Image Map











terça-feira, 18 de outubro de 2016

A real natureza dos argumentos trinitários (Parte 2)


Fonte da ilustração:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/wp20091101/mito-deus-e-uma-trindade/

Transcrevo abaixo o comentário feito pelo apologista Saga, que aponta para o processo que leva à interpretação equivocada feita pela cristandade:

As interpretações distorcidas de trechos bíblicos dentro do seio da cristandade costumam ser derivadas de outras interpretações ruins de outros textos bíblicos, os quais se originam de outros textos mal aplicados, que, por fim, provêm de alguma doutrina errada, que já se acreditava antes de se ler tais textos todos, sendo que essa doutrina vicia as interpretações.

Ou, no caso mais simples, a interpretação vem direto do pressuposto doutrinário que a denominação religiosa da pessoa prega.

No caso das interpretações que são dadas a Apocalipse 3:14, essas provêm das interpretações falhas que dão a textos como Colossenses 1:15 e 16, que, por sua vez, vêm da interpretação inexata que tiram de textos como João 1:3, que provêm da ideia de que Jesus é o Criador, que é um subproduto da doutrina da Trindade – dogma que permeia o pensamento da cristandade e que vicia suas interpretações de passagens da Bíblia.

Ou seja, eles não tiram a Trindade das palavras da Escritura, e sim já acreditam previamente numa doutrina e a embutem nas passagens escriturísticas, interpretando seja o que for que elas disserem dentro desse viés trinitário.

É assim que se consegue enxergar “Trindade” no “Antigo Testamento”, pois a visão da pessoa já está cheia de paradigmas na cabeça.

E é isso.

Com isso, quando o crente trinitarista lê João 14:28, texto que afirma que ‘o Pai é maior do que o Filho’, o trinitarista não vai tirar a conclusão normal e natural, literal, de que a intenção desse verso era falar que Deus é superior ao Cristo; ele precisa forçar uma interpretação que concorde com a teologia trinitária. Assim, as leituras da Bíblia dessa pessoa terão:

·       “Um” que não é um;
·       O “Único” que não é o único;
·       O “Filho” que não é filho;
·       “Primogênito” que não é primogênito;
·       “Princípio” que não é principio;
·       O “produzido” que não foi produzido;
·       O “Mediador entre Deus e os homens” que não media e sim é o próprio Deus;
·       O “Cabeça” que, em vez de chefiar, tem o mesmo nível hierárquico;
·       E o “Maior” que não é maior!

Tudo isso por quê? Não é porque essa pessoa já tinha na mente os paradigmas trinitários que o impediam de ler o texto da forma natural???


A Trindade diz que o Filho é Eterno e Criador, (e seus apoiadores basearam-se nisso em suas interpretações pessoais de, por exemplo, João 1:3 e Colossenses 1:16); então, Apocalipse 3:14 não pode ser lido da forma literal para não contradizer a Trindade! Então, se tirará da cartola outra interpretação....e é isso. 

Fim do comentário.

As palavras bem colocadas pelo Saga mostram o cumprimento do texto bíblico de 2 Coríntios 4:4:

“O deus deste mundo cegou a mente dos descrentes, para que não brilhe sobre eles a luz das gloriosas boas novas a respeito do Cristo, que é a imagem de Deus.”

Mostrando a coerência do ensino das Testemunhas de Jeová, Saga prosseguiu:

Quando uma Testemunha de Jeová vai ler a Bíblia, ela não tem necessidade de se prender a nenhum decreto papal, a um concílio antigo ou a algum reformador famoso. Quero dizer que você lerá o texto puro. O que decidiram os Credos de Calcedônia, de Niceia e Atanasiano para ela não tem a menor importância.

Sendo assim, sua leitura da Bíblia terá:

·       O “Um” que é um. – Deuteronômio 6:4; Malaquias 2:10; Marcos 10:18; 1 Coríntios 8:6; Efésios 4:6.

“Escute, ó Israel: Jeová, nosso Deus, é um só Jeová.” – Deuteronômio 6:4.

“Não temos todos nós um só pai? Não foi um só Deus que nos criou?” – Malaquias 2:10.

“Jesus lhe disse: ‘Por que você me chama de bom? Ninguém é bom, a não ser um só, Deus.’” – Marcos 10:18.

“Para nós há realmente um só Deus, o Pai.” – 1 Coríntios 8:6.

Um só Deus e Pai de todos, que é sobre todos, por meio de todos e em todos.” – Efésios 4:6.

·       O “Único” que é o único. – João 17:3; Romanos 16:27; Judas 25.
“Isto significa vida eterna: que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e àquele que tu enviaste, Jesus Cristo.” – João 17:3.

“a Deus, que é o único sábio, seja dada a glória por meio de Jesus Cristo para sempre. Amém.” – Romanos 16:27.

“Ao único Deus, nosso Salvador, por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor, seja a glória, a majestade, o poder e a autoridade desde toda a eternidade, agora e por toda a eternidade. Amém.” – Judas 25.

·       O “Filho” que é filho. – João 3:16.
“Porque Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele exercer fé não seja destruído, mas tenha vida eterna.” – João 3:16.

·       O “Primogênito” que é primogênito. – Colossenses 1:18.
    “Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação.” – Colossenses 1:18.


·       O “Princípio” que é princípio. – Apocalipse 3:14; Provérbios 8:22.
“Ao anjo da congregação em Laodiceia escreva: Estas coisas diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus.” – Apocalipse 3:14.

“Jeová me produziu como o princípio do seu caminho, a primeira das suas realizações mais antigas.” – Provérbios 8:22.

·       O “produzido” que foi produzido. – Provérbios 8:22, 24, 25.

“Jeová me produziu como o princípio do seu caminho, a primeira das suas realizações mais antigas.  Quando não havia águas profundas, fui produzida, quando não havia mananciais transbordando de água. Antes de serem assentadas as montanhas, antes de haver montes, fui produzida.” – Provérbios 8:22, 24, 25.

·       O “mediador entre Deus e os homens” que media, ou seja, não é a mesma pessoa que as duas partes mediadas. – 1 Timóteo 2:5.

“Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: um homem, Cristo Jesus.” – 1 Timóteo 2:5.

·       O “Cabeça” que chefia, tem hierarquia superior. – 1 Coríntios 11:3; 1 Crônicas 29:11.
“Mas quero que saibam que o cabeça de todo homem é o Cristo; o cabeça da mulher é o homem; e o cabeça do Cristo é Deus.” – 1 Coríntios 11:3.

“Tu te elevas como cabeça acima de todos.” – 1 Crônicas 29:11.

·       O “maior” que é realmente maior. – João 14:28.

“O Pai é maior do que eu [o Filho Jesus Cristo].” – João 14:28.

Tudo isso, por quê? Deixa-se totalmente o texto fluir de forma natural, aceitando as palavras que ele diz, da forma como ele diz, e não da forma que queríamos que ele dissesse.

Fim do comentário.

No próximo e último artigo desta série, serão apresentados exemplos de como as ideias preconcebidas oriundas da doutrina falsa da Trindade impedem o claro e real entendimento de passagens bíblicas.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org



3 comentários:

  1. Não sei si alguem lembro! Mais eu colocaria também o REFLEXO que não é Reflexo ( Hebreus 1:3 )
    Eles tem o trabalho de inventar desculpas para apóia a tese deles! Alguns até agora certos textos para fugir de outro que não sabe a resposta!

    ResponderExcluir
  2. Qual a desculpa para a tradução esdrúxula que fez a tradução do novo mundo em 2 Pedro 1.1?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Tradução do Novo Mundo se pauta pela gramática grega e pelo contexto bíblico.

      Visto que, pelo seu comentário, o senhor demonstra desconhecer esses dois fundamentos que devem nortear a tradução da Palavra de Deus, verifique o artigo que considera 2 Pedro 1:1, 2, intitulado:

      “Jesus Cristo é o ‘grande Deus’ mencionado em Tito 2:13?”

      Excluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *