Image Map











domingo, 29 de novembro de 2020

Um Deus-Homem poderia morrer pela humanidade?


Fonte: jw.org

O artigo “‘Deus conosco’ – Quem?” fez o seguinte comentário:

Para início de conversa, tal interpretação entraria frontalmente em choque com a doutrina cristã fundamental do resgate (também chamada de “remissão” e de “redenção”).

[…]

[…] Jesus não poderia ser Deus-Homem, pois, se o fosse, ele não poderia ser um “resgate correspondente”, visto que Adão não era Deus-Homem, mas sim um homem – um humano perfeito. - 1 Timóteo 2:5, 6.

A respeito desse artigo, temos abaixo os comentários de dois leitores. O primeiro leitor comentou o seguinte:

E também pelo fato muito óbvio de que Deus não pode morrer e, sendo assim, o resgate não poderia ser pago com a morte de Deus. Se Jesus fosse Deus, então ele não morreu realmente; sua morte teria sido uma farsa, uma fraude, onde ele fingiu que morreu, mas apenas se afastou temporariamente de seu corpo físico, no caso tendo também fingindo que foi ressuscitado.

Resposta:

O leitor acima mostrou as sérias implicações, ou consequências, de se adotar a postura de que Jesus, na Terra, era Deus.

Contudo, um texto que alguns trinitários usam para estabelecer a suposta deidade de Jesus Cristo na Terra é a passagem de Hebreus 13:8, onde lemos: “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre.” Usando tal texto, alguns trinitários argumentam o seguinte: ‘Visto que Jesus era Deus no céu, antes de ter vindo à Terra, ele continuou sendo Deus aqui na Terra.’ A respeito dessa argumentação, o segundo leitor trouxe o seguinte comentário:

Porém, usada dessa forma, essa passagem daria a entender que, uma vez que Jesus era Deus-Homem na Terra, ele também teria sido Deus-Homem no céu, antes de ter vindo à Terra!

Resposta:

De fato, o raciocínio do leitor acima está totalmente certo. Os que têm um pouco de conhecimento entre os trinitaristas sabem que João 1:14 diz, nas versões deles, que “o Verbo se fez carne” (Almeida Corrigida Fiel). Portanto, Jesus não era Deus-Homem antes de ter vindo à Terra. Assim, Hebreus 1:8 não diz respeito à substância corporal do Filho, a qual, no céu, era e é de um espírito e, na Terra, era física, material. (1 Coríntios 15:45; 1 Pedro 3:18) Antes, diz respeito à sua personalidade e ao seu caráter, os quais, semelhantes aos de seu Pai, Jeová, são imutáveis. – Veja Malaquias 3:6; Tiago 1:17.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org





Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *