Pular para o conteúdo principal

Qual será a duração do reino de Jesus Cristo?


Fonte da ilustração: jw.org
          
          Diversas são as passagens que se referem ao Reino de Jesus Cristo como sendo eterno:

          “De fato, dessa forma lhes será concedida uma entrada gloriosa no Reino eterno do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.” – 2 Pedro 1:11.

          “A expansão do seu reinado e a paz sobre o trono de Davi e sobre o seu reino não terão fim, de modo que este [reino] será estabelecido firmemente e amparado por meio da justiça e da retidão, desde agora e para sempre. O zelo de Jeová dos exércitos fará isso.” – Isaías 9:7.

          “E foi-lhe dado [a Jesus Cristo] domínio, honra e um reino, para que os povos, nações e línguas o servissem. Seu domínio é um domínio eterno, que jamais terminará, e seu reino não será destruído.” – Daniel 7:14.

          “E ele será Rei sobre a casa de Jacó para sempre, e não haverá fim do seu Reino.” – Lucas 1:33.

          Contudo, o artigo anterior demonstrou, com base em 1 Coríntios, capítulo 15, que o Reino messiânico, quando cumprir o seu propósito, deixará de existir: será devolvido Àquele que o produziu – Jeová. Como harmonizar isso com os textos acima?

          A obra Estudo Perspicaz das Escrituras (Volume 3, p. 413, sob o verbete “Reino de Deus”) comenta:

Uma vez que Cristo ‘entrega o reino ao seu Deus e Pai’ [1 Coríntios 15:24], em que sentido é seu Reino “eterno”, como se declara repetidas vezes nas Escrituras? (2Pe 1:11; Is 9:7; Da 7:14; Lu 1:33; Re 11:15) Seu Reino “jamais será arruinado”, suas realizações durarão para sempre; ele será honrado eternamente por seu papel qual Rei messiânico. — Da 2:44. (Negrito acrescentado.)

          Também, o livro “Adore o Único Deus Verdadeiro” (p. 100) tece o seguinte comentário:

Não obstante, o governo milenar de Cristo será de “duração indefinida” e seu Reino “não será arruinado”. (Daniel 7:14) Em que sentido? Por um lado, o governo não passará às mãos de outros que tenham objetivos diferentes, pois Jeová será o Governante. Também, o Reino “jamais será arruinado” porque as suas realizações serão duradouras. (Daniel 2:44) E o Rei-Sacerdote messiânico e seus reis-associados serão honrados para sempre devido ao seu serviço fiel a Jeová. (Negrito acrescentado.)

          Por outro lado, embora o Reino messiânico, produzido por Jeová para restaurar as condições existentes anteriores ao pecado, deixe de existir após ter cumprido sua finalidade, é certo que Jesus Cristo e seus corregentes continuarão atuando de modo administrativo dentro do propósito de Deus, conforme lemos em Apocalipse 22:5: “Também não haverá mais noite, e eles não terão necessidade de luz de lâmpada, nem de luz do sol, pois Jeová Deus lançará luz sobre eles, e eles reinarão para todo o sempre.”

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

A menos que seja indicada outra fonte, todas as publicações citadas são produzidas pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org


Comentários

  1. Excelente tema para artigo! Interessante como essa questão do Reino de Deus refuta a lenda trinitária visto que Jesus é mostrado como um servo fiel de Jeová e inferior em autoridade. Se fossem o mesmo Ser o que esperava era uma coigualdade; não faz sentido brincar de rei e servo.

    ResponderExcluir
  2. Irmão uma dúvida,depois de 1000 anos ,sAtanás será solto,e o que acontece com o governo de Cristo e seus 144.000 , continuarão a nós ajudar?desc desc a minha pergunta e so uma dúvida pessoal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conforme o artigo acima explicou, "embora o Reino messiânico, produzido por Jeová para restaurar as condições existentes anteriores ao pecado, deixe de existir após ter cumprido sua finalidade, é certo que Jesus Cristo e seus corregentes continuarão atuando de modo administrativo dentro do propósito de Deus, conforme lemos em Apocalipse 22:5".

      Excluir

Postar um comentário

𝐄𝐒𝐓𝐄 É 𝐔𝐌 𝐒𝐈𝐓𝐄 𝐃𝐄 𝐍Í𝐕𝐄𝐋 𝐀𝐂𝐀𝐃Ê𝐌𝐈𝐂𝐎. 𝐀𝐎 𝐂𝐎𝐌𝐄𝐍𝐓𝐀𝐑, 𝐔𝐒𝐄 𝐋𝐈𝐍𝐆𝐔𝐀𝐆𝐄𝐌 𝐀𝐂𝐀𝐃Ê𝐌𝐈𝐂𝐀, 𝐒𝐄𝐌 𝐈𝐍𝐒𝐔𝐋𝐓𝐎𝐒, 𝐒𝐄𝐌 𝐏𝐀𝐋𝐀𝐕𝐑𝐀𝐒 𝐃𝐄 𝐁𝐀𝐈𝐗𝐎 𝐂𝐀𝐋Ã𝐎. 𝐍Ã𝐎 𝐑𝐄𝐏𝐈𝐓𝐀 𝐎𝐒 𝐀𝐑𝐆𝐔𝐌𝐄𝐍𝐓𝐎𝐒 𝐑𝐄𝐁𝐀𝐓𝐈𝐃𝐎𝐒, 𝐍Ã𝐎 𝐃𝐄𝐒𝐕𝐈𝐄 𝐃𝐎 𝐀𝐒𝐒𝐔𝐍𝐓𝐎. 𝐒𝐄 𝐄𝐒𝐓𝐀𝐒 𝐑𝐄𝐆𝐑𝐀𝐒 𝐍Ã𝐎 𝐅𝐎𝐑𝐄𝐌 𝐂𝐔𝐌𝐏𝐑𝐈𝐃𝐀𝐒, 𝐒𝐄𝐔 𝐂𝐎𝐌𝐄𝐍𝐓Á𝐑𝐈𝐎 𝐒𝐄𝐑Á 𝐑𝐄𝐏𝐑𝐎𝐕𝐀𝐃𝐎.

MAIS LIDOS

“Sinal dos pregos” no corpo de Jesus – o que indica?

Por que a ressurreição de Lázaro ocorreu no 4.º dia e a ressurreição de Jesus ocorreu no 3.º dia?

Diferença entre “criar” e “fazer”

Quem são as “outras ovelhas”?

O que é Lilith em Isaías 34:14?

O espírito volta a Deus – em que sentido? (Eclesiastes 12:7)

Refutando acusações apóstatas (Parte 1)

DIREITO OU “USURPAÇÃO”? (Filipenses 2:6)

Quem é o Criador – Jeová ou Jesus? (Parte 1)

No futuro paraíso terrestre os animais domésticos poderão ter vida contínua?