Image Map











domingo, 27 de fevereiro de 2022

O detalhe em Isaías 11:6 que faz a diferença

Fonte: jw.org  

As traduções da Bíblia em geral, tanto católicas quanto evangélicas, traduzem a primeira parte de Isaías 11:6 por afirmar simplesmente que ‘o lobo habitará (morará, viverá) com o cordeiro’. Isto dá a ideia de que o lobo e o cordeiro serão companheiros contínuos, habitando juntos.

Porém, a palavra hebraica vertida “habitará” ou “morará” é gur. Ela aparece na forma  וְגָר (VËGÅR). De acordo com a Concordância de Strong, este verbo hebraico significa “peregrinar”, o que dá o sentido, não de fixar residência, e sim de viajar a lugares distantes. O peregrino é um viajante, alguém que está em terra estrangeira. Brown-Driver-Briggs citam, entre outros textos, Êxodo 3:22, que faz alusão a “uma mulher na casa de outra pessoa como inquilino ou hóspede”.

Em harmonia com isso, a Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas verte de modo a salientar este sentido da palavra hebraica, conforme segue: “E o lobo, de fato, residirá por um tempo com o cordeiro.” A Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagradas destaca este detalhe na nota de rodapé.

O periódico A Sentinela (15/9/91, p. 31, Perguntas dos Leitores), da mesma sociedade bíblica,  explica por que a referida tradução traduz desta forma:

[…] uma tradução cuidadosa de Isaías 11:6 deixa claro que tais animais não ficarão juntos constantemente.

[…]

[…] a palavra hebraica traduzida “habitará” ou “morará” é gur. Segundo o lexicógrafo William Gesenius, ela significa “residir temporariamente, morar por um tempo, viver como se não estivesse em casa, i.e., como estranho, estrangeiro, convidado”. (A Hebrew and English Lexicon of the Old Testament [Léxico Hebraico e Inglês do Velho Testamento], traduzido por Edward Robinson) O léxico de F. Brown, S. Driver e C. Briggs dá o sentido de “residir temporariamente, morar por um tempo (definido ou indef[inido]), morar como recém-chegado . . . sem os direitos originais”.

Deus usou gur ao mandar Abraão ‘residir como forasteiro’ em Canaã. O patriarca não possuiria a terra, mas poderia ser um residente protegido ali. (Gênesis 26:3; Êxodo 6:2-4; Hebreus 11:9, 13) Da mesma forma, Jacó disse que ‘residia como forasteiro’ na região de Harã, pois retornaria a Canaã. — Gênesis 29:4; 32:4.

No Paraíso que Deus em breve estabelecerá, […] a língua dá lugar até à ideia de que o lobo seria um residente protegido pelo cordeiro. — Isaías 35:9; 65:25.

No entanto, tais animais ainda poderão ter habitats distintos. 

Jeffrey Pulse, Professor Associado de Teologia Exegética, e Diretor de Educação Continuada no Concordia Theological Seminary em Fort Wayne, Indiana, em seu artigo “Antigo Testamento: Isaías 11: 1-10 (Advento 2: Série A)”, trouxe à tona o sentido de gur em Isaías 11:6: “11: 6 וְגָר ( ve-Gar ) raiz: גור ( goor ) Qal: ‘peregrinar; habitar como estrangeiro’”.

Traduções que destacam o sentido da palavra hebraica gur

“O lobo será hóspede do cordeiro.” – Bíblia Ave Maria.

“E um lobo peregrina com um cordeiro.” – Young's Literal Translation.

“Então o lobo será hóspede do cordeiro.” - New American Bible.


A Septuaginta usa o verbo grego συμβοσκηθσεται (symboskethésetai), uma declinação de συμβόσκω (symbósko), que significa “alimentar-se junto com”; “pastar junto com”. Essa tradução verte a passagem como segue abaixo:


κα συμβοσκηθσεται λκος μετ ρνς

kaì symboskethésetai lýkos metá arnós

O lobo alimentar-se-á junto com o cordeiro


Outras passagens bíblicas nas quais a Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas destacou o sentido de gur

“A isso disseram: ‘Sai daí!’ E acrescentaram: ‘Este homem solitário veio para cá residir como forasteiro.’” 

“Abraão mudou então o acampamento dali para a terra do Negebe e passou a morar entre Cades e Sur, e foi residir como forasteiro em Gerar.” – Gênesis 20:1.

“Portanto, jura-me agora aqui por Deus que não te mostrarás falso para comigo e para com a minha progênie e minha posteridade; que, segundo o amor leal de que usei para contigo, tu tratarás comigo e com a terra em que tens residido como forasteiro.” – Gênesis 21:23.

Reside nesta terra como forasteiro.” – Gênesis 26:3.

Residi com Labão como forasteiro e fiquei por muito tempo, até agora.” – Gênesis 32:4.

“Por fim, Jacó chegou até Isaque, seu pai, a Manre, a Quiriate-Arba, isto é, Hébron, onde Abraão e também Isaque tinham residido como forasteiros.” – Gênesis 35:27.

“Depois disseram a Faraó: ‘Viemos residir como forasteiros no país.’” – Gênesis 47:4.

“E cada mulher terá de pedir de sua vizinha e da mulher que reside como forasteira na sua casa objetos de prata e objetos de ouro, e capas, e tereis de pô-los sobre vossos filhos e vossas filhas; e tereis de despojar os egípcios.” – Êxodo 3:22.

“E caso o levita saia de uma das tuas cidades de todo o Israel, onde residiu por um tempo, e ele deveras for ao lugar que Jeová escolher, por causa dum almejo da sua alma.” – Deuteronômio 18:6.

“Ora, aconteceu que havia um moço de Belém, em Judá, da família de Judá, e ele era levita. E residia ali por um tempo. E o homem passou a sair da cidade de Belém, em Judá, para residir por um tempo onde quer que achasse lugar. Por fim, seguindo seu caminho, chegou à região montanhosa de Efraim, até a casa de Micá. Micá lhe disse então: ‘Donde vens?’ A isso lhe disse: ‘Sou levita de Belém, em Judá, e estou indo para residir por um tempo onde quer que eu ache lugar.’” – Juízes 17:7-9.

“Ora, aconteceu que naqueles dias não havia rei em Israel. E sucedeu que certo levita residia por um tempo nas partes mais remotas da região montanhosa de Efraim. Com o tempo tomou para si uma esposa, uma concubina, de Belém de Judá.” – Juízes 19:1.

“Finalmente, eis que vinha um homem idoso do seu trabalho no campo, ao anoitecer, e o homem era da região montanhosa de Efraim e residia por um tempo em Gibeá; mas os homens do lugar eram benjamitas.” – Juízes 19:16.

“Ora, aconteceu nos dias em que os juízes administravam a justiça que houve fome no país; e um homem passou a ir de Belém de Judá para residir como forasteiro nos campos de Moabe, ele com sua esposa e seus dois filhos.” – Rute 1:1.

“E o próprio Eliseu havia falado à mulher cujo filho fizera reviver, dizendo: ‘Levanta-te e vai, tu com os da tua casa, e reside como forasteira onde quer que puderes residir; pois Jeová convocou uma fome, e além disso, ela tem de vir sobre o país por sete anos.’ Portanto, a mulher se levantou e fez segundo a palavra do homem do [verdadeiro] Deus e foi, ela com os da sua casa, e passou a residir como forasteira na terra dos filisteus, por sete anos.” – 2 Reis 8:1, 2.

“Quanto a todo aquele que restou de todos os lugares onde reside como forasteiro, auxiliem-no os homens do seu lugar com prata, e com ouro, e com bens, e com animais domésticos, junto com a oferta voluntária para a casa do [verdadeiro] Deus, que havia em Jerusalém.’” – Esdras 1:4.

“Os que residem como forasteiros na minha casa; e as minhas próprias escravas me consideram como estranho; tornei-me um verdadeiro estrangeiro aos seus olhos.” – Jó 19:15.

“Pois tu não és um Deus que se agrade da iniquidade; ninguém mau pode residir contigo por tempo algum.” – Salmo 5:4.

“Ó Jeová, quem será hóspede na tua tenda? Quem residirá no teu santo monte?” – Salmo 15:1.

“Vou ser hóspede na tua tenda por tempos indefinidos; vou refugiar-me no esconderijo das tuas asas.” – Salmo 61:4.

“E Israel passou a entrar no Egito, e o próprio Jacó residiu como forasteiro na terra de Cã.” – Salmo 105:23.

Residam os meus dispersos como forasteiros mesmo em ti, ó Moabe. Torna-te para eles um esconderijo por causa do assolador. Porque o opressor chegou ao seu fim; a assolação acabou; deu-se cabo na terra dos que pisam [os outros].” – Isaías 16:4.

“Em Sião, os pecadores ficaram apavorados; o tremor apoderou-se dos apóstatas: ‘Quem de nós pode residir qualquer tempo com um fogo devorador? Quem de nós pode residir qualquer tempo com incêndios de longa duração?’” – Isaías 33:14.

“Pois assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Foi ao Egito que meu povo desceu em primeiro lugar para residir ali como forasteiros; e a Assíria, da sua parte, os oprimiu sem causa alguma. – Isaías 52:4.

Poucas são as traduções que destacam este detalhe que dá o devido sentido ao texto de Isaías 11:6.

 

Referências:


Isaías 11:6. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/isaiah/11-6.htm>.

______. Bíblia Hebraica. Hebraico pro. Disponível em: <http://www.hebraico.pro.br/>.

______. Deutsche Bibel Gesellschaft Academic. Disponível em: <https://www.academic-bible.com/>.

______. Septuaginta. Bíblia Online SNT. Disponível em: <https://bibliaonlinesnt.blogspot.com/>.

______. Septuaginta. Brenton's Septuagint Translation. Disponível em: < https://biblehub.com/sep/isaiah/11.htm>.

______. Versão Católica. Bíblia Online. Disponível em: <https://www.bibliaonline.com.br/vc/is/11>.

______. YLT. Bíblia Online. Disponível em: <https://www.bibliaonline.com.br/ylt/is/11>.

1483. Gur. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/hebrew/1483.htm>.

1481. guwr. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/hebrew/1481.htm>.

Pulse, Jeffrey. Antigo Testamento: Isaías 11: 1-10 (Advento 2: Série A). 1517. Disponível em: <https://www.1517.org/articles/old-testament-isaiah-111-10-advent-2-series-a>.

 


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, publicada pelas Testemunhas de Jeová. 

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 

 


quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

A filha de Jefté foi oferecida em sacrifício?

Fonte: jw.org

 Um leitor escreveu:

Gostaria de saber sobre o caso da filha de Jefté. A nova versão da bíblia dos tj [Testemunhas de Jeová] diz que ela foi servir ao templo, mas na versão antiga diz que ela foi sacrificada, e no site em inglês jw a King James também diz que ela foi sacrificada. Mas nas publicações do jw diz que ela foi servir ao templo! 

No tempo dos juízes a bíblia diz que eles faziam o que eles queriam e não o que Jeová queria.

Então, eis a pergunta: por que nas publicações [das Testemunhas de Jeová] diz que a filha foi servir ao templo, sendo que a bíblia diz que ela foi sacrificada?

Por favor, me responda; desde já agradeço!!

 

Resposta:

Vejamos como as duas traduções da Bíblia citadas pelo leitor acima traduzem Juízes 11:30, 31:

“Então Jefté fez um voto a Jeová, dizendo: ‘Se entregares os amonitas nas minhas mãos, então aquele que sair da porta da minha casa ao meu encontro, quando eu voltar em paz da guerra contra os amonitas, se tornará de Jeová, e eu o oferecerei como oferta queimada.’” – Tradução do Novo Mundo Revisada 2015.

“Jefté fez então um voto a Jeová e disse: ‘Se tu, sem falta, me entregares os filhos de Amom na mão, 31 então terá de dar-se que aquele que sair, quem sair da porta da minha casa ao meu encontro, quando eu voltar em paz dos filhos de Amom, terá de tornar-se então de Jeová, e eu terei de oferecer a tal como oferta queimada.’” – Tradução do Novo Mundo Com Referências 1986.


Portanto, as duas traduções dizem a mesma coisa. Sobre o voto de Jefté, precisamos ter em mente que o sacrifício de crianças era expressamente proibido na Lei mosaica, conforme se observa nos textos abaixo:

“Não permita que um dos seus descendentes seja oferecido a Moloque. Não profane assim o nome do seu Deus. Eu sou Jeová.” – Levítico 18:21.

“Você deve dizer aos israelitas: ‘Qualquer homem de Israel ou qualquer estrangeiro que mora em Israel que der um dos seus descendentes a Moloque sem falta deve ser morto. O povo da terra deve apedrejá-lo até a morte. Eu mesmo me voltarei contra esse homem, e vou eliminá-lo dentre seu povo, porque ele deu um dos seus descendentes a Moloque, profanou meu lugar santo e profanou meu santo nome.’” – Levítico 20:2, 3.

“Não façam essas coisas a Jeová, seu Deus, pois as nações fazem pelos seus deuses tudo o que é detestável para Jeová, o que ele odeia; até mesmo queimam seus filhos e suas filhas no fogo para os seus deuses.” – Deuteronômio 12:31.

“Quando você tiver entrado na terra que Jeová, seu Deus, lhe dá, não aprenda a imitar as práticas detestáveis destas nações. Não se deve encontrar em seu meio alguém que queime seu filho ou sua filha no fogo, ou que use de adivinhação, ou que pratique magia, ou que procure presságios, ou um feiticeiro, ou alguém que prenda outros com encantamento, ou que consulte quem invoca espíritos, ou um adivinho, ou alguém que consulte os mortos. Pois quem faz essas coisas é detestável para Jeová, e é por causa dessas práticas detestáveis que Jeová, seu Deus, expulsa estas nações de diante de você.” – Deuteronômio 18:9-12.

Outro fator a se levar em consideração é que nenhum pai tinha autoridade para matar seu filho, mesmo se este estivesse em falta. Em vez disso, deveria entregá-lo ao sistema judicial estabelecido pela Lei mosaica, composto pelos anciãos locais, que aplicariam a punição necessária. Sobre isso, lemos em Deuteronômio 21:18-21: “Se um homem tiver um filho obstinado e rebelde, que não obedece ao seu pai nem à sua mãe, e eles tentaram corrigi-lo, mas ele se recusa a ouvi-los, seu pai e sua mãe devem pegá-lo e levá-lo para fora aos anciãos, no portão da cidade, e dizer aos anciãos da cidade: ‘Este nosso filho é obstinado e rebelde; ele se recusa a nos obedecer. É glutão e beberrão.’ Então todos os homens da cidade devem apedrejá-lo até a morte. Assim, elimine o mal do seu meio; e todo o Israel ouvirá a respeito disso e ficará com medo.”

Jefté era um homem temente a Deus, e foi lembrado como homem fiel, conforme podemos depreender dos textos bíblicos abaixo:

“O espírito de Jeová veio sobre Jefté.” –Juízes 11:29.

“Então Jeová enviou Jerubaal, Bedã, Jefté e Samuel, e livrou vocês das mãos dos inimigos em todo o redor, para que vocês pudessem viver em segurança.” – 1 Samuel 12:11.

“E o que mais direi? Pois me faltaria tempo se eu falasse também sobre Gideão, Baraque, Sansão, Jefté, Davi, bem como Samuel e os outros profetas.” – Hebreus 11:32.

Como podemos entender o voto de Jefté?

A obra Estudo Perspicaz das Escrituras (volume 2, pp. 26-27, verbete “Jefté”, publicada pelas Testemunhas de Jeová) teceu o seguinte comentário:

Pensava Jefté num sacrifício humano, quando votou apresentar como oferta queimada o primeiro que saísse da sua casa?

[…]

Como, então, ‘tornar-se-ia de Jeová’ a pessoa que saísse ao encontro de Jefté para congratulá-lo por sua vitória, e seria oferecida como “oferta queimada”? — Jz 11:31.

Era possível devotar pessoas ao serviço exclusivo de Jeová relacionado com o santuário. Era um direito que os pais podiam exercer. Samuel foi uma de tais pessoas, prometido ao serviço no tabernáculo por um voto de Ana, sua mãe, antes de ele nascer. Este voto foi aprovado pelo marido dela, Elcana. Logo que Samuel foi desmamado, Ana o ofereceu no santuário. Junto com ele, Ana trouxe um sacrifício animal. (1Sa 1:11, 22-28; 2:11) […]

Era um verdadeiro sacrifício da parte tanto de Jefté como da sua filha, pois ele não possuía outros filhos. (Jz 11:34) Assim, não haveria descendente para perpetuar seu nome e sua herança em Israel. A filha de Jefté era sua única esperança neste sentido. Ela chorou, não porque tivesse de morrer, mas pela sua “virgindade”, pois todo homem e toda mulher israelita desejava ter filhos e manter vivos o nome e a herança da família. (Jz 11:37, 38) A esterilidade era uma calamidade. Mas a filha de Jefté “nunca teve relações sexuais com qualquer homem”. Se estas palavras se aplicassem apenas à época anterior ao cumprimento do voto, teriam sido supérfluas, pois se diz especificamente que ela era virgem. Que a declaração se refere ao cumprimento do voto é indicado por vir depois da expressão: “Ele cumpriu seu voto que fizera referente a ela.” Na realidade, o registro indica que também depois de o voto ser cumprido, ela manteve sua virgindade. — Jz 11:39; veja as traduções de Al; ALA; BV; NM.

Ademais, a filha de Jefté recebia visitas “de ano em ano” de suas companheiras, para ‘elogiá-la’. (Jz 11:40) – Negrito acrescentado nos parágrafos. 

De modo similar ao comentário da obra acima, temos as considerações do Professor de Teologia Leonardo Dâmaso, que declarou: 

[…] seria estranho um pecado grave como o sacrifício humano, condenado pela Escritura, acontecer naquela época, uma vez que Juízes 11 está em um contexto de reforma espiritual. Israel, incluindo Jefté, tinha se arrependido e voltado para os caminhos do Senhor, após muitos desvios para adorar outros deuses (Juízes 2.11-13; 3.5-7, 12, 15; 4.1; 6.1; 10.6…).

[…]

No Antigo Testamento, sempre que o Espírito capacitava e/ou direcionava alguém para cumprir uma tarefa importante, como foi com Gideão (Juízes 6.25-40), Sansão (Juízes 14.1-7; 10-20; 15.14-20), entre outros, não significa que eles não pecavam, mas que não pecavam “durante” ou ”no” serviço a Deus. Também é pouco provável que Israel seguisse a Jefté como um líder se ele tivesse desobedecido a Escritura de forma tão notória, sacrificando inexoravelmente sua filha.

[…]

Mesmo se o voto de Jefté tivesse sido imprudente, Levítico 5.4-5 lhe oferecia a possibilidade de se arrepender, e Levítico 27 a possibilidade de redimir sua filha mediante o pagamento de um resgate.

Jefté não recorreu a essas alternativas porque não pensou em tirar a vida de sua única filha.

[…]

Jefté é bem lembrado em vez de ser tido como um exemplo negativo na Escritura.

Ele governou Israel por seis anos. 1 Samuel 12.11 menciona Jefté como um dos juízes que livrou Israel de seus inimigos. Samuel não teria endossado Jefté se ele tivesse sacrificado a própria filha. Mais importante ainda, Hebreus 11.32 menciona Jefté como um herói da fé em vez de um exemplo adverso. 

[…] a palavra “holocausto” olah (עלה), no hebraico, nem sempre denota sacrifício. Esta palavra também traz a ideia, dependendo do contexto em que está inserida, de “completa dedicação”. Neste caso, o versículo 31 pode ser traduzido assim: quem sair da porta da minha casa ao meu encontro, quando eu retornar da vitória sobre os amonitas, “será do SENHOR. E eu o oferecerei para se dedicar completamente a Ele.

[…]

A palavra hebraica לְתַנּ֕וֹת [tanah] foi traduzida ambiguamente por lamentar pela a ARC [Almeida Revista e Corrigida] Almeida Século 21, que destoa completamente do seu verdadeiro significado. לְתַנּ֕וֹת [tanah] não é traduzida com o sentido de pranto em nenhum outro lugar na Bíblia. Em vez disso, essa palavra significa celebrar (conforme traduziu a NVI [Nova Versão Internacional] , a Bíblia de Jerusalém e a American Standard Version) ou “comemorar” (conforme traduziu a New American Standard Bible e a Holman Christian Standard Bible).

As filhas de Israel, com efeito, não lamentaram a morte da filha de Jefté; pelo contrário, elas festejaram e enalteceram sua decisão de viver para servir a Deus, a qual envolvia devoção total.[1] 

No tempo dos juízes as pessoas faziam o que bem entendessem?

Quanto à afirmação do leitor acima, de que “no tempo dos juízes a bíblia diz que eles faziam o que eles queriam e não o que Jeová queria”, temos o seguinte comentário da obra Estudo Perspicaz das Escrituras:

Faz-se o seguinte comentário sobre esse período geral dos juízes: “Naqueles dias não havia rei em Israel. No que se referia a cada um, fazia o que era direito aos seus próprios olhos.” (Jz 17:6; 21:25) Isto não quer dizer que não houvesse restrição judicial alguma. Toda cidade tinha juízes, anciãos, para tratar de questões e problemas legais, e para executar a justiça. (De 16:18-20; veja TRIBUNAL DE JUSTIÇA.) O sacerdócio levítico funcionava como força orientadora superior, instruindo o povo na lei de Deus, sendo que o sumo sacerdote possuía o Urim e o Tumim para por meio deles consultar a Deus no caso de assuntos difíceis. (Veja SACERDOTE; SUMO SACERDOTE; URIM E TUMIM.) Portanto, a pessoa que se aproveitava de tais provisões, que adquiria conhecimento da lei de Deus e a aplicava, possuía um sólido guia para sua consciência. Fazer ela “o que era direito aos seus próprios olhos”, nesse caso não resultava em mal. Jeová permitiu que o povo manifestasse uma atitude e um proceder quer disposto, quer de má vontade. Não havia nenhum monarca humano sobre a nação, supervisionando o trabalho dos juízes das cidades ou ordenando os cidadãos a empenhar-se em projetos específicos, ou organizando-os para defender a nação. (Veja Jz 5:1-18.) Portanto, as más condições que se desenvolveram eram atribuíveis à relutância por parte da maioria em acatar a palavra e a lei de seu Rei celestial, e em aproveitar-se de Suas provisões. — Jz 2:11-23. (Volume 2, pp. 812-813, verbete “Reino de Deus”, Negrito acrescentado.)

O clérigo anglicano e professor de estudos bíblicos E. W. Bullinger era da opinião de que o vau, comumente traduzido por “e” na declaração de Jefté “se tornará de Jeová, e eu o oferecerei como oferta queimada”, é frequentemente usado como disjuntivo e, portanto, deveria ter sido traduzido como “OU” em vez de “E”. Assim, de acordo com o eminente erudito, o texto de Juízes 11:31 deveria rezar: “Se tornará de Jeová, ou eu o oferecerei como oferta queimada”.

Os textos abaixo são citados, além de outros, como exemplos do vau disjuntivo:

“Faraó disse mais a José: ‘Eu sou Faraó, mas sem a sua autorização ninguém poderá fazer absolutamente nada [nota: Lit.: ‘erguer a mão ou o pé’”] em toda a terra do Egito.” – Gênesis 41:44.

“Quem agredir seu pai ou sua mãe será morto. – Êxodo 21:15.

“Quem amaldiçoar seu pai ou sua mãe será morto.” – Êxodo 21:17.

“Isto é o que deve acontecer quando dois homens brigam, e um fere o outro com uma pedra ou com o punho, e este não morre, mas fica de cama.” – Êxodo 21:18.

“Ó Soberano Senhor Jeová, tu começaste a mostrar ao teu servo a tua grandeza e o teu poderoso braço, pois que deus há nos céus ou na terra que realize atos poderosos como tu?” – Deuteronômio 3:24.

“Que a culpa de sangue recaia sobre a cabeça de Joabe e sobre toda a casa de seu pai. Que nunca falte na casa de Joabe homem que tenha um corrimento, ou leproso, ou homem que trabalhe numa roda de fiar, ou alguém que seja morto à espada, ou alguém que passe fome!” – 2 Samuel 3:29.

“Por volta do meio-dia, Elias começou a zombar deles e a dizer: ‘Gritem o mais que puderem! Afinal, ele é um deus! Talvez ele esteja entretido em seus pensamentos ou tenha ido fazer necessidades. Ou talvez esteja dormindo e alguém precisa acordá-lo!” – 1 Reis 18:27.

Independente dessa análise linguística, o inteiro contexto da Bíblia mostra que Jefté não ofereceu sua filha em sacrifício.

 

Nota:

[1] DÂMASO, Leonardo. 8 Fatos que Provam que Jefté não Sacrificou sua Filha. Reformados 21. 14 jul 2018, às 19:22. Disponível em: <https://reformados21.com.br/2018/07/14/8-fatos-que-provam-que-jefte-nao-sacrificou-sua-filha/>.

Referências: 

Clarke, Adam. Commentary on Judges. Disponível em: <https://www.studylight.org/commentaries/acc/judges-11.html. 1832>.

David Murray em Jephthah’s Perfect Vow. Disponível em: <http://headhearthand.org/blog/2014/02/24/jephthahs-perfect-vow/>.

Jamieson, Robert, D.D; Fausset, A. R.; Brown, David. Commentary on Judges in Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible – Unabridged. Disponível em: <https://www.studylight.org/commentaries/jfu/judges-11.html. 1871-8>.

Jefté na verdade sacrificou sua filha? Uma análise de Juízes 11:31. Verdades Bíblicas. Disponível em: <http://www.jba.gr/Portuguese/Jeft%C3%A9-na-verdade-sacrificou-sua-filha-Uma-an%C3%A1lise-de-Ju%C3%ADzes-11-31.htm>.

Jefté não imolou sua filha (Jz 11). Cacp Ministério Apologético. Disponível em: <http://www.cacp.org.br/jefte-nao-imolou-sua-filha-jz-11/>.

Santos, Vagner.  Por Alan Rennê. Teria Jefté Sacrificado A Própria Filha? Igreja Presbiteriana Filadélfia de Franca. 13/07/2021. Disponível em: <https://filadelfiafranca.com.br/teria-jefte-sacrificado-a-propria-filha/>.

 

 

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

 

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 



 


domingo, 13 de fevereiro de 2022

Como deve ser traduzida a parte final de 1 Coríntios 7:31?

O cenário deste sistema mundial está mudando.
Fonte: jw.org

 Um leitor assim se expressou: 

Prezado Apologista:

Notei que há uma variação importante entre traduções do texto de 1 Coríntios 7:31.

Enquanto a Novo Mundo dá um sentido de uma mudança contínua e presente, as outras versões usam verbos no futuro ou deixam de destacar o modo contínuo da ‘mudança da cena do mundo’.

Exemplos:

Bíblia+, Bíblia Sagrada, com números Strong: “E os que se utilizam do mundo, como se dele não usassem; porque a aparência deste mundo passa.”

KJ Fiel, Bíblia King James 1611: “E os que usam deste mundo, como não abusassem dele, porque a moda deste mundo passa.”

NVT, Bíblia Sagrada, Nova Versão Transformadora, 2016: “Aqueles que usam as coisas deste mundo não devem se apegar a elas, pois este mundo, como o conhecemos, logo passará.”

VFL, Novo Testamento: Versão Fácil de Ler, 1999: “E aqueles que se utilizam das coisas deste mundo, devem viver como se não as utilizassem. Pois o mundo, da maneira como está agora, vai passar.”

AA, Almeida Revista e Atualizada, 1959: “E os que usam deste mundo, como se dele não usassem em absoluto, porque a aparência deste mundo passa.”

ALM'21, Bíblia Almeida Século 21: “E os que usam as coisas deste mundo, como se dele nada usassem, porque a forma deste mundo passa.”

BEP, Bíblia Sagrada — Edição Pastoral, 1990: “Os que tiram partido deste mundo, como se não desfrutassem. Porque a aparência deste mundo é passageira.”

BdEP, Bíblia de Estudo Pentecostal, 2009: “E os que usam deste mundo, como se dele não abusassem, porque a aparência deste mundo passa.”

Portanto, qual seria a tradução que transmite com mais exatidão o verbo como aparece no original grego?

Muito obrigado!


Resposta: 

O texto de 1 Coríntios 7:31 na Tradução do Novo Mundo  encontra-se assim traduzido: “E os que fazem uso do mundo, como quem não o usa plenamente. Porque a cena deste mundo está mudando.”

O texto grego na parte em questão encontra-se deste modo:


παράγει γὰρ τὸ σχῆμα τοῦ κόσμου τούτου.

Parágei gàr tò skhêma toû kósmou toútou.

Está passando a cena deste mundo.


O verbo παράγω (parágo) na declinação παράγει está no tempo presente do indicativo ativo, que possui ação continuada.

Conforme Thayer, o mesmo verbo “no passivo [está] no mesmo sentido, 1 João 2: 8, 17”. Observe os textos citados por ele:

“Contudo, eu lhes escrevo um novo mandamento, algo que é verdadeiro no caso dele e no seu, porque a escuridão está passando [παράγεται; parágetai, presente do indicativo passivo] e a verdadeira luz já está brilhando.” – 1 João 2:8.

“Além disso, o mundo está passando [παράγεται; parágetai], e também o seu desejo, mas quem faz a vontade de Deus permanece para sempre.” – 1 João 2:17.

Traduções que destacam o presente contínuo em 1 Coríntios 7:31

“A forma presente deste mundo está passando.” – Nova Versão Internacional.

“Pois este mundo em sua forma atual está passando.” – New International Version; Christian Standard Bible, Holman Christian Standard Bible.

“Pois a forma deste mundo está passando.” – New King James Version; Peshitta Holy Bible Translated  (Aramaic Bible in Plain English); New Heart English Bible.

“Pois a forma atual deste mundo está passando.” – New American Standard Bible; English Standard Version; New Revised Standard Version Catholic Edition ( Nova Versão Padrão Revisada); NET Bible.

“Pois a forma externa deste mundo [sua atual natureza social e material] está desaparecendo.” – Amplified Bible.

“Este mundo como o conhecemos agora está passando.” – Contemporary English Version.

Pois o mundo em sua forma atual está passando. International Standard Version; The New American Bible.

“Pois a forma [presente] deste mundo está passando.” – Literal Standard Version.

“Pois o mundo como ele existe agora está passando.Weymouth New Testament.

“Porque a cena deste mundo está mudando.” – Tradução do Novo Mundo Revisada 2015.

“Porque está mudando a cena deste mundo.” – Tradução do Novo Mundo Com Referências 1986.

Como os comentaristas bíblicos explicam 1 Coríntios 7:31

Rodrigo Silva,  Doutor em Teologia Bíblica e Arqueologia Clássica, e Pós-doutor em Arqueologia Bíblica, em sua obra “As Dezessete Virtudes do Amor”, explica o sentido bíblico de skhêma (traduzido por “cena” “aparência” e “forma”):

Já em 1 Coríntios 7:31, Paulo exorta para que se faça uso das coisas deste mundo e de suas possibilidades com moderação, pois todas estas formas aparentes do mundo passam, desvanecem, estão condenadas e caminham para a destruição final [...].

[...]

Barclay arremata este assunto, nos mostrando algo importante a se ter em mente. Ele escreve: ‘Há duas palavras gregas para a forma, morphe e skhêma. Ambas devem ser traduzidas para forma, porque não há outra palavra equivalente em português, mas elas não significam a mesma coisa. Morphe é a forma essencial que nunca se altera, skhêma é a forma exterior que muda de tempos em tempos e de circunstância para circunstância. Por exemplo, a morphe de qualquer ser humano é a humanidade e isso nunca muda, mas o seu skhêma está continuamente mudando. Um bebê, uma criança, um menino, um jovem, um homem de meia-idade, um velho sempre tem a morphe da humanidade, mas as exteriores skhêma mudam o tempo todo. Rosas, narcisos, tulipas, crisântemos, prímulas, dálias, tremoços todos têm a morphe das flores, mas seu skhêma é diferente. A aspirina, a penicilina, a cáscara, a magnésia todas têm a morphe das drogas, mas seu skhêma é diferente. A morphe nunca se altera, o skhêma o faz continuamente’.”


Comentário de Albert Barnes:

E o mundo passa – Tudo constituindo adequadamente este mundo onde a religião é excluída. A referência aqui não parece ser tanto para o mundo material, mas para as cenas de espetáculo e vaidade que compõem o mundo. Essas coisas estão passando como as cenas de mudança do palco. Veja as notas em 1 Coríntios 7:31. – Negrito acrescentado.[1]

[…]

Passa – (parágei). Passa como as cenas esplêndidas, berrantes e instáveis do palco. Que descrição impressionante da pompa em mudança, instável e irreal deste mundo! Agora é frívolo, esplêndido, lindo, adorável; amanhã se foi, e é sucedido por novos atores e novas cenas. Agora tudo está ocupado com um conjunto de atores; amanhã, uma nova empresa aparece e, novamente, eles são sucedidos por outra, e todos se envolvem em cenas igualmente mutantes, vaidosas, deslumbrantes e ilusórias. Uma ideia semelhante é apresentada na bem conhecida e bela descrição do grande dramaturgo britânico:

O mundo é um palco,

E todos os homens e mulheres apenas jogadores.

Eles têm suas saídas e entradas,

E um homem em seu tempo desempenha muitos papéis.

Se esse é o caráter das cenas em que estamos envolvidos, quão pouco deveríamos fixar nossas afeições nelas e quão ansiosos deveríamos estar em estar preparados para as cenas ‘reais e imutáveis’ de outro mundo!”[2] – Negrito acrescentado.

Comentário de João Calvin0:

Pois a moda deste mundo desaparece. Pelo termo usado aqui, o Apóstolo expressou elegantemente a vaidade do mundo. “Não há nada”, diz ele, “que seja firme ou sólido; (427) pois é um mero espetáculo ou aparência externa, como eles falam”. Ele parece, no entanto, ter feito uma alusão às representações teatrais, nas quais, quando a cortina é aberta em um único momento, uma nova aparência é apresentada, e as coisas que prenderam os olhos dos espectadores com espanto são imediatamente retiradas, do ponto de vista deles. Não vejo por que Erasmus tenha preferido o termo habitus (forma.) Ele certamente, na minha opinião, obscurece a doutrina de Paulo; pois o termo moda é tacitamente oposto à substância. (428) – Negrito acrescentado.[3]

Comentário de Adam Clarke:

A moda deste mundo – tò skhêma toû kósmou toútou significa adequadamente o estado atual ou a constituição das coisas; a estrutura do mundo, isto é, o próprio mundo. Mas muitas vezes o termo kósmos, mundo, é usado para significar o estado e a política judaica; a destruição disto estava então próxima, e isto o Espírito Santo poderia então significar ao apóstolo.[4] 

Comentário de Thomas Coke:

1 Coríntios 7:31 . […] todo o esquema e a moda deste mundo passam e desaparecem como uma cena de um teatro que atualmente muda; ou um concurso em alguma procissão pública que, por mais vistosa que seja adornada, para chamar a atenção dos espectadores, ainda está em movimento, e atualmente desaparece, para se mostrar por alguns momentos para os outros. – Negrito acrescentado.[5] 

Comentário de Scofield:

“Mundo. Kósmos = sistema mundial. 2 Coríntios 7:10 ; João 7: 7 . (Veja Scofield, ‘Apocalipse 13: 8’).”

Comentário de John Wesley:

E aqueles que usam este mundo, como não o abusam – Não buscam a felicidade nele, mas em Deus: usando tudo nele apenas da maneira e grau que a maioria tende ao conhecimento e amor de Deus. Por todo o esquema e moda deste mundo – Este casamento, choro, regozijo e todo o resto, não apenas passará, mas agora está passando, é este momento voando como uma sombra.[6]

Conclusão

As traduções que vertem parágo como “está passando” em 1 Coríntios 7:31 transmitem o pleno sentido do verbo, que está no presente do indicativo ativo. O sentido de skhêma é de uma peça teatral num palco (o sistema mundial) em constante mudança.

 

Notas:

[1] Estudo de 1 João 2:17 – Comentado e Explicado. Versículos Comentados. Por bibliaco. 14 mar 2020. Disponível em: <https://versiculoscomentados.com.br/index.php/estudo-de-1-joao-2-17-comentado-e-explicado/>. 

[2] Estudo de 1 Coríntios 7:31 – Comentado e Explicado. Por bibliaco. 13 mar 2020. Disponível em: <https://versiculoscomentados.com.br/index.php/estudo-de-1-corintios-7-31-comentado-e-explicado/>. 

[3] Ibidem.

[4] Ibidem.

[5] Ibidem.

[6] Ibidem.


Referências: 

Definição Expandida de Thayer. Banco de Dados Eletrônico.
Copyright © 2002, 2003, 2006, 2011 por Biblesoft, Inc.
Todos os direitos reservados. Usado com permissão. BibleSoft.com.

Manual Abbott-Smith Lexicon grego do Novo Testamento.
Copyright © 1922 por G. Abbott-Smith, DD, DCL. T & T Clarke, Londres.

Old / New Testament Greek Lexical Dictionary. Disponível em: <https://www.studylight.org/lexicons/greek/3855.html>.

Parágo. Blue Letter Bible. Disponível em: <https://www.blueletterbible.org/lang/lexicon/lexicon.cfm?t=tr&strongs=G3855>.

Parágo. Lueur. Disponível em: <https://www.lueur.org/bible/hebreu-grec/strong/g3855>.

Parágo. Messie2vie Enseignements bibliques gratuits. Disponível em: <https://www.messie2vie.fr/bible/strongs/strong-greek-G3855-parago.html>.

1 Coríntios 7. Estudo: Conselhos a Solteiros e Casados. Bíblia de Estudo Oline. Disponível em: <https://www.jesuseabiblia.com/biblia-de-estudo-online/1-corintios-7-estudo/>.

1 Coríntios 7:31. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/greek/3855.htm>.

______. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/1_corinthians/7-31.htm>.

______. Bíblia Online. Disponível em: <https://www.bibliaonline.com.br/>. 

1 João 2:17. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/text/1_john/2-17.htm>.

1 João 2:8. Bible Hub. Disponível me: <https://biblehub.com/text/1_john/2-8.htm>.

Silva, Rodrigo. As Dezessete Virtudes do Amor. Disponível em: <https://books.google.com.br/>.

The Online Greek Bible. Disponível em: <https://www.greekbible.com/>.

 

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *