Image Map











quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Destaques de 2 Crônicas 29-36


Jeová se lembra da parte boa de seus servos fiéis

2 Crônicas 29:2: “Ele [Ezequias] fazia o que era certo aos olhos de Jeová, assim como Davi, seu antepassado, tinha feito.

2 Crônicas 34:1, 2: “Josias tinha oito anos deidade quando se tornou rei, e reinou por 31 anos em Jerusalém. Ele fez o que era certo aos olhos de Jeová e andou nos caminhos de Davi, seu antepassado; não se desviou nem para a direita nem para a esquerda.”

Embora tivesse cometido pecados graves, Davi se arrependeu sinceramente, e em sua vida como um todo havia sido leal a Jeová.

Hebreus 6:10: Pois Deus não é injusto para se esquecer da sua obra e do amor que vocês mostraram ao nome dele, por servirem os santos e continuarem a servi-los.”

Salmo 103:12-14: “Tão longe como o nascente é do poente, tão longe ele põe de nós as nossas transgressões. Assim como o pai é misericordioso com os filhos, Jeová é misericordioso com os que o temem. Pois ele sabe bem como somos formados, lembra-se de que somos pó.


Devemos ter interesses pelos instrumentos que promovem a adoração de Jeová

2 Crônicas 29:3, 4:No primeiro ano do seu reinado, no primeiro mês, ele abriu as portas da casa de Jeová e as consertou. Então ele convocou os sacerdotes e os levitas e os reuniu na praça, ao leste. Ele lhes disse: ‘Escutem-me, levitas. Agora santifiquem a si mesmos e santifiquem a casa de Jeová, o Deus dos seus antepassados, e retirem do lugar santo o que é impuro.’

2 Crônicas 34:8: “No décimo oitavo ano do seu reinado, depois de ter purificado o país e o templo, Josias enviou Safã, filho de Azalias, Maaseias, chefe da cidade, e o cronista Joá, filho de Joacaz, para consertar a casa de Jeová, seu Deus.

Não seguir tradição dos antepassados em coisas erradas

2 Crônicas 29:6: “Pois os nossos pais foram infiéis e fizeram o que era mau aos olhos de Jeová, nosso Deus. Eles o abandonaram, desviaram o rosto do tabernáculo de Jeová e Lhe deram as costas.”

2 Crônicas 30:7, 8: “Não sejam iguais aos seus antepassados e aos seus irmãos que foram infiéis a Jeová, o Deus dos antepassados deles, de modo que lhes causou a ruína, assim como vocês estão vendo. Agora, não sejam obstinados como os seus antepassados. Sujeitem-se a Jeová e venham ao seu santuário, que ele santificou para sempre, e sirvam a Jeová, seu Deus, para que a Sua ira ardente se afaste de vocês.”


Nossa devoção a Jeová tem que vir do coração

2 Crônicas 29:10: “Agora o meu desejo de coração é fazer um pacto com Jeová, o Deus de Israel, para que a sua ira ardente se afaste de nós.”

2 Crônicas 31:20, 21: “Ezequias fez isso em todo o Judá, e continuou fazendo o que era bom e certo aos olhos de Jeová, seu Deus, e foi fiel a ele. E todo trabalho que ele realizou para servir ao seu Deus, quer no serviço da casa do verdadeiro Deus, quer em relação à Lei e ao mandamento, ele fez de todo o coração, e foi bem-sucedido.”


Devemos considerar a urgência do tempo em que nos encontramos

2 Crônicas 29:11: Meus filhos, agora não é hora de ser negligentes [nota: “Ou: ‘de descansar’”], pois Jeová os escolheu para ficar de pé perante ele, para servi-lo.”

2 Crônicas 29:20: “Então o rei Ezequias se levantou cedo e reuniu os príncipes da cidade, e eles subiram à casa de Jeová.”


É essencial manter puro o arranjo de adoração de Jeová

2 Crônicas 29:16: “Então os sacerdotes entraram na casa de Jeová para fazer a purificação e tiraram todas as coisas impuras que acharam no templo de Jeová e as levaram ao pátio da casa de Jeová. Os levitas, por sua vez, as pegaram e levaram para fora, ao vale do Cédron.

2 Crônicas 30:14: “Eles começaram a remover os altares que havia em Jerusalém, e removeram todos os altares de incenso e os jogaram no vale do Cédron.”

2 Crônicas 31:1: “Depois de tudo isso, todos os israelitas que estavam presentes foram às cidades de Judá e despedaçaram as colunas sagradas, derrubaram os postes sagrados e demoliram os altos sagrados e os altares em todo o Judá e Benjamim, também em Efraim e Manassés, até que tinham destruído tudo.”

Observe que santificar algo não significa fazer com que algo pagão se torne puro, e sim remover o que é pagão.

Por isso, as religiões da cristandade não têm justificativa para afirmar que santificaram as crenças e costumes pagãos que introduziram no falso cristianismo. Tais coisas continuam impuras.


Importância da música na adoração verdadeira

2 Crônicas 29:25-27, 30: “Nesse meio-tempo, ele tinha colocado os levitas nas suas posições na casa de Jeová, com címbalos, instrumentos de cordas e harpas, de acordo com as ordens de Davi, de Gade, o vidente do rei, e de Natã, o profeta, pois essas ordens tinham sido dadas por Jeová por meio dos seus profetas. Assim, os levitas estavam de pé com os instrumentos de Davi, e os sacerdotes com as trombetas. Então Ezequias ordenou que se oferecesse o sacrifício queimado no altar. Quando se iniciou a oferta queimada, começou o cântico de Jeová e o som das trombetas, acompanhando os instrumentos de Davi, rei de Israel. Então o rei Ezequias e os príncipes ordenaram aos levitas que louvassem a Jeová com as palavras de Davi e de Asafe, o vidente. De modo que ofereceram louvor com grande alegria, e se curvaram e se prostraram.”

2 Crônicas 35:15: “Os cantores, os filhos de Asafe, estavam nas suas posições conforme as ordens de Davi, de Asafe, de Hemã e de Jedutum, vidente do rei.


Cargos de serviço em si não provam o que a pessoa é

2 Crônicas 29:34: “Mas não havia sacerdotes suficientes para tirar a pele de todos os animais das ofertas queimadas. Por isso, seus irmãos, os levitas, os ajudaram até acabar o serviço e até os sacerdotes se santificarem, pois os levitas foram mais conscienciosos [Lit.: “retos de coração”, nota] em se santificar do que os sacerdotes.”


O amor de Jeová é infinito para os que se sujeitam a ele

2 Crônicas 30:9: “Jeová, seu Deus, é compassivo e misericordioso, e não desviará de vocês a sua face se voltarem para ele.”


Jeová abençoa os arranjos que estejam em harmonia com seu propósito

2 Crônicas 30:12: “A mão do verdadeiro Deus também estava em Judá a fim de uni-los para cumprir o que o rei e os príncipes tinham ordenado, conforme a palavra de Jeová.”


A inteira Lei mosaica era de Deus; chamada de “Lei de Moisés” por ter sido dada mediante este

2 Crônicas 30:16: “Eles assumiram os postos em que costumavam servir, conforme a Lei de Moisés, o homem do verdadeiro Deus. Então os sacerdotes aspergiram o sangue que receberam dos levitas.”

2 Crônicas 34:14: “Quando estavam retirando o dinheiro que tinha sido levado à casa de Jeová, Hilquias, o sacerdote, achou o livro da lei de Jeová dada por meio de Moisés.”

2 Crônicas 34:31: “O rei ficou de pé no seu lugar e fez um pacto perante Jeová, comprometendo-se a seguir a Jeová e a guardar seus mandamentos, suas advertências e seus decretos, de todo o coração e de toda a alma, cumprindo as palavras do pacto escritas no livro.


Jeová é admiravelmente compassivo e perfeitamente equilibrado em seus tratos com suas  criaturas

2 Crônicas 30:17-20: “Havia muitos na congregação que não tinham se santificado, e os levitas estavam encarregados do abate dos sacrifícios pascoais para todos os que não estavam puros, a fim de santificá-los para Jeová. Pois um grande número de pessoas, principalmente de Efraim, de Manassés, deIssacar e de Zebulão, não tinham se purificado, mas ainda assim comeram a Páscoa, contrariando o que está escrito. Mas Ezequias orou por eles, dizendo: ‘Que Jeová, que é bom, faça uma concessão a todos os que prepararam seu coração para buscar o verdadeiro Deus, Jeová, o Deus dos seus antepassados, embora não tenham se purificado de acordo com o padrão de santidade.’ Então Jeová escutou Ezequias e perdoou o povo.”


Importância de os que ministram por tempo integral e os que têm cargos de serviço aprenderem bem a louvar a Jeová com a música

2 Crônicas 30:21: “E os levitas e os sacerdotes louvavam a Jeová todos os dias, tocando alto os seus instrumentos para Jeová.”


Os que tomam a dianteira devem ser encorajadores

2 Crônicas 30:22: “Ezequias falou de modo encorajador a todos os levitas que serviam a Jeová com sabedoria [Ou: “prudência”, nota].”

2 Crônicas 32:6-8: “Então designou chefes militares sobre o povo, reuniu-os na praça do portão da cidade e os encorajou, dizendo: ‘Sejam corajosos e fortes. Não tenham medo nem fiquem apavorados por causa do rei da Assíria e de toda a multidão que está com ele, pois os que estão conosco são mais numerosos do que os que estãocom ele. Do lado dele está um braço de carne, mas do nosso lado está Jeová, nosso Deus, para nos ajudar e para travaras nossas batalhas.’ E o povo foi fortalecido pelas palavras de Ezequias, rei de Judá.

2 Crônicas 35:2: “Ele [Josias] colocou os sacerdotes para cumprir os seus deveres e os encorajou a realizar o seu serviço na casa de Jeová.”


Jeová ouve a oração dos que procuram se sujeitar a ele

2 Crônicas 30:27: “Por fim, os sacerdotes levíticos se levantaram e abençoaram o povo; Deus ouviu a sua voz, e a oração deles chegou à Sua santa morada, os céus.”


Os que tomam a dianteira na obra de Deus precisam estar dispostos a usar seus próprios recursos para promover tal obra

2 Crônicas 31:3: “Parte dos próprios bens do rei era dada para as ofertas queimadas, incluindo as ofertas da manhã e do anoitecer, e também as ofertas queimadas dos sábados, das luas novas e das festividades, conforme está escrito na Lei de Jeová.”

2 Crônicas 35:7, 8: “Josias contribuiu para todo o povo que estava presente um total de 30.000 cordeiros e cabritos do rebanho como sacrifícios pascoais, além de 3.000 bois. Tudo isso foi tirado dos próprios bens do rei. Seus príncipes também fizeram uma contribuição como oferta voluntária para o povo, os sacerdotes e os levitas. Hilquias, Zacarias e Jeiel, os líderes da casa do verdadeiro Deus, deram aos sacerdotes 2.600 sacrifícios pascoais e 300 bois.”


Todos os servos de Jeová devem apoiar os que o servem por tempo integral

2 Crônicas 31:4, 5: “Além disso, ele ordenou ao povo que morava em Jerusalém que desse a porção de vida aos sacerdotes e aos levitas, para que estes pudessem dedicar-se integralmente à lei de Jeová. Assim que essa ordem foi dada, os israelitas trouxeram uma grande quantidade de primícias do cereal, do vinho novo, do azeite, do mel e de todos os produtos do campo.”


Donativos generosos mostram nossa gratidão a Jeová

2 Crônicas 31:7, 8: “Começaram a formar os montes de contribuições no terceiro mês e terminaram no sétimo mês. Quando Ezequias e  os príncipes chegaram e viramos montes, louvaram a Jeová e abençoaram o seu povo Israel.”


Os que lideram precisam ouvir a opinião de outros

2 Crônicas 32:2, 3: “Quando Ezequias viu que Senaqueribe veio resolvido a guerrear contra Jerusalém, ele decidiu, depois de consultar seus príncipes e seus guerreiros, bloquear as fontes de água fora da cidade, e eles o apoiaram.”


Na guerra teocrática é importante ser estratégico por não dar poder ao inimigo

2 Crônicas 32:4: “Muitas pessoas foram reunidas, e bloquearam todas as fontes e o riacho que fluía por aquela terra, pois disseram: ‘Por que os reis da Assíria deviam chegar aqui e encontrar grande quantidade de água?’”


Cuidado com os argumentos dos inimigos da verdade!

O objetivo do inimigo é abalar a confiança dos servos de Deus no arranjo instituído por ele para dirigir Seu povo:

2 Crônicas 32:10, 11: “Assim diz Senaqueribe, rei da Assíria: ‘Em que vocês estão confiando para permanecerem Jerusalém enquanto ela está cercada? Não veem que Ezequias está enganando vocês e os levando a morrer de fome e de sede, ao dizer: “Jeová,nosso Deus, nos livrará das mãos do rei da Assíria”?’”

Usam de argumentos distorcidos; meias verdades.

2 Crônicas 32:12: “Não foi esse mesmo Ezequias quem removeu os altos sagrados e os altares do Deus de vocês, e disse a Judá e a Jerusalém: ‘Vocês devem curvar-se diante de um só altar e nele devem fazer fumegar os seus sacrifícios’?

Ezequias removeu os altares pagãos. – 2 Reis 18:4.

Usam palavras comuns ao povo de Deus, no nosso “idioma” teocrático, mas o teor de sua mensagem é destrutiva.

2 Crônicas 32:18: “Eles falavam em voz bem alta, no idioma dos judeus, ao povo de Jerusalém que estava sobre a muralha, para que ficassem com medo e apavorados, a fim de conseguir tomar a cidade.


Os inimigos do povo de Deus não serão bem-sucedidos, mas Jeová salvará Seu povo

2 Crônicas 32:21, 22: “Então Jeová enviou um anjo e eliminou todos os guerreiros valentes, líderes e chefes no acampamento do rei da Assíria, de modo que ele voltou desonrado à sua própria terra. Mais tarde, ele entrou na casa do seu deus e ali alguns dos seus próprios filhos o mataram à espada. Assim, Jeová salvou Ezequias e os habitantes de Jerusalém das mãos de Senaqueribe, rei da Assíria, e das mãos de todos os outros, e deu-lhes descanso de todos os inimigos ao seu redor.”


Jeová honra os que confiam nele

2 Crônicas 32:23: “E muitos traziam dádivas a Jeová em Jerusalém e coisas valiosas a Ezequias, rei de Judá, e ele passou a ser muito respeitado por todas as nações depois disso.”


Arrogância é resultado da falta de gratidão

2 Crônicas 32:25: “Mas Ezequias não demonstrou apreço pelo bem que lhe foi feito, pois o seu coração ficou arrogante, resultando em indignação contra ele e contra Judá e Jerusalém.”


A humildade leva ao perdão e a bênçãos

2 Crônicas 32:26: “Contudo, Ezequias humilhou-se e abandonou a arrogância do seu coração, ele e os habitantes de Jerusalém, e a indignação de Jeová não veio sobre eles nos dias de Ezequias.


As práticas espíritas são condenadas por Deus

2 Crônicas 33:6: “Ele queimou os seus próprios filhos no fogo, no vale do Filho de Hinom; praticou magia, adivinhação e feitiçaria, e designou adivinhos e pessoas que invocavam espíritos. Fez em grande escala o que era mau aos olhos de Jeová, ofendendo-o.”


Deixar de obedecer a Jeová resulta em consequências trágicas

2 Crônicas 33:10, 11: “Jeová falava a Manassés e ao seu povo, mas eles não prestavam atenção. Assim, Jeová fez vir contra eles os chefes do exército do rei da Assíria; eles capturaram Manassés com ganchos, prenderam-no com duas correntes de cobre.”


Jeová é um perdoador extraordinário

2 Crônicas 33:12, 13: “Na sua aflição, ele [Manassés] implorou o favor de Jeová, seu Deus, e se humilhou profundamente diante do Deus dos seus antepassados. Manassés orava a Ele, e Ele se comoveu com as suas súplicas e o seu pedido de favor, e o trouxe de volta para Jerusalém, para o seu reinado. Então Manassés reconheceu que Jeová é o verdadeiro Deus.”


O perdão divino depende do verdadeiro arrependimento do ofensor

2 Crônicas 33:14-16: “Depois ele [Manassés] construiu uma muralha externa para a Cidade de Davi, c ao oeste de Giom, que fica no vale. Ele a construiu até o Portão do Peixe. De lá ele continuou a construir a muralha, rodeando a cidade até Ofel; a muralha era muito alta. Além disso, designou chefes do exército em todas as cidades fortificadas de Judá. Então removeu da casa de Jeová os deuses estrangeiros e o ídolo, bem como todos os altares que tinha construído no monte da casa de Jeová e em Jerusalém, e mandou jogá-los fora da cidade. Ele também restaurou o altar de Jeová e começou a oferecer nele sacrifícios de participação em comum e sacrifícios de agradecimento, e disse a Judá que servisse a Jeová, o Deus de Israel.”


Josias – excelente exemplo para os jovens

2 Crônicas 34:3: “No oitavo ano do seu reinado, quando ainda era jovem, começou a buscar o Deus de Davi, seu antepassado; e no décimo segundo ano começou a purificar Judá e Jerusalém dos altos sagrados, dos postes sagrados, das imagens esculpidas e das estátuas de metal.


Exemplo de arranjo do uso correto dos recursos materiais na obra de Deus

2 Crônicas 34:9-13: “Eles foram a Hilquias, o sumo sacerdote, e lhe   entregaram o dinheiro que tinha sido trazido à casa de Deus. Os levitas que serviam como porteiros haviam recolhido esse dinheiro de Manassés, de Efraim e de todos os outros de Israel, bem como de Judá, de Benjamim e dos habitantes de Jerusalém. Então o dinheiro foi entregue aos que supervisionavam a obra na casa de Jeová. E os trabalhadores na casa de Jeová o usaram para restaurar e consertar a casa. O dinheiro foi dado aos artesãos e aos construtores, para que comprassem pedras lavradas e madeira para fazer travessas e vigas para construir os edifícios que os reis de Judá tinham deixado cair em ruínas. E os homens executaram fielmente o seu trabalho. Os levitas Jaate e Obadias, dos meraritas, e Zacarias e Mesulão, dos coatitas, foram designados para servir como supervisores deles. E todos os levitas, que eram músicos habilidosos,  eram encarregados dos trabalhadores comuns e eram supervisores de todos os que faziam os diversos tipos de serviço; alguns dos levitas eram secretários ,oficiais e porteiros.”


É essencial sermos receptivos à orientação divina das Escrituras

2 Crônicas 34:27: “‘Visto que o seu coração foi receptivo e você se humilhou perante Deus quando ouviu as palavras dele a respeito deste lugar e dos seus habitantes, e você se humilhou perante mim, rasgou a sua roupa e chorou diante de mim, eu o ouvi’, diz Jeová.”


A paciência e a misericórdia divinas são maravilhosas!

2 Crônicas 36:15, 16: “Jeová, o Deus dos seus antepassados, avisava-os por meio dos seus mensageiros; ele os avisava vez após vez, porque tinha compaixão do seu povo e do seu lugar de morada. Mas eles caçoavam dos mensageiros do verdadeiro Deus, desprezavam as Suas palavras e zombavam dos seus profetas, até que o furor de Jeová veio contra o seu povo e não havia mais remédio.”


A palavra profética se cumpre com certeza!

2 Crônicas 36:20-23: “Ele levou cativos para Babilônia os que escaparam da espada, e eles se tornaram servos dele e dos seus filhos até que o reino da Pérsia começou a dominar. Isso aconteceu para que se cumprisse a palavra de Jeová falada por Jeremias, até que a terra tivesse saldado os seus sábados. Durante todo o tempo em que ficou desolada, ela guardou o sábado, até cumprir 70 anos. No primeiro ano de Ciro, rei da Pérsia, a fim de que se cumprisse a palavra de Jeová falada por Jeremias, Jeová despertou o espírito de Ciro, rei da Pérsia, para que ele fizesse em todo o seu reino uma proclamação, que ele também registrou por escrito. Dizia o seguinte: ‘Assim diz Ciro, rei da Pérsia: “Jeová, o Deus dos céus, deu-me todos os reinos da terra, e ele me designou para lhe construir uma casa em Jerusalém, que fica em Judá. Quem entre vocês pertence ao povo dele? Que Jeová, seu Deus, esteja com ele. Portanto, que ele suba para lá!”’”



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *