Image Map











terça-feira, 6 de dezembro de 2016

A terra existirá para sempre – que “terra”? (Parte 3)



A doutrina da destruição da Terra – um ataque à Divindade e à honestidade do Criador

Alegar que apenas três meras criaturas – Satanás, Adão e Eva – conseguiram mudar o propósito original de Jeová é afirmar que Ele é inconstante, frágil e que não se apega a seus propósitos. Ou, partindo do pressuposto que ele é Todo-poderoso, seria alegar que ele não tem palavra. Tudo isso é uma infame calúnia contra o Deus Todo-poderoso! Tudo isso agrada a Satanás e aos demônios dele, que, desde seu desvio, zombam dos propósitos e dos padrões de moralidade de Deus.

A doutrina da destruição da Terra – tentativa de invalidar o Resgate

Além disso, a doutrina da destruição da Terra nega o sacrifício resgatador de Jesus Cristo. Pois, o motivo de Jesus ter de vir à Terra para dar sua vida perfeita para salvar a humanidade foi o fato de o primeiro homem, Adão, ter pecado, e, por tal ato, ter passado o pecado à raça humana com as consequentes doença, velhice e morte. Observe a comprovação disso nos textos abaixo:

Romanos 5:12, 18, 19: É por isso que, assim como por meio de um só homem o pecado entrou no mundo, e a morte por meio do pecado, e desse modo a morte se espalhou por toda a humanidade, porque todos haviam pecado . . . Pois, se a morte reinou por meio de um só homem pela falha dele, quanto mais aqueles que recebem  a abundância da bondade imerecida e da dádiva da justiça reinarão em vida por meio de um só, Jesus Cristo! Portanto, assim como uma só falha resultou em pessoas de todo tipo serem condenadas, assim também um só ato de justificação resulta em pessoas de todo tipo serem declaradas justas para a vida. Pois, assim como por meio da desobediência de um só homem muitos foram feitos pecadores,  assim também, por meio da obediência de um só, muitos serão feitos justos.”

Romanos 6:23: Pois o salário pago pelo pecado é a morte, mas a dádiva que Deus dá é a vida eterna por Cristo Jesus, nosso Senhor.

Por tal ato, Jesus recuperou tudo o que Adão perdeu ao pecar. E o que Adão perdeu? A vida humana perfeita, em condições paradisíacas. É exatamente isso que a humanidade comprada pelo resgate de Cristo receberá de volta! (Veja o artigo “A Cristandade e a Doutrina da Redenção”, neste site.)

Mas, ainda há os que alegam que a afirmação da restauração da Terra como Paraíso se encontra apenas no chamado “Velho Testamento” – que não há nada no “Novo Testamento” que reafirme tal crença. O artigo seguinte examinará essa questão.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada.


Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org



Um comentário:


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *