Image Map











quinta-feira, 11 de maio de 2017

Algumas pessoas serão ressuscitadas apenas para morrer novamente?



Fonte da ilustração:
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2015163#h=2


Contribuído por Servo do Reino.

“Não vos admireis disso, porque vem a hora em que todos os que estão nos sepulcros ouvirão a sua voz e sairão: os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida, e os que tiverem praticado o mal, para a ressurreição do juízo.” – João 5:28,29.

À base do texto citado acima, algumas pessoas entendem que pessoas que fizeram o bem NESTA VIDA serão ressuscitadas para uma vida eterna e aquelas que fizeram o mau NESTA VIDA serão ressuscitadas apenas para receberem um julgamento de condenação e depois morrerem novamente.

Mas esta interpretação trás alguns problemas:

1) Romanos 6:7 diz que “aquele que está morto está justificado (absolvido) do pecado”.

Portanto, uma pessoa não pode ser condenada com base nos atos que fez NESTA VIDA. Pois, ao morrer, ela já está quitando sua dívida por ter sido uma pessoa pecadora, assim como nos mostra Romanos 6:23, que diz que “o salário pago pelo pecado é a morte”.


2) Podemos pensar: Porque Jeová Deus, em toda sua sabedoria infinita, ressuscitaria alguém pra apenas condená-la à morte de novo?

É muito mais fácil e lógico deixar a pessoa morta lá onde está; nem ressuscitá-la.

3) A Bíblia revela que o julgamento final se dará DEPOIS da ressurreição, não antes.

A Bíblia diz que o julgamento se dará da seguinte forma: “Vi também os mortos, grandes e pequenos, de pé diante do trono, e livros foram abertos. Outro livro foi aberto, o livro da vida. Os mortos foram julgados de acordo com o que tinham feito, segundo o que estava registrado nos livros.” – Apocalipse 20:12.

Será que esses livros são o registro das ações passadas das pessoas? Não, o verso seguinte esclarece quais são as obras que estão registradas nos livros:  “O mar entregou os mortos que nele havia, e a morte e o Hades entregaram os mortos que neles havia; e cada um foi julgado de acordo com o que tinha feito.” – Apocalipse 20:13.

Sendo assim, DEPOIS que ocorrer a ressurreição, tanto daqueles que estão nos sepulcros (túmulos), bem como até mesmo daqueles que morreram no mar (como em casos de navios ou aviões que afundaram), mostrando assim que Deus tem uma memória ilimitada, aí é que ocorrerá o julgamento final de acordo com ação da pessoa depois da ressurreição.

Portanto, os “livros que foram abertos” só podem representar futuros requisitos de Deus para os ressuscitados, bem como para aqueles que passaram com vida pelo Armagedom. Para viver para sempre, todos estes terão de obedecer aos mandamentos de Deus, incluindo quaisquer requisitos novos que Jeová venha a revelar. Assim, as pessoas serão julgadas à base do que fizerem DURANTE o Dia do Julgamento.

Na verdade, até pela leitura de João 5:28,29 podemos entender assim também. Preste atenção na sequência dos fatos mencionados:

1) Os mortos escutam a voz de Jesus (são ressuscitados).

2) Saem (começam a praticar ações).

3) São julgados (se ações forem boas, o resultado será a vida eterna; se forem ações ruins, morte eterna).

Portanto, podemos concluir que não haverá uma ressurreição apenas para condenação, pois isto, além de ilógico, é antibíblico, como vimos. 


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *