Image Map











quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Quem é que vem – Jesus ou Jeová?


Fonte: jw.org


Um leitor escreveu:

Olá, sr. Apologista! Tudo bem?

Vi um trinitarista argumentar que o “Alfa e o Ômega” se aplica a Jesus por dizer que no versículo 7 de Apocalipse capítulo 1 diz que Jesus vem com as nuvens, e no versículo 8 diz a respeito do “Alfa e o Ômega” que ele é ‘aquele que é, que era e que VEM’. Esse trinitarista disse que não é possível os dois, Jeová e Jesus, estarem vindo; e que, portanto, Jeová e Jesus têm que ser o mesmo. Tal argumento não tem fundamento.

Romanos 2:16 diz: “Isso acontece no dia em que Deus, POR MEIO de Cristo Jesus, julgar as coisas secretas dos homens, segundo as boas novas que eu declaro.”

Portanto, fica claro que Jeová vem no sentido de que o julgamento da humanidade será expresso por Ele, e Jesus vem no sentido de que o julgamento expresso por Jeová Deus será expresso MEDIANTE ele.

Resposta:

De fato, o leitor está correto em sua conclusão, pois está bíblica e logicamente fundamentado.


[…] a Bíblia indica que ocorrerá uma vinda conjunta de Cristo com o seu Pai, Jeová. Lucas 9:26 fala de Jesus “chegar na sua glóriae na de seu Pai e dos santos anjos”. A menção dos “santos anjos” indica que estes acompanharão Cristo em sua ‘chegada’, ou vinda, como outros textos mostram. (Mateus 24:30, 31; 25:31; 2 Tessalonicenses 1:7, 8; Apocalipse 19:11-16) Correspondentemente, a menção do “Pai” mostra que haverá uma vinda conjunta de Deus e Cristo. Comprovando adicionalmente isso, lemos em Apocalipse 6:16, 17: “E estão dizendo aos montes e às rochas: ‘Caí sobre nós e escondei-nos do rosto Daquele que está sentado no trono e do furor do Cordeiro, porque veio o grande dia do seu furor, e quem é que pode ficar de pé?’” 

Portanto, textos tais como Lucas 9:26 e Apocalipse 6:16, 17 tornam claro que haverá uma vinda conjunta de Jeová e de Jesus, acompanhados pelos anjos.

Com relação ao sentido de vinda de Jeová, o mesmo artigo comentou em uma nota de rodapé:

Jeová não virá literalmente à atmosfera do planeta Terra. Sobre ele, a Bíblia diz: “Os próprios céus, sim, o céu dos céus, não te podem conter”. (1 Reis 8:27) Se nem o Universo físico pode comportar a presença de Jeová em pessoa, muito menos nosso minúsculo planeta! Na Bíblia, os verbos “vir”, “retornar” (ou “voltar”), “descer” e “visitar” nem sempre se referem a um movimento topográfico de um lugar para outro, mas também significam “voltar a atenção” para alguma coisa e agir em relação a tal coisa. – Gênesis 18:14: 21:1; Êxodo 3:8, 16; 4:31; Lamentações 1:22; 4:22; Malaquias 3:7; Atos 7:39; 15:14. (Negrito acrescentado.)

Portanto, Jeová ‘vem’ no sentido de voltar a sua atenção para executar o atual sistema de coisas. Os textos citados acima e transcritos abaixo mostram esse sentido do verbo “vir”.

Um anjo representando Deus afirmou a Abraão: “Há alguma coisa que seja extraordinária demais para Jeová? Retornarei a você no ano que vem, no tempo determinado, e Sara já terá um filho.” –Gênesis 18:14.

Jeová havia vindo a Abraão por meio dos anjos, e não pessoalmente. Do mesmo modo, ‘retornaria’ a Abraão não pessoalmente, mas de forma indireta, usando os instrumentos que Ele tem à sua disposição.

Anjos visitam Abraão.
Fonte: jw.org


Um anjo representante de Jeová declarou a Moisés: “Vou descer a fim de livrá-los das mãos dos egípcios e levá-los para fora daquela terra, para uma terra boa e espaçosa, uma terra que mana leite e mel, o território dos cananeus, dos hititas, dos amorreus, dos perizeus, dos heveus e dos jebuseus.” – Êxodo 3:8.

O contexto mostra que Jeová ‘desceu’ no sentido de enviar Moisés, seu representante, para o Egito, a fim de libertar os israelitas. Veja isso nos textos abaixo:

“Agora , reúna os anciãos de Israel e diga-lhes: ‘Jeová, o Deus dos seus antepassados, o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, apareceu a mim e disse: “Certamente tenho observado vocês [“vos tenho visitado(ACF, ARA, ARC, ARIB, SBB, TB); “eu vos visitei” (Ave Maria); os tenho visitado” (NAA);  “Eu virei em auxílio de vocês”, NVI]
e o que estão fazendo com vocês no Egito.” – Êxodo 3:16.

“Em vista disso, o povo acreditou. Quando ouviram que Jeová havia voltado sua atenção para os israelitas [“tinha vindo até eles(NTLH); viera visitar os filhos de Israel(Ave Maria); “visitava” (ACF, ARC); “havia visitado” (ARA, ARIB, NAA, SBB, TB); “decidira vir em auxílio deles” (NVI). – Êxodo 4:31.

Moisés e os israelitas.
Fonte: jw.org

Jeremias escreveu: “Que toda a maldade deles chegue diante de ti [“Venha toda a sua maldade diante de ti”, (ARC, também SBB, TB); “Venha toda a sua maldade para a tua presença” (ARIB); “Venha toda a sua iniquidade à tua presença” (ARA, ARC, NAA). – Lamentações 1:22.

Obviamente, a “maldade” das pessoas iníquas não viajaria até a presença de Deus, pois Deus é santo e mal algum chega até ele. O salmista inspirado escreveu: “Ninguém mau [e por extensão nem algo mal] pode permanecer contigo.” (Salmo 5:4) O sentido do pedido em Lamentações é o de que Deus reconheça, ou traga à sua atenção, a maldade dos iníquos, de modo a fazer com que eles colham o resultado da maldade deles. Como expressa a Nova Versão Internacional: “Que toda a maldade deles seja conhecida diante de ti.” 

Jeremias também escreveu: “Ele [Jeová] voltará a atenção para o seu erro, ó filha de Edom. Ele exporá os seus pecados.” (Lamentações 4:22) Algumas traduções vertem como “ele visitará a tua maldade” (ARC, ACF); “ele visitará a tua iniquidade” (ARIB, SBB,TB). O sentido é claro, como mostrado na Tradução do Novo Mundo.



Os edomitas deixaram de existir como povo distinto.
Fonte: jw.org

Lemos em Malaquias 3:7: “Voltem para mim, e eu voltarei para vocês”, diz Jeová dos exércitos. Mas vocês dizem: ‘Como voltaremos?’” O sentido do verbo “voltar”, usado tanto para Deus como para os israelitas, é tornado claro no comentário feito no livro “É Esta Vida Tudo o Que Há?”[1]:

É evidente que isso não queria dizer que os israelitas deviam deixar a terra e chegar à própria presença de Deus. Nem significava que Deus abandonaria sua posição nos céus e começaria a morar com os israelitas na terra. Antes, ‘retornar’ Israel a Jeová queria dizer dar meia-volta do proceder errado e novamente harmonizar-se com o modo justo de Deus. E ‘retornar’ Jeová a Israel significava voltar ele novamente sua atenção favorável para seu povo. Em ambos os casos, o retorno envolvia uma atitude, não um movimento literal dum lugar geográfico para outro. – Página 52; negrito acrescentado.


Livro “É Esta Vida Tudo o Que Há?”  uma joia da literatura bíblica mundial.

Em seu discurso, o cristão Estêvão declarou: “Os nossos antepassados se recusaram a obedecer a ele e o rejeitaram, e no coração voltaram para o Egito.” (Atos 7:39) Isto mostra que “voltar”, “vir” e “retornar” não tem somente o sentido de movimento topográfico, mas também de concentrar a atenção em algo ou em alguém.

O cristão Tiago afirmou: “Simeão [o apóstolo Pedro] relatou em detalhes como Deus, pela primeira vez, voltou sua atenção para as nações, a fim de tirar delas um povo para o Seu nome.” – Atos 15:14.

Diversas traduções vertem por “visitou os gentios(ACF, ARA, ARC, ARIB, NAA, O Livro, SBB, TB). Mas o sentido, já tornado claro pela Tradução do Novo Mundo, é também ressaltado em outras traduções, a exemplo das seguintes: “começou a olhar para as nações(Ave Maria); voltou-se para os gentios(NVI); mostrou o seu cuidado pelos não judeus(NTLH).

Ademais, o artigo Estudo sobre a Presença e a Vinda de Cristo” trouxe à tona mais embasamento bíblico específico para mostrar que ocorrerá um vinda conjunta de Jeová, Jesus Cristo e os anjos. Esse artigo comentou:

Malaquias 3:1-5 fala de uma vinda conjunta de Jeová e de Cristo para refinar o povo de Deus na Terra antes do fim. Já Apocalipse 6:15-17 diz respeito à vinda conjunta de Jeová e Cristo na execução dos iníquos. 

Observe os textos citados no artigo:

“‘Vejam! Enviarei o meu mensageiro, e ele preparará o caminho diante de mim. E de repente o verdadeiro Senhor [Jeová], a quem vocês procuram, virá ao Seu templo; e o mensageiro do pacto [Jesus Cristo], de quem vocês se agradam, virá. Ele certamente virá’, diz Jeová dos exércitos. ‘Mas quem suportará o dia da sua vinda, e quem conseguirá se manter de pé quando ele aparecer? Pois ele será como o fogo do refinador e como a barrela dos lavadeiros.” – Malaquias 3:1, 2.

No cumprimento que ocorreu no primeiro século da Era Cristã, Jesus limpou o templo em Jerusalém dos comerciantes desonestos. Deus estava com Cristo no sentido de apoiá-lo em sua missão. Como o próprio Jesus declarou: “Não estou sozinho, mas o Pai, que me enviou, está comigo.” (João 8:16) Tratava-se de uma vinda conjunta de Jeová e de Jesus Cristo.


Jesus expulsou os mercadores do templo em Jerusalém.
Fonte: jw.org 

Com referência ao fim do sistema de coisas satânico, lemos em Apocalipse 6:15-17: “Então os reis da terra, os grandes, os comandantes militares, os ricos, os fortes, todo escravo e toda pessoa livre se esconderam em cavernas e entre as rochas das montanhas. Diziam às montanhas e às rochas: ‘Caiam sobre nós e escondam-nos da face Daquele que está sentado no trono e da ira do Cordeiro, porque chegou o grande dia da ira deles, e quem pode ficar de pé?” 

Portanto, como muito bem expressou o leitor citado no início deste artigo, “fica claro que Jeová vem no sentido de que o julgamento da humanidade será expresso por Ele, e Jesus vem no sentido de que o julgamento expresso por Jeová Deus será expresso MEDIANTE ele”.

Com relação à identidade de “o Alfa e o Ômega” (Apocalipse 1:8), veja os artigos abaixo:








Nota:
[1] Publicado pelas Testemunhas de Jeová.



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org






3 comentários:

  1. O original grego de Colossenses 1:18 é:
    καὶ (Conjunção coordenativa)
    E
    αὐτός (Pronome nominativo masc. 3a pés. Singular)
    Ele
    ἐστιν (Verbo indicativo presente ativo 3ª pes. Singular)
    É
    ἡ (Artigo definido nominativo feminino singular)
    A
    κεφαλὴ (Substantivo nominativo feminino singular)
    Cabeça
    τοῦ )Artigo definido genitivo neutro singular)
    Do
    σώματος (Substantivo genitivo neutro singular)
    Corpo
    τῆς (Artigo definido genitivo feminino singular)
    A
    ἐκκλησίας· (Substantivo genitivo feminino singular)
    Igreja
    ὅς (Adjetivo pronominal relativo nominativo masc. Singular)
    O qual
    ἐστιν (Verbo indicativo presente ativo 3ª singular)
    É
    ἀρχή (Substantivo nominativo feminino singular)
    Princípio
    πρωτότοκος (Adjetivo nominativo masc. Singular)
    Primogênito
    ἐκ (Preposição genitivo)
    Dentre
    τῶν (Artigo definido genitivo masc. Plural)
    Os
    νεκρῶν (Adjetivo pronominal genitivo masc. Plural)
    Mortos
    ἵνα (Conjunção subordinada)
    Para que
    γένηται (Verbo Subjuntivo aoristo dativo 3a pes. Singular)
    Venha
    ἐν (Preposição dativo)
    Em
    πᾶσιν (Adjetivo pronominal demonstrativo neutro plural)
    Todas
    αὐτὸς (Substantivo pronome nominativo masc. 3ª pes. Singular)
    Ele
    πρωτεύων (Verbo particípio presente ativo nominativo masc. Singular)
    O que tem a primazia

    Ou seja, a TNM não deturpou nada, como eu havia pensado. A comissão simplesmente optou por "primeiro" pois tal palavra está num sentido de "primazia" mesmo (primeiro de um posto, por exemplo); evidente que a primazia ou preeminência de Jesus Cristo sobre a criação de Deus é devido sua primogenitura, por ser o primeiro filho, e portanto, o herdeiro ungido do Pai.

    ResponderExcluir
  2. Quero compartilhar um breve sentimento aqui. A coisa mais engraçada que percebi ao debater com trinitários repetidas vezes sobre os mesmos assuntos é algo cômico: a cristandade, bem como seus teólogos arrogantes, sonham e criam conjecturas arbitrárias do que deveria ou não ser interpretado da Bíblia. Os exemplos são inúmeros. Trinitários oficializam o dogma da Trindade, daí qualquer um que ouse usar as Escrituras para refutar o dogma é um "herege". Eles inventam que a Presença (Parousía) de Cristo tem que ser física, mesmo não havendo lógica nisso, mas se você usar a Bíblia para confrontar tal crença, você é um "herege". Eles inventam que Jesus ressuscitou com um "corpo carnal glorificado", mesmo os evangelhos mostrando o contrário disso, mas se você usar as Escrituras para confrontar tal dogma, você é um "herege" bem pertinente.

    Ou seja, fica claro o complexo mental que teólogos e membros da cristandade religiosa possuem: Para eles, é insuportável o fato de Jesus NÃO ser eterno, é insuportável o fato da Parousía de Cristo ser invisível, e é insuportável o fato de Jesus ter sido ressuscitado como pessoa espiritual; a mera idéia de ir contra dogmas oficializados por padres é satânica. Para eles, tudo que sobra é a negação e o escárnio para quem defende a verdade bíblica e o verdadeiro cristianismo originado do Único Deus, Jeová.

    ResponderExcluir
  3. Eu fico tão feliz, Quando um leitor chega na pag no "Sapatinho" com humildade e tem que ser assim. Nossos Apologistas merecem respeito

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *