Image Map











domingo, 28 de outubro de 2018

Um leitor mostra as incoerências da doutrina da Trindade (Parte 2)




Um leitor enviou a este site argumentos que evidenciam que a Trindade não é uma doutrina bíblica. A parte 1 trouxe à tona alguns de seus argumentos. (Queira ver clicando aqui.)


A 2.ª parte traz a lume mais argumentos do referido leitor, os quais são expostos a seguir.

Mateus 25:40 e Hebreus 2:10-12

Lemos nos textos mencionados acima:

“O Rei [Jesus Cristo] lhes dirá, em resposta: ‘Eu lhes digo a verdade: O que vocês fizeram a um dos menores destes meus irmãos, a mim o fizeram.’” – Mateus 25:40.

“Pois era apropriado que aquele [Deus] para quem e por meio de quem todas as coisas existem, ao trazer muitos filhos à glória, aperfeiçoasse por sofrimentos o Agente Principal [Jesus Cristo] da salvação deles. Porque tanto aquele que santifica [Jesus Cristo] como os que estão sendo santificados provêm todos de um só [Deus], e por esse motivo ele [Jesus] não se envergonha de chamá-los de irmãos, dizendo: “Declararei o teu nome [o nome de Deus] aos meus irmãos; no meio da congregação te louvarei com cânticos.” – Hebreus 2:10-12.[1]

Ambas as passagens apresentam Jesus Cristo já ressuscitado, no céu, e nas duas Jesus se refere àqueles que irão viver lá com ele como seus “irmãos”. Portanto, fica claro que no céu Jesus não é o Deus Todo-Poderoso. Afinal, o Deus Todo-Poderoso não tem irmãos, apenas filhos. Como declara Romanos 8:16: “O próprio espírito dá testemunho com o nosso espírito de que somos filhos de Deus.”

1 Coríntios 8:6

Na minha opinião, esse é um dos melhores textos contra a doutrina da Trindade.

1 Coríntios 8:6 afirma: “Para nós há realmente um só Deus, o Pai, de quem procedem todas as coisas, e um só senhor, Jesus Cristo, por meio de quem são todas as coisas, e nós existimos por meio dele.”

1 Coríntios 8:6 é prova irrefutável contra os dois modos de se acreditar na Trindade.

1° modo: A crença de que o “um só Deus” é composto por três Pessoas: Pai, Filho e espírito santo.

Refutação: O texto diz que o “um só Deus” é apenas UMA Pessoa, e não três. É somente o Pai. “Para nós há realmente UM só DEUS, o PAI.” Não diz: ‘Há um só Deus, o Pai, o Filho e o Espírito Santo.’

2° modo: O texto, falando do Pai, diz que “dele PROCEDEM todas as coisas”, e falando de Jesus Cristo, o Filho, diz “que POR MEIO dele são todas as coisas”. Portanto, mostra que não há coigualdade entre a pessoa do Pai e a pessoa de Jesus Cristo, o Filho. O Pai é a ORIGEM de todas as coisas; e Jesus Cristo, o Filho, é o INSTRUMENTO usado pelo Pai para dar origem a todas as coisas.

1 Coríntios 8:5

1 Coríntios 8:5 declara: “Pois, embora haja os que são chamados deuses, quer no céu, quer na terra, assim como há muitos ‘deuses’ e muitos ‘senhores’.”

Vi certo trinitarista argumentar que os deuses mencionados em 1 Coríntios 8:5 não são realmente deuses. Ele se apoiou no fato de o texto usar a expressão “chamados deuses”. Portanto, o raciocínio desse trinitarista é o de que eles não eram realmente deuses, mas foram apenas ‘chamados’ deuses.

Mas, um dos pontos que prova que aqueles mencionados ali SÃO REALMENTE deuses é o fato de a Bíblia usar em vários outros lugares essa mesma expressão (“chamados”) para se referir a várias pessoas, e em todos os casos aquelas pessoas ERAM REALMENTE aquilo que o texto estava falando delas.

Por exemplo:

Lucas 1:76: “Mas, quanto a você, menino, será CHAMADO profeta do Altíssimo.”

Lucas 1:36: “E saiba que Elizabete, tua parenta, também vai ter um filho, na sua velhice, e esse é o sexto mês para ela, a CHAMADA estéril.”

Apocalipse 12:9: “Assim foi lançado para baixo o grande dragão, a serpente original, o CHAMADO Diabo e Satanás.”

Mateus 5:9: “Felizes os pacificadores, porque serão CHAMADOS filhos de Deus.”

1 Coríntios 1:1

1 Coríntios 1:1: “Paulo, chamado para ser apóstolo de Cristo Jesus pela vontade Deus, e Sóstenes, nosso irmão.”

Esse texto também exclui Jesus de ser o Deus Todo-Poderoso. Lembrando que, quando Paulo foi chamado, Jesus Cristo já estava no céu. O texto não diz: “Paulo, chamado para ser apóstolo de Cristo Jesus pela vontade do Pai.” Diz: “Paulo, chamado para ser apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de DEUS.”

João 17:5 e 24

João 17:5: “E agora, Pai, glorifica-me ao teu lado com a glória que eu tive junto de ti antes de o mundo existir.”

João 17:24: “Pai, quero que aqueles que me deste estejam comigo onde eu estiver, para que possam ver a glória que me deste, porque me amaste antes da fundação do mundo.”

No versículo 5 Jesus falou da glória que teve no céu, junto do Pai. No verso 24 ele falou a respeito do motivo de ter tido tal glória. Será que era por que lá no céu ele era o Deus Todo-Poderoso? Não. Ele disse: “Para que possam ver a glória que ME DESTE, porque ME AMASTE antes da fundação do mundo.” Portanto, ele deixou claro que havia RECEBIDO aquela glória DO PAI, visto ser amado por Ele.

João 15:26

João 15:26: “Quando vier o ajudador, que eu lhes enviarei da parte do Pai, o espírito da verdade, que vem do Pai, esse dará testemunho de mim.”

Nesse texto Jesus estava falando do tempo em que o espírito santo seria enviado aos discípulos. Isso aconteceria quando Jesus já estivesse no céu. Se lá no céu Jesus fosse o Deus Todo-Poderoso, ele também seria a fonte do espírito santo. Mas ele deixou claro que o único Deus Todo-Poderoso e a única fonte do espírito santo é o Pai, ao dizer sobre o espírito santo: “que vem do Pai.” 

Apocalipse 3:12

Lemos em Apocalipse 3:12 as palavras de nosso Senhor Jesus Cristo: “Aquele que vencer, eu o farei coluna no tempo do MEU DEUS.” Alguns trinitários dizem que Jeová, Jesus e o espírito santo são TRÊS Pessoas que formam um só Deus. Mas em Apocalipse 3:12 Jesus claramente se exclui de fazer parte desse ‘um só Deus’ composto por “três Pessoas”. Pois Jesus reconhece que tem um Deus acima dele mesmo.

[Fim dos comentários do referido leitor.]

Observa-se claramente a fragilidade da doutrina da Trindade, fragilidade esta facilmente exposta por meio dos textos bíblicos.


Nota:

[1] Para um estudo sobre Hebreus 2:10, veja o artigo “‘Por intermédio de [Deus]’ – o que essa expressão significa?”




A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.




Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org






Um comentário:

  1. Argumentos muito bons, principalmente esse ap.3:12 onde o que está falando, é o Cristo, excluindo argumento de que, quem falava era João, do ponto de vista humano

    ResponderExcluir


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *