Image Map











sábado, 24 de agosto de 2019

Isaías 26:14 – “mortos” ou “sombras”? (Parte 2)


Fonte: jw.org


No artigo anterior, examinamos como diversas traduções usam duas formas básicas para verter a palavra hebraica refa·ʼím no texto de Isaías 26:14 e 19. (Para ver o artigo anterior, clique aqui.) Neste artigo, veremos como os dicionários e comentaristas bíblicos definem o significado dessa palavra.

Léxico Hebraico, Aramaico e Grego de Strong:

07496 rapha’
“Espíritos dos mortos, sombras, espíritos.” Procedente de 7495 [rapha’ ou רפה raphah:curar, tornar saudável”] no sentido de 7503 [raphah: afundar, relaxar, deixar cair, estar desalentado, frouxo”].

Outros definem este vocábulo como “morto, inanimado, sombras, fantasmas”; “morto, falecido”. De רָפָא rapha’ [curar, restaurar][1], no sentido de raphah [afundar, relaxar, abater][2] ; propriamente, relaxado, ie [isto é] (figurativamente) um fantasma (como morto; só no plural) - morto, falecido. [3]


Brown-Driver-Briggs:

I. רְפָאִים substantivo masculino Jó 26: 5
“Fantasmas […], como afundados, impotentes. 1) fantasmas dos mortos, sombras, espíritos.”[4]



Concordância Exaustiva da New American Standard Bible:

“Sombras, fantasmas, morto (3 vezes), espíritos que partiram (4 vezes), espíritos dos mortos (1 vezes).”



João Calvino comentou:

Os mortos não ressuscitarão(175) A palavra que nós traduzimos mortos” é vertida por outros como gigantes”(176) mas como em muitas passagens da Escritura רפאים [refa·ʼím] (177) (r277; ph257; 299; m) denota morto”, assim também nesta passagem [Isaías 26:14] será mais apropriado, caso contrário, não haveria contraste. (Salmos 88:11)

O Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible (“Notas Críticas e Explicativas Sobre a Bíblia Inteira”) comentou sobre refa·ʼím em Jó 26:5:

Coisas mortas são formadas - Em vez disso, “As almas dos mortos (Refaim) tremem”. Não só o poder de Deus existe, como diz Bildad (Jó 25:2), “em lugares altos” (céu), mas atinge a região dos mortos. Refaim aqui e em Provérbios 21:16 e Isaías 14:9 é de uma raiz hebraica, significando “ser fraco”; portanto, “falecido”.

A mesma obra comenta sobre refa·ʼím em Isaías 26:14, 19: “Falecido - hebraico, ‘Refaim’; impotente, na terra das sombras.” 


Geneva Study Bible (“Bíblia de Estudo de Genebra”) prefere “falecerão” em Isaías 26:14 e “os mortos” no versículo 19. John Gill’s Exposition of the Bible (“Exposição da Bíblia de John Gill”) também prefere “mortos” em Isaías 26:14 e 19. O mesmo fazem Scofield Reference Notes (“Notas de Referência de Scofield”, edição de 1917) e Treasury of Scripture Knowledge.

Como se pode ver, os lexicógrafos e os comentaristas entendem que o substantivo refa·ʼím pode ter a conotação tanto de “mortos” quanto de “sombras”. Será que o contexto bíblico em que este vocábulo é usado desta forma especial nos ajuda a determinar o seu significado? Vejamos, no artigo seguinte, as outras passagens, além de Isaías 26:14 e 19, que usam tal termo.



Notas:
[1] 7495. Rapha. Disponível em: <http://bibleapps.com/hebrew/7495.htm>.
[2] 7503. Raphah. Disponível em: <http://bibleapps.com/hebrew/7503.htm>.
[3] Bíblia Paralela. Disponível em: <https://bibliaparalela.com/hebrew/7496.htm>.
[4] Bíblia Paralela. Disponível em: <https://bibliaparalela.com/hebrew/7496.htm>.



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org






Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *