Image Map











terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Ter comunhão com o “Espírito Santo” prova que ele é uma pessoa?



Fonte da ilustração:
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1101978145


Certo leitor escreveu:

Olá, irmão apologista. Foi feita a seguinte pergunta para os unitários no programa [nome omitido]: ‘Por que Paulo disse para termos comunhão com o Espirito Santo se ele não é pessoal?’ (2 Coríntios 13:14). Segundo o [nome omitido], a palavra grega para comunhão só pode ser aplicada a pessoas. 
Se puder, gostaria de saber seu parecer. Muito obrigado. 
Abraços!

Resposta:

 O texto em questão de 2 Coríntios 13:14 (em algumas traduções é 2 Coríntios 13:13) reza literalmente no texto grego:

Ἡ χάρις τοῦ κυρίου Ἰησοῦ Χριστοῦ 
A bondade imerecida do Senhor Jesus Cristo

κα ἡ ἀγάπη τοῦ    θεοῦ 
e    o  amor   de    Deus

κα ἡ κοινωνία τοῦ ἁγίου πνεύματος 
e    a comunhão  do  santo espírito

μετ πάντων ὑμῶν. 
com todos vocês.

O LÉXICO DO NOVO TESTAMENTO GREGO/PORTUGUÊS (de Gingrich e Danker; 1993) explica as várias aplicações bíblicas de koinonía:

κοινωνία, ας, ή—1. associação, comunhão, fraternidade, relacionamento íntimo At 2.42; Rm 15.26; 1 Co 1.9; 2 Co 6.14; 13.13; Gl 2.9; Fp 1.5; 2.1; 1 Jo 1.3,6s. —2. generosidade 2 Co 9.13; Hb 13.16; talvez Fp 2.1. —3. sinal de comunhão, dom talvez Rm 15.26 e 1 Co 10.16. —4. participação, partilha, compartilhamento 2 Co 8.4; Fp 3.10; Fm 6; talvez 1 Co 1.9; 10.16; 2 Co 13.13.*

Em adição, o mesmo léxico relaciona os vários usos bíblicos do verbo relacionado, koinonéo:

κοινωνέω—1. compartilhar, ter uma parte, participação em com gen. Hb 2.14. Com dat. Rm 12.13; 15.27; 1 Tm 5.22; 1 Pe 4.13; 2 Jo 11. —2. dar uma parte, compartilhar Gl 6.6; Fp 4.15.

Pelos exemplos acima, podemos entender que, contrário ao que afirmou certo programa religioso, o substantivo koinonía é usado na Bíblia também para coisas impessoais. Veja os exemplos abaixo:

2 Coríntios 6:14:
 τς κοινωνα φωτ πρς σκτος; 
e que comunhão [tem a] luz com [a] escuridão?

Nem a luz nem a escuridão são pessoas.

1 Coríntios 10:16:

τ ποτριον τς ελογας  ελογομεν, 
o cálice         da bênção  que abençoamos,


οχ κοινωνα στν το αματος το Χριστο;
não comunhão é      do  sangue  do Cristo?


τν ρτον ν κλμεν, οχ κοινωνα το σματος το Χριστο στιν; 
o pão que partimos, não comunhão do corpo do  Cristo     é?

O texto diz respeito a uma comunhão com o sangue e o corpo de Cristo, que são coisas impessoais.

Filipenses 3:10:

ν]  κοινωναν ν] παθημτων ατο
A   comunhão    dos   sofrimentos dele (Cristo)

1 Pedro 4:13:

λλ  καθ κοινωνετε τος το Χριστο παθμασιν 
mas conforme participais do sofrimento do Cristo

Nesse caso, a comunhão, ou participação, é nos sofrimentos de Cristo. Sofrimento também é algo impessoal.

De modo similar, como visto no último exemplo acima, o verbo koinonéo também faz referência a ter comunhão com coisas impessoais:

Hebreus 2:14:

τ παιδα κεκοιννηκεν αματος κα  σαρκς
as crianças participaram de sangue e carne

A comunhão, ou participação, no caso acima, é com a carne e o sangue, os quais são coisas impessoais.

2 João 11:
 λγων γρ ατ χαρειν κοινωνε                  τος ργοις ατο τος πονηρος. 
Quem, pois, a ele  cumprimenta participa
das obras dele – as más.

Obras, igualmente, não são pessoas.

Portanto, é bíblica e gramaticalmente possível ter comunhão com o espírito santo e este espírito não ser uma pessoa.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




Um comentário:

  1. "Nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo." 1 João 1:3 NVI

    É interessante que uns dos primeiros textos citados na obra é Atos 2:42 e o texto menciona esta mesma união comum existia no partir do Pão, de modo que existia uma comunhão do partir do Pão. Era o partir do Pão uma pessoa? Não, apenas era algo em comum entre eles.
    Romanos 15:26 mostra uma comunhão (coleta) dos cristãos a favor dos pobres, era esta união comum, comunhão (coleta AL) uma pessoa? Observou que mencionar haver uma comunhão do ou no espírito em si mesmo não prova sua personalidade como terceira pessoa. É verdade que a palavra pode e é relacionada a comunhão entre pessoas também, mas como se observa, o oposto também é verdade, de modo que aceitar que neste caso se refira a comunhão de um terceira pessoa não passa de interpretação subjetiva, não tem validade na argumentação.

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *