Image Map











sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Jó 14:12 indica o fim do Universo físico?

Fonte: jw.org


Um leitor comentou

No artigo “2 Pedro 3:7-12 se refere à destruição dos céus e da Terra literais?” você citou  o Salmo 72:5, que diz: “Temer-te-ão [a Jesus Cristo] enquanto houver o sol.” Após isso,  você perguntou: “Será que um dia os fiéis deixarão de mostrar temor respeitoso a Jesus Cristo?” Você usou esse texto bíblico para mostrar que o sol – e por consequência todo o Universo físico, inclusive o planeta Terra, existirão para sempre.

Mas, então, como explicar o texto de Jó 14:12? Esta passagem diz: “O homem também tem de deitar-se e não se levanta. Não acordarão até que não haja mais céu, nem serão despertados do seu sono.”

Usando a mesma linha de raciocínio que você usou para o Salmo 72:5, essa passagem de Jó não dá a entender que, enquanto houver “céu”, os mortos não serão ressuscitados?

Resposta:

Ao analisarmos passagens semelhantes, precisamos ter o cuidado de contextualizar cada uma das declarações. No caso de Jó, a declaração dele reflete seus sentimentos pessoais, conforme ele tornou claro em Jó 42:3, onde lemos: “Tu [Jeová] disseste: ‘Quem é este que está obscurecendo os meus propósitos sem ter conhecimento?’ É verdade, eu falei sem entendimento sobre coisas maravilhosas demais para mim, que eu não conheço.” Por outro lado, no caso do Salmo 72, trata-se de uma profecia sobre o Reinado do Messias.


O sofrimento de Jó
Fonte: jw.org

Ademais, no caso de Jó, sua hipérbole em Jó 14:12 retrata a situação do ponto de vista humano: ou seja, por meios humanos, seria realmente impossível que alguém voltasse a viver. Mas o mesmo Jó mostra sua confiança na ressurreição, conforme a continuação do relato, onde ele afirma: “Quem dera que me escondesses na Sepultura [hebraico: Seol], que me ocultasses até a tua ira passar, que estabelecesses um tempo e então te lembrasses de mim! Quando um homem morre, pode ele viver novamente? Esperarei todos os dias do meu serviço obrigatório, até vir o meu livramento. Tu chamarás, e eu te responderei. Terás saudades do trabalho das tuas mãos.” (Jó 14:13-15) Assim, suas palavras em Jó 14:12, além de refletirem seus sentimentos conturbados, são também uma hipérbole de que, humanamente, seria impossível voltar a viver.

Por outro lado, o Salmo 72 descreve a obediência leal que haverá entre os súditos do Messias, obediência e temor piedoso que serão eternos. – Salmo 72:5.


  
A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *