Image Map











domingo, 8 de abril de 2018

Diferença entre o espírito de vida e o espírito santo




Fonte da ilustração: jw.org

                Um leitor trouxe à atenção deste site a seguinte consideração:

          Apologista, será que poderíamos concluir, com base no Salmo 104:29, 30 (“Quando escondes a tua face, ficam agitados. Se lhes tiras o espírito, morrem e voltam ao pó. 30Se envias o teu espírito, são criados, e renovas a face da terra”) … Se entendermos que o único espírito que dá vida é o espírito santo, poderíamos concluir que nas passagens bíblicas onde o termo bíblico espírito aparece, se trata na realidade do espírito de Deus ativo, como, por exemplo, em Eclesiastes 12:7; Salmo 146:4; Lucas 23:46; Atos 7:59. Recentemente recebi um estudo exaustivo abordando esse ponto. Apresenta muitos argumentos com essa base, ou seja, que o espírito mencionado nessas passagens bíblicas citadas acima se trata do espírito santo. O que acha?

Resposta:

            O artigo “Mateus 28:19 apoia a Trindade?”, em sua nota de número 3, declarou:

A palavra “espírito” (hebraico rúahh e grego pneúma) é aplicada a (1) vento (Êxodo 10:13); (2) pessoa espiritual (1 Reis 22:21, 22; João 4:24); (3) força ativa de Deus (Salmo 104:30); (4) força de vida (Números. 27:16; Salmo 104:29; 146:4; Eclesiastes 3:19;); (5) disposição mental (1 Reis 10:5; Daniel 5:20; Provérbios 29:11); e (6) declarações inspiradas. – 1 João 4:1.

             Portanto, entende-se que o Salmo 104, versículo 29, faz referência à força de vida, mantida pela respiração, presente em humanos e animais, ao passo que o versículo 30 diz respeito ao espírito santo, ou força ativa, de Deus.

             Os textos citados pelo leitor dizem respeito ao espírito no sentido de força de vida:

            “Então o pó volta à terra, de onde veio, e o espírito volta ao verdadeiro Deus, que o deu.” – Eclesiastes 12:7.

            “Seu espírito sai, e eles voltam ao solo; nesse mesmo dia os seus pensamentos se acabam.” (Salmo 146:4)

               “E Jesus clamou em alta voz e disse: ‘Pai, às tuas mãos confio o meu espírito.’ Depois de dizer isso, ele morreu.” – Lucas 23:46.

             “Enquanto apedrejavam Estêvão, este fez o apelo: ‘Senhor Jesus, receba o meu espírito.’” – Atos 7:59.

           Esse espírito está presente em humanos e animais, conforme mostrou o artigo “Os animais tambémpossuem espírito?” (Queira ver.)

            Como prova disso, Eclesiastes 3:21 menciona o “espírito dos brutos” (Imprensa Bíblica Brasileira, Sociedade Bíblica Britânica, Tradução Brasileira), vertido “espírito do animal” na versão Reina Valera.

                Por outro lado, o espírito santo – a energia que Deus usou para criar todas as coisas e usa para cumprir seus propósitos – não é dada a todas as criações, nem a todos os humanos.

                 Lemos em Atos 5:32: “Nós somos testemunhas dessas coisas, e o espírito santo, que Deus deu aos que lhe obedecem como governante, também é.” Assim, um requisito para se ter o espírito santo é obedecer a Deus como governante. Muitas pessoas não têm tal obediência. Portanto, elas não têm o espírito santo, embora elas tenham o espírito de vida (a força de vida).

               Gálatas 5:22 e 23 declara: “O fruto do espírito é: amor, alegria, paz, paciência, bondade, benignidade, fé, brandura, autodomínio.” Quem tem o espírito santo possui e demonstra tais qualidades piedosas. Porém, notamos que muitas pessoas não demonstram tais qualidades. Isso mostra que tais pessoas não possuem o espírito santo, embora elas tenham o espírito de vida (a força de vida).

             A explicação acima, embasada por claros textos bíblicos, esclarece a diferença entre o espírito santo (força ativa de Deus) e o espírito presente em humanos e animais (força de vida).


A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org






Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *