Image Map











domingo, 7 de agosto de 2016

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (Parte 19)


Fonte da ilustração: https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/mensagem-da-biblia/jesus-ensina-a-respeito-do-reino-de-deus/
Segunda viagem de pregação pela Galileia, com os doze apóstolos (31 EC)
(Luc. 8:1-3)
Pouco depois, ele viajava de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e declarando as boas novas do reino de Deus. E os doze estavam com ele, 2 bem como certas mulheres que tinham sido curadas de espíritos iníquos e de doenças, Maria, a chamada Madalena,[1] da qual saíram sete demônios, 3 e Joana,[2] esposa de Cuza, encarregado de Herodes,[3] e Susana, e muitas outras mulheres, que lhes ministravam de seus bens.

Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/jesus/ministerio-na-galileia/milagres-pelo-espirito-de-deus/
Cura do homem possesso, cego e mudo
(Mat. 12:22-37: Mar. 3:19b-30)
E ele entrou numa casa. Mais uma vez se ajuntou a multidão, de modo que não puderam mais nem sequer tomar uma refeição. Trouxeram-lhe então um homem possesso de demônio, cego e mudo, e ele o curou, de modo que o mudo falava e via. Ora, todas as multidões ficaram simplesmente arrebatadas e começaram a dizer: “Não é este talvez o Filho de Davi?” Ouvindo isso, os escribas que desceram de Jerusalém [e] os fariseus disseram: “Ele está com Belzebu e expulsa os demônios por meio de Belzebu, o governante dos demônios.” Mas, quando os seus parentes ouviram isso, saíram para o pegarem, pois diziam: “Ele perdeu o juízo.”
Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/jesus/ministerio-na-galileia/milagres-pelo-espirito-de-deus/
Portanto, conhecendo os pensamentos deles[4] [e] tendo-os chamado a si, começou a dizer-lhes com ilustrações: “Como pode Satanás expulsar a Satanás? Ora, se um reino fica dividido contra si mesmo, este reino não pode ficar de pé, [mas] cai em desolação; e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não permanece. Do mesmo modo, se Satanás expulsa a Satanás, ele ficou dividido contra si mesmo [e] não pode ficar de pé, mas está chegando ao fim. Como permanecerá então o seu reino? Ainda mais, se eu expulso os demônios por meio de Belzebu, por meio de quem os expulsam os vossos filhos? É por isso que eles serão os vossos juízes. Mas, se é por meio do espírito de Deus que eu expulso os demônios, o reino de Deus vos tem realmente alcançado.
“Ou como pode alguém invadir a casa dum homem forte e apoderar-se de seus bens móveis, a menos que primeiro amarre o homem forte? E então saqueará a sua casa. Quem não está do meu lado é contra mim, e quem comigo não ajunta, espalha. Por esta razão, eu vos digo: Toda sorte de pecado e blasfêmia será perdoada aos homens, não importa que pecados e blasfêmias cometam blasfemamente. No entanto, quem blasfemar contra o espírito santo, nunca terá perdão, mas é culpado de pecado eterno. Por exemplo, quem falar uma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas quem falar contra o espírito santo, não lhe será perdoado, não, nem neste sistema de coisas, nem no que há de vir.
“Ou tornais a árvore excelente e seu fruto excelente, ou tornais a árvore podre e seu fruto podre; pois é pelo seu fruto que se conhece a árvore. Descendência de víboras, como podeis falar coisas boas quando sois iníquos? Pois é da abundância do coração que a boca fala. O homem bom, do seu bom tesouro, envia coisas boas, ao passo que o homem iníquo, do seu tesouro iníquo, envia coisas iníquas. Eu vos digo que de toda declaração sem proveito que os homens fizerem prestarão contas no Dia do Juízo; pois é pelas tuas palavras que serás declarado justo e é pelas tuas palavras que serás condenado.” Isto, porque diziam: “Ele tem um espírito impuro.”

Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/jesus/ministerio-na-galileia/condena-fariseus/
Sinal de Jonas
(Mat. 12:38-45)
38 Respondendo-lhe então alguns escribas e fariseus, disseram: “Instrutor, queremos ver um sinal da tua parte.” 39 Em resposta, disse-lhes: “Uma geração iníqua e adúltera persiste em buscar um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, exceto o sinal de Jonas, o profeta. 40 Porque, assim como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do enorme peixe[5], assim estará também o Filho do homem três dias e três noites no coração da terra. 41 Homens de Nínive se levantarão no julgamento com esta geração e a condenarão; porque eles se arrependeram com o que Jonas pregou, mas, eis que algo maior do que Jonas está aqui. 42 A rainha do sul será levantada no julgamento com esta geração e a condenará; porque ela veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão,[6] mas, eis que algo maior do que Salomão está aqui.
43 “Quando um espírito impuro sai dum homem, passa por lugares áridos em busca dum lugar de descanso, e não o acha. 44 Então diz: ‘Voltarei para a minha casa da qual me mudei’; e, chegando, acha-a desocupada, mas varrida e adornada. 45 Então vai e toma consigo sete espíritos diferentes, mais iníquos do que ele mesmo, e, entrando, ficam morando ali; e a situação final desse homem torna-se pior do que a primeira. É assim que será também com esta geração iníqua.”

A mãe e os irmãos de Jesus
(Mat. 12:46-50; Mar. 3:31-35; Luc. 8:19-21)
 Enquanto ainda falava às multidões, eis que vieram então ter com ele sua mãe e seus irmãos, procurando falar-lhe. Acontece que havia uma multidão sentada em volta dele. [Assim,] não puderam chegar a ele por causa da multidão. E, visto que estavam em pé do lado de fora, mandaram chamá-lo. De modo que alguém lhe disse: “Eis que a tua mãe e teus irmãos, parados lá fora, estão-te procurando, querendo ver-te [e] procurando falar-te.” Em resposta, ele disse ao que lhe dizia isso: “Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?” E, tendo olhado em volta para os sentados ao redor dele num círculo, [estendeu] a mão para os seus discípulos, [e] disse: “Eis minha mãe e meus irmãos! Pois todo aquele que faz a vontade de meu Pai que está no céu, este é meu irmão, e minha irmã e minha mãe. Minha mãe e meus irmãos são estes os que ouvem a palavra de Deus e a praticam.”

Explicação das siglas usadas:
EC: Era Comum.
it: obra Estudo Perspicaz das Escrituras, publicada pelas Testemunhas de JeováO número em sequência indica o volume.


Notas:
[1] “De (Pertencente a) Magdala”. Provavelmente deriva da cidade de Magdala, possivelmente Magadã, na margem ocidental do mar da Galileia, a cerca de meio caminho entre Cafarnaum e Tiberíades. (Mat. 15:39) É possível que tenha sido o lugar onde vivia Maria Madalena, ou onde tenha nascido.- It-2, pp. 738, 776.
[2]  [Forma feminina abreviada de Jeoanã, que significa “Jeová Mostrou Favor; Jeová Foi Clemente”]. Aparentemente, Joana estava com as mulheres presentes na ocasião em que Jesus foi pregado na estaca e entre as primeiras pessoas a descobrir que ele tinha sido ressuscitado. (Luc. 23:49, 55, 56; 24:1-11) – It-2, p. 567.
[3]  “Encarregado” de Herodes Ântipas, possivelmente de assuntos domésticos. – It-1, p. 629.
[4] Isto é, dos seus acusadores – os escribas e os fariseus ali presentes.
[5] Jon. 1:17-2:2.
[6] 1 Reis 10:1-10.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *