Image Map











domingo, 19 de março de 2017

A Vida de Jesus – o Evangelho Unificado (Parte 51)

Fonte da ilustração: www.jw.org

Os judeus tentam matá-lo
(João 10:19-39)
19 Por causa destas palavras resultou novamente uma divisão entre os judeus. 20 Muitos deles diziam: “Ele tem demônio e está louco. Por que o escutais?” 21 Outros diziam: “Estas não são as declarações dum homem endemoninhado. Será que um demônio pode abrir os olhos de cegos?” 22 Nesse tempo ocorreu em Jerusalém a festividade da dedicação[1]. Era inverno, 23 e Jesus estava andando no templo, na colunata[2] de Salomão.[3] 24 Portanto, os judeus rodearam-no e começaram a dizer-lhe: “Quanto tempo hás de manter as nossas almas na expectativa? Se tu és o Cristo, dize-nos francamente.”
25 Jesus respondeu-lhes: “Eu vos disse, e ainda assim não acreditais. As obras que eu faço em nome de meu Pai, essas dão testemunho de mim. 26 Mas, vós não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas. 27 Minhas ovelhas escutam a minha voz e eu as conheço, e elas me seguem. 28 E eu lhes dou vida eterna e elas não serão jamais destruídas, e ninguém as arrebatará da minha mão. 29 Aquilo que meu Pai me deu é algo maior do que todas as outras coisas, e ninguém as pode arrebatar da mão do Pai. 30 Eu e o Pai somos um.”
31 Mais uma vez, os judeus apanharam pedras para o apedrejarem. 32 Jesus replicou-lhes: “Eu vos apresentei muitas obras excelentes da parte do Pai. Por qual destas obras me apedrejais?” 33 Os judeus responderam-lhe: “Nós te apedrejamos, não por uma obra excelente, mas por blasfêmia, sim, porque tu, embora sejas um homem, te fazes um deus.” 34 Jesus respondeu-lhes: “Não está escrito na vossa Lei: ‘Eu disse: “Vós sois deuses”’?[4] 35 Se ele chamou ‘deuses’ aos contra quem se dirigia a palavra de Deus, e, contudo, a Escritura não pode ser anulada, 36 dizeis a mim, a quem o Pai santificou e mandou ao mundo: ‘Blasfemas’, porque eu disse: Sou Filho de Deus? 37 Se não faço as obras de meu Pai, não me acrediteis. 38 Se as faço, porém, mesmo que não me acrediteis, acreditai nas obras, a fim de que saibais e continueis a saber que o Pai está em união comigo e eu em união com o Pai.” 39 Portanto, tentaram novamente apoderar-se dele; ele, porém, pôs-se fora do seu alcance.


Explicação das siglas usadas:

it: obra Estudo Perspicaz das Escrituras, publicada pelas Testemunhas de JeováO número em sequência indica o volume.

Notas:
[1] Hebr.: hhanuk·káh. Comemora a recuperação da independência judaica do domínio siro-grego e da rededicação do templo de Jerusalém a Jeová, templo que havia sido dessacrado por Antíoco IV Epifânio em 25 de quisleu [novembro-dezembro] de 168 AEC. Dois anos mais tarde, Judas Macabeu recapturou a cidade e o templo. Depois de se expurgar o templo da profanação, houve a rededicação em 25 de quisleu de 165 AEC. – It-2, p. 121.
[2] Série de colunas dispostas simetricamente. – Dicionário Aurélio.
[3] Segundo os escritos de Josefo, esta colunata foi originalmente construída por Salomão sobre um aterro do lado L do templo. A colunata existente no primeiro século EC, porém, é atribuída à obra de reconstrução de Herodes. – It-1 p. 532.
[4] Sal. 82:6.


O texto acima unificado da Bíblia Sagrada é baseado na Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

A menos que seja indicada outra fonte, todas as publicações citadas são produzidas pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org






Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *