Image Map











quinta-feira, 20 de abril de 2017

Jesus foi ressuscitado com que corpo? Carnal glorificado ou espiritual? (Parte 4)

Fonte da ilustração: 
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20151115/deus-e-amor/


Contribuído.

5 – Respondendo supostas contradições

O que dizer dos relatos onde Jesus aparece comendo, é tocado e diz que possui corpo de carne e osso?

Lucas 24:30, 41-43 – Jesus comeu com os discípulos.
Lucas 24:39 – Jesus diz que um espírito não  tem carne e ossos como os discípulos estavam vendo que ele tinha na ocasião, e pediu para que toquem nele.
João 20:17 – Maria o segurou.
João 20:20 – Ele mostrou seus ferimentos aos discípulos.
João 20:27 – Tomé encostou nas marcas dos pregos nas mãos de Jesus.

É importante salientar que essas coisas que Jesus fez foram na verdade “sinais miraculosos”. Ou seja, milagrosamente Jesus se deu a conhecer de diversas maneiras, provando que havia sido ressuscitado:

Jesus realizou na presença dos seus discípulos muitos outros sinais miraculosos, que não estão registrados neste livro. – João 20:30, NVI.

1- Jesus, embora se mostrasse com corpo materializado, realizava coisas impossíveis a um corpo de carne.

·    Lucas 24:31 – Jesus desaparece na frente de todos.
· Lucas 24:36 – Jesus aparece de repente no meio dos discípulos.
·    João 20:19 – Jesus entrou numa sala onde as portas estavam trancadas, aparecendo repentinamente no meio dos discípulos.
·    João 20:26 – Novamente, Jesus entra na sala que estava com as portas trancadas, aparecendo repentinamente no meio deles.

2- Jesus se apresentou com diferentes corpos em diferentes ocasiões.

·    Mateus 28:17 – Sua aparência não indicava que era o próprio Jesus; alguns discípulos duvidaram.
·    Lucas 24:15, 16 – Os discípulos o confundiram com um simples visitante de Jerusalém.
·    João 20:14, 15 – Maria o confundiu com um jardineiro.

3- O fato de Jesus ter comido ou ter se materializado para que seus discípulos pudessem tocá-lo também não indica que ele tinha um corpo de carne:
·    Gênesis 6:2, 4 – Nos dias de Noé, anjos se materializaram e foram capazes, inclusive, de ter relações sexuais com mulheres e lhes geraram filhos. – Judas 6.
·    Gênesis 18:2, 7, 8; 19:1, 12 – Anjos, nos dias de Abraão, se materializaram e tomaram uma refeição com ele. Inclusive, foram chamados de “homens”.
·    Juízes 13:3, 6 – Um anjo também é chamado de “homem de Deus”, certamente por sua materialização.

E o que dizer do sinal de Jonas (Mateus 16:4; Jonas 1:17) e do fato de Jesus dizer que reconstruiria o templo em 3 dias (João 2:18-22)? Não deveria ser o mesmo corpo?

O Sinal de Jonas – Embora possua algumas representações similares, o fato de o corpo de Jonas ter sido o mesmo após sair do grande peixe não possui relação com o sinal descrito por Jesus. Isso é querer encontrar literalidade onde não há. O ponto desse sinal é a restrição por três dias que Jonas teve dentro do peixe com a que Jesus teve na morte. – Jonas 1:17; Mateus 12:40.

O Templo, seu corpo. – Esse texto não obriga ao entendimento de que a ressurreição de Jesus seja corporal. Jesus usou de uma metáfora com aplicação à sua ressurreição – esse é o tema. O corpo representava o templo. Da mesma forma como a reconstrução do templo usou materiais novos e não suas antigas ruínas, Jesus também teria de assumir um novo corpo ao ser ressuscitado. No entanto, o foco de suas palavras aqui é sua ressurreição; não visa esclarecer com que espécie de corpo seria ressuscitado. – João 2:18, 22.

6 – Implicações em outras doutrinas básicas da cristandade

Implicação na TRINDADE

Para aqueles que defendem a ideia de que Jesus é o Deus supremo, o Todo-Poderoso, crer que Jesus possui hoje um corpo de carne glorificado cria um grande obstáculo para harmonizar tais doutrinas. – João 10:35.

João 4:24 e 2 Coríntios 3:17 afirmam que DEUS é ESPÍRITO.

LOGO, se Jesus NÃO é ESPÍRITO, NÃO pode ser Deus, por que Deus É espírito.

Obs.: Mesmo sendo espírito, isso não o torna forçosamente Deus, mas poderia ser um anjo também. (Hebreus 1:13, 14) No entanto, o fato de ele NÃO ser um ESPÍRITO já impede sequer a POSSIBILIDADE , ou seja, torna “IMPOSSÍVEL” que Jesus seja Deus.

Implicação no atributo ONIPRESENÇA

Se o corpo de Jesus está preso às regras físicas de um corpo de carne, tampouco ele pode ser onipresente, como afirma a cristandade.

Obs.: Mesmo sendo espírito, isso não implicaria forçosamente em ele possuir esse atributo. Deus é espírito, porém habita nos céus; não é onipresente. – Mateus 6:9[1].

Implicação em questões lógicas

Se Jesus tivesse um corpo físico, mesmo que glorificado, teria necessidades fisiológicas – teria que dormir, comer etc. (Pois esse argumento é usado para provar que sua ressurreição foi física – o fato de ele ter comido com os apóstolos – Lucas 24:41-43.)

Diante do exposto podemos concluir que, sem sombra de dúvidas, Jesus foi ressuscitado com corpo espiritual, tendo como base:

1- Comparação do corpo de Jesus com o Cordeiro Pascoal;
2- Comparação do corpo de Jesus com o véu (cortina) do tabernáculo;
3-O fato de o corpo de Jesus não ter sido encontrado;
4- O fato de as pessoas não reconhecerem Jesus por sua aparência física após sua ressurreição;
5- O fato de Jesus ter realizado coisas que somente um corpo espiritual poderia realizar, como aparecer e desaparecer subitamente e atravessar portas;
6- Evidências diretas de textos que afirmam que Jesus foi ressuscitado com corpo espiritual;
7- Evidências indiretas, onde o texto bíblico deixa implícito esse fato apesar de não estar abordando diretamente sobre o tema;
8-  O fato de Jesus estar no céu e que, para isso, existe uma regra que obriga a pessoa a ser um “ser espiritual”;
9-  O fato de que todas as realizações feitas por Jesus, que poderiam dar a entender que ele tinha um corpo físico, possuírem paralelos nas Escrituras com ações de outros seres espirituais que haviam se materializado.

Veja também:


Nota: 


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.

Contato: oapologistadaverdade@gmail.com

Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org







3 comentários:

  1. Ola! Corrijam-me se eu estiver errado, na parte de "O templo, seu corpo." acho que também poderia citar que as escrituras só mencionam um templo nos céus depois da ressurreição de Jesus como citado em Hebreus 9:24 e em muitas partes do livro de Revelação.

    Outro ponto que achei interessante, acho que há muitas partes de Hebreus capítulo 9 que poderiam ser usados para reafirmar que Jesus se desfez de seu corpo físico.
    Eu gostei muito desse artigo de quatro partes, pq esclareceu bem e acabei aprendendo mais, mt bom, parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, mas...esse site aceita críticas construtivas ou apenas opiniões que concordam?
    Com toda sinceridade!

    Pode-se postar pontos de vista sobre o assunto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jeoan.

      Tenho publicado opiniões divergentes dos conceitos apresentados nos artigos desde site, desde que tais opiniões sejam expressas de forma respeitosa.

      Excluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *