Image Map











terça-feira, 4 de julho de 2017

“Cristo é o fim da lei” – em que sentido?

Fonte da ilustração: jw.org

Um leitor enviou o segundo comentário:

Prezado apologista, estou te escrevendo para tratar do termo “fim” em Romanos 10:4.
Lembro-me de ter visto uma explicação no seu site sobre o texto de Mateus 5:17 e o termo “abolir” ou “destruir”.
Mas, não lembro ter visto sobre Romanos 10:4.

Resposta:

Lemos em Romanos 10:4: “Porque Cristo é o fim da Lei, para que todo aquele que exercer fé possa alcançar a justiça.”

Alisto abaixo as afirmações sabatistas que foram trazidas ao meu conhecimento pelo referido leitor, bem como uma reflexão sobre o que a Bíblia diz sobre o assunto.

A falácia do sentido único

Segue abaixo a primeira afirmação sabatista trazida à tona pelo leitor:

“Se o termo ‘fim’, que é proveniente da palavra grega télos, empregado aqui neste texto, tiver, como querem, o sentido de “término”, “encerramento”, “abolição”, então o mesmo peso e a mesma medida terão que ser aplicados em I Pedro 1:9 [que declara]: “Alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas.” Ora, o sentido é o mesmo, mas você jamais irá crer e aceitar o término, abolição e encerramento da fé do crente! Será que, assim, pode ele esperar a salvação de sua ‘alma’? A palavra ‘fim’, aqui empregada, tem o sentido de finalidade, objetivo, propósito.

Se usarmos a mesma pretensão argumentativa – de que um sentido num texto obriga ao mesmo sentido em outro texto – então, visto que télos, segundo tal sabatista, tem o sentido único de finalidade, teríamos que entender assim os textos abaixo:

Hebreus 6:16: “Pois os homens juram por alguém maior, e o seu juramento é o fim de toda controvérsia, visto que para eles é uma garantia legal.” Será que toda controvérsia tem por finalidade um juramento?

Entende você que o juramento divino é a finalidade de toda controvérsia? Ou que é o fim (término) de toda controvérsia? A resposta é óbvia. Observe mais outros exemplos abaixo.

1 Pedro 4:7: “Mas está próximo o fim [télos] de todas as coisas.” Está próxima a finalidade de todas as coisas?

1 Coríntios 10:11: “Essas coisas lhes aconteceram como exemplos e foram escritas como aviso para nós, para quem já chegou o fim [télos] dos sistemas de coisas.” Já chegou a finalidade dos sistemas de coisas?

É por demais óbvio que as palavras têm sentidos variados conforme o contexto. Assim, Romanos 10:4 tem que ser avaliado dentro do seu próprio contexto.

Observe outra afirmação dos defensores da permanência da Lei mosaica:

“Se aceitarmos que este fim aí cancelou a Lei de Deus, todo o ensinamento que Paulo deixou sobre essa Lei, que está em vigor e que foi provada com inúmeras Escrituras estudadas, será abolida.”

Bem, “todo o ensinamento que Paulo deixou sobre essa Lei” inclui o ensinamento de que essa Lei findou, foi abolida. E é claro que, vigorando os ensinamentos deixados por Paulo, a Lei foi cancelada. Veja os artigos:




Observe agora a seguinte afirmação dos sabatistas:

“E sendo assim, deveremos também apoiar a macabra ideia de que chegou ao ‘fim’ a obrigação de temer a Deus. Ouça o que diz o pregador: ‘De tudo o que se tem ouvido o fim é: teme a Deus e guarda os Seus Mandamentos.’ (Eclesiastes 12:13).”

Esse argumento desconsidera fatos relevantes:

1-  A palavra “mandamentos” na Bíblia se refere a outros mandamentos além dos Dez mandamentos. Portanto, tal argumento sabatista implicaria em guardar os demais mandamentos da Lei, incluindo as ordenanças cerimoniais, as quais, segundo os próprios sabatistas, foram abolidas. (Veja o artigo Os “Dez Mandamentos” com seusábado semanal devem ser guardados pelos cristãos? – Parte 1.) 

2-   Os cristãos estão sujeitos à “lei do Cristo” (Gálatas 6:2), que envolve os mandamentos cristãos, e não os da Lei.

Assim, essa breve análise da tentativa de defesa sabatista mostra o perigo de alicerçar a convicção em meras suposições – a suposição de que a palavra “fim” (télos em grego) tem apenas o sentido de finalidade; a suposição de que a palavra “mandamentos” se refere somente aos Dez mandamentos.

Os sabatistas sinceros que examinam as evidências sem preconceito estão se convencendo da fragilidade da doutrina sabatista.

Veja também o artigo:



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *