Image Map











quarta-feira, 30 de maio de 2018

TRADUÇÃO NO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA – ERUDITA E CONFIÁVEL (Parte 7)




Contribuído.

Os artigos anteriores desta série trouxeram à atenção do leitor uma comparação honesta entre a versão de João Ferreira de Almeida, edição Revista e Corrigida, e a Tradução do Novo Mundo. Os critérios analisados foram: 1) o Texto-base para as referidas traduções; 2) o português atualizado; 3) erros de tradução e de coesão; 4) Textos e histórias acrescentados; 5) Coerência na tradução.
Neste último artigo desta série, será analisado o mais importante dos critérios – a presença do Nome divino, Jeová, na tradução.
 4.4  A REMOÇÃO DO NOME DIVINO
Ao ler o prefácio da versão Almeida Revista e Atualizada (ARA), algo me chamou a atenção: a substituição do Nome de Deus (Jeová) por títulos, tais como: “Senhor”, “Deus”, “Senhor Deus”, removendo da Bíblia o Nome do verdadeiro Autor dela, ocultando sua Autoria e empenho pela nossa salvação, sendo Ele mesmo a Fonte da nossa salvação por meio do seu Filho amado, Jesus Cristo. (João 3:16; Judas 25; Apocalipse 7:10) Vale a pena salientar que o nome Jeová aparece quase 7.000 vezes só no Antigo Testamento. Agora, pare e pense: Se fosse da vontade de Deus que o Seu Nome fosse retirado da Bíblia, teria Ele revelado esse Nome tantas vezes? E se um nome não é tão importante assim, por que nomeamos até mesmo os nossos animais domésticos? Vou lhe mostrar mais uma incoerência.
Uma regra básica registrada em Apocalipse 22:18-19 deixa claro que não se pode remover e nem acrescentar nada na Palavra de Deus. Você acha que Jesus não sabia disso? Seguem abaixo alguns exemplos que mostram no Novo Testamento citações de textos do Antigo Testamento onde ocorre originalmente o nome de Deus, Jeová. Continue observando na ARC.
Veja que, em Lucas 4:18, Jesus está recitando as palavras registradas em Isaias 61:1. Perceba a incoerência: Nesta passagem de Isaias está registrado o nome de Deus “Jeová”. Será que Jesus se negaria a pronunciar o nome do Pai? Veja o que Jesus declarou em João 17:6, 26:
Tornei o teu nome conhecido aos homens que me deste do mundo.” – João 17:6.
“Eu tornei o teu nome conhecido a eles, e o tornarei conhecido, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu em união com eles.” – João 17:26.
Outro texto do Novo Testamento que cita uma passagem do Antigo Testamento contendo o nome “Jeová” é o de Mateus 21:42, onde Jesus está fazendo uma citação de Isaias 28:16, que menciona o nome de Deus. Agora, pergunte-se: Como Jesus pode citar um texto excluindo o nome do seu Pai, se ele mesmo nos ensinou a orar pela santificação do nome do Pai? (Mateus 6:9) Você não acha isso estranho?
Na TNM, o Novo Testamento se harmoniza com o Antigo Testamento em todos os detalhes.
HÁ ALGUÉM que quer impedir você de conhecer o nome de Jeová e de ter uma relação achegada com Ele. Quem é esse inimigo perverso? A Bíblia explica: “O deus deste sistema de coisas tem cegado as mentes dos incrédulos.” O deus do atual mundo sem fé é Satanás, o Diabo. Ele quer manter você em escuridão para que seu coração não seja iluminado com “o glorioso conhecimento de Deus”. (2 Coríntios 4:4-6) Satanás não deseja que você conheça o nome de Jeová. Então, como ele cega a mente das pessoas? Satanás usa a religião falsa para impedir que as pessoas conheçam o nome de Deus. (Mateus 15:6) Satanás sabe que é preciso conhecer o nome de Deus por parte daqueles registrados em Atos 15:14, que declara:
“Deus, pela primeira vez, voltou sua atenção para as nações, a fim de tirar delas um povo para o Seu nome.” – Atos 15:14.
Não há dúvidas de que o Nome de Deus, “Jeová”, foi removido das Escrituras Sagradas e que existe um empenho muito grande para que permaneça assim. Porém, os “verdadeiros adoradores” (João 4:23) não permitiram que essa conspiração tivesse êxito. Eles orgulhosamente restauraram o Nome Divino em todas as passagens onde o mesmo ocorre. Não só isso, mas também o divulgam destemidamente em toda a terra habitada.   Afinal, Ele é o único e verdadeiro Autor e detentor dos Direitos Autorais da Bíblia. – 2 Timóteo 3:16-17.
Apesar de sintetizado, este trabalho apresentou a você duas grandes, valiosas e seríssimas realidades:

1- De um lado, a versão Almeida Revista e Corrigida com:
·    Português desatualizado
·    Incoerências
·    Acréscimos nos versículos e de versículos
·    Erros de tradução
·    Remoção do Nome de Deus, Jeová

2- Do outro lado, a Tradução do Novo Mundo. E como você pôde observar neste trabalho, a Tradução do Novo Mundo contém:
·    Português atualizado
·    Coerência harmoniosa
·    Fidelidade ao texto bíblico
·    Restauração do Nome de Deus, Jeová

5   CONCLUSÃO

Embora este trabalho seja uma síntese das inúmeras passagens que poderiam ser facilmente citadas aqui, acredito que tudo o que foi apresentado neste trabalho foi mais que o suficiente para fornecer a você, caro leitor, as ferramentas necessárias para fazer um julgamento justo sobre a Tradução do Novo Mundo.
Se você acredita que o resultado de uma compilação de manuscritos do século XII, conhecido como “Texto Recebido”, é mais confiável, então dê preferência à ARC, já que a mesma usa essa base para sua edição.
Mas, se você acredita que os manuscritos achados pela Arqueologia que datam dos séculos II, IV, V, que serviram de base para o “Texto Crítico”, devem sim ser a base textual da Bíblia que você deseja ter em suas mãos, então opte pela TNM. Lembre-se de que a TNM usa em sua tradução os manuscritos considerados majoritariamente pelos eruditos como os manuscritos mais antigos e mais confiáveis que existem.
Para ser um verdadeiro seguidor de Cristo, faz-se necessário se esvaziar e negar a si mesmo. (Lucas 9:23) Principalmente, repudiar toda forma de tradição que venha a invalidar a palavra de Deus



“Por que vocês transgridem o mandamento de Deus por causa da sua tradição?” – Mateus 15:3.

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.


Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *