Image Map











domingo, 18 de setembro de 2016

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (parte 25)




Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/livros/jesus/ministerio-na-galileia/treinamento-apostolos-para-pregar-reino/

Terceira viagem de pregação pela Galileia (fins de 31 EC ou início de 32 EC)
(Mat. 9:35-11:1; Mar. 6:6-13; Lu 9:1-6)
 Envia os doze aos pares
(Mat. 9:35-10:10; Mar. 6:6b-9; Luc. 9:1-3)
E Jesus empreendeu uma viagem por todas as cidades e aldeias, num circuito, ensinando nas sinagogas deles e pregando as boas novas do reino, e curando toda sorte de moléstias e toda sorte de padecimentos. Vendo as multidões, sentia compaixão delas, porque andavam esfoladas e empurradas dum lado para outro como ovelhas sem pastor. Ele disse então aos seus discípulos: “Sim, a colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, rogai ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita.”
Ele convocou assim os seus doze discípulos e deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, para os expulsarem e para curarem toda sorte de moléstias e toda sorte de padecimentos.
(Mat. 10:2-4)
2 Os nomes dos doze apóstolos são estes: Primeiro, Simão, o chamado Pedro, e André, seu irmão; e Tiago, [filho] de Zebedeu, e João, seu irmão; 3 Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o cobrador de impostos; Tiago, [filho] de Alfeu, e Tadeu; 4 Simão, o Cananita, e Judas Iscariotes, que mais tarde o traiu.
 E principiou a enviá-los de dois em dois, a pregar o reino de Deus e a curar, dando-lhes as seguintes ordens: “Não vos desvieis para a estrada das nações, e não entreis em cidade samaritana; mas, ide antes continuamente às ovelhas perdidas da casa de Israel. Ao irdes, pregai, dizendo: ‘O reino dos céus se tem aproximado.’ Curai doentes, ressuscitai mortos, tornai limpos os leprosos, expulsai demônios. De graça recebestes, de graça dai. Não leveis nada para a viagem. Não adquirais nem ouro, nem prata, nem cobre, para os bolsos dos vossos cintos, nem pão, nem alforje para a viagem, nem duas peças de roupa interior, nem sandálias, nem bastão; pois o trabalhador merece o seu alimento.” Deu-lhes também ordens de levarem apenas um bastão, [e] de amarrarem sandálias.
Jesus dá instruções sobre pregação
(Mat.10:11-15; Mar. 6:10, 11; Luc. 9:4, 5)
Outrossim, disse-lhes: “Em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai nela quem é merecedor, e onde quer que entrardes numa casa, ficai ali até sairdes daquele lugar.  Ao entrardes na casa, cumprimentai a família; e, se a casa for merecedora, venha sobre ela a paz que lhe desejais; mas, se ela não for merecedora, volte a vós a vossa paz. Onde quer que alguém não vos receber, ou não escutar as vossas palavras, ao sairdes daquela casa ou daquela cidade, sacudi fora o pó que está debaixo dos vossos pés, em testemunho contra eles. Deveras, eu vos digo: No Dia do Juízo será mais suportável para a terra de Sodoma e Gomorra do que para essa cidade.
Preparação para enfrentar perseguição
(Mat. 10:16-30)
16 “Eis que eu vos envio como ovelhas no meio de lobos; portanto, mostrai-vos cautelosos como as serpentes, contudo, inocentes como as pombas. 17 Guardai-vos dos homens; pois eles vos entregarão aos tribunais locais e vos açoitarão nas suas sinagogas. 18 Ora, sereis arrastados perante governadores e reis, por minha causa, em testemunho para eles e para as nações. 19 No entanto, quando vos entregarem, não fiqueis ansiosos quanto a como ou o que haveis de falar; porque naquela hora vos será dado o que haveis de falar; 20 pois, quem fala não sois apenas vós, mas é o espírito de vosso Pai, que fala por meio de vós. 21 Além disso, irmão entregará irmão à morte, e o pai ao seu filho, e os filhos se levantarão contra os pais e os farão matar. 22 E vós sereis pessoas odiadas por todos, por causa do meu nome; mas aquele que tiver perseverado até o fim é o que será salvo. 23 Quando vos perseguirem numa cidade, fugi para outra; pois, deveras, eu vos digo: De modo algum completareis o circuito das cidades de Israel antes de chegar o Filho do homem.
24 “O discípulo não está acima do seu instrutor, nem o escravo acima do seu senhor. 25 Basta que o discípulo se torne como o seu instrutor e o escravo como o seu senhor. Se chamaram de Belzebu ao dono da casa, quanto mais [chamarão] assim aos de sua família? 26 Portanto, não os temais; pois não há nada encoberto que não venha a ser descoberto e não há nada secreto que não venha a ser conhecido. 27 O que eu vos digo na escuridão, dizei na luz; e o que ouvis sussurrado, pregai dos altos das casas. 28 E não fiqueis temerosos dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma; antes, temei aquele que pode destruir na Geena tanto a alma como o corpo. 29 Não se vendem dois pardais por uma moeda de pequeno valor?[1] Contudo, nem mesmo um deles cairá ao chão sem o [conhecimento de] vosso Pai. 30 Porém, os próprios cabelos de vossa cabeça estão todos contados. 31 Portanto, não temais; vós valeis mais do que muitos pardais.
A lealdade a Jeová e a Cristo está acima de tudo
(Mat. 10:32-39)
32 “Todo aquele, pois, que confessar perante os homens estar em união comigo, eu também confessarei perante meu Pai, que está nos céus, estar em união com ele; 33 mas aquele que me repudiar perante os homens, eu também o repudiarei perante meu Pai, que está nos céus. 34 Não penseis que vim estabelecer paz na terra; vim estabelecer, não a paz, mas a espada. 35 Pois vim causar divisão; o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a jovem esposa contra sua sogra. 36 Deveras, os inimigos do homem serão pessoas de sua própria família. 37 Quem tiver maior afeição pelo pai ou pela mãe do que por mim, não é digno de mim; e quem tiver maior afeição pelo filho ou pela filha do que por mim, não é digno de mim. 38 E aquele que não aceita a sua estaca de tortura e não me segue não é digno de mim. 39 Quem achar a sua alma, perdê-la-á, e quem perder a sua alma por minha causa, achá-la-á.
Quem aceitar a mensagem será recompensado
(Mat. 10:40-11:1; Mar. 6:12, 13; Luc. 9:6)
(Mat. 10:40-11:1)
40 “Quem vos recebe, recebe [também] a mim, e quem me recebe, recebe [também] aquele que me enviou. 41 Quem receber um profeta porque ele é profeta, receberá a recompensa de profeta, e quem receber um homem justo porque ele é homem justo, receberá a recompensa de homem justo. 42 E aquele que der a um destes pequenos ainda que seja um copo de água fria a beber, porque ele é discípulo, deveras, eu vos digo, de nenhum modo perderá a sua recompensa.”
11 Então, quando Jesus tinha terminado de dar instruções aos seus doze discípulos, partiu dali para ensinar e pregar nas cidades deles.
Partindo [eles] então, passaram pelo território, e pregavam, de aldeia em aldeia, declarando as boas novas e realizando curas em toda a parte, a fim de que as pessoas se arrependessem; e expulsavam muitos demônios, e untavam muitos doentios com óleo e os curavam.


Nota:
[1] Lit.: “se vendem . . . por um asse (assário)”; este era a décima sexta parte de um denário. – NM, nota.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas [NM], publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org







Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *