Image Map











quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Respondendo perguntas sobre a relação de Jesus e seu Pai (Parte 3)


Fonte: jw.org

Os dois artigos anteriores deram consideração às afirmações de um leitor sobre a relação entre Jesus e seu Pai.
Tal leitor levantou a questão sobre se chamar Jesus de “um deus” não seria politeísmo; sobre se Jesus seria da mesma substância que o seu Pai; sobre a questão de tanto Jeová quanto Jesus serem chamados de “Senhor” e de haver apenas “um só Senhor” (1 Coríntios 8:6); e também referente a quem é “o Alfa e o Ômega”. Estes assuntos foram considerados nos dois artigos precedentes. Se você não os leu, clique nos temas abaixo:
Este terceiro artigo desta série irá considerar as últimas afirmações do aludido leitor.

Textos que se referem a Jeová e que foram aplicados a Jesus Cristo
O citado leitor mencionou o texto do Salmo 102:24-27, que faz referência ao Pai, Jeová, mas que o escritor de Hebreus aplica ao Filho, Jesus Cristo. Vejamos o texto de Hebreus:
“Mas a respeito do Filho ele [Deus] diz [no Salmo 45:6, 7]: ‘Deus é o seu trono para todo o sempre, e o cetro do seu Reino é o cetro da retidão. O senhor amou a justiça e odiou o que é contra a lei. É por isso que Deus, o seu Deus, o ungiu com óleo de alegria mais do que aos seus companheiros.’ E [no Salmo 102:25-27]: ‘Ó Senhor, no princípio lançaste os alicerces da terra, e os céus são obras das tuas mãos. Eles deixarão de existir, mas tu permanecerás; eles se gastarão como uma roupa, e tu os enrolarás assim como a um manto, como a uma roupa, e eles serão trocados. Mas tu és o mesmo, e os teus anos nunca chegarão ao fim.’” – Hebreus 1:8-12.
Porém, textos aplicados ao Pai no Velho Testamento podem ser aplicados ao Filho no Novo Testamento, sem confundir a identidade de ambos. Veja o artigo Duas regras – uma falsa e uma verdadeira”  e “Uma regra bíblica desconsiderada pelos trinitaristas”
Além disso, observe que o escritor de Hebreus cita também o Salmo 45:6 e 7, onde o salmista fala de modo inspirado do Filho: “Deus, o seu Deus, o ungiu com óleo de alegria mais do que aos seus companheiros.” Conforme o texto torna claro, o Filho tem um Deus superior a ele. Portanto, textos aplicados previamente ao Pai e posteriormente aplicados ao Filho não provam que ambos tenham a mesma identidade nem que sejam coiguais.
Os anjos têm natureza divina?
O leitor mencionado nos dois artigos anteriores afirmou:
“O referido site [jw.org] alega que os anjos são divinos, o que não encontra respaldo bíblico. O fato de serem chamados de Elohim, já que essa palavra também se aplica a seres poderosos, não significa que sejam de natureza divina.”
A Bíblia chama os anjos de “os filhos de Deus”, expressão que em hebraico é beneí há-Elohim. Veja alguns dos textos em que essa expressão é aplicada aos anjos:
“Chegou o dia em que os filhos do verdadeiro Deus [“anjos”, NVI, O Livro; “servidores celestiais”, NTLH] foram apresentar-se perante Jeová, e Satanás também foi no meio deles.” – Jó 1:6.
“Depois disso, chegou o dia em que os filhos do verdadeiro Deus [“anjos”, NVI, O Livro; “servidores celestiais”, NTLH] foram apresentar-se perante Jeová, e Satanás também foi no meio deles para apresentar-se perante Jeová.” – Jó 2:1.
“Quando as estrelas da manhã juntas gritavam de alegria e todos os filhos de Deus [“anjos”, NVI, O Livro; “servidores celestiais”, NTLH] davam gritos de louvor?” – Jó 38:7.
“Os céus louvam as tuas maravilhas, ó Jeová, sim, a tua fidelidade na congregação dos santos. Pois quem nos céus pode ser comparado a Jeová? Quem entre os filhos de Deus [“anjos”, O Livro; “seres celestiais”, ARA, NAA, NTLH, NVI] é semelhante a Jeová?” – Salmo 89:5, 6.
A tradução grega Septuaginta (produzida antes de Cristo) usa ἄγγελοι (ággeloi, “anjos”) nas três passagens de Jó, citadas acima.



Gesenius’ Hebrew Grammar (“A Gramática Hebraica de Gesenius”, pág. 418, parágrafo 2), explica o significado dessa expressão bíblica. Esta obra afirma:
Há outro uso de ben- [“filho de”] ou beneí [“filhos de”] para denotar a qualidade de membro de uma corporação ou sociedade (ou de uma tribo ou de qualquer classe definida). Assim, beneí Elohím. [“filhos de Deus”] ou beneí há-Elohím [“filhos de O Deus”] Gênesis 6:2, 4, Jó 1:6; 2:1; 38:7 (compare também com beneí há-ElímSalmos 29:1; 89:7) significa corretamente, não filhos de deus(es), mas seres da classe de elohim ou elim. (Negrito acrescentado.)
E para comprovar esse raciocínio, a mesma Gramática explica que a expressão “filhos dos profetas (1 Reis 20:35) significa “pessoas pertencentes à corporação de profetas”; e que a expressão hebraica “o filho do perfumista” em Neemias 3:8 (Douay-Rheims; veja também AKJV, ARC) significa um da corporação dos perfumadores”. Em razão disso, diversas traduções vertem simplesmente por “perfumista” e a Bíblia Ave Maria verte por “da turma dos perfumistas”. A expressão hebraica é הָרַקָּחִים בֶּן- (ben- hā-raq-qā-îm).


O Léxico de Strong, referente à palavra hebraica ben (“filho”) mostra esse uso característico, afirmando:
“Filhos (como caracterização, isto é, filhos da injustiça [para homens injustos] ou filhos de Deus [para os anjos]).”
Um site intitulado Scholars’ gateway beta (“Portal dos estudiosos beta”) também reconhece este sentido de ben ao afirmar: “filho, membro de um grupo.”
Portanto, visto que a expressão “filhos dos profetas” refere-se a membros da corporação de profetas, e “o filho do perfumista” é um da corporação dos perfumadores”, segue logicamente que a expressão “os filhos de Deus” são “seres da classe de elohim ou elim”, seres divinos, por serem filhos de há-Elohim – “O Deus”, Jeová.
Em conformidade com isso, The Lexicon for the Old Testament Books (“Dicionário dos Livros do Velho Testamento”, de Koehler e Baumgartner, pág. 134, coluna 1, linhas 12 e 13, edição de 1961), afirma sobre a expressão beneí há-Elohim: “BENEI ELOHIM (individuaisseres divinos, deuses.”
O Salmo 8:5
Outra evidência de que os anjos são seres divinos – possuem divindade – encontra-se na comparação entre o Salmo 8:5 e a citação desse Salmo em Hebreus 2:7, em várias traduções.
“Pois pouco menor o fizeste do que os anjos, e de glória e de honra o coroaste.” – ACF.
“Contudo, pouco abaixo de Deus o fizeste; de glória e de honra o coroaste.” – ARIB.
Por que uma tradução verte por “anjos” e outra por “Deus”?
O texto hebraico é me'elohim (מֵאֱלֹהִים), literalmente “do que [os] deuses”. A Septuaginta traduz por γγλους (aggélous; “anjos”; Salmo 8:6). Em função disso, as traduções da Bíblia vertem de modo diverso. Algumas usam o substantivo “anjos”, a exemplo de ARC, O Livro, Ave Maria, Douay-Rheims, KJ e NASB. Outras usam o substantivo “Deus”, a exemplo de ARIB, SBB, NAA, ARA e TB.  Ainda outras vertem por “seres celestiais” (NVI), “divino” (Moffatt) e “seres divinos” (NM).
Na citação deste Salmo, o escritor de Hebreus usa o substantivo “anjos”. Diz o texto: “Tu o fizeste um pouco menor que os anjos; tu o coroaste de glória e honra, e deste-lhe domínio sobre as obras das tuas mãos.” – Hebreus 2:7.
Portanto, os anjos têm natureza divina por serem filhos de Deus.

Siglas das traduções usadas:

ACF: Almeida Corrigida Fiel.
AKJV: American King James Version.
ARA: Almeida Revista e Atualizada.
ARIB: Almeida Revisada Imprensa Bíblica.
ARC: Almeida Revista e Corrigida.
KJV: King James Version.
NAA: Nova Almeida Atualizada.
NASB: New American Standard Bible.
NM: Tradução do Novo Mundo.
NTLH: Nova Tradução na Linguagem de Hoje.
NVI: Nova Versão Internacional.
SBB: Sociedade Bíblica Britânica.
TB: Tradução Brasileira.


Referências:

A Sentinela. Parte 5 – De volta a João 1:1, 2. 1.º de abril de 1963, p. 218.

Ben. Blue Letter Bible. H1121 de Strong – ben. Disponível em:<https://www.blueletterbible.org/lang/lexicon/lexicon.cfm?t=kjv&strongs=h1121>.

Neemias 3:8. Ben- hā-raq-qā-îm. Scholars’ Gateway beta. Disponível em:<https://scholarsgateway.com/parse/>.

Salmo 8:5. Biblehub.com. Disponível em:<https://biblehub.com/text/nehemiah/3-8.htm>.

______. NIV. Disponível em:<https://www.biblegateway.com/>.

______. Qual a leitura correta do Salmo 8:5? Dúvida de leitores. Disponível em: <https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2015/08/21/qual-a-leitura-correta-do-salmo-85-duvida-de-leitores/>.

______. Septuaginta. (LXX). Academic-bible.com. The Scholarly Biblie Portal of the German Bible Society. Disponível em: <https://www.academic-bible.com/>.

Septuaginta (LXX). Academic-bible.com. The Scholarly Biblie Portal of the German Bible Society. Disponível em: <https://www.academic-bible.com/>.



A menos que haja uma indicação, todas as citações bíblicas são da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada, publicada pelas Testemunhas de Jeová.



Os artigos deste site podem ser citados ou republicados, desde que seja citada a fonte: o site www.oapologistadaverdade.org




Nenhum comentário:

Postar um comentário


Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *