Image Map











sábado, 13 de julho de 2019

A expressão “ressurreição … que ocorrerá mais cedo” tem base linguística? (Filipenses 3:11)

Fonte: jw.org

Um leitor escreveu:

Saudações!

Mais uma vez gostaria de expressar meu apreço e admiração pelo trabalho em sua página. Escrevo-lhe para elucidar o uso da expressão “que ocorrerá mais cedo” empregada em Filipenses 3:11 na Tradução do Novo Mundo.

Pesquisando as outras versões da Bíblia que possuo, incluindo algumas interlineares, não consegui compreender a razão desse aparente acréscimo. Desde já, agradeço imensamente sua disposição em auxiliar os amantes da verdade bíblica.

Resposta:

A comissão editora da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas deu atenção a essa questão em seu periódico A Sentinela, de 1.º de março de 1964 (pp. 158-159), na seção intitulada “Perguntas dos Leitores”. Segue abaixo parte do conteúdo da resposta dada:

A Diaglott, no texto interlinear, reza: “Se possível, possa alcançar a ressurreição fora dos mortos.” O Interlinear Greek-English New Testament de Marshall, que se baseia no texto de Nestle, verte a expressão em questão na sua tradução interlinear: “a dentre-ressurreição”. E a Emphasized Bible, por J. Rotherham, reza: “Se de alguma maneira possa avançar a uma ressurreição mais cedo, que é dentre os mortos.” A nota ao pé da página sobre isso diz: “Mais literalmente: ‘a dentre-ressurreição’.”

A palavra grega empregada aqui não é anástasis, a palavra que quase invariavelmente aparece no grego quando uma tradução portuguesa diz “ressurreição”, e que aparece mais de quarenta vezes nas Escrituras Gregas Cristãs. Antes, é a palavra exanástasis, palavra esta que, diga-se de passagem, aparece apenas neste texto. Basicamente, em grego exanástasis significa levantar-se cedo de manhã, de modo que implica o que é cedo e, por conseguinte, levantar-se mais cedo de entre os mortos. Paulo tinha em mente ali, sem dúvida, a “primeira ressurreição”, que anos mais tarde João mencionou em Apocalipse 20:6: “Feliz e santo é todo aquele que tem parte na primeira ressurreição.” (Negrito acrescentado.)

Adicionalmente, a obra Estudo Perspicaz das Escrituras (volume 3, p. 434, verbete “Ressurreição”) explica:

[…] Sobre a expressão aqui usada por Paulo, Word Pictures in the New Testament (Quadros Verbais no Novo Testamento, 1931, Vol. IV, p. 454), de Robertson, diz: “Pelo visto, Paulo está pensando aqui somente na ressurreição dos crentes dentre os mortos, e, assim, duplica o ex [dentre] (ten exanastasin ten ek nekron). Paulo, com tal linguagem, não está negando uma ressurreição geral, mas está enfatizando a dos crentes.” A obra Commentaries (Comentários), de Charles Ellicott (1865, Vol. II, p. 87), observa sobre Filipenses 3:11: “‘A ressurreição dentre os mortos’; i.e., como sugere o contexto, a primeira ressurreição (Rev. xx. 5), quando, na vinda do Senhor, os mortos Nele ressuscitarão primeiro (1Tessalon. iv. 16), e os vivos serão arrebatados para encontrar-se com Ele nas nuvens (1Tess. iv. 17); compare com Lucas xx. 35. A primeira ressurreição incluirá somente os verdadeiros crentes, e, aparentemente, antecederá a segunda, a dos não-crentes e dos descrentes, na sequência do tempo . . . Qualquer referência aqui a uma ressurreição meramente ética (Cocceius) é inteiramente fora de propósito.” Um dos significados básicos da palavra e·xa·ná·sta·sis é levantar-se da cama pela manhã; assim, bem que pode representar uma ressurreição que ocorra cedo, também chamada de “primeira ressurreição”. A tradução, em inglês, de Rotherham, de Filipenses 3:11 reza: “Se, de todo o modo, eu puder avançar até a ressurreição mais cedo, que é de entre os mortos.” (Negrito acrescentado.)



Conforme The Liddell, Scott, Jones Ancient Greek Lexicon (LSJ), talvez o mais conhecido dicionário grego-inglês antigo, um dos significados de ἐξανάστασις é “levantar-se da cama pela manhã”.

Um site de pesquisa bíblica comenta sobre tal palavra grega:

Em Filipenses 3:11, por exemplo, Paulo fala de sua esperança de alcançar “a ressurreição dentre os mortos”. Literalmente, a frase diz “a ressurreição fora dentre os mortos” (τν ξανάστασιν τν κ νεκρῶν – tēn exanastasin) ek nekrõn). Observe, em particular, a preposição prefixada e o plural. Esses textos se encaixam bem com o conceito de duas ressurreições. Por conseguinte, julgamos que a visão pré-milenista é mais adequada do que o amilenismo. Há outras passagens que sugerem uma ressurreição de um grupo seleto (Lc 14:14; 20:35; 1 Coríntios 15:23; Fp 3:11; 1 Tessalonicenses 4:16) ou uma ressurreição em dois estágios (Dan. 12: 2; João 5:29).[1] (Negrito acrescentado.) 

A sutil diferença no sentido entre anástasis e exanástasis é despercebida por dicionaristas bíblicos e também por tradutores da Bíblia. Por outro lado, a Tradução do Novo Mundo mostra sua exatidão e precisão também nesta passagem de Filipenses 3:11.  


Nota:
[1]Theological Encounters. Eschatology. Disponível em: <https://www.theologicalencounters.com/eschatology>.


Referências:

A Sentinela. 1.º de março de 1964 (pp. 158-159), na seção intitulada “Perguntas dos Leitores”. Por que é que a Tradução do Novo Mundo traz as palavras “mais breve” em Filipenses 3:11?


Liddell-Scott-Jones. Ancient Greek Lexicon. Disponível em: <https://www.studylight.org/lexicons/greek/1815.html>.

______. LSJ. ξανάστασις. Disponível em: <https://lsj.gr/>.



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org









Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *