Image Map











domingo, 29 de agosto de 2021

Marcos 11:25 fala sobre orar em pé?

Fonte: jw.org


A Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada (edição de 2015) traduz assim o texto de Marcos 11:25: “E, quando vocês estiverem em pé, orando, perdoem o que tiverem contra alguém, para que o seu Pai, que está nos céus, também perdoe as falhas de vocês.” 

O verbo grego em questão é στήκετε (stēkete), segunda pessoa do plural do presente do indicativo ativo de στήκω (stēko). Stēko tem sido definido como “1) permanecer firme; 2) perseverar, persistir; 3) manter-se de pé; ficar de pé”. – Veja o Dicionário de Thayer. 

De acordo com o Léxico Grego de Thayer, στήκω é “(uma palavra grega inferior, derivada de ἕστηκα, [forma] perfeita de ἵστημι (hístemi). 

0 Lexico Griego-Español Del Nuevo Testamento (“Léxico Grego-Espanhol do Novo Testamento”), de Alfred E. Tuggy, define assim tal verbo grego:

στήκω. vem de στηκα, o perf[eito] de στημι [hístemi], 4267. Estar, ficar, estar firme, permanecer firme, permanecer de pé. A.T. [Antigo Testamento] יָצַב hithp. Ex. 14:13. __* ni., Juí. 16:26. 1 ,עָמַד R. 8:11.

N.T. [Novo Testamento], Mr. 3:31; Mr. 11:25; Ro. 14:4; 1 Co. 16:13; Gál. 5:1; Fil. 1:27; Fil. 4:1; 1 Ts. 3:8; 2 Ts. 2:15. – Negrito acrescentado. 

Um dos textos em que stēko ocorre é Romanos 14:4, e diversas traduções vertem por ‘estar em pé’, expressão usada em linguagem figurada para ‘estar firme’. – Veja ACF, ARIB, ARA, ARC, NAA, NVI, NVT, SBB. 

Em Zacarias 3:1, na Septuaginta, encontramos o verbo ἑστῶτα (estôta), com referência à posição do sumo sacerdote Josué, e εἱστήκει (eistékei), referente à posição de Satanás, ambas sendo formas de hístemi, e algumas traduções vertem por “em pé” um ou ambos os verbos. (NVT; veja também AM, NTLH, NLT, ESV, BSB, KJ, NKJ, NASB, NASB 1995, NASB 1977, AB, CSB, ASV, CEV, DR, ERV, GWT, ISV, JPS Tanakh 1917, LSV, NET Bible, NHEB, WEB, YLT.) E no verso 3 ocorre novamente εἱστήκει (eistékei), e algumas traduções vertem por “em pé”. – ARIB; veja também NVI, NTLH, NVT, SBB, AM, NASB 1995. 

Traduções que vertem Marcos 11:25 usando a expressão “em pé” 

“E, quando vos puserdes de pé para orar, perdoai, se tiverdes algum ressentimento contra alguém, para que também vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe os vossos pecados.” – Bíblia Ave Maria.

“E quando você se levantar para orar, se você tiver alguma coisa contra outra pessoa, perdoe-a, para que seu Pai no céu perdoe suas ofensas também.” – Berean Study Bible (“Bíblia de Estudo Bereana”). 

”E sempre que você se levantar para orar, perdoe tudo o que você tiver contra qualquer pessoa, para que seu Pai que está nos céus também possa perdoar suas faltas.” – Peshitta Holy Bible Translated (“Bíblia Aramaica em Inglês Simples”).  

“E quando você se levantar para orar, perdoe, se você tem algo contra alguém; para que também o vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe os vossos pecados.” – Douay-Rheims. 

 ”Sempre que você se levantar para orar, perdoe tudo o que você tiver contra alguém, para que seu Pai que está no céu perdoe seus pecados.” – International Standard Version (“Versão Padrão Internacional”). 

Outras ocorrências de hístemi são vertidas em algumas traduções pela expressão “em pé” 

Lucas 18:11: “O fariseu, estando em pé [σταθες; státheìs], orava”. – Almeida Corrigida Fiel.

Lucas 18:13: “O publicano, porém, estando em pé, de longe [ἑστὼς; estòs].” Almeida Corrigida Fiel.

Apocalipse 11:4: “São estas as duas oliveiras e os dois candelabros que estão em pé [ἑστῶτες; estôtes] diante do Senhor da terra.” – Nova Almeida Atualizada. 

Comentaristas bíblicos que reconhecem a expressão “em pé” em Marcos 11:25 

 Pulpit Commentary (“Comentário do Púlpito”):

Versículo 25. - E onde quer que vocês estejam orando (στήκητε προσευχόμενοι). A atitude comum das nações orientais em oração é aqui indicada, a saber, “em pé”, com a cabeça, sem dúvida, curvada em reverência. – Negrito acrescentado. 

Benson Commentary (“Comentário de Benson”): “Marcos 11:25-26 . Quando vocês estão orando – em pé era sua postura usual quando oravam.” – Negrito acrescentado.

Barnes’ Notes (“Notas de Barnes sobre a Bíblia”): “E quando vocês estão orando - Quando vocês oram. Parece que a postura na oração às vezes era em pé e às vezes ajoelhada.” – Negrito acrescentado.

Gill’s Exposition (“Exposição de Gill da Bíblia inteira”):

E quando estais orando, ... Estais prestes a se empenhar nessa obra, ou a ela está empenhada, desempenhando-a em tal postura; pois ficar em pé era uma postura usual na oração. – Negrito acrescentado.

Cambridge Bible for Schools and Colleges (“Cambridge Bible para Escolas e Faculdades”):

25 . quando estais orando ] A postura de oração entre os judeus parece ter sido mais frequentemente em pé; comp. a instância de Ana (1 Samuel 1:26) e do fariseu (Lucas 18:11). Quando a oração era oferecida com especial solenidade e humilhação, isso era naturalmente expresso ( a ) ajoelhando-se; comp. a instância de Salomão (1 Reis 8:54) e Daniel (Marcos [Daniel] 6:10); ou ( b ) prostração , como Josué (Marcos [Josué] 7:6) e Elias (1 Reis 18:42). – Negrito acrescentado.

Bengel’s Gnomon of the New Testament:

Marcos 11:25. Κα ταν, e quando ) A conexão é: Devemos orar “sem dúvida e sem ira”, 1 Timóteo 2:8.— στήκητε, levante-se. Quando, no que diz respeito à própria atitude do seu corpo, vocês se colocarem para orar [..]. Ficar de pé é a atitude de quem ora com confiança [Lucas 18:11; Lucas 18:13]: prostrar-se é o mesmo que orar para desaprovar a vingança. στήκω, de στηκα, significa que eu sou aquele que me preparou para ficar de pé; uma significação que se adapta admiravelmente às outras passagens também, onde στήκω é lido. Quando estamos de pé, tocamos a terra com a menor parte possível de nós; por isso é uma postura adequada para quem ora. – Negrito acrescentado. 

Portanto, as traduções que vertem Marcos 11:25 usando a expressão “em pé” estão respaldadas em sentido linguístico e contextual.

 

Siglas usadas: 

AB: Amplified Bible.

ACF: Almeida Corrigida e Revisada Fiel.

AM: Ave Maria (tradução católica).

ARA: Almeida Revista e Atualizada.

ARC: Almeida Revista e Corrigida.

ARIB: Almeida Revisada Imprensa Bíblica.

ASV: American Standard Version.

BSB: Berean Study Bible.

CEV: Contemporary English Version.

CSB: Christian Standard Bible.

DR: tradução da Bíblia da Vulgata latina para o Inglês feita por membros do Colégio católico Inglês Douay. O Novo Testamento parte foi publicada em Reims , França, em 1582.

ERV: English Revised Version.

ESV: English Standard Version.

GWT: God's Word Translation.

ISV: International Standard Version.

JP:   The Holy Scriptures According to the Masoretic Text (1917; impressão de 1952), The Jewish Publication Society of America.

KJ: King James Version.

LSV: Literal Standard Version.

NAA: Nova Almeida Atualizada.

NASB: New American Standard Bible.

NHEB: New Heart English Bible.

NKJ: New King James Version.

NLT: New Living Translation.

NTLH: Nova Tradução na Linguagem de Hoje.

NVI: Nova Versão Internacional.

NVT: Nova Versão Transformadora.

SBB: Bíblia da Sociedade Bíblica Britânica.

WEB: World English Bible.

YLT: Young's Literal Translation.

 

Referencias: 

σττα. Estôta. Blue Letter Bible. Disponível em: <https://www.blueletterbible.org/lang/lexicon/inflections.cfm?strongs=G2476&t=esv&ot=LXX&>. 

Marcos 11:25. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/mark/11-25.htm>. 

______. Bíblia Ave Maria. Disponível em: <https://www.bibliacatolica.com.br/biblia-ave-maria/sao-marcos/11/25/>. 

______. Bíblia Português. Disponível em: <https://bibliaportugues.com/mark/11-25.htm>. 

______. Comentários. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/commentaries/mark/11-25.htm>.

______. Estudo de Marcos 11:25 – Comentado e Explicado. Versículos Comentados. Bibliaco.13 mar 2020. Disponível em: <https://versiculoscomentados.com.br/index.php/estudo-de-marcos-11-25-comentado-e-explicado/>. 

4739. στήκω. (Stékó). Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/greek/strongs_4739.htm>. 

______. Online Greek Bible. Disponível em: <https://www.greekbible.com/l.php?sth/kw_v-2pai-p--_>. 

______. Thayer's Greek Lexicon. Disponível em: <https://biblehub.com/greek/4739.htm>. 

______. Thayer's Greek Lexicon. Disponível em: <https://www.studylight.org/lexicons/eng/greek/4739.html>. 

Romanos 14:4. Bíblia Online. Disponível em: <https://www.bibliaonline.com.br/>. 

The Online Greek Bible. Disponível em: <https://www.greekbible.com/>. 

Zacarias 3:1. Septuaginta. Disponível em: <https://www.academic-bible.com/>. 

Zacarias 3:1, 3. Septuaginta. Disponível em: <https://www.academic-bible.com/>. 


Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 

 



domingo, 22 de agosto de 2021

Os Dez Mandamentos devem ser guardados pelos cristãos?

 

Fonte: jw.org

 

Esta é uma questão muito importante. Algumas religiões se posicionam a favor da continuidade dos Dez Mandamentos, afirmando que ainda vigoram, e que devem ser observados pelos cristãos. Outras religiões entendem que os Dez Mandamentos deixaram de vigorar e que, portanto, não são um requisito para os cristãos.

 

Para o benefício dos leitores deste site, foram publicados diversos artigos sobre este tema. Seguem abaixo os temas, que estão linkados, para que você possa acessar e ler, e tirar suas conclusões.

 

Série de artigos “Os ‘Dez Mandamentos’ com seu sábado semanal devem ser guardados pelos cristãos?” 

Parte 1

Parte 2  

Parte 3

Parte 4

Parte 5

Parte 6

Parte 7

Parte 8

Parte 9

Tiago incentiva a guarda dos Dez Mandamentos? 

1 João 2:4 e Tiago 2:12 promovem a guarda dos Dez Mandamentos?

Os Dez Mandamentos foram abolidos? – Um exame de 2 Coríntios 3:6-14

O que é abolido em 2 Coríntios 3:14?

O que é removido em 2 Coríntios 3:14 –o “véu” ou o “antigo pacto”?

Jeremias 7:21-23 prova que a Lei mosaica estava dividida em duas partes?

Perguntas sobre as chamadas Lei moral e Lei cerimonial

“Cristo é o fim da lei” – em que sentido?

Télos em Romanos 10:4 – “fim” ou “finalidade”?

Romanos 4:15 indica que os Dez Mandamentos não foram abolidos?

Qual é a “lei de Deus” citada emRomanos 8:7?

A abolição dos Dez Mandamentos justifica que os cristãos cometam pecados?

Mateus 5:17 indica que a Lei dada a Israel continuaria no cristianismo?

Mateus 5:17-19 afirma que a Lei deixaria de vigorar?

Respondendo às argumentações de um sabatista

Debate online sobre a permanência dos Dez Mandamentos - Parte 1

Debate online sobre a permanênciados Dez Mandamentos - Parte 2

Debate online sobre a permanênciados Dez Mandamentos - Parte 3

Debate online sobre a permanênciados Dez Mandamentos - Parte 4

Debate online sobre a permanênciados Dez Mandamentos - Parte 5

A Cristandade e a Doutrina da Redenção

Deus descansou ou tem descansado? (Gênesis 2:2, 3)

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 

 

 


domingo, 15 de agosto de 2021

O Faraó do Egito teve relações sexuais com a esposa de Abraão?

Sara no palácio do Faraó 
Fonte: jw.org

Um leitor escreveu:

Olá, saudações! Pergunta sobre Gênesis 12:19. Algumas traduções traduzem o texto hebraico como se o Faraó tivesse tido relações sexuais com Sara. Ou isso não aconteceu? Obrigado. Excelente blog. 

Resposta 

A tradução Almeida Corrigida Fiel traduz assim as palavras do Faraó do Egito a Abraão em Gênesis 12:19: “Por que disseste: É minha irmã? Por isso a tomei por minha mulher; agora, pois, eis aqui tua mulher; toma-a e vai-te.”

O verbo hebraico em questão é laqach (לקח), que tem uma ampla variedade de aplicações, com os sentidos de “tomar”, “tomar em casamento”, “aceitar”, “trazer”, “comprar”, “levar”, “buscar”, “obter”, “receber”, “apreender”.

Diversas traduções dão a entender que o Faraó havia realmente se casado com Sarai, conforme os exemplos abaixo:

“A tomei por minha mulher.” – ACF.

“A tomei para ser minha mulher.” – ARIB, ARA, NAA, NVI, SBB.

“A houvera tomado por minha mulher.” – ARC.

“Tomei Sarai para ser minha mulher.” – ABV.

“Eu a tomei como esposa.” – BP.

“Eu a tomei para ser minha esposa.” – VFL.

“Por que você me fez acreditar que ela era sua irmã? Agora eu casei com ela. Pegue-a e vá embora! Ela é sua esposa." – Contemporary English Version  (“Versão Contemporânea em Inglês”).

Gênesis 12:19 é traduzido assim na Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada: “Por que você disse: ‘Ela é minha irmã’? Eu estava para tomá-la como minha esposa! Aqui está a sua esposa. Tome-a e vá embora!”



Sobre o motivo de traduzir desta forma, os responsáveis pela editoração da referida tradução escreveram o seguinte em seu periódico A Sentinela (1.º de fevereiro de 1992, p. 31): 

Deve-se notar que em Gênesis 12:19 o verbo hebraico traduzido “tomar” está no imperfeito, o que indica uma ação ainda não completada. A Tradução do Novo Mundo verte esse verbo hebraico em harmonia com o contexto e de modo tal que reflete claramente o estado do verbo — “de modo que eu estava para tomá-la por minha esposa”. Embora Faraó ‘estivesse para tomar’ Sara como esposa, ele ainda não tinha efetuado qualquer que fosse o procedimento ou cerimônia envolvido. 

O artigo acima cita em sua nota de rodapé a tradução de J. B. Rotherham, que traduz assim: “Por que disseste: ‘Ela minha irmã’; de modo que eu estava para tomá-la para mim como esposa?”

Outras traduções também respeitam o tempo verbal hebraico, conforme os exemplos abaixo:

“Por que você disse: Ela é minha irmã? então eu poderia tê-la tomado para mim por esposa: agora, portanto, eis a tua mulher, toma-a, e vá em frente.” – King James Bible (“Bíblia Rei Jaime”).

“Por que você disse, ‘Ela é minha irmã’? Eu poderia tê-la tomado como minha esposa. Agora, portanto, aqui está sua esposa; pegue-a e siga seu caminho.”New King James Version (“Nova Versão King James”).

Os comentaristas bíblicos

Diversos comentaristas bíblicos também reconhecem que Faraó não tomou Sarai como esposa. Observe seus comentários: 

Matthew Poole's Commentary (“Comentário de Matthew Poole”):

“Eu poderia tê-la levado para minha esposa; embora ele [Faraó] tivesse outra antes; a poligamia sendo então comumente praticada.”

Gill's Exposition of the Entire Bible (“Exposição de Gill da Bíblia inteira”):

“Então eu poderia tê-la levado para mim como esposa; ignorantemente, e sem qualquer escrúpulo, supondo que ela fosse livre.”

Geneva Study Bible (“Bíblia de estudo de Genebra”):

“Por que disseste: Ela é minha irmã? de modo que eu poderia tê-la tomado por mulher: agora, pois, eis aqui tua mulher, toma-a e vai-te embora.” 

Ellicott's Commentary for English Readers (“Comentário de Ellicott para leitores de inglês”):

(19) Então, eu poderia tê-la levado para mim como esposa. - O hebraico é, e eu a tomei para mim por esposa: ou seja, tomei-a com a intenção de torná-la minha esposa. Durante o intervalo antes do casamento, Faraó e sua família foram visitados por problemas tão marcantes que ele ficou alarmado e, possivelmente, Sarai então revelou a ele seu verdadeiro relacionamento com Abrão. Encontramos em Ester 2:12 que, no caso das donzelas, havia uma provação de doze meses de duração antes que o casamento acontecesse, e Sarai provavelmente foi salva por alguma dessas formalidades. 

Portanto, o Faraó não chegou realmente a se casar e a ter relações sexuais com Sara, a esposa de Abraão.

Explicação das siglas usadas:

ABV: A Bíblia Viva.

ACF: Almeida Corrigida Fiel.

ARA: Almeida Revista e Atualizada.

ARC: Almeida Revista e Corrigida.

ARIB: Almeida Revisada Imprensa Bíblica.

BP: Bíblia Pastoral.

NAA: Nova Almeida Atualizada.

NVI: Nova Versão Internacional.

SBB: Sociedade Bíblica Britânica.

VFL: Versão Fácil de Ler.

 

Referências

Gênesis 12:19. A Bíblia Viva. Disponível em: <https://www.bibliatodo.com/pt/a-biblia/biblia-viva/genesis-12>.

______. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/genesis/12-19.htm>.

______. Bíblia Online. Disponível em: <https://www.bibliaonline.com.br/>.

______. Bíblia Pastoral. Disponível em: <http://www.paulus.com.br/biblia-pastoral/_PJ.HTM>.

______. Comentários. Disponível em: <https://biblehub.com/commentaries/genesis/12-19.htm>.

______. Versão Fácil de Ler. Disponível em: <https://www.bible.com/pt/bible/200/GEN.12.VFL>.

Laqach. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/hebrew/3947.htm>.

______. Blue Letter Bible. Disponível em: <https://www.blueletterbible.org/lexicon/h3947/kjv/wlc/0-1/>.

______. Bible Study Tools. Disponível em: <https://www.biblestudytools.com/lexicons/hebrew/nas/laqach.html>.

______. Bible Tools. Disponível em: <https://www.bibletools.org/index.cfm/fuseaction/Lexicon.show/ID/H3947/laqach.htm>.

______. Do Senhor. Disponível em: <https://dosenhor.com/?strong=h3947

  

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová. 

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 

 


domingo, 8 de agosto de 2021

A Igreja Católica ensina a vida eterna no Paraíso na Terra?


No artigo “O conceito católico sobre a futura vida na Terra”, um leitor fez a seguinte declaração: “A doutrina católica AFIRMA HÁ 2.000 anos que haverá ressurreição da carne e que no fim dos tempos este mundo será transformado.” Por meio dessa afirmação, tal leitor quis dar a entender que a Igreja Católica Apostólica Romana ensina que os justo viverão no Paraíso na Terra. Essa afirmação foi considerada e refutada no artigo acima mencionado (Queira ler). 

Com  respeito à referida afirmação do leitor citado acima, outro leitor teceu um comentário adicional, referente  às crenças católicas sobre a possibilidade ou não de haver vida eterna na Terra. Observe as citações que ele fez de publicações católicas: 

“O céu é a comunidade bem-aventurada de todos os que estão perfeitamente incorporados a Ele.” – Catecismo da Igreja Católica [CIC], § 1026.

A Igreja ensina que “viver no Céu é ‘viver com Cristo’ […]. Os eleitos vivem nele, mas lá conservam – ou melhor, lá encontram – sua verdadeira identidade, seu próprio nome” (CIC, 1025). Afirma que “o céu, a Casa do Pai, constitui a verdadeira pátria para onde nos dirigimos e à qual já pertencemos”.  – CIC § 2802.

“Os que morrem na graça e na amizade de Deus, e que estão totalmente purificados, vivem para sempre com Cristo. São para sempre semelhantes a Deus, porque o veem ‘tal como Ele é’ (1 Jo 3,2), face a face. […] O Céu é o fim último e a realização das aspirações mais profundas do homem, o estado de felicidade suprema e definitiva.” – CIC, §§ 1023-1024.

“Cremos que a multidão daquelas que estão reunidas em torno de Jesus e de Maria no paraíso forma a Igreja do Céu, onde na beatitude eterna veem a Deus tal como Ele é, e onde estão também, em graus diversos, associadas com os santos anjos ao governo divino exercido pelo Cristo na glória, intercedendo por nós e ajudando nossa fraqueza por sua solicitude fraterna.” – CIC § 1053.

“Haverá um novo espaço, um novo conceito de lugar, do qual não se tem experiência, portanto, dizer simplesmente que não há um lugar é inexato, da mesma forma que dizer que há um lugar já experimentado também o é. Diante do mistério a reflexão teológica pode ajudar, porém, para entender realmente o que é o céu é preciso recorrer à comunhão com Deus, com o Corpo de Cristo. Como isso se dará não é possível precisar. Na Eucaristia começa a experiência do novo lugar que é o céu e da nova terra, um novo espaço, um novo cosmos. No Pão e no Vinho eucarísticos tem-se o cosmos transformado onde o Cristo, já é agora, o tudo em todos.” – Padre Paulo Ricardo[1].

“Então todos os homens remidos por ele, tornados nele ‘santos e imaculados na presença de Deus no Amor’, serão reunidos como o único Povo de Deus, ‘a Esposa do Cordeiro’, ‘a Cidade Santa descida do Céu, de junto de Deus, com a Glória de Deus nela’, e ‘a muralha da cidade tem doze alicerces, sobre os quais estão os nomes dos doze Apóstolos do Cordeiro’ (Ap 21,14).” – CIC § 865.

[Fim do comentário do leitor.] 

Assim, as publicações católicas citadas no artigo O conceito católico sobre a futura vida na Terra, bem como as adicionalmente citadas neste artigo, mostram que a crença católica não reconhece o claro ensino bíblico da vida eterna na Terra. Sobre as referências bíblicas que mostram a certeza da vida eterna na Terra restaurada, veja os artigos abaixo: 

A terra existirá para sempre – que “terra”? (Parte 1)

 

A terra existirá para sempre – que “terra”? (Parte 2)

 

A terra existirá para sempre – que “terra”? (Parte 3)

 

A terra existirá para sempre – que “terra”? (Parte 4)



Nota:
[1] RICARDO, Paulo. O Céu é um lugar. A Resposta Católica. Disponível em: <https://padrepauloricardo.org/episodios/o-ceu-e-um-lugar>.

Referências: 

AQUINO, Felipe. Catecismo da Igreja responde de A a Z. Disponível em: <https://books.google.com.br/>. 

Catecismo da Igreja Católica. Disponível em: <http://catecismo-az.tripod.com/conteudo/a-z/c/ceu.html>. 

Céu: o que a Igreja ensina sobre ele? Formação. Canção Nova. Disponível em: <https://formacao.cancaonova.com/igreja/doutrina/ceu-o-que-igreja-ensina/>. 


Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

 

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 

 







Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *