e vou varrer a casa de Jeroboão, assim como se varre o esterco até não sobrar nada!

1 Reis 16:34: “Foi nos dias dele que Hiel, o betelita, reconstruiu Jericó. Ele lançou os alicerces dela pagando com a perda de Abirão, seu primogênito, e colocou as suas portas pagando com a perda de Segube, seu filho mais novo, segundo a palavra que Jeová havia falado por meio de Josué, filho de Num.” (Essa maldição profética havia sido proferida mais de 500 anos antes: Josué 6:26.)
Josué 6:26: “Naquela ocasião, Josué fez o seguinte juramento: ‘Maldito seja perante Jeová o homem que se empenhar em reconstruir esta cidade, Jericó. Ele lançará os alicerces dela pagando com a perda do seu primogênito, e colocará as suas portas pagando com a perda do seu filho mais novo.’”

Assim, podemos confiar em todas as profecias bíblicas ainda por se cumprir.

A ambição irrestrita pode ter resultados trágicos.
1 Reis 16:18: “Quando Zinri [quinto rei do reino de dez tribos de Israel] viu que a cidade tinha sido tomada, entrou na torre fortificada da casa do rei e a incendiou, morrendo nas chamas.”

Casar-se com descrentes é errado:
1 Reis 16:30, 31: “Acabe, filho de Onri, foi pior aos olhos de Jeová do que todos os que reinaram antes dele. Como se não bastasse cometer os mesmos pecados que Jeroboão, filho de Nebate, cometeu, ele também tomou como esposa Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios, e começou a servir a Baal e a curvar-se diante dele.
Acabe entrou numa aliança matrimonial com a filha do rei de Tiro, chamado Etbaal (que significa: ‘Com Baal’). Isto resultou em a filha de Etbaal, Jezabel, introduzir em Israel este culto mais viril, com muitos sacerdotes e ajudantes.” (it-1, p. 289) Melcar era um dos deuses de Tiro, sua principal deidade. – ip-1, p. 256.

Jeová é o Deus Supremo e Todo-poderoso:
1 Reis 17:1: “E Elias, o tisbita, habitante de Gileade, disse a Acabe: ‘Tão certo como vive Jeová, o Deus de Israel, a quem sirvo, não haverá nem orvalho nem chuva durante estes anos, a não ser que eu ordene!’”
Isso ocorreu provavelmente por Baal ser tido por seus adoradores como dador da chuva e de fertilidade e dono do céu. Assim, Jeová demonstrou que é o único Deus verdadeiro. – it1, p. 289; João 17:3.

O maravilhoso exemplo do profeta Elias (A Sentinela de 1/04/92, pp. 16-19)
Manifestou fé, seguindo as instruções de Jeová. – 1 Reis 17:2-5, 8-10.
Teve que confiar que a carne trazida por corvos (avefs impuras segundo a Lei mosaica) estava devidamente sangrada. – 1 Reis 17:4, 6.
Deve ter-se perguntado sobre o que iria acontecer ao acabar a água, mas fielmente permaneceu onde estava. – 1 Reis 17:6b, 7.

Exemplo de fé e recompensa de uma viúva não israelita pobre – 1 Reis 17:8-24.
“A maneira de Jeová cuidar de uma viúva pobre no tempo do profeta Elias mostra como ele realmente aprecia os que apóiam a adoração verdadeira por darem de si mesmos e dos seus recursos. … Deveras, Jeová deu à viúva de Sarefá “a recompensa de profeta”, embora ela não fosse israelita. (Mateus 10:41) O Filho de Deus também honrou essa viúva quando a citou como exemplo para os incrédulos da sua cidade, Nazaré. — Lucas 4:24-26.
“Atualmente, muitas cristãs refletem o espírito da viúva de Sarefá. Por exemplo, toda semana, cristãs altruístas — muitas delas pobres e com família para cuidar — demonstram hospitalidade para com o superintendente viajante e sua esposa. Outras oferecem refeições a ministros locais de tempo integral, ajudam os necessitados ou de outro modo dão de si mesmas e de seus recursos para apoiar a obra do Reino. (Lucas 21:4) Será que Jeová observa esses sacrifícios? Claro que sim! “Deus não é injusto, para se esquecer de vossa obra e do amor que mostrastes ao seu nome, por terdes ministrado aos santos e por continuardes a ministrar.” — Hebreus 6:10.” – A Sentinela de 1/11/03, pp. 12-13.

Explicação de siglas:

It: Estudo Perspicaz das Escrituras (o número em seguida ao símbolo significa o volume. Assim, it-1 significa o  volume 1.), publicado pelas Testemunhas de Jeová.

ip-1: Profecia de Isaías Uma Luz Para Toda a Humanidade, volume 1, publicado pelas Testemunhas de Jeová.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site oapologistadaverdade.org



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *