Image Map











quarta-feira, 31 de outubro de 2018

“Não há nenhum outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos” – em que sentido?


Fonte: jw.org


Lemos em Atos 4:12: “Não há salvação em nenhum outro, pois, debaixo do céu não há nenhum outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos.” – Nova Versão Internacional.

Alguns, focalizando a atenção na frase “debaixo do céu não há nenhum outro nome” (além do nome de Jesus), entendem que o Nome divino, Jeová, não tem importância na salvação da humanidade. Essa conclusão é reforçada pelo fato de os tradutores da Bíblia terem eliminado ou diminuído amplamente o nome Jeová de suas traduções, substituindo-o por títulos tais como “Senhor”. Mas o que Atos 4:12 quer realmente dizer?

Uma expressão-chave despercebida no texto

Observe que o texto bíblico em análise afirma que “debaixo do céu não há nenhum outro nome dado aos homens pelo qual devamos ser salvos”. A expressão “pelo qual” faz toda a diferença no entendimento correto dessa passagem. Em grego, “pelo qual” é tradução da expressão ἐν (en hoi), soma da preposição ἐν (literalmente “em”) com o artigo definido “o” no caso dativo.

De acordo com o Léxico Grego de Thayer, “a expressão ἐν ᾧ [en hoi] varia em significado de acordo com o sentido variável de ἐν”.[1]



A obra Acts – Baker Exegetical Commentary on the New Testament (“Atos – Comentário Exegético de Baker sobre o Novo Testamento”), do PhD e professor sênior de pesquisa do Novo Testamento no Dallas Theological Seminary Darrell L. Bock, comenta o seguinte sobre o texto de Atos 4:12:

4: 12 A conclusão teológica do discurso vem aqui. Simplificando, Pedro diz que não há nenhum outro lugar para buscar a salvação. Os dois usos de ἐν (en) para fazer referência a Jesus indicam os meios (Moule 1959: 77). Assim, a salvação não vem por meio de mais ninguém, nem há outro nome pelo qual alguém possa ser salvo. A observação é significativa, pois ninguém teve melhor acesso ao caminho e à revelação de Deus do que os judeus a quem Pedro fala. No entanto, até mesmo eles precisam dele. Na verdade, a frase “Não há em nenhum outro” (οὐκ ... ἐν ἄλλῳ οὐδενὶ, ouk ... en allõ oudenì) aparece antes do sujeito “salvação” em grego para enfatizar o ponto. Não há mais ninguém além de Jesus que tem os meios para proporcionar salvação, até mesmo aos judeus que têm acesso à revelação de Deus.

Pedro prossegue explicando (γρ, gar [a saber]) que nenhum outro nome existe debaixo o céu por meio do qual é apropriado (δεῖ, dei) ser salvo. Robertson 1934: 749 fala de quão exclusivamente ἕτερον (heteron, outro) é usado aqui. Todos os outros nomes não podem salvar. A frase ἐν  (en hõ) funciona como introdução a uma cláusula relativa: “por meio de quem é necessário ser salvo “(BDF §412.4). A expressão da necessidade em Lucas focaliza a vontade divina […].

[…]

Para Pedro, Jesus é o único caminho para a salvação. Witherington (1998: 194) observa corretamente, “Pedro [e/ou Lucas] não é defensor das noções modernas de pluralismo religioso” (também João 14:6; Hb 2:3; 1 Tim. 2:5). Marshall (1980: 100) afirma que esta é a consequência da ideia de que somente Jesus foi exaltado à mão direita de Deus(Negrito acrescentado.) 




Observe que o estudioso acima destaca que a preposição ἐν (en) em Atos 4:12 indica que Jesus é o meio, o instrumento “por meio” de quem, ou “por intermédio” do qual a salvação é fornecida à humanidade. Jesus é o “caminho” (o acesso) à salvação e à aproximação a Deus, e não a origem da salvação, que é Jeová. Como intermediário da salvação, não há “outro nome debaixo do céu” a não ser o nome de Jesus. Por outro lado, como Autor ou Origem da salvação, não há outro a não ser o nome de Jeová. Referindo-se a si mesmo como Fonte, Autor e Origem da salvação, Jeová declarou: “Eu sou Jeová, e além de mim não há salvador.” – Isaías 43:11.

Os textos citados pelo pesquisador adrede citado mostram o papel intermediário de Jesus Cristo:

“Jesus lhe respondeu: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim [“através de mim”, O Livro].” – João 14:6.

“Como escaparemos nós, se tivermos descuidado de tão grande salvação? a qual, tendo sido anunciada ao princípio mediante o Senhor [Jesus], foi confirmada a nós pelos que a ouviram.” – Hebreus 2:3, Sociedade Bíblica Britânica.

“Pois há um só Deus e um só mediador [isto é: intermediário] entre Deus e os homens: um homem, Cristo Jesus.” – 1 Timóteo 2:5.

A obra Suffering in Romans, de Siu Fung Wu, faz uma análise da expressão ἐν  (en hoi) em Romanos 8:15, texto em que lemos:

Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual [ν  (en hoi)] clamamos: Aba, Pai.” – Almeida Corrigida Fiel.

A Nova Versão Internacional e a Bíblia Pastoral traduzem  en hoi como “por meio do qual”.

E o livro Suffering in Romans traz o seguinte comentário:

Junto com não poucos comentaristas, eu tomo o ἐν  [en hoi] em Romanos 8: 15c como “por quem”. Ou seja, é pela capacitação do Espírito de υοθεσα [huiothesía, adoção] que “clamamos” (κρζω [krázo]) “Abba Pai” (Αββα πατήρ [Abba patér]). […] (Negrito acrescentado.)


Assim, a expressão ἐν  [en hoi] diz respeito à atuação do espírito santo como instrumento na unção e no estreitamento da relação dos cristãos com Deus, o Pai.  Numa nota de rodapé, a mesma obra afirma: 

Nas palavras de Moo, Romanos, 502, o Espírito pode ser pensado “como o agente através do qual a filiação do crente é concedida e confirmada”. (Negrito acrescentado.)
 


Conclusão

Portanto, Atos 4:12 afirma que, do ponto de vista do instrumento ou meio da salvação, “não há salvação em nenhum outro” além de em Jesus Cristo, e “debaixo do céu não há nenhum outro nome” além do nome de Jesus Cristo. Por outro lado, do ponto de vista do Autor ou Origem da salvação, “além de [Jeová] não há salvador”. (Isaías 43:11) Lemos em 1 João 4:14: “O Pai enviou seu Filho como salvador do mundo.” E João 3:17 declara: “Pois Deus não enviou seu Filho ao mundo para que ele julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por meio dele.” Sim, Jesus é o intermediário da salvação, e é para este fato que aponta Atos 4:12.


Referências:

Bock, Darrell L. Acts – Baker Exegetical Commentary on the New Testament. Disponível em: <https://books.google.com.br/books>.

Bock, Darrell L. Biografia. Disponível em: <https://en.wikipedia.org/wiki/Darrell_L._Bock>.

Wu, Siu Fung. Suffering in Romans. Disponível em: <https://books.google.com.br/books>.


Nota:
[1] Disponível em: <https://biblehub.com/greek/1722.htm.



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org













Um comentário:

  1. Mais um argumento destruído com sucesso.
    parabéns Apolo Epifânio que a fonte suprema da salvação Jeová continue lhe abençoando nessas magnificas defesas.

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *