Image Map











terça-feira, 21 de março de 2017

Quem é o Criador – Jeová ou Jesus? (Parte 1)

Fonte da ilustração: https://www.jw.org/


Um leitor escreveu:

Você argumenta que Jesus foi o primeiro ser criador por Deus. Contudo, não mostra dentro do contexto do povo de Israel o que vinha sobre o primogênito, e qual é o verdadeiro significado da primogenitura de Jesus, e como as Escrituras afirmam isso.

Jesus é identificado como o Criador de todas as coisas. Sendo assim, ele se criou a si mesmo? Isso não faz sentido.

Outra coisa: ele é identificado como Pai eterno. Em Hebreus 1:3 diz que ele “sustenta todas as coisas pela palavra de seu poder”. Em Colossenses 1:17, diz: “Ele é antes de todas as coisas. Nele tudo subsiste.”

Eu acredito que é necessário ter um pouco de sinceridade no coração e pregar a verdade, sem sermos influenciados pelos nossos próprios conceitos que, por sinal, não vai fazer nenhuma diferença no que já está escrito em relação à deidade de nosso Senhor e Salvador Jesus.

Resposta:

O título Criador pertence apenas a Jeová. (Eclesiastes 12:1; Isaías 40:28; 42:5; Romanos 1:25; 1 Pedro 4:19) O próprio Jesus Cristo reconheceu que ele – Jesus – não foi o Criador, quando declarou: “Não leram que aquele que os criou no princípio os fez homem e mulher …?” (Mateus 19:4) Observe que Jesus se referiu a seu Pai como aquele [singular] que os criou. Ele não disse “aqueles que os criaram”.

Ademais, Hebreus 1:3 e Colossenses 1:17 não afirmam, nem indiretamente, que Jesus é o Pai eterno e o Criador. O artigo “Jesus é o Criador ou um Ser criado? – Exame de Colossenses1:15-20”  mostrou que o sentido de Colossenses 1:17, pelo contexto bíblico, é o de que Jesus “já existia antes de todas as outras coisas”. (Queira ler o artigo.)

Quanto ao termo “primogênito” aplicado a Jesus, lemos em Colossenses 1:15: “Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação.” Os trinitaristas entendem “primogênito”, não como primeiro, mas como o mais preeminente. No entanto, o contexto de Colossenses, capítulo 1, revela o sentido de primogênito em Colossenses 1:15. O versículo 18 menciona Jesus como o primogênito dentre os mortos. Seria ele o mais preeminente entre os mortos? Não, pois a expressão inteira reza assim: “Ele é o princípio, o primogênito dentre os mortos, para se tornar aquele que é o primeiro em todas as coisas.” “Primogênito” ocorre em paralelo com “princípio” e “primeiro”. E Atos 26:23 confirma: Que o Cristo … como primeiro a ser ressuscitado dentre os mortos. Ele foi o primeiro a ser ressuscitado para a vida celestial e para não morrer mais, conforme os textos abaixo:

Hebreus 6:19, 20: “Temos essa esperança como âncora para a alma, tanto segura como firme, e ela entra até o interior, atrás da cortina, onde um precursor entrou em nosso benefício: Jesus, que se tornou sumo sacerdote para sempre à maneira de Melquisedeque.”

O escritor de Hebreus faz alusão ao Santíssimo do templo, que era separado do compartimento chamado Santo por uma cortina, onde o sumo sacerdote entrava no Dia da Expiação, e que representa o céu. Ele explicou isso mais à frente em sua carta: “Pois Cristo não entrou num lugar santo feito por mãos humanas [o Santíssimo], que é uma cópia da realidade, mas no próprio céu, de modo que agora comparece perante Deus em nosso favor.”

Note que, em Hebreus 6:20 Jesus foi referido como “precursor” em entrar no céu. Precursor é quem precede, ou se antecipa a outros, quem vai na frente, quem dá origem a uma ação. Assim, Jesus foi o primeiro a ir para o céu espiritual.

1 Coríntios 15:22, 23: “Porque, assim como em Adão todos morrem, assim também em Cristo todos receberão vida. Mas cada um na sua própria ordem: como primícias [primeiro], Cristo; depois os que pertencem a Cristo, durante a sua presença.”

E Apocalipse 3:14 conclui o assunto chamando-o de “o princípio da criação de Deus”. (Veja o artigo “Arkhé em Apocalise 3:14 significa ‘príncipe’ ou ‘princípio’?”.)

Assim, o próprio contexto bíblico não deixa dúvidas sobre o sentido do termo primogênito em Colossenses 1:15 – o primeiro ser criado por Deus.

O leitor que escreveu o comentário no início deste artigo está certo ao dizer que devemos ser sinceros e não sermos influenciados pelos nossos conceitos prévios. No entanto, ele mesmo não aplica a si essa afirmação, pois lê as Escrituras com o conceito preconcebido e antibíblico de que Deus é uma Trindade, não conseguindo, assim, entender termos óbvios como “primogênito” e vendo conceitos onde não existem.


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




3 comentários:

  1. Penso assim eu creio que Jeová e Pai E jesus e Filho se vc esta em união com o Pai tbm esta com o Filho Deus fez sim os Ceu para ele e a terra para nos .Quem nao cré no que esta aqui nao e obrigado a nada nao e a opinião d alguns q vai muda a sabedoria e estudo d uma fe q tem mais d 100 anos de estudo da bíblia e .

    ResponderExcluir
  2. No verso 16 diz em que sentido Jesus é o primogênito!

    ResponderExcluir
  3. "porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou." - João 6 : 38

    "... Se Deus fosse o vosso Pai, vós me amaríeis, porque eu saí e vim de Deus; pois não vim de mim mesmo, mas ele me enviou."
    "Mas porque eu digo a verdade, não me credes."
    "... Se eu me glorificar a mim mesmo, a minha glória não é nada; quem me glorifica é meu Pai, do qual vós dizeis que é o vosso Deus;"
    "... e vós não o conheceis; mas eu o conheço; e se disser que não o conheço, serei mentiroso como vós; mas eu o conheço, e guardo a sua palavra."
    - João 8 : 42,46,54,55.

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *