Pular para o conteúdo principal

Provas de que as Testemunhas de Jeová não precisam de um Corpo Governante

    

     Precisamos de um Corpo Governante para o povo de Jeová? Não preciso dissertar uma resposta a tal pergunta, mas apenas apresentar a citação de A Sentinela de 1946 (em inglês) páginas 330–332. O título do artigo é “Que Deus prove ser verdadeiro”. Na citação a seguir vemos o contraste entre a hierárquica Igreja Católica e a organização cristã das Testemunhas de Jeová da década de 1940-1950. Peço encarecidamente que você leia com atenção e compare a ideologia apresentada neste artigo com a ideologia atual.

A Palavra escrita de Deus, portanto, não precisa da adição de tradições que são interpretações particulares dos homens e das organizações religiosas. Não é por nossa própria autoridade que dizemos que a Bíblia é suficiente sem isso (2 Tim. 3:15–17, Douay) se as tradições orais dos homens religiosos fossem necessárias para complementar o cânon da Bíblia, Paulo não teria dito que as Escrituras Sagradas inspiradas eram proveitosas a ponto de tornar os homens perfeitos na fé e devoção a Deus...

Agora, um argumento final é disparado contra nós por aqueles que defendem uma organização eclesiástica ou hierárquica. Eles dizem: ‘Mesmo eliminando as tradições religiosas, a Bíblia não pode ser deixada para cada leitor interpretar por si mesmo; ainda precisamos da organização visível dos fiéis para atuar como um “magistério vivo” ou poder de ensino, a fim de interpretar a Bíblia e deixar clara a vontade de Deus a partir dela. Veja como a Bíblia, deixada à interpretação individual de cada um, resultou na condição religiosamente dividida do protestantismo.’ Para isso dizemos: a multidão de seitas e cultos do protestantismo não é nenhuma prova de que Bíblia é uma força divisória para aqueles que a tomam sozinhos como adequado. A Bíblia não é um livro divisivo, pois é harmoniosa de capa a capa e concorda consigo mesma em todos os seus livros canônicos. A força divisória entre os religiosos católicos e protestantes da cristandade são as tradições religiosas que eles seguem. A verdade da Bíblia é um poder unificador. Depois que Cristo Jesus orou: “Santifica-os com a tua palavra: a tua palavra é a verdade”, ele imediatamente orou para que todos os seus crentes, aqueles que o seguiam e os que ainda cressem, deveriam se unir em um, assim como ele e seu Pai celestial são um. (João 17:17–23) É agora que essa unidade cristã deve ser alcançada; agora, neste fim do mundo. Isso foi alcançado pelas Testemunhas de Jeová, que surgiram de dentro e de fora da multidão de organizações religiosas e que agora se unem no serviço de Deus, apesar de suas antigas divergências religiosas.

Como é isso? Como a desunião sobre a interpretação individual de cada um das Escrituras Sagradas agora é superada e evitada? É porque elas estão unidas em torno de uma organização humana visível ou em torno de um líder humano visível? A resposta é não. É porque elas reconhecem a Jeová Deus e a Cristo Jesus como os Poderes Superiores a quem toda alma cristã deve estar sujeita por causa da consciência. (Rom 13:1) É porque elas reconhecem a Jeová Deus como o Deus verdadeiro e vivo, o Altíssimo ou o Supremo, e Cristo Jesus como Seu Rei ungido e Servo Eleito, a quem Jeová nomeou como Líder e Comandante da povos. (Isa. 42: 1; 55: 3, 4: Mat. 12:18; Atos 13:34) É também porque eles reconhecem Jeová Deus como aquele que vive e sempre presente Instrutor de Sua igreja na Terra, e que ele ensina a “igreja de Deus” através do seu Cabeça, Cristo Jesus. - Isa. 54:13; João 6:45.

Portanto, as Testemunhas de Jeová não afirmam que a igreja é o que a Hierarquia religiosa afirma ser sua organização religiosa, a saber, aquela que detém o magistério ou escritório de ensino e, portanto, “o Detentor e Intérprete da Bíblia divinamente nomeado” e cujo “cargo de Guia infalível seria supérfluo se cada indivíduo pudesse interpretar a Bíblia por si próprio”. (Meu itálico.) Em vez de seguir essa tradição religiosa da Hierarquia, aqueles que reconhecem a autoridade superior de Jeová Deus e Cristo Jesus receberão a declaração inspirada e infalível do apóstolo de Timóteo a respeito da igreja. É o que se lê: “Você pode saber como deve se comportar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, o pilar e a base da verdade.” - 1 Tim. 3:15, Douay. (Em inglês)

Portanto, como um pilar, a igreja do Deus vivo Jeová deve sustentar e mostrar a verdade. A verdade, disse Jesus, é a Palavra de Deus. Ela deve ser um sinal e testemunha da verdade de Deus. (Isa. 19:19, 20) Ela, a igreja de Deus, deve defender e apoiar a verdade de Sua Palavra, e não ser o depositário das tradições religiosas dos homens. Ela não é a instrutora dos servos e testemunhas de Deus, mas olha para Deus como o instrutor de Cristo Jesus. Como está escrito para seu benefício: “E todos os teus filhos serão ensinados por Jeová.” (Isa 54:13, A.S.V .; João 6:45) (O grifo é meu.)

Os últimos dias da igreja na Terra, neste fim do mundo, caem naquele período da história da humanidade, quando Jeová Deus permanece firme em sua própria palavra para provar que é verdadeiro. Ele dá a prova cumprindo a Bíblia e suas profecias, e assim, fornecendo a interpretação oficial dela. Então, o espírito santo de Jeová divulga essa interpretação que está cumprida na Bíblia. Ao aceitar tal interpretação, a verdadeira igreja se protege contra a interpretação individual e privada. . .

Na iminente batalha do Armagedom entre Sua organização universal e a organização mundial de Satanás, Jeová, por meio de Cristo Jesus, provará ainda mais que é verdadeira. Ele dará a interpretação oficial à sua Palavra escrita, cumprindo-a, e assim, fará com que seus inimigos vejam que a “Sua palavra é verdade”.

        A diferença entre a organização apresentada na citação acima e a atual é colossal! Quando apresentei esta citação um irmão específico que venera o CG, ele teve a infelicidade de afirmar que ‘não via diferença entre a organização de 1946 e a atual’. Como assim não vê diferença?! É triste demais perceber que tantos e tantos irmãos foram sistematicamente doutrinados a se tornarem autômatos e a venerar o atual CG a ponto de não perceber a verdade asperamente esfregada diante de seus olhos e garrida diante dos ouvidos.

Comentários

  1. Vocês Firulaítas são tão incompetentes que Rutherford morreu em 1942 e vocês afirmando que ele escreveu esse artigo em 1946. Sem falar que traduziram errado, apagaram parágrafos como no artigo sobre as armas, e ignoram o artigo que foi publicado apenas 2 meses depois desse, onde a Sentinela reconhece que há um canal. E em 1952 foi mostrado claramente que a interpretação vem através desse canal, e não através de um bando de especuladores nos seus estudos pessoais. Vocês são um bando de hipócritas. A destruição de vocês não está dormindo. 2 Pedro 2:3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado, em relação ao autor do artigo, foi corridigo.

      Mas em relação à sua resposta, não estou nada surpreso com seu comentário - não poderia ser diferente. Sempre há uma desculpa. "Ah, mas você não citou tudo"; ou "Ah, mas você não citou 300 páginas do ano inteiro", ou "Ah, mas você é apóstata". São sempre os mesmos ataques. Inclusive, são aqueles que vocês chamam de "apóstatas" que costumam fazer tais acusações falsas. Digo de passagem que as partes omitidas não alteram em nada a conclusão.

      Se em 1952 surgiu outro artigo que contradisse as palavras do artigo de 1946, isso quer dizer que o de 1946 é mentira? Não. Eu concordo com o artigo de 1946, e se em 1952 outro artigo apresentou outra visão, então tal visão renovada está errada. E o fato de eu concordar com o artigo de 1946 não quer dizer que eu penso ingenuamente que não havia instrutores errantes na organização, tampouco que não havia erros de entendimento. Mas o FOCO da organização era outro, pelo menos segundo este artigo em pauta. Se você é capaz de ler o artigo e ainda assim não se convencer, simplesmente seu caso é irreparável, sem conserto. Não há nem razões para discutir mais. Acabam aqui seus comentários.

      Se os membros do Corpo Governante pegarem um bebê e o chutarem pela sacada de um prédio assim como um goleiro chuta uma bola de futebol, vocês dirão: "Ah, você está tirando isso do contexto, não é bem assim, seus Firulaítas."

      Não há como argumentar com vocês. Perdoem-me pela franqueza, mas vocês são hereges, sectários. Nós rejeitamos vocês como irmãos e os entregamos a Satanás. Para nós, vocês estão excomungados.

      Excluir
  2. O artigo diz:

    “Ele dá a prova cumprindo a Bíblia e suas profecias, e assim, fornecendo a interpretação oficial dela. Então, o espírito santo de Jeová divulga (A QUEM?) essa interpretação que está cumprida na Bíblia. Ao aceitar tal interpretação, a verdadeira igreja se protege contra a interpretação individual e privada. . . “

    Ou seja, o artigo diz que Jeová revela seus ensinos por meio da bíblia e do espírito santo, mas ele revela para a VERDADEIRA IGREJA, que apenas repassa essa informação obtida da bíblia. Ora, isso começou desde quando Russell e seus associados passaram a estudar e divulgar aquilo que receberam de Jeová e continua até hoje.

    Antes dessa declaração de 1946, a organização disse:

    “Nós, a companhia do povo de Deus tirado para seu nome, e agora em [tal lugar], reconhecemos que o governo de Deus é pura teocracia e que Cristo Jesus está no templo e em pleno cargo e domínio tanto da organização visível de Jeová como da invisível; e que ‘A Sociedade’ [do restante] é o representante visível do Senhor na terra.” (w38 5/6, par 15, pg 94)

    Olha que legal, a organização em 1938, 8 anos antes de 1946, afirmando de boca cheia serem o "representante visível de Deus na terra."

    Quer declaração mais clara que essa? Em outras palavras, eles disseram:

    "Jesus fala por meio de nós aqui na Terra. Nossa interpretação bíblica é a correta, pois foi a nós e somente a nós que Jesus revelou".

    Outra declaração mais tardia é clara:

    “Assim como Jeová revelou suas verdades por meio da congregação cristã do primeiro século, assim também ele o faz, atualmente, por meio da atual congregação cristã... A abundância de alimento espiritual e dos surpreendentes pormenores dos propósitos de Jeová que têm sido revelados às testemunhas ungidas de Jeová, são evidência clara de que são as mencionadas por Jesus, quando ele predisse a classe do “escravo fiel e discreto” que seria usada para dispensar as revelações progressivas de Deus, nestes últimos dias. Sobre esta classe, disse Jesus: “Deveras, eu vos digo: Ele o designará sobre todos os seus bens...O espírito santo de Jeová obra poderosamente na atualidade! Quão gratos devemos ser pela provisão que Deus tem feito, desta classe do escravo, o moderno restante espiritual, ao dispensar ele fielmente as verdades reveladas de Jeová! (w64 15/12, página 749/750)


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Daniel;

      Eu concordo que a igreja/congregação representa a Cristo na Terra, e foi isso que foi dito nos artigos que você citou. O artigo não fala de “oito homens”, mas de todo o corpo de cristãos.

      No artigo acima, fica claro que a organização na década de 1940 era contra a ideia de um "magistério vivo".

      É sectário que haja um "magistério vivo" como "canal de comunicação" entre a congregação e a Bíblia, assim como o atual Corpo Governante age. Isto é uma classe clerical igual à igreja católica.

      Em 1964, ano do artigo que você citou, o “escravo fiel” era entendido como todo o corpo de cristãos, não como o corpo governante, e você sabe disso. Portanto, em resultado de todas as vezes em que você foi corrigido por mim, e você ainda assim se negou a parar de propagar sectarismo, deixo claro que está oficializada a sua excomunhão, seguindo as instruções de Tito 3:9, 10.

      Excluir

  3. “Así como Jehová reveló sus verdades a través de la congregación cristiana del primer siglo, así lo hace hoy a través de la congregación cristiana actual... La abundancia de alimento espiritual y los sorprendentes detalles de Los propósitos de Jehová que han que se han revelado a los testigos ungidos de Jehová son evidencia clara de que son aquellos que Jesús mencionó cuando predijo la clase del “esclavo fiel y discreto” que se usaría para dispensar las revelaciones progresivas de Dios en estos últimos días. Respecto a esta clase, Jesús dijo: “En verdad os digo que Él lo nombrará sobre todos sus bienes... ¡El espíritu santo de Jehová obra poderosamente hoy! ¡Cuán agradecidos deberíamos estar por la provisión que Dios ha hecho de esta clase de esclavos, el resto espiritual moderno, mientras dispensan fielmente las verdades reveladas de Jehová! (w64 15/12, página 749/750)

    El cuerpo gobernante, los hermanos son representantes de la entera hermandad.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como se dijo en la revista de 1946, que contradice su cita de 1964, y que también contradice las enseñanzas de Russell, no necesitamos un órgano rector. Tenga en cuenta también que en 1964, la revista que usted citó, en ese año no sólo el "esclavo fiel" no era visto como sinónimo del "cuerpo gobernante", sino que también era lo OPUESTO del cuerpo gobernante. El "esclavo fiel" era visto como toda la congregación. No existía una clase clerical para el "esclavo fiel", ya que todos los restos de los 144.000 eran "esclavos fieles".

      Por lo tanto, la cita que usted dio ignora que la comprensión del "esclavo fiel" en 1964 era la contraria a la herejía actual, desde 2013, impuesta por el órgano de gobierno, de que sólo el órgano de gobierno es un "esclavo fiel", una clase clerical. "encargado de dar comida a otros", algo que Russell, Rutherford y Knorr repudiaron.

      Excluir

Postar um comentário

𝐄𝐒𝐓𝐄 É 𝐔𝐌 𝐒𝐈𝐓𝐄 𝐃𝐄 𝐍Í𝐕𝐄𝐋 𝐀𝐂𝐀𝐃Ê𝐌𝐈𝐂𝐎. 𝐀𝐎 𝐂𝐎𝐌𝐄𝐍𝐓𝐀𝐑, 𝐔𝐒𝐄 𝐋𝐈𝐍𝐆𝐔𝐀𝐆𝐄𝐌 𝐀𝐂𝐀𝐃Ê𝐌𝐈𝐂𝐀, 𝐒𝐄𝐌 𝐈𝐍𝐒𝐔𝐋𝐓𝐎𝐒, 𝐒𝐄𝐌 𝐏𝐀𝐋𝐀𝐕𝐑𝐀𝐒 𝐃𝐄 𝐁𝐀𝐈𝐗𝐎 𝐂𝐀𝐋Ã𝐎. 𝐍Ã𝐎 𝐑𝐄𝐏𝐈𝐓𝐀 𝐎𝐒 𝐀𝐑𝐆𝐔𝐌𝐄𝐍𝐓𝐎𝐒 𝐑𝐄𝐁𝐀𝐓𝐈𝐃𝐎𝐒, 𝐍Ã𝐎 𝐃𝐄𝐒𝐕𝐈𝐄 𝐃𝐎 𝐀𝐒𝐒𝐔𝐍𝐓𝐎. 𝐒𝐄 𝐄𝐒𝐓𝐀𝐒 𝐑𝐄𝐆𝐑𝐀𝐒 𝐍Ã𝐎 𝐅𝐎𝐑𝐄𝐌 𝐂𝐔𝐌𝐏𝐑𝐈𝐃𝐀𝐒, 𝐒𝐄𝐔 𝐂𝐎𝐌𝐄𝐍𝐓Á𝐑𝐈𝐎 𝐒𝐄𝐑Á 𝐑𝐄𝐏𝐑𝐎𝐕𝐀𝐃𝐎.

MAIS LIDOS

“Sinal dos pregos” no corpo de Jesus – o que indica?

Por que a ressurreição de Lázaro ocorreu no 4.º dia e a ressurreição de Jesus ocorreu no 3.º dia?

O que é Lilith em Isaías 34:14?

Diferença entre “criar” e “fazer”

O espírito volta a Deus – em que sentido? (Eclesiastes 12:7)

Quem são as “outras ovelhas”?

DIREITO OU “USURPAÇÃO”? (Filipenses 2:6)

Refutando acusações apóstatas (Parte 1)

Quanto tempo durou a escravidão dos israelitas no Egito?

Quem é o Criador – Jeová ou Jesus? (Parte 1)