Image Map











domingo, 2 de janeiro de 2022

Qual é a tradução correta de Atos 2:26?

 
 

Este site recebeu a seguinte indagação:

Olá! Como é meu irmão, é um prazer cumprimentá-lo.

Há uma pergunta muito interessante a respeito da atual Tradução do Novo Mundo. Em Atos 2:26 lemos: “Por essa razão, meu coração ficou animado e minha língua se alegrou muito. E eu viverei em esperança.” (Study Edition, TNM2021) A palavra grega que foi traduzida na TNM “eu viverei” em grego é σάρξ μου [he sárx mou], que é literalmente “minha carne”, de acordo com os trinitários, que negam a ressurreição espiritual de Jesus Cristo. Dizem que a comissão atual [da Tradução do Novo Mundo] é negligente por traduzir incorretamente “eu viverei”; porque, primeiro: não é uma tradução correta; e, segundo: porque esconde a ressurreição corporal de Jesus. Porque sua carne, estando com esperança, é a prova de que Jesus ressuscitou com o mesmo corpo físico. Na edição da NWT 1987 [Tradução do Novo Mundo Com Referências] (eles dizem) que o comitê traduz “minha carne”, mas depois mudou para “eu viverei” para ocultar a ressurreição do corpo físico de Jesus. O que o irmão pensa sobre essa objeção? Agradeço sua atenção à minha pergunta, meu irmão.

Resposta:

Vejamos o texto de Atos 2:26 nas duas traduções citadas pelo leitor acima:

“Por essa razão, meu coração ficou animado e minha língua se alegrou muito. E eu viverei em esperança.” – Tradução do Novo Mundo Revisada 2015.

“Por esta razão, meu coração ficou animado e a minha língua se alegrou muito. Além disso, até mesmo a minha carne residirá em esperança.” – Tradução do Novo Mundo Com Referências 1986.

O texto grego está conforme abaixo:


δι τοτο ηφρνθη  καρδα μου 

dià toûto eufránthe he kardía mou

por isso se alegrará o meu coração

 

κα γαλλισατο  γλσσ μου, 

kaì egalliásato he glõssá mou,

e exultará a minha língua

 

τι δ κα  σρξ μου κατασκηνσει π' λπδι

éti dè he sárx mou kataskenósei ep’elpídi

ainda, pois, também a minha carne habitará em esperança

 

Atos 2:26 é citação do Salmo 16:9. O texto grego do Novo Testamento cita exatamente como está na Septuaginta grega (Salmo 15:9). Veja como a Septuaginta verte:

δι τοτο ηφρνθη καρδα μου,

κα γαλλισατο γλσσ μου,

τι δ κα σρξ μου κατασκηνσει π λπδι,

 

O texto hebraico usa a palavra hebraica ba·sár, que significa “carne”. Assim, caso o escritor de Atos citasse quer do Velho Testamento quer do Novo Testamento, ele encontraria a palavra “carne”. Então, por que a Tradução do Novo Mundo Revisada 2015 traduz por “eu” em vez de por “minha carne”?

A obra Estudo Perspicaz das Escrituras, da mesma editora que produziu a Tradução do Novo Mundo Revisada 2015, teceu o seguinte comentário sobre um dos sentidos bíblicos da palavra “carne”:

Também é usada para se referir à pessoa, ou ao indivíduo, como humano de carne. (Ro 7:18; Col 2:1, 5) Toda a humanidade, em especial do ponto de vista de Deus, o Espírito, é descrita como “carne” (Gên 6:12; Is 66:16; Lu 3:6). (Volume 1, p. 434, verbete “Carne”. Negrito acrescentado.)

 

Veja os textos bíblicos citados na referida obra para mostrar que “carne” pode se referir à pessoa, ao próprio ser humano:

“Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não mora nada de bom; pois tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não tenho a capacidade de realizá-lo.” – Romanos 7:18.

“Pois eu quero que vocês se deem conta de como é grande a luta que tenho a favor de vocês, a favor dos de Laodiceia e a favor de todos os que não me viram pessoalmente” [literalmente: “não viram o meu rosto em carne”]. – Colossenses 2:1.

“Sim, Deus olhou para a terra e viu que estava arruinada; toda a humanidade [lit.: “toda a carne”] havia arruinado seu caminho na terra.” – Gênesis 6:12.

“Pois Jeová executará o julgamento com fogo, sim, com sua espada, contra todos os humanos [lit.: “contra toda a carne”]; e os mortos por Jeová serão muitos.” – Isaías 66:16.

“E todos verão a salvação por Deus” [lit.: “e toda a carne verá”]. – Lucas 3:6.

Traduções que vertem “carne” por outro termo que mantém o mesmo sentido

“Por isso o meu coração está feliz, e as minhas palavras são palavras de alegria; e eu, um ser mortal, vou descansar cheio de esperança.” – Nova Tradução na Linguagem de Hoje.

 “Por causa disso, meu coração ficará feliz, minhas palavras serão alegres e eu viverei na esperança.” – Contemporary English Version.

E por isso estou cheio de alegria e minhas palavras estão cheias de alegria. E eu, embora eu seja mortal, terei a certeza de ter esperança.” - Good News Translation.

Entendendo os métodos de traduzir

Tradução por Equivalência Formal ou literal

Este é um método no qual o tradutor procura seguir fielmente a estrutura gramatical do idioma original, apesar de a tradução geralmente ficar mais difícil de compreender em alguns trechos, ou a linguagem ficar um tanto estranha em relação à linguagem comum do idioma no qual foi feita a tradução. Um exemplo de tradução literal é a Tradução do Novo Mundo Com Referências, edição de 1986; também o é a Tradução de João Ferreira de Almeida, edição Revista e Corrigida.

Tradução por Equivalência Dinâmica ou Funcional

Este é um método no qual o tradutor não se prende à estrutura gramatical do texto original, ou seja, não traduz necessariamente palavra por palavra, mas usa termos que deem o sentido das palavras originais. Este método procura verter o mesmo sentido, apegando-se o mais próximo possível ao texto original, ao mesmo tempo em que usa às vezes termos e expressões diferentes com o mesmo sentido para tornar a linguagem mais compreensível ao leitor. É diferente da paráfrase, na qual o tradutor pode fazer alterações no sentido da mensagem, acrescentando ou retirando elementos do texto original. A Tradução do Novo Mundo Revisada, edição de 2015, é um exemplo de equivalência dinâmica. Visto que a palavra “carne” também se refere à própria pessoa, verter “minha carne” por “eu” mantém o sentido do texto de Atos 2:26.

O que significa a expressão “minha carne residirá em esperança”?

A obra Estudo Perspicaz das Escrituras (volume 1, p. 434, verbete “Carne”) teceu o seguinte comentário:

Durante o ministério terrestre de Jesus, embora ele soubesse que seria morto como sacrifício resgatador, sua carne ‘residiu em esperança’. Isto se deu porque sabia que seu Pai o ressuscitaria, que seu sacrifício serviria com bom êxito ao propósito do resgate e que sua carne não veria a corrupção. (At 2:26, 31) – Negrito acrescentado.

Portanto, de acordo com o comentário acima, o fato de a carne de Jesus Cristo residir em segurança tinha a ver com a expectativa e certeza de Jesus, de que seria ressuscitado. A expressão diz respeito à atitude de Jesus antes de sua morte e ressurreição. Não está afirmando que Jesus seria ressuscitado em corpo carnal. Em outras palavras: Jesus, em sua carne – enquanto humano na Terra – tinha a esperança de ser ressuscitado. Por outro lado, com relação ao corpo em que Jesus seria ressuscitado, observe os textos abaixo:

“Pois Cristo morreu de uma vez para sempre pelos pecados, um justo pelos injustos, a fim de conduzir vocês a Deus. Ele foi morto na carne, mas recebeu vida no espírito.” – 1 Pedro 3:18.

“Semeado corpo físico, é levantado corpo espiritual. Se há corpo físico, há também um espiritual. Assim está escrito: ‘O primeiro homem, Adão, se tornou um ser vivente.’ O último Adão [Jesus Cristo] se tornou um espírito que dá vida.” – 1 Coríntios 15:44, 45.

(Para uma explicação de 1 Pedro 3:18, veja o artigo “Como 1 Pedro 3:18 deve ser traduzido?”) 

Gill's Exposition (“Exposição de Gill da Bíblia inteira”) mostra este mesmo entendimento:

Além disso, minha carne repousará na esperança, ou “com segurança”; significando que seu corpo deveria repousar quietamente na sepultura, como em seu lugar de descanso de todas as labutas e labor, dores e tristezas, e estar protegido de vermes, ou qualquer corrupção. Ou isso pode ser entendido por sua pessoa estar em uma esperança tranquila, firme e plena da ressurreição dos mortos e da vida e glória eternas. – Negrito acrescentado.

Conclusão

As traduções que vertem a expressão “minha carne” por “eu” não estão incorretas, pois elas mantêm o mesmo sentido, utilizando a tradução por equivalência dinâmica. A expressão “minha carne residirá em esperança” diz respeito, não a como Jesus seria ressuscitado, mas à esperança que Jesus tinha enquanto estava na carne (como ser humano), de que seria ressuscitado, cumprindo assim o Salmo 16:9.

Veja também os artigos abaixo:

“Jesus Cristo é humano no céu?”

“Possui Jesus no céu um corpohumano? É Jesus homem eternamente?”

“Jesus foi ressuscitado no mesmo corpo carnal?”


Referências:

Atos 2:26. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/acts/2-26.htm>.

______. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/commentaries/acts/2-26.htm>.

______. Bible Hub. Disponível em: <https://biblehub.com/parallel/acts/2-26.htm>.

______. Nova Tradução na Linguagem de Hoje. Disponível em: <https://www.bible.com/pt/bible/211/ACT.2.26-47.NTLH>.

Online Greek Bible. Disponível em: <https://www.greekbible.com/>.

Salmo 16:9. Bíblia Hebraica. Disponível em: <https://hebraico.pro.br/>.

Salmo 16:9 [15:9]. Septuaginta grega. Disponível em: <https://www.academic-bible.com/>.

Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada – Paráfrase ou equivalência dinâmica? Queruvim.  31 mar 2015. Disponível em: <https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2015/03/31/traducao-do-novo-mundo-da-biblia-sagrada-parafrase-ou-equivalencia-dinamica/>.

 

A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

 

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com 


Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

 


Um comentário:


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *