Image Map











domingo, 28 de fevereiro de 2021

Jesus foi criado? (A sabedoria personificada foi estabelecida “desde a eternidade”?) – Parte 5

 

Este é o quinto artigo desta série que considera uma conversa significativa entre o autor deste site e uma pessoa num grupo apologético do Facebook sobre temas bíblicos.

Alcinei:

Em Provérbios 8.23 diz: “DESDE A ETERNIDADE FOI ESTABELECIDA.” Note que esta frase “desde a eternidade” é a mesma aplicada a Deus em Salmo 90.2, onde as testemunhas de Jeová reconhecem que Deus está sendo descrito como AQUELE que não teve início. Tem outros, mas vou parar por aqui. Vamos para Colossenses 1.15.

Apologista da verdade:

A palavra hebraica ʽoh·lám pode significar “eternidade”, mas nem sempre. Depende do contexto. Ela foi aplicada ao sacerdócio arônico, que teve fim. –Êxodo 40:15 referiu-se a tal sacerdócio como “sacerdócio por tempo indefinido [“perpétuo”, Nova Versão Internacional] nas suas gerações”. Porém, a Bíblia mostra que tal sacerdócio findou. Lemos em Hebreus 7:11, 12: “Se, pois, a perfeição fosse realmente por intermédio do sacerdócio levítico, (porque o povo recebeu a Lei com ele por particularidade,) que necessidade adicional haveria de surgir outro sacerdote à maneira de Melquisedeque e de quem não se diz que seja à maneira de Arão? Pois, mudando-se o sacerdócio, necessariamente há também mudança da lei.” – Veja Hebreus 7:11-24; 10:1.

Em Provérbios 8, traduzir ʽoh·lám por “eternidade” gera contradição. Afinal, se tal sabedoria está relacionada ao “princípio” (verso 22), ela não existe “desde a eternidade” (verso 23) E se existe se “desde a eternidade”, não teve “princípio”. (Veja o artigo “O Verbo existe desde a eternidade?”)

Como mostrou o artigo “Como deveser traduzido Provérbios 8:23?”:

 

[…] traduzir por “desde a eternidade” conflita com a expressão do versículo 22: “princípio de seus caminhos” (“primeira de suas obras”, ARIB); e com a expressão do verso 23: “desde o princípio [fui constituída]” (ACF), ou “formada” (NVI). Veja a incoerência de se traduzir “fui estabelecida desde a eternidade, desde o princípio” (NAA). Pois algo que existe desde a eternidade passada não tem princípio!

 

Por isso, é coerente a tradução “desde a antiguidade fui constituída” (Sociedade Bíblica Britânica), ou “fui estabelecida nos tempos antigos” (Tradução do Novo Mundo). Na mesma linha, a NTLH verte por “eu fui formada há muito tempo, no começo, antes do princípio do mundo”. 

Alcinei: 

Provérbios 8.23 diz: “DESDE A ETERNIDADE FUI ESTABELECIDA.” ESTA FRASE É A MESMA APLICADA A JEOVÁ no Salmo 90.2, onde vocês reconhecem que Deus está sendo descrito como AQUELE que não teve início. 

ORA! Será que DESDE A ETERNIDADE tem dois sentidos? Um para Jesus e outro para Deus? O mesmo modo é o Salmo 89.8. Onde o salmista faz uma declaração. 

Que Jesus não teve início é provado em Hebreus 13.8: “JESUS CRISTO ONTEM E HOJE É O MESMO, E O SERÁ ETERNAMENTE (aiônios).” ETERNAMENTE AQUI SIGNIFICA ‘ENQUANTO DURA’? 

A palavra eternidade tem dois sentidos: PRIMEIRO: eterno enquanto dura; SEGUNDO: eterno sem fim. QUANDO A BÍBLIA DIZ QUE CRISTO É ETERNO, SIGNIFICA ‘ETERNO ENQUANTO DURA’? 

‘ohlám por Eternidade gera contradição.” O senhor está enganado, a palavra PRINCÍPIO não está se referindo à SABEDORIA, e sim à CRIAÇÃO. Vá a Gênesis 1.1: “No princípio criou Deus ...”. Deus está relacionado à palavra PRINCÍPIO. Será que ele não existe desde a eternidade? O senhor quer mudar o significado da palavra ‘ohlám, por estar relacionada com a PALAVRA PRINCÍPIO. Isto demonstra sua falta de sabedoria! A CONTRADIÇÃO É SUA!!! 

SERÁ que a palavra “eternidade” tem dois sentidos? Uma para Cristo e outro para Deus? O mesmo modo é o Salmo 89.8, onde o SALMISTA faz uma declaração e uma pergunta: “JEOVÁ......QUEM É PODEROSO COMO TU, Ó JAH?” O SENHOR ENTENDE QUE PODEROSO SE REFERE A UM DEUS SECUNDÁRIO E INFERIOR! SERÁ QUE JEOVÁ É TAMBÉM UM DEUS SECUNDÁRIO E INFERIOR? OU SERÁ QUE PODEROSO AGORA TAMBÉM TEM DOIS SENTIDOS? UM PARA JESUS E OUTRO PARA JEOVÁ? PODERIA ME DIZER QUAL O SENTIDO PARA CRISTO E O SENTIDO PARA JEOVA? O SALMISTA PERGUNTA QUEM É PODEROSO COMO JEOVÁ. O SENHOR PODE RESPONDER ESTA PERGUNTA AO SALMISTA? SERÁ Jesus, Satanás, anjos, juízes? 

Apologista da verdade: 

Quanto à eternidade, ela não tem dois sentidos. O que tem mais de um sentido é a palavra ʽoh·lám, como já explicado acima. No contexto de Provérbios 8:22-31, evidentemente tem o sentido de ‘tempos remotos’, ou ‘antigos’. Em Gênesis 6:4 ʽoh·lám é corretamente traduzida “tempos antigos”, “antiguidade”, e não “eternidade”. Pois, como já explicado acima, se a existência de tal “sabedoria” personificada está relacionada ao “princípio” (verso 22), ela não existe “desde a eternidade” (verso 23). 

Hebreus 13:8 fala da eternidade futura de Jesus. Não afirma que ele sempre existiu (eternidade passada). Somente Jeová é “de eternidade [passada] a eternidade [futura]”. – Salmo 90:2. 

Em Provérbios 8:22, a palavra “princípio” se refere sim à criação, e diz que tal “sabedoria” foi a primeira coisa criada, pois diz: “Jeová me produziu como o princípio do seu caminho.” E ainda acrescenta: “A primeira das suas realizações mais antigas.” 

Quanto à Gênesis 1:1, esse texto não relaciona a EXISTÊNCIA de Deus ao “princípio”, e sim o ato de criar as coisas, as quais foram criadas a partir de um “princípio”. Não diz: ‘No princípio Deus veio a existir’, e sim, “no princípio Deus CRIOU.” Assim, é você quem está demonstrando, neste caso, falta de sabedoria. 

Quanto ao Salmo 89:8, a resposta é óbvia: Ninguém é poderoso como Jeová. Mas o texto ressalta que outros, além de Jeová, podem ser referidos como sendo poderosos. Apenas não como Jeová. Assim, os anjos são mencionados no Salmo 103:20 como sendo “poderosos”, mas evidentemente não como Jeová. De modo similar, Jesus é poderoso, mas não como Jeová. Somente Jeová é aludido como sendo “Todo-Poderoso”. (Gênesis 17:1) Veja o artigo “A expressão ‘Deus Poderoso’ prova que Jesus é Jeová?”. 

Alcinei: 

O SALMISTA diz: “O Senhor me possuía antes de sua obra”, está se REFERINDO À CRIAÇÃO, desde a ERTENIDADE, ou seja, DEUS SEMPRE TEVE SABEDORIA. Note que Jeremias 10.12 diz: “... estabeleceu o mundo por sua SABEDORIA.” E Provérbios 3.19: “… O SENHOR COM SABEDORIA FUNDOU A TERRA.” ESTA PALAVRA ‘ohlám, COMO AIÔNIOS, que significa eternidade, tem dois sentidos: 

- Eterno enquanto dura;

- Eterno sem fim. 

Não posso entender que a SABEDORIA ou JESUS seja eterno enquanto DURA! Pois, será que existe a POSSIBILIDADE de a sabedoria ou Cristo acabar um dia? Claro que não!!!!! Note que a frase “DESDE A ETERNIDADE” é uma referência ao Salmo 90.2, que vocês reconhecem que Deus está sendo descrito como AQUELE QUE NÃO TEVE PRINCÍPIO. Note que 2 Samuel 7.14 estava REALMENTE falando de SALOMÃO, embora no sentido profético tivesse um cumprimento maior em Cristo (Hebreus 1.5). Mesmo supondo, portanto, que Provérbios era uma descrição de Cristo, seria um erro tão grande argumentar na base de Provérbios 8.22, que cristo foi CRIADO, como argumentar na base de 2 Samuel 7.14, que Cristo seria um pecador! 

Gênesis 1.1: 

PRESTE BEM ATENÇÃO NO SEU ARGUMENTO: “NÃO DIZ: NO PRINCÍPIO DEUS VEIO A EXISTIR.” Agora, eu te pergunto (e por favor me responda): Em João 1.1 (“no princípio era o VERBO”), aqui diz que JESUS VEIO A EXISTIR???? 

Hebreus 13.8: 

“FALA DA ETERNIDADE FUTURA DE JESUS.” Eu não sei se esta conclusão é sua, do SITE JW.ORG, ou se de algum teólogo. Porém, ela é ridícula. Ora!! Se fala da eternidade futura, então qualquer um pode tomar para si este título, pois todos que aceitam Cristo como Salvador passaram algum tempo sem existir e em algum momento da vida tornaram a existir e vão viver ETERNAMENTE!!! Eu posso dizer: Alcinei, Apolônio, Maria, José etc... ontem e hoje é o mesmo, e o será eternamente? Só maluco para acreditar nisto!! O senhor tem me apresentar outro argumento!!!

SALMOS 89.8: 

Está de parabéns pela resposta: Ninguém. Então o senhor não pode dizer que: PODEROSO SIGNIFICA UM DEUS SECUNDÁRIO E INFERIOR. O que SIGNIFICA a expressão PODEROSO? 

Apologista da verdade: 

Quanto ao sentido de ‘ohlám, não se refere apenas ao tempo futuro (eterno ou não), mas também ao tempo passado (eterno ou não). Já demonstrei isso usando Gênesis 6:4. No caso de Jesus, como já expliquei acima, tem o sentido de ‘tempos remotos’, ou ‘antigos’. Como já comentei, tal “sabedoria” personificada está relacionada ao “princípio” (verso 22); logo, ela não existe “desde a eternidade” (verso 23). 

O seu argumento usando 2 Samuel 7:14 e Hebreus 1:5 aplicando a Cristo atenta contra o seu próprio argumento. Assim como você mesmo reconhece que nem tudo o que está em 2 Samuel 7 se refere a Jesus, o mesmo se pode dizer da sabedoria personificada em Provérbios, capítulos 1 a 9. Nem tudo se refere a Cristo, mas somente o que diz respeito à descrição em Provérbios 8:22-31. 

Joao 1:1 afirma que o Verbo existia no princípio com o Deus Todo-Poderoso. Outras passagens se unem a essa para mostrar que o Filho teve princípio: Provérbios 8:22-31, Colossenses 1:15 e Apocalipse 3:14. Só a expressão “Filho” – aplicada a ele, inclusive, antes de ele vir à Terra – mostra que ele teve princípio. 

Sobre Hebreus 13:8, a sua conclusão de que os fiéis viverão eternamente no futuro está correta. Tais fieis, como Cristo, não tiveram eternidade passada, mas terão eternidade futura. Parabéns por ter chegado à conclusão correta! Assim, tal argumento não é ridículo, e sim, lógico. A palavra “ontem” não pressupõe eternidade. Desde que o Filho existe, ele é o mesmo. Não há necessidade de outro argumento, pois você mesmo já entendeu o sentido correto aqui. 

Sobre o Salmo 89:8, poderoso é alguém que tem poder. Já comentei o sentido de tal texto acima. 

Alcinei: 

Hebreus 13.8 está falando da imutabilidade de Cristo. Somente DEUS pode ser imutável; qualquer outro ser CRIADO não pode ser considerado IMUTÁVEL. Veja o que aconteceu com Satanás e seus anjos. Veja o que aconteceu com Adão, que foi criado sem pecado, e nem eu e nem ninguém é imutável. SOMENTE DEUS É IMUTAVEL!!!! 

Apologista da verdade: 

A sua afirmação de que somente Deus é imutável não encontra respaldo na Bíblia. Jesus não é o Deus Todo-Poderoso, mas é “a imagem do Deus invisível” e “o reflexo da glória de Deus”. Assim, ele também é imutável, embora não seja o Deus de quem é a imagem e de quem é o reflexo. 

[Continua na parte 6.]

 

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová. 

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 



domingo, 21 de fevereiro de 2021

Jesus foi criado? (A sabedoria personificada em Provérbios 8:22-31 se refere ao Filho de Deus?) – Parte 4

 

 

Este é o quarto artigo a respeito de uma conversa relevante que ocorreu entre o autor deste site e uma pessoa de nome Alcinei Lessa, num grupo apologético do Facebook.

Alcinei:

A “sabedoria” é personificada, não somente em Provérbios 8.22,23, mas na totalidade de Provérbios capítulo 1 a 9. Nada diferente em Provérbios 8.22, 23 sugere que essa “SABEDORIA” difere daquela que é aludida nos capítulos anteriores e posteriores. Se, portanto, entendermos que 8.22 fala literalmente a respeito de Cristo, devemos também tomar por certo que Cristo é uma MULHER que grita na rua? (Provérbios 1.20,21) E que MORA com alguém chamado PRUDÊNCIA? (Provérbios 8.12) E convida a todos a irem comer à sua MESA na sua CASA? (Provérbios 9) Numa CASA de 7 COLUNAS? (Provérbios 9.1)

No capítulo 8 e 9 a sabedoria é personificada como uma MULHER!!! A sabedoria é uma personificação, é um modo altamente poético de dizer: Se Deus, que é Deus, usou a sabedoria, quem somos nós para viver sem ela! Provérbios 3.19,20: “O Senhor com SABEDORIA fundou a terra.” Jeremias 10.12: “... estabeleceu o mundo por sua SABEDORIA.”

Apologista da verdade:

Quanto à sabedoria, em Provérbios 8, entender que se trata da qualidade, ou atributo, conhecido como sabedoria, ou seja, da sabedoria abstrata, não faz o menor sentido. Pois Jeová sempre existiu e sempre foi sábio. Logo, a sabedoria sempre existiu. Não poderia ter sido “possuída” ou “criada” ‘no princípio dos caminhos de Deus’. (Provérbios 8:22) Portanto, a sabedoria neste caso precisa ser uma personificação de alguém que foi criado “como o princípio do … caminho” de Jeová.

Alcinei:

A sabedoria é PERSONIFICADA como uma MULHER que grita. Essa mulher também era Cristo? QUAL A DIFERENÇA DA SABEDORIA PARA CRISTO E PARA A MULHER QUE GRITA?

VEJA O CONTEXTO:

Salomão conclama seu filho a “adquirir” (qanáh) sabedoria (Provérbios 4.5, 7), e esse desafio é continuado nos capítulos posteriores. (16.16; 17.16; 19.8) Em Provérbios 3.19-20, SALOMÃO declara resumidamente que DEUS exerceu SABEDORIA na SUA obra de criação. EM TODAS AS PARTE DO CAPITULO 8 e 9, a SABEDORIA É PERSONIFICADA COMO UMA MULHER que convoca os habitante da cidade a aceitarem dela instrução (cap. 8) e a irem comer à sua MESA na sua casa.

No meio desse trecho altamente poético de Provérbios surge um trecho, Provérbios 8.22-31, que fala a respeito de Deus adquirindo sabedoria (qanáh, de novo), antes das suas obras, e de Ele ter criado o mundo através da sabedoria, obviamente um paralelo com o SIGNIFICADO de Provérbios 3.19-20; Gênesis 1.1, e que deve, COM IGUAL CLAREZA, ser entendido como uma PERSONIFICAÇÃO de um dos próprios atributo de Deus: A SABEDORIA. Portanto, o sentido é que SALOMÃO, depois de conclamar o seu filho a ADQUIRIR: a SABEDORIA, declara que Deus adquiriu Sabedoria na eternidade, ou seja, DEUS SEMPRE TEVE SABEDORIA! Por isso, Provérbios 8.23 diz: “DESDE A ETERNIDADE FUI ESTABELECIDA.” ESTA FRASE É A MESMA APLICADA A JEOVÁ no Salmo 90.2, onde vocês reconhecem que Deus está sendo descrito como AQUELE que não teve início.

O texto de Provérbios quer DIZER: Se o próprio Deus não CRIOU NADA E NEM AGIU SEM A SABEDORIA, E QUEM SOMOS NÓS PARA VIVER SEM ELA!!!! POR ISSO SALOMÃO FALA AO SEU FILHO ADQUIRIR SABEDORA.

O senhor falou que sabedoria é personificada, agora quer LITERALIZAR a palavra NASCER. Ora!!! Se é para entender que a palavra NASCER é igualmente ao nascimento de um FILHO humano, então CRISTO nasceu de uma DEUSA TAMBEM? ASSIM NÃO DÁ!!!!!

“DEUS SEMPRE FOI SÁBIO.” Claro que Deus sempre foi sábio!!!! A LIÇÃO DA SABEDORIA EM PROVÉRBIOS não é para Deus ter sabedoria, E SIM O HOMEM!!! SERÁ QUE TODOS OS HOMENS TÊM SABEDORIA?

O senhor tem razão razão quando diz: A SABEDORIA NESTE CASO PRECISA SER UMA PERSONIFICAÇÃO DE ALGUÉM. O próprio livro te diz quem é este alguém: UMA MULHER!!!!

Apologista da verdade:

Quanto às comparações da sabedoria em Provérbios, elas devem ser analisadas dentro do seu próprio contexto. A sabedoria é comparada a uma mulher e também a uma árvore (Provérbios 3:18). Porém, Jesus não é uma mulher e nem é uma árvore. A sabedoria é que é comparada a tais coisas, não Cristo. De modo semelhante, a sabedoria personificada em Provérbios 8:22-31 se ajusta ao Filho de Deus em sua existência pré-humana.

Óbvio que Deus não adquire sabedoria. Ele já é sábio em sua infinita existência. Por isso, a sabedoria personificada em Provérbios 8:22-31 não pode ser a qualidade abstrata da sabedoria.

A palavra “nascer” não foi literalizada, mas evidencia que a referida “sabedoria” personificada veio à existência num dado momento.

Quanto às lições em Provérbios, como já disse, precisam ser analisadas dentro do devido contexto. Provérbios 8:22-31 menciona a figurativa “sabedoria” sendo criada por Jeová, tal “sabedoria” tendo vindo a existir num dado momento, e participando com Deus na criação das demais coisas. Neste caso específico, essa passagem encontra seu sentido na criação do Lógos (a Palavra, ou Verbo).

Alcinei:

A SABEDORIA é personificada na totalidade do livro de Provérbios, capítulo1 ao 9.  ORA!! O senhor sabe MUITO bem que a SABEDORIA não é uma mulher, uma árvore, mas está asseverando que é Jesus!!!

O livro de Provérbios é um livro de sabedoria, que conclama a todos terem a sabedoria. A lição de Provérbios 8.22,23 é que, se DEUS, QUE É DEUS, USOU A SABEDORIA, QUEM SOMOS NÓS PARA VIVER SEM ELA?

Apologista da verdade:

Quanto às personificações da sabedoria, já comentei acima.

Portanto, fazendo um breve resumo:

A sabedoria de Provérbios 8:22-31 não pode se referir à qualidade abstrata da sabedoria, a qual nunca foi ‘possuída’ nem ‘produzida’, pois Deus sempre a teve. Forçosamente, trata-se de um ser que foi ‘a primeira das … realizações” de Deus (verso 22), que veio a existir “no começo” (verso 23), e que participou com Deus na criação como seu “mestre-de-obras”, ou “trabalhador perito” (verso 30). Tal descrição se ajusta coerentemente ao Filho de Deus. – Gênesis 1:26; João 1:3; João 17:5; Colossenses 1:16.

O primogênito sempre faz parte do grupo. Logo, Jesus, como o “primogênito de toda a criação”, faz parte da criação.

Alcinei:

O senhor sabe que a SABEDORIA É uma PERSONIFICAÇÃO em TODO o livro de Provérbios; não preciso ficar repetindo isto sempre. O senhor quer insistir que a sabedoria de Provérbios 8.22 é Jesus; e, portanto, ele foi criado. Isto é sua interpretação!!!!!

Dos capítulos 1 ao 9, a SABEDORIA é personificada, e não só no capitulo 8.22. Todos estes capítulos conclamam ao homem ter sabedoria para viver. ORA! SE DEUS, QUE É DEUS, USOU A SABEDORIA, QUEM SOMOS NÓS PARA VIVER SEM ELA!!!!! ESSE TEXTO NÃO FOI ESCRITO PARA DIZER QUE JESUS ERA UMA CRIATURA E FOI CRIADO!!!!

Em Jeremias 12.10, diz que DEUS criou o mundo com sabedoria. Aqui, ninguém em sã consciência entenderá que Deus criou o mundo com alguém ao seu lado chamado Jesus!! E nem lendo Gênesis 1.1, onde diz: “Deus criou os céus e a terra”, que havia uma pessoa junto com Deus; nem em Gênesis 2.2, onde diz que Deus descansou da sua obra, se refere a dois deuses que criaram o universo!!! Ou a um Deus com seu ajudante!!!!

O senhor sabe que nem tudo se refere a Cristo; o que vejo o que se refere a Cristo é somente o que se adaptar ao seu ensino.

Apologista da verdade:

Quanto à sabedoria personificada em Provérbios 8:22-31, já demonstrei claramente que não pode se tratar da qualidade abstrata da sabedoria, que Deus sempre teve e que, portanto, não foi ‘possuída’ ou ‘criada’ em algum momento. O referido texto mostra claramente que tal “sabedoria” participou com Deus na criação, o que prova que só pode ser uma referência ao Filho de Jeová, conforme os textos de Gênesis 1:26; João 1:3; 1 Coríntios 8:6; Hebreus 1:2.

Quando Jeremias 10:12 afirma que Deus “estabeleceu o mundo com a sua sabedoria” (Almeida Corrigida Fiel), óbvio que está falando da sabedoria como qualidade abstrata.  Cada texto precisa ser analisado dentro do seu próprio contexto. Como você bem colocou, “nem tudo se refere a Cristo”. Mas a descrição em Provérbios 8:22-31 claramente se refere a Jesus Cristo, pelos argumentos acima apresentados.

[Continua na parte 5.]

 

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

 

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 


domingo, 14 de fevereiro de 2021

Jesus foi criado? (Provérbios 8:22 – “possuiu” ou “produziu”?) – Parte 3

 


Esta é a terceira parte da série que considera uma conversa significativa sobre temas bíblicos que ocorreu entre o autor deste site e uma pessoa num grupo apologético do Facebook.

Alcinei:

Bom dia.

Em primeiro lugar, a palavra que as T. J. [Testemunhas de Jeová] traduzem por “produziu” e que algumas versões por “criou”, é qanáh em hebraico. Essa palavra é empregada frequentemente em Provérbios, nunca com o sentido de “CRIAR”, mas sempre com sentido de “adquirir” ou “comprar”. Ou seja: adquirir com dinheiro (Provérbios 1.5; 4.5,7; 8.22; 15.32; 16.16; 17.16; 18.15; 23.23). Esse também é o seu significado consistente em cerca de 70 outras ocasiões em que a palavra é empregada no restante do Antigo Testamento. Então, você não pode dizer que Jesus é uma criatura baseado nesta palavra.

Apologista da verdade:

Prezado Alcinei:

O verbo qanáh também tem o sentido de “criar”, “produzir”. Isto é evidente em Deuteronômio 32:6, onde lemos: “É a Jeová que persistis em fazer assim, ó povo estúpido e nada sábio? Não é ele teu Pai que te produziu, Aquele que te fez e passou a dar-te estabilidade?” Note que o verbo “produziu” está relacionado com o verbo “fazer” e com o substantivo “Pai”. Neste caso, qanáh é coerentemente vertido por “produzir”. Então, contrário ao que você afirmou, é possível “dizer que Jesus é uma criatura baseado nesta palavra”. Novamente, entramos no campo da hermenêutica, pois a linguística admite ambos os sentidos em qanáh, de “possuir” e de “produzir, criar”.

E, segundo a hermenêutica, qual seria a tradução mais coerente em Provérbios 8:22? A tradução “O Senhor me possuiu no princípio de seus caminhos” (Almeida Corrigida Fiel) dá a entender que a sabedoria já existia à parte de Deus, que veio a possuí-la depois. Isto seria um absurdo. Deus sempre foi sábio. Além disso, o contexto aponta para a tradução “me criou” para qanáh. O verso 24 diz a respeito da “sabedoria”:  ”fui gerada”; e o verso 25 diz: “eu nasci”. – Almeida Atualizada.

Alcinei:

Boa noite.

Qanáh nunca é usado no livro de Provérbios como CRIAR!!!!

O senhor não pode usar Deuteronômio 32.8 para definir o texto em apreço, pois a sua tradução não está PRODUZIU, e sim TROUXE A EXISTÊNCIA, e a minha “adquiriu”. Vamos voltar a Provérbios.

Apologista da verdade:

O fato de um escritor usar majoritariamente um termo em um sentido é significativo, mas não é conclusivo. Pois é possível um escritor usar o mesmo termo em sentidos diversos. Por exemplo, no próprio livro de Provérbios qanáh é usada como “adquirir” e como “comprar”. (Provérbios 19:8; 23:23) Embora tais significados tenham certa semelhança, evidentemente não significam a mesma coisa. E não faria sentido entender em Provérbios 8:22 o sentido de “comprar”, com a tradução “Jeová me comprou no princípio do seu caminho”. Além disso, uma palavra deve ser examinada à luz da Bíblia inteira, e não apenas de seu uso em um determinado livro. “Toda a Escritura é inspirada por Deus”. – 2 Timóteo 3:16.

Como já argumentei acima, o sentido de “criar”, ou “produzir”, está coerente com o contexto de Provérbios 8:22-31, O verso 24 diz a respeito da “sabedoria”:  ”fui gerada”; e o verso 25 diz: “eu nasci”. (Almeida Atualizada). Assim, a sabedoria figurada nesta passagem não foi possuída por Deus, mas criada: veio a existir.

O texto de Deuteronômio pode sim ser usado para demonstrar que qanáh não tem apenas o sentido de “possuir, adquirir”, mas também de “criar, produzir, trazer algo à existência”.

Alcinei:

Boa noite, estamos voltando aos mesmos textos bíblicos, mas vamos analisar novamente cada um.

Provérbios 8.22, 23: O senhor sabe que qanáh neste texto não pode ser usado como CRIAR, ou PRODUZIR, pois algo que é criado, ou produzido, ele tem um tempo em que não EXISTIA. Ora! É inadmissível dizer que Deus não tinha sabedoria; seria um Deus burro!!! OU SEJA, EXISTIA EM ALGUM TEMPO SEM SABEDORIA?

Então esta questão que o senhor disse que a SABEDORIA não foi possuída, e sim VEIO A EXISTIR, ESTÁ FORA DO CONTEXTO. Qanáh­, em todo livro de Provérbios, nunca é traduzido como “CRIAR” e sim “ADQUIRIR”, “COMPRAR” ou “POSSUIR”.

Apologista da verdade:

Prezado Alcinei:

É claro que é inadmissível achar que houve um tempo em que Deus não tinha sabedoria. Eu já disse isso. Por isso, tal “sabedoria” em Provérbios 8:22-31 não pode ser a qualidade abstrata da sabedoria. Mesmo que qanáh fosse traduzida como “possuiu”, daria a entender que Deus não tinha sabedoria antes de tê-la possuída. Já comentei isso antes. Por isso, tal texto faz referência a um ser que veio a existir num dado momento, e que participou com Deus na criação. Tal descrição se adequa somente ao Filho primogênito de Deus, Jesus Cristo. Diante dessa realidade, a tradução “produziu”, ou “criou” (Septuaginta) fica coerente.

Quanto aos demais textos do livro de Provérbios em que qanáh ocorre não ter o sentido de “criar”, ou “produzir”, já argumentei acima.

[Continua na parte 4.]

 

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová. 

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 


domingo, 7 de fevereiro de 2021

Jesus foi criado? (O que significa Primogênito ?) – Parte 2

 

 

Uma conversa significativa sobre temas bíblicos ocorreu entre o autor deste site e uma pessoa num grupo apologético do Facebook. O primeiro artigo desta série abordou o subtema inicial em torno do tema central acima. Segue, neste artigo, a abordagem de outro aspecto do tema central, que envolve o significado da palavra “primogênito” em sua referência a Jesus Cristo em Colossenses 1:15.

 Alcinei:

 Eu sei que você sabe muito bem – você não é bobo nas Escrituras – que a palavra “primogênito” significa:

 1- O mais velho de uma família, primeiro numa série; 

2- O proeminente, o que tem a primazia e domínio. Exemplos: Êxodo 4.22; Salmo 89.27; Jeremias 31.9. Não deixe de comparar com Genesis 48.14. 

Em Colossenses, este seu argumento é baseado em meia verdade; e, se somente tem este significado, não se encaixa no texto de Colossenses. 

1 – A palavra primogênito tem dois significados: (1) O mais velho de uma família, o primeiro filho de alguém dentre outros; (2) O proeminente, o que tem a primazia e domínio (Êxodo 4.22; Salmo 89.27; Jeremias 31.9; compare com Gênesis 48.14. Por favor, não deixe de comparar.) 

2 – Se a palavra “primogênito” tiver só o significado de o mais velho e primeiro filho de alguém dentre outros, a sua interpretação de Colossenses está errada. Se a expressão “o primogênito de faraó” significa o primeiro filho entre outros; o primogênito de Israel, a mesma coisa, e assim por diante; se a expressão “O PRIMOGÊNITO DE TODA A CRIAÇÃO” for considerada paralela com essas frases, então o significado seria O PRIMEIRO FILHO DE TODA CRIAÇÃO. Isto, porém, seria exatamente o inverso do que o texto diz. O texto não diz que a criação produziu Cristo, mas que CRISTO PRODUZIU A CRIAÇÃO (Colossenses 1.16). Então, para se adequar ao que o senhor pensa, a tradução teria que ser assim: “O PRIMOGÊNITO DE JESUS” ou “A CRIAÇÃO É PRIMOGÊNITA DE JESUS”. 

Mas, se o senhor disser que entende que Deus criou primeiro a Cristo, e Cristo criou depois todas as coisas, mesmo assim a expressão “primogênito de toda a criação” está errada! Se o senhor gera um filho com a mesma natureza que a sua, vai adoecer, crescer, morrer; e este seu filho cria um carro, uma casa, um barco, um avião etc. ... ele não é SEU PRIMOGÊNITO E SIM UNIGÊNITO. Então, não podemos entender que “TODA A CRIAÇÃO” pode ser pai de Jesus Cristo. Nem pode ser considerada a “FAMÍLIA” da qual JESUS faz parte. 

Apologista da verdade: 

Quanto ao sentido de “primogênito” em Colossenses 1:15, quanto à palavra ter ou não dois sentidos, é irrelevante para o ponto em questão. Pois, se Jesus é o primeiro da criação, ele foi criado; se ele é o mais proeminente da criação, ele também foi criado. O primogênito faz parte do grupo. 

O genitivo πάσης (páses) – “de toda a”, referindo-se à criação, não significa que Jesus é “o primeiro filho de toda a criação”, e sim que, em relação à criação (as coisas criadas), Jesus é o “primogênito”. Como realçado acima, o primogênito faz parte do grupo. O “primogênito de toda a criação” faz parte da criação. 

A sua ilustração do filho e do carro não se aplica ao contexto bíblico. Jeová é o Criador de todas as coisas. Ele criou tanto Jesus como as demais coisas. A primeira criação de Jeová foi o Lógos, Jesus Cristo. A palavra “criação”, linguisticamente, refere-se ao que foi criado ou trazido à existência. Neste sentido linguístico, tanto Jesus como as demais coisas foram criadas, ou seja, trazidas à existência. Jesus é “o princípio da criação de Deus”. – Apocalipse 3:14. 

Alcinei: 

Vamos a Colossenses 1.15. 

1 – O que significa a palavra PRIMOGÊNITO? 

2 – O senhor sabe que a palavra PRIMOGÊNITO NÃO TEM UM ÚNICO SENTIDO!!!! Pode ser: 

- O MAIS VELHO DE UMA FAMILIA OU

- O PROEMINENTE, O QUE TEM A PRIMAZIA E DOMÍNIO. 

3 – ‘Se Jesus é o primeiro da criação, ele foi criado; se ele é o mais proeminente da criação ele também foi criado.’ ESTA INTERPRETAÇÃO É SUA E NÃO DA BÍBLIA. 

Quando a Bíblia diz que EFRAIM É MEU PRIMOGÊNITO (Jeremias 31.9), aqui só pode TER O SENTIDO DE PROEMINENTE. SERÁ QUE EFRAIM TAMBEM FOI CRIADO? E O QUE ME DIZER DO POVO DE ISRAEL (Êxodo 4.22) e Davi (Salmo 89.27)? 

Apologista da verdade: 

Quanto a Colossenses 1:15, já demonstrei que o sentido de “primeiro” ou “proeminente” é irrelevante na tentativa de provar que Jesus não teve princípio. Pois o primogênito faz parte do grupo ao qual é referido como tal. Esta não é uma interpretação minha, e sim da Bíblia. Assim, sendo primogênito “de toda a criação”, Jesus é uma criatura. Foi criado. 

Alcinei: 

Colossenses 1.15: 

1 – A PALAVRA PRIMOGÊNITO NÃO TEM APENAS UM SIGNIFICADO. Quando Deus fala em Êxodo 4.22, não significa que ISRAEL foi a primeira nação a ser CRIADA. O Salmo 147.19, 20 diz o motivo disto. 

Em Jeremias 31.9 não significa PRIMEIRO criado. 

2 – A palavra para “PRIMEIRA CRIATURA” É PROTOCTISIS E NÃO PROTOTOKES. QUAL PALAVRA QUE PAULO USOU? Tem mais, porém vou parar por aqui. 

Apologista da verdade: 

Quanto a primogênito, já demonstrei claramente que ele faz parte do grupo ao qual se refere. Logo, Jesus, sendo primogênito de toda a criação, faz parte dela. 

Não é necessária a Bíblia usar a expressão “primeira criatura”. Isso é claramente entendido à base do contexto. 

Alcinei: 

“Não é necessário a escritura usar a palavra PRIMEIRA CRIATURA.” O senhor está totalmente enganado. O contexto não fala que Cristo é a PRIMEIRA CRIATURA, e sim que QUE ELE É O CRIADOR. 

Apologista da verdade: 

Sobre Colossenses 1:15, você afirmou: “O contexto não fala que Cristo é a PRIMEIRA CRIATURA, e sim que QUE ELE É O CRIADOR”. Contudo, o Criador não é referido como “primogênito”. O Criador é referido como “Pai” (Originador). (Mateus 6:9) Além disso, como expliquei de forma recorrente, o primogênito faz parte do grupo. Assim, sendo “o primogênito de toda a criação”, Jesus foi criado. 

[Continua na parte 3.] 

 

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová. 

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 

 

 



Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *